CarlosFPRocha.com

Sua fonte de informações
  • Reflexão sobre o funcionamento das receitas de uma operadora de cartões de crédito

    Uma operadora de cartões de crédito possui algumas receitas, então vejamos as quatro principais: Anuidade ou mensalidade : taxa cobrada dos detentores de seus cartões, similar à taxa cobrada pelos clubes, de seus sócios; Taxa de desconto : os lojistas pagam um percentual do valor da transação, como comissão para a operadora, por facilitar a operação. Como este valor é descontado do montante da transação realizada, comporta-se da mesma forma que uma taxa de desconto. O percentual varia de acordo com a operadora e com o ramo de atividade da empresa. O repasse é feito em trinta dias a contar da data da operação, por isso operações com cartão de crédito são tratadas como vendas a prazo, pelos comerciantes; Rendimento financeiro : Quando ocorre de o cliente do cartão pagar sua fatura antes do prazo definido para o repasse ao lojista, a administradora pode obter retornos financeiros em aplicações, porém o prazo médio de pagamento dos clientes de cartões de crédito é de 26 dias, ou seja, em média sobram quatro dias. Caso a emissora do cartão, não seja a administradora dele, esta terá de repassar os valores para a administradora com dois dias de antecedência à data de pagamento ao lojista, ficando desta forma com apenas dois dias para investir. Se formos considerar que o IOF sobre aplicações incidente em dois dias é de 93% e que depois de deduzi-lo ainda terá de recolher o IRRF de 22,5% sobre o rendimento da aplicação, chegamos à conclusão que na maioria dos casos, o rendimento líquido será de apenas 5,43% (100% – 93% = 7% – 22,5% = 5,43%) da taxa paga pela aplicação, ou seja, só será interessante, caso o volume de dinheiro seja muito alto. Desta forma, havendo aplicação financeiro, o maior beneficiário será o governo; Juros sobre o crédito rotativo : Quando um dos clientes do cartão, deixa de pagar a sua fatura no prazo, ou efetua um pagamento inferior ao total dela, há incidência de juros sobre o saldo devedor, porém a administradora precisa pagar ao lojista no mesmo prazo. Desta forma, quando a administradora pertence a um banco, ela possui a possibilidade de emitir um título de dívida (Ex.: CDB) para captar recursos a taxas muito baixas e financiar o pagamento do lojista a esta taxa, ficando então com a diferença entre a taxa cobrada de seu cliente e a paga pelo título. Por outro lado, quando falamos apenas de um emissor de cartão, que não seja a administradora dele (Ex.: Nubank, Digio, etc) nem um banco de investimentos ou múltiplo, ele não terá esta opção de captar recursos a taxas baixas, tendo que buscá-los à taxas de mercado, reduzindo drasticamente o seu spread. Agora, o que acontece se alterarmos esta relação, por exemplo, fazendo com que o pagamento ao lojista seja realizado em dois dias, mas mantendo o recebimento do cliente em 26 dias (médio)? A operadora passa a ter de financiar os pagamentos de todos os seus clientes, não apenas daqueles que não quitam a fatura na data de seu vencimento.
  • Identificando quem está conectado remotamente ao servidor

    Até o Windows 2012 era muito fácil identificar quem estava conectado remotamente ao servidor, bastava abrir o Gerenciamento da Área de Trabalho Remota (Remote Desktop Services Manager) , porém ele não está mais disponível no Windows Server 2012, então como saber agora? Há algumas maneiras e vou descrevê-las aqui: - Usando o Gerenciador de Tarefas (Task Manager) Abra o gerenciador de tarefas (Pressione Ctrl + Shift + Esc ), execute um clique com o botão direito sobre o nome de uma das colunas e selecione Sessão . Pronto, aparecerá a informação sobre a forma que cada conta está conectada ao servidor. Contas com sessão igual a RDP estarão conectadas remotamente. Estas instruções valem ainda para o Windows 8.1 e o Windows 10. - Essa informação também pode ser obtida através do Power Shell, usando o comando quser Os usuários via acesso remoto poderão ser identificados na coluna SESSIONNAME, onde aparecerá rdp-tcp# ?, sendo que no lugar da interrogação estará o número da conexão. Caso deseje obter esta informação de um servidor remoto, basta adicionar ao comando: /server e o nome do servidor, por exemplo: quser /server Teste - Outro comando útil é o qwinsta Com ele identificamos quem está conectado juntamente com a informação se a conexão é via console ou acesso remoto. - Mais uma forma de obter esta informação é através do cmdlet Get-RDUserSession . Espero que lhe seja útil!
  • Atalhos para o Excel

    Que o Excel é uma ferramenta excelente que aumenta a produtividade todos sabemos, mas quando conhecemos os atalhos dele, nos tornamos mais produtivos ainda, então aqui vão alguns: Fórmula Explicação CTRL + ( Para visualizar dados que não estão próximos, você pode usar a opção de ocultar células e colunas. Usando esse comando você fará com que as linhas correspondentes à seleção sejam ocultadas. Para que aquilo que você ocultou reapareça, selecione uma célula da linha anterior e uma da próxima e depois tecle CTRL + SHIFT + ( CTRL + ) Atalho igual ao anterior, mas oculta colunas e não linhas CTRL + SHIFT + $ Atalho para aplicar a conteúdos monetários o formato de moeda. Ele coloca o símbolo desejado (por exemplo, R$) no número, além de duas casas decimais CTRL + SHIFT + Asterisco (*) Para selecionar dados que estão em volta da célula atualmente ativa. Caso existam células vazias no meio dessas informações, elas também serão selecionadas CTRL + Sinal de adição (+) Para inserir células, linhas ou colunas no meio dos dados CTRL + Sinal de subtração (-) Para excluir células, linhas ou colunas inteiras CTRL + D Quando você precisar que todas as células de determinada coluna tenham o mesmo valor, use esse comando. Por exemplo: o número 2574 está na célula A1 e você quer que ele se repita até a linha 20. Selecione da célula A1 até a A20 e pressione o comando. Todas as células serão preenchidas com o mesmo número. CTRL + R Igual ao comando acima, mas para preenchimento de colunas. Caso deseje preencher uma matriz, basta executar este comando e o anterior, em sequencia. CTRL + ALT + V O comando "colar valores" faz com que somente os valores das células copiadas apareçam, sem qualquer formatação CTRL + PAGE DOWN Muda para a próxima planilha da sua pasta de trabalho CTRL + PAGE UP Similar ao anterior, mas muda para a planilha anterior CTRL+SHIFT+& Aplica o contorno às células selecionadas CTRL+SHIFT+_ Remove o contorno das células selecionadas CTRL+SHIFT+Sinal de porcentagem (%) Aplica o formato porcentagem sem casas decimais CTRL+SHIFT+ Sinal de cerquilha (#) Inclui no arquivo data com dia, mês e ano CTRL+SHIFT+ Sinal de arroba (@) Inclui no arquivo hora com a hora e minutos, AM ou PM
  • Usando interface gráfica com Robocopy e agendando cópias

    Neste post deseje apresentar soluções para duas necessidades bem comuns: Trabalhar com o aplicativo de linha de comando Robust File Copy , vulgarmente conhecido como Robocopy , através de uma interface de usuário, ou seja, de forma mais amigável; Possuir a possibilidade de agendar as cópias do Robocopy, usando-o como uma ferramenta de backup e restauração. Através do uso do robocopy podemos criar estratégias simples de backup e restauração, de forma gratuita, contando com recursos como cópias multi-thread, espelhamento e sincronização, automatização e a habilidade de retomar uma cópia interrompida. Apesar de haver outras soluções para isso, gostei de usar o RoboMirror, pois é simples e direto, além de ser um arquivo pequeno. Basta que você defina as pastas de origem e destino, bem como os atributos NTFS que desejar. Ainda é possível apagar os arquivos no destino, que não estejam na origem, criando desta forma uma imagem da origem. Para completar, você pode definir que sejam copiados mesmos os arquivos que estejam bloqueados por algum processo, através do uso do VSC (Volume Shadow Copy). Para completar, você pode usar os switches do Robocopy (neste link você encontra eles: https://technet.microsoft.com/en-us/library/cc733145(WS.10).aspx ). Caso deseje excluir alguns arquivos ou pastas do backup, isso pode ser feito clicando em Excluded items... , depois é só definir os arquivos a excluir (em Excluded files ) ou as pastas (em Excluded folders ). Uma vez criada a tarefa, ela pode ser iniciada, clicando em Backup ou Restore, ou agendado, clicando em Schedule . Caso a opção seja o agendamento, este poderá ser diário, semanal ou mensal. Ficou interessado? Faça o download da ferramenta em: https://sourceforge.net/projects/robomirror/?source=navbar
  • Calculando a média dos últimos vinte lançamentos em planilha na nuvem

    Muitas vezes, ao desenvolver nossas atividades nos deparamos com planilhas de cálculo onde são inseridos dados diariamente e em algumas destas situações, precisamos que seja calculada uma média móvel dos valores inseridos nelas. Digamos, por exemplo, a média dos 20 últimos valores inseridos. Esta seria uma tarefa relativamente fácil usando o VBA (macros), contudo resolvendo desta forma estaríamos adicionando um problema. Qual problema? A planilha não funcionaria corretamente em alguns cenários, por não permitirem a execução de macros, por exemplo: Tablets Surface RT, Smartphones e Excel Online (nuvem). Para que funcione em qualquer um destes cenários, precisamos usar exclusivamente fórmulas do Excel! A solução é a fórmula abaixo: =ARREDONDAR.PARA.CIMA(MÉDIA(ÍNDICE(K:K; CORRESP(1E+99; K:K)-20):ÍNDICE(K:K; CORRESP(1E+99; K:K)));2) Agora passo a explica-la, passo-a-passo: =ARREDONDAR.PARA.CIMA( ... ;2) -> Apenas arredonda o resultado para duas casas decimais; MÉDIA( ... : ... ) -> Calcula a média das células que estão entre as duas referências; ÍNDICE( ... ; ... ) -> o primeiro item identifica a coluna a ser verificada, o segundo identifica a linha, em resumo, retorna uma referência de célula CORRESP( ... ; ...) -> retorna a linha onde se encontra o número indicado na primeira parte, dentro da coluna indicada na segunda parte. A busca inicia na última linha digitada e vai subindo, caso não encontre o número exato, refaz buscando o mais próximo. Como o número informado na solução é muito inferior a zero e não será localizado, retornará a linha do último número inserido. Espero que tenha ficado claro, qualquer dúvida é só postar!
  • Código de País

    Precisando ligar para outro país, mas não sabe o código dele? Agora temos a solução: http://www.countrycode.org
  • Criando um USB inicializável a partir de uma imagem ISO (na unha)

    Você já desejou gravar uma imagem ISO em um USB e torná-lo inicializável, sem precisar utilizar nenhum aplicativo para isto? Veja como: Insira o seu USB; Abra um Prompt de Comando (Iniciar -> Executar -> CMD -> ENTER); Digite diskpart ; Digite list disk e identifique o número de seu USB; Acesse o disco do seu USB com o seguinte comando: select disk 1 (caso o número dele seja 1); Digite clean para limpar o conteúdo dele antes de iniciar; Agora digite create partition primary para criar uma partição primária; Acesse a partição que criou com o comando: select partition 1 ; Torne ela ativa com o comando: active ; Formate a partição como FAT32 ou NTFS através do comando: format fs=fat32 ou format fs=ntfs ; Digite assign ; Agora saia desta ferramenta digitando: exit ; Acesse a imagem ISSO que deseja copiar, o próprio Windows Explorer monta ela para você com dois cliques; Verifique qual letra a imagem ISSO recebeu; Execute o comando bootsect /nt60 z: (onde z representa a letra de seu USB); Copie os arquivos para o USB com o comando: xcopy d:\*.* /s/e/f z:\ (onde d representa a letra da imagem e z a do USB); Digite exit. Seu USB está pronto!
  • Acessando o roteador: qual será a senha de administrador?

    Você já esqueceu a senha de seu roteador, resetou ele e não lembrou a senha de fábrica? Já conectou em uma rede wi-fi que ainda estava com a senha de administrador padrão de fábrica? Bem está mais fácil de saber a senha padrão agora, pois temos: http://www.routerpasswords.com/
  • PGBL ou VGBL: Qual devo escolher?

    Esta é uma pergunta muito comum, mas sua resposta não é das mais simples, pois depende de alguns fatores. Então para chegarmos na resposta, começaremos entendendo um pouco mais dos dois modelos, para apenas depois, chegar à nossa decisão. VGBL (Vida Gerador de Benefícios Livres) é um seguro de vida, com opção de resgate em parcelas mensais, ou parcela única, após um período de carência. Tendo em vista esta característica, os pagamentos realizados pelos segurados a estes planos, são tratados como prêmios de seguro e, portanto, não dedutíveis do imposto sobre a renda. Por outro lado, quando chegar o momento de receber os benefícios, o segurado será tributado pelo imposto sobre a renda apenas sobre os rendimentos, não havendo qualquer incidência de imposto sobre o somatório das parcelas pagas por ele. PGBL (Plano Gerador de Benefícios Livres) é um plano de previdência complementar, com opção de resgate em parcelas mensais, ou parcela única, após um período de carência. Tendo em vista esta característica, os pagamentos realizados pelos participantes destes planos são tratados como contribuições para a previdência complementar e, portanto, dedutíveis do imposto sobre a renda até o limite de 12% da receita bruta anual do contribuinte. Quando chega o momento de receber os benefícios, os participantes serão tributados no total dos valores recebidos, ou seja, serão tributados tanto sobre os rendimentos, quanto sobre a devolução dos valores pagos por eles. Isto não chega a ser de todo ruim, pois apesar de pagar imposto sobre a devolução dos valores pagos, estes serviram de dedução na época em que foram pagos. Outro ponto importante a ser considerado é que a dedução de 12% não é por plano, mas sim total para as contribuições complementares, isso significa que se o investidor possuir mais de um plano de previdência complementar, pode não conseguir deduzir os 12% de todos eles. Também vale destacar que estas deduções só são possíveis para os contribuintes que fazem a declaração de imposto de renda pelo modelo completo, não havendo qualquer benefício fiscal para quem declara pelo modelo simplificado. Maravilha, agora que sabemos como cada um deles funciona, vamos decidir qual o melhor para cada perfil de investidor. De acordo com a análise realizada acima, nos foi possível identificar que a diferença reside mesmo na forma de tributação dos planos, portanto os planos VGBL são os mais recomendados para aquelas pessoas que já atingiram ao limite de dedução de 12% da renda bruta anual, ou que realizam a declaração de imposto de renda pelo modelo simplificado, sendo o PGBL mais indicado para os demais investidores. Quais outros fatores devem ser considerados na decisão? ITENS A OBSERVAR O QUE SABER E OBSERVAR PARA MAIS INFORMAÇÕES, CONSULTE: REGULAMENTO Leia atentamente o Regulamento do Plano, lembrando que a assinatura da proposta de inscrição implica na automática adesão do proponente aos termos do regulamento do plano , e no caso de planos coletivos, no cumprimento das condições previstas no contrato. O REGULAMENTO é o instrumento jurídico que disciplina os direitos e obrigações das partes contratantes. O regulamento atualizado do plano será colocado à disposição do proponente, previamente à contratação, sendo obrigatoriamente remetido ao participante no ato da inscrição, como parte integrante da proposta de inscrição. O próprio Regulamento do Plano PGBL e os arts. 63, 64, 65, 66 e 68 da Circular SUSEP nº 338/2007. PROPOSTA DE INSCRIÇÃO Documento em que o proponente, pessoa física, expressa a intenção de contratar uma cobertura (ou coberturas) ou aderir à contratação sob a forma coletiva, nela manifestando pleno conhecimento do regulamento. Na proposta de inscrição deve constar, entre outras informações: denominação e CNPJ da entidade; nº do processo SUSEP de aprovação do plano; denominação, CNPJ e taxa de administração do(s) FIE(s) vinculados ao plano, percentual ou valor de carregamento e ou tabela adotada para sua incidência, forma e critério para sua cobrança; data prevista para concessão do benefício e modalidade de renda contratada; períodos de carência; nome e nº do registro do corretor, quando for o caso; etc. O próprio Regulamento do Plano PGBL , o art. 59 da Circular SUSEP nº 338/2007 e o inciso XXXII do art. 5º da Resolução CNSP nº 139/2005 . FASE DE PAGAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES (PERÍODO DE DIFERIMENTO DO PLANO) CARREGAMENTO O carregamento é a importância destinada a atender às despesas administrativas e de comercialização do plano, sendo os percentuais máximos conforme norma vigente, os seguintes: - Para planos com Contribuição Variável pode-se cobrar no máximo 10% da contribuição; - Para os planos em Benefício Definido pode-se cobrar no máximo 30% da contribuição. O carregamento poderá ser cobrado na data de pagamento da respectiva contribuição, exclusivamente sobre o valor pago, e/ou no momento do resgate ou da portabilidade, nestes casos, sobre a parcela do valor do resgate ou sobre a parcela dos recursos portados correspondente ao valor nominal das contribuições pagas. Desta forma, cabe ao consumidor pequisar atentamente o menor percentual de carregamento e critério de incidência mais adequado, lembrando que o CARREGAMENTO não retorna ao participante sob a forma de benefício ou sob outra forma qualquer. Os planos PGBL são estruturados na modalidade CONTRIBUIÇÃO VARIÁVEL, portanto o carregamento máximo é de 10%. O próprio Regulamento do Plano PGBL , os arts. 11 e 12 da Circular SUSEP nº 338/2007 e os arts. 37, 38, 39 e 40 da Resolução CNSP nº 139/2005 . MODALIDADE DE APLICAÇÃO FUNDO DE INVESTIMENTO - FIE Os planos podem ser dos tipos: • Somente Títulos Públicos de Renda Fixa - investimentos em títulos do Tesouro Nacional e/ou Banco Central; • Renda Fixa Crédito Privado - investimentos em títulos do Tesouro Nacional e/ou Banco Central e outro de renda fixa; • Multimercado incluindo Renda Variável - investimentos em renda variável limitado a 49% do patrimônio do fundo. O participante deve atentar para a política de investimento do fundo, para o tipo de aplicação que mais se enquadra com seu perfil, observando os percentuais mínimos e máximos de aplicação em renda variável. Deve-se levar em conta que, na fase de pagamento das contribuições do Plano PGBL (período de diferimento ou de acumulação, antes de receber o benefício), não há garantia de rentabilidade, podendo até ser negativa. Deve-se comparar também a taxa de administração dos fundos. Sempre que solicitado, a Entidade fornecerá ou colocará à disposição do participante exemplar do regulamento atualizado do(s) respectivo(s) FIE(s), bem como dados institucionais e de desempenho do(s) FIE(s), nos quais estão aplicados os recursos pela EAPC no período de diferimento. O próprio Regulamento do Plano PGBL , o inciso I do art. 2º da Circular SUSEP nº 338/2007 e o inciso I do art. 7º da Resolução CNSP nº 139/2005 . PRAZO DE CARÊNCIA Período em que não se aceitam os pedidos de resgate ou portabilidade. Deve-se atentar que a norma prevê o estabelecimento em contrato de Resgate Total com no mínimo 60 dias e no máximo 24 meses a partir da contratação e de Resgate Parcial com intervalos entre 60 dias e 6 meses. Já para portabilidade o período de carência é de 60 dias a partir da contratação. O próprio Regulamento do Plano PGBL e os arts. 19 e 27 da Circular SUSEP nº 338/2007 . RESGATE Cumprido o prazo de carência, ao ser solicitado o resgate, seu cálculo será realizado no 2º dia útil posterior à data determinada pelo participante. Já o pagamento deve ser efetivado até o 5º dia útil a partir do pedido do participante . Por fim, só poderá ser cobrado carregamento postecipado, se previsto no regulamento do plano, quando do pagamento do resgate. À época da efetivação do resgate ou da portabilidade, a EAPC deverá informar ao participante, por escrito, quanto do valor resgatado ou portado refere-se ao valor nominal das contribuições pagas e o respectivo valor do carregamento. O próprio Regulamento do Plano PGBL e os arts. 22 e 24 da Circular SUSEP nº 338/2007 . PORTABILIDADE Cumprido o prazo de carência, ao ser solicitada a portabilidade, seu cálculo será realizado no 2º dia útil posterior à data determinada pelo participante. Já a transferência dos recursos pela cedente deve ser efetivada até o 4º dia útil ou 5º dia útil para planos aprovados antes de 30/01/2007. Esses recursos devem ser recepcionados pela cessionária na Provisão Matemática de Benefícios a Receber até o 2º dia útil da disponibilidade. Por fim, a cedente só poderá cobrar tarifa bancária e o carregamento postecipado, se previstos no plano. O próprio Regulamento do Plano PGBL e os arts. 27 a 36 da Circular SUSEP nº 338/2007 . CARTA AO PARTICIPANTE COM ANTECEDÊNCIA DE 90 DIAS DA DATA DA CONCESSÃO DO BENEFÍCIO Com antecedência mínima de 90 (noventa) dias em relação à data prevista para concessão do benefício, a EAPC comunicará, por escrito, ao participante, mediante carta com aviso de recebimento, algumas informações para a tomada de decisão, sendo as principais elencadas a seguir: número do processo no qual o plano foi aprovado pela SUSEP; taxas de juros e tábuas biométricas, a serem utilizadas para cálculo do benefício sob a forma de renda e o respectivo fator de cálculo; índice e critério contratados para atualização de valores durante o período de pagamento do benefício de renda; o saldo acumulado na provisão matemática de benefícios a conceder; o valor do benefício estimado com base na provisão constituída ; a data contratada para pagamento do benefício; informação quanto à existência de reversão de resultados financeiros na fase de benefícios, quando prevista; percentual de reversão; etc. Esse comunicado tem o objetivo de prestar informações do plano para que antes da fase de concessão de benefício, os participantes tenham a chance de comparar os parâmetros técnicos do seu plano com o de outros produtros existentes no mercado, e decidir por portar seus recursos caso encontre melhores condições em outro plano . Nesse período, o participante poderá também alterar a modalidade de renda inicialmente contratada ou ainda decidir pelo resgate dos recursos acumulados. Deve-se comparar as condições dos planos, atentando-se principalmente para a taxa de juros oferecida e percentual de reversão dos resultados financeiros que serão aplicados na fase de concessão do benefício . Caso encontre melhores condições, o participante poderá efetivar a portabilidade dos recursos para o plano mais conveniente antes da fase de concessão do benefício do plano inicialmente contratado. Destaca-se que na fase em que o participante assistido se encontrar em gozo de benefício, INEXISTE a opção pelo resgate ou portabilidade. O próprio Regulamento do Plano PGBL e o art. 49 da Circular SUSEP nº 338/2007 . FASE DE RECEBIMENTO (CONCESSÃO) DO BENEFÍCIO MODALIDADE DE RENDA No PGBL o evento gerador do pagamento do benefício será sempre a sobrevivência do participante ao período de diferimento contratualmente previsto. Desde que previsto no regulamento do plano, o participante poderá contratar modalidades de renda, dentre as quais destacam-se: Renda mensal vitalícia Renda mensal temporária Renda mensal vitalícia com prazo mínimo garantido Renda mensal vitalícia reversível ao beneficiário indicado Renda Mensal vitalícia reversível ao cônjuge com continuidade aos menores Renda Mensal por prazo certo Deve-se destacar que a escolha pela Renda mensal vitalícia, no caso do óbito do participante, após o início da percepção ao benefício de renda, não dá direito aos seus beneficiários de recebimento de qualquer valor. O próprio Regulamento do Plano PGBL e o art. 2º da Resolução CNSP nº 139/2005 . PARÂMETROS TÉCNICOS DOS PLANOS NA FASE DE CONCESSÃO DO BENEFÍCIO São observados os seguintes parâmetros na definição do plano na fase de concessão do benefício: • Índice de atualização - atualmente são os índices de preços estabelecidos na Circular SUSEP nº 255/2004 • Taxa de juros - garantia de remuneração estabelecida contratualmente, observado o máximo de 6% ao ano • Tábuas biométricas - tabelas que contém a taxa de mortalidade • Resultados Financeiros - valor da diferença entre o patrimônio do fundo - FIE e o saldo da PMB - Provisão Matemática de Benefícios O próprio Regulamento do Plano PGBL e os arts. 9º ao 18 da Resolução CNSP nº 139/2005 . ATUALIZAÇÃO DO BENEFÍCIO DE RENDA CONCEDIDO O benefício de renda será atualizado anualmente com base no índice de preço constante do regulamento do plano. O critério de atualização do benefício deverá constar da proposta de inscrição, do regulamento e, no caso de plano coletivo, do contrato. O próprio Regulamento do Plano PGBL , o art. 10 da Resolução CNSP nº 139/2005 e a Circular SUSEP nº 255/2004 . TAXA DE JUROS E TÁBUA BIOMETRICA Destaca-se que na fase de pagamento do benefício do Plano PGBL existe garantia de atualização monetária por índice de preço e taxa de juros, a qual pode variar de 0% a 6% ao ano. O índice de atualização anual do benefício e a taxa de juros adotados na fase de concessão do beneficios constam do regulamento do plano. Ao término do período de diferimento calcula-se o benefício de renda com base nos seguintes parâmetros: provisão matématica acumulada, tábua biométrica, idade do participante, e taxa de juros. Fixando o valor da provisão acumulada, a tábua e a idade do participante, calcula-se o maior valor de benefício quanto maior for a taxa de juros. Desta forma, o participante deve atentar para o plano que ofereça a maior taxa de juros, verificando os demais parâmetros. Quanto à tábua biométrica, deve-se observar que o limite máximo para a taxa de mortalidade é a da tábua AT-1983 Male. Quanto à tábua biométrica deve-se observar ainda, que há planos com as tábuas brasileiras que prevêem atualização das taxas de mortalidade a cada 5 anos. O próprio Regulamento do Plano PGBL , os arts. 9º e 11 da Resolução CNSP nº 139/2005 e a Circular SUSEP nº 404/2010 . RESULTADOS FINANCEIROS A reversão de resultados financeiros, caso contratada, dar-se-á a partir da data de concessão do benefício, pelo prazo e pela periodicidade estabelecidos no regulamento plano. O saldo da provisão técnica de excedentes financeiros (observados à época a periodicidade e o prazo de duração convencionados no regulamento do plano) será: pago diretamente ao assistido; ou revertido à provisão matemática de benefícios concedidos, de maneira a proporcionar aumento ao benefício pago sob a forma de renda. A periodicidade de reversão não pode ultrapassar 5 (cinco) anos civis consecutivos. Por fim, em relação aos resultados financeiros, deve-se observar se o plano prevê a reversão dos resultados financeiros, e qual o percentual de reversão e a respectiva periodicidade, sendo mais vantajoso o plano que possuir maior percentual de reversão, com menor periodicidade de repasse. O próprio Regulamento do Plano PGBL e o art. 6º e inciso II do 45 da Resolução SUSEP nº 139/2005 . TRIBUTAÇÃO No caso do PGBL, as contribuições pagas podem ser deduzidas da base de cálculo do IR até o limite de 12% da renda bruta, porém no resgate ou recebimento do benefício, o IR incidirá sobre todo o montante recebido pelo participante. O PGBL é um plano de previdência com cobertura por sobrevivência indicado aos consumidores que preencham a declaração de ajuste anual do imposto de renda para pessoas físicas (I.R.P.F.), devendo-se ter em mente que podem ser utilizados para redução da base de cálculo do IR, limitado a 12% da renda bruta anual. Dessa forma, quando do recebimento de resgate ou benefício pago sob a forma de renda ou pagamento único, a alíquota do IR incidirá sobre o montante total recebido incluindo aí as contribuições e rentabilidade. O próprio Regulamento do Plano PGBL , a Lei nº 11.053/2004 e a IN Conjunta SRF, SPC e SUSEP nº 524/2005 . RESUMINDO: Fonte: SUSEP – Superintendência de Seguros Privados
  • Administrador completo no Windows 10

    Se você está usando o Windows 10 já deve ter notado que algumas ferramentas administrativas não estão muito fáceis de serem encontradas e já deve ter desejado uma forma mais direta de acessá-las, pois isto é possível. Com apenas três passos simples, podemos atingir este objetivo, criando a pasta do Administrador Total. Os passos são os seguintes: Dê um clique com o botão direito do mouse em um espaço livre de sua área de trabalho; Selecione Novo e depois selecione Pasta; Agora dê o seguinte nome para a sua pasta: AdminTotal.{ED7BA470-8E54-465E-825C-99712043E01C} Pronto, é simples assim. Agora você possui todas as ferramentas administrativas importantes em um único local!
  • Imposto de Renda 2016: 15 dicas para evitar a malha fina

    A entrega da declaração do Imposto de Renda (ano base 2015) já iniciou, mas a maioria dos contribuintes ainda não enviou as suas declarações, então aqui vão algumas dicas para evitar dor de cabeça no momento de preenche-la. Em 2016, o prazo final para entrega da declaração será o dia 29 de abril. Para que você não caia na malha fina e evite dor de cabeça com a declaração, o mestre em finanças e professor da Estácio (Fargs), Carlos Paleo da Rocha, dá dicas valiosas de como fazer a sua declaração. De qualquer forma, os contribuintes podem se preparar para pagar mais Imposto de Renda este ano e há dois motivos para isso. Novamente, o Congresso propôs correção de 6,5%, o que não seria o suficiente ainda, até mesmo porque o próprio salário mínimo aumentou mais de 11% e todos os acordos coletivos seguiram percentuais próximos deste. De qualquer forma o governo só concedeu os 6,5% para as duas primeiras faixas, ficando com 5,5% para a terceira faixa, 5% para a quarta e 4,5% para a quinta. Isto significa, que novamente a mordida do leão será mais forte, ao que de certa já estamos nos acostumando, pois acontece todos os anos. Os profissionais da saúde (médicos, psicólogos, odontólogos, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais) e advogados. que prestam serviços para pessoas físicas, deverão informar os seus rendimentos por CPF, discriminando o CPF da pessoa para quem prestaram o serviço e o CPF da pessoa que efetuou o pagamento, mês a mês, o que permitirá evitar a retenção em malha de milhares de declarantes. A tabela progressiva para o cálculo do imposto será a seguinte: Base de cálculo em R$ Alíquota (%) Parcela a deduzir do imposto em R$ Até 22.499,13 - - De 22.499,14 até 33.477,72 7,5 1.687,43 De 33.477,73 até 44.476,74 15,0 4.198,26 De 44.476,75 até 55.373,55 22,5 7.534,02 Acima de 55.373,56 27,5 10.302,70 Aqui seguem algumas para reduzir a chance de cair na malha fina: 1) Organize todos seus comprovantes, principalmente os referentes a gastos com educação e saúde, que podem precisar de comprovação; 2) Declare todos os rendimentos recebidos - sejam eles salários, proventos, aposentadoria, pró-labores, aluguéis e outros; 3) Declare o rendimento do cônjuge quando a declaração for em conjunto; 4) Declare o resultado da subtração entre os rendimentos tributáveis e os rendimentos isentos e não tributáveis. Ambos são informados no comprovante de rendimentos fornecidos pela fonte pagadora (empresa); 5) Digite a vírgula como separador de centavos, jamais o ponto - O programa gerador da declaração não considera o ponto como separador de centavos, fazendo com que o valor fique errado; 6) Declare prêmios de loterias e de planos de capitalização na ficha “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”; 7) Declare planos de previdência complementar na modalidade PGBL como dedutíveis, até o limite 12% do rendimento tributável declarado. A legislação não permite dedução de planos de previdência complementar na modalidade VGBL; 8) Não declare doações a entidades assistenciais - A legislação só permite doações efetuadas diretamente aos fundos controlados pelos Conselhos Municipais, Estaduais e Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente e limitadas em até 6% do imposto devido; 9) Não declare o 13º salário como rendimento tributável. Ele é um “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”; 10) Declare os ganhos ou perdas de renda variável, quando operar em bolsa de valores; 11) Não declare despesas com planos de saúde de dependentes não relacionados na declaração do IR. O contribuinte, titular de plano de saúde, não pode deduzir os valores referentes ao cônjuge e aos filhos quando eles declaram em separado. Só são dedutíveis na declaração os valores pagos a planos de saúde de pessoas físicas consideradas dependentes pela legislação, incluídas na declaração do responsável. O mesmo vale para os demais pagamentos a profissionais da saúde. Por exemplo, se o contribuinte para as sessões de terapia de um sobrinho, não poderá deduzir este valor no seu IRPF, a não ser que o mesmo viva sob sua dependência econômica, conforme previsto na legislação. O simples fato de efetuar o pagamento não gera o direito à dedução; 12) Declare os ganhos ou perdas de capital quando são vendidos bens e direitos. 13) Doações em dinheiro não são tributáveis pelo Imposto de Renda, porém requerem o pagamento do imposto estadual chamado de Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCD), que oscila em torno de 4% do valor recebido em doação de acordo com o estado. Quem paga o ITCD é o doador. 14) Caso tenha usado saldo de FGTS para amortizar o seu financiamento de imóvel, deverá acrescer no valor do bem a importância para, mais o saldo do fundo usado e adicionar o valor usado do fundo na ficha de Rendimentos Isentos e não tributáveis, na linha 3. 15) Pensões alimentícias são consideradas rendimentos tributáveis, sujeitas à tributação tanto pelo Carnê Leão (recolhimentos mensais), quanto na declaração de ajuste e caso tenham sido recebidas de forma acumulada (em função de ações judiciais), este montante deve ser declarado no mês do efetivo recebimento, sendo oferecido à tributação, pela tabela progressiva. Como haverá uma tributação maior sobre rendimentos acumulados (em função da mudança de faixa na tabela), deve ser pleiteado na ação, um acréscimo no valor a ser recebido, para que a tributação adicional seja compensada, não fazendo com que a pensão seja reduzida em função do pagamento de impostos.
  • Querendo jogar Xadrez com os amigos?

    Você gosta de jogar Xadrez com os amigos, mas nem sempre estão próximos para isso? Que tal jogar através do Messenger do Facebook? Sim, é possível e bem simples. Basta iniciar um chat com a pessoal e digitar no chat o seguinte texto: @fbchess play Este comando fará com que abra a tela do jogo, daí para a frente será apenas dar os comandos das jogadas e se divertir. Você deverá usar uma notação: Letra Peça correspondente K Rei (King) Q Rainha (Queen) B Bispo (Bishop) N Cavalo (kNight) R Torre (Rook) P Peão (Pawn) Sempre identificando a peça com letra maiúscula. Esta letra será seguida da casa de destino da peça, compondo assim o seu movimento. Por exemplo, para iniciar o jogo avançando o peão à frente do Rei duas casas, o comando é o seguinte: @fbchess Pe4 Desta forma, estamos informando à ferramenta de chat o seguinte: @fbchess => identifica que forneceremos um comando para a interface do jogo de Xadrez; P => informa que desejamos realizar uma ação com um peão; e4 => é a casa para onde desejamos deslocar um peão. A própria interface do jogo identificará qual peça pode se deslocar para aquele local e a movimentará. O resultado do comando será este: Para tomar uma peça, basta deslocar-se para a posição dela. Quem já estava acostumado a registrar os seus jogos pelo sistema de notação algébrica, achará bem fácil jogar pelo facebook. Caso o movimento seja de um peão na última casa do tabuleiro, para informar a qual peça ela será convertido, basta inserir o símbolo de igual e a letra da peça desejada. Ex.: @fbchess Pa8=Q , para converter o peão em Rainha. Caso deseje desistir (derrubar o seu Rei), basta digitar: @fbchess resign Para fazer o roque curto ( O-O ), já o longo ( O-O-O ). Oferecer empate? @fbchess draw offer Se tiver dúvidas, digite: @fbchess help
  • O que fazer com o 13º salário? (2015)

    No final do ano chega o tão esperado 13º salário e a principal pergunta é sempre, o que fazer com ele. Estas dicas simples devem ajuda-lo: O primeiro passo sempre será o pagamento de dívidas : avalie tudo o que deve (saldo negativo no banco, cartão de crédito, empréstimos, etc.), coloque estas dívidas em ordem decrescente da taxa de juros cobrada e realize o pagamento da maior quantidade possível delas. Desta forma se possuir o valor suficiente para a quitação das dívidas, terá ao menos quitada as mais caras; Caso tenho conseguido quitar as dívidas, ou não as tenha, agora é hora de pensar no futuro . Como diz o ditado: “Seguro morreu de velho”. Desta forma, pode ser um bom momento para pensar em sua aposentadoria. Nesta época do ano, os planos de previdência privada aceitam aportes complementares de valores, que podem servir tanto para aumentar o seu benefício futuro, quanto para complementar o que ficou faltando por dificuldades financeiras ao longo do ano; Se ainda tiver uma folga financeira, então será hora de focar nas compras de final de ano e férias . Se você conseguiu organizar as suas finanças, é hora de aproveitar um pouco. Então, pesquise preços (vá às lojas físicas e conheça os produtos, depois pesquise seus preços nas lojas online e nas ferramentas de busca de preços, como por exemplo o site Buscapé ( http://www.buscape.com.br ). Então compre no site ou volte à loja e negocie um desconto maior), relacione as despesas de final de ano (festas, presentes, antecipação de IPVA e IPTU) e planeje a sua viagem; A escolha entre um pacote de viagem e adquirir os itens avulsos vai depender do conhecimento que você possui do destino e do tempo que dispõe para isto. Na maioria dos casos sai mais barato adquirir tudo avulso, mas cada caso é um caso e vale a pena pesquisar. Lembre-se sempre que além das despesas com a viagem, precisará considerar alimentação, seguro viagem, aluguel de automóvel, combustível, pedágios, passeios, presentes, etc. Some todos estes itens quando for considerar o seu destino; Se a escolha for viajar para o exterior , considere não realizar compras no cartão de crédito, que possui um IOF de 6,38%. É mais vantajoso comprar a moeda estrangeira aqui, pagando apenas 0,38% de IOF. Informe-se no seu banco sobre a compra de moeda estrangeira, bem como os cartões pré-pagos ou os traveller checks. Em função do risco de andar com muito dinheiro "vivo", o ideal é diversificar entre estes meios de pagamento, chegando a um ponto de equilíbrio entre economia e segurança; Ainda no quesito viagem para o exterior, vale a pena informar-se sobre os limites de isenção nas compras em valor (US$ 300 para viagens por via terrestre e US$ 500 para viagens por via marítima ou aérea) e os limites em quantidade (Ex.: 20 unidades de produtos com preço abaixo de US$ 20, até 10 unidades de produtos idênticos, etc.). Confira as dicas em: http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/viajantes/dicaviajantes.htm ; Quando estamos em viagem sempre é interessante visitar atrações turísticas , mas fique atento que os preços são menores quando compramos os ingressos adiantado. Uma ótima dica é o site City Pass. Eles vendem ingressos para eventos em diversas cidades e por preços bem atraentes ( http://pt.citypass.com/ ); Pense também em espetáculos de teatro que são muito bons. Para estes indico o seguinte site ( http://www.broadway.com/ ); Também não deixe de analisar as promoções em http://www.tripadvisor.com.br/ e http://www.expedia.com.br/ , pois eles costumam ter promoções muito boas; Não torne a volta das férias um amargo regresso, lembre-se que no início de ano sempre temos um aumento de despesas (fatura do cartão das férias, IPVA e IPTU, caso não tenha antecipado, matrículas escolares, etc.), faça uma reserva para isso; Cuidado com a antecipação do 13º . Muitos bancos oferecem esta antecipação, que pode parecer boa, mas tenha cuidado que isto nada mais é do que um empréstimo e como tal terá incidência de juros. Isso só é interessante se você tiver dívidas com juros maiores do que os deste empréstimo, que pretenda quitar com ele; Um pouco mais difícil para alguns, mas também é uma ótima alternativa realizar investimentos com este valor, sim, poupar, nem que seja o que tenha sobrado do 13º. Desta forma a sobra de hoje poderá suprir uma falta de amanhã, ou colaborar com férias ainda melhores no próximo período. Em resumo, a chave para o sucesso é sempre o planejamento prévio , portanto, planeje sempre !
  • Impressoras desaparecem e não é possível adicioná-las novamente

    Hoje tive um caso onde as impressoras simplesmente desapareciam do Terminal Services e também não era possível reinstalá-las pois o "Print Spooler" estava parado. Se o usuário tentasse iniciar ele, iniciava corretamente e ao tentar instalar a impressora parava denovo. A primeira vista, parece um problema complexo, mas na realidade é bem simples. Basta acessar a pasta: " %WINDIR%\system32\spool\printers " e apagar todos os arquivos que estiverem lá, depois iniciar o "Print Spooler". Pronto, as impressoras aparecem de volta e tudo funciona novamente!
  • Relatos 2014 - Palestras Windows Essentials

    Realizei algumas palestras sobre Windows Server 2012 Essentials em eventos do Rotary Club, abaixo algumas fotos dos eventos.
  • Relatos de 2014 - Palestras produtividade e gerenciamento de consultórios para Psicólogos

    Realizei um ciclo de palestras sobre produtividade e de gerenciamento de consultórios psicológicos, apresentando soluções com o uso do Windows Server 2012 Essentials e Office 365. A seguir algumas fotos:
  • Relatos de 2014 - Mentoria

    Como fiquei algum tempo sem postar novidades, nesta série passarei a relatar algumas coisas bacanas que fiz em 2014. A primeira que relato é minha participação no programa Microsoft MVP Mentor. A Microsoft criou este programa para conectar estudantes com principais experts independentes, chamados por ela de MVPs (Most Valuable Professionals), grupo do qual faço parte já há 10 anos. A lógica básica é fornecer ao estudante um mentor que o auxiliará a resolver um problema específico. Mais detalhes aqui: http://blogs.msdn.com/b/mvpmentor/archive/2014/04/13/welcome-to-the-mvp-mentor-blog.aspx Fui mentor de dois estudantes (por questões de privacidade, vou omitir os nomes deles): 1) 09092014 - Recebo um estudante de graduação da Inglaterra com a ideia de montar uma incubadora tecnológica em seu país. Trabalho muito interessante, pois começamos verificando o funcionamento das incubadoras, locais de co-working e aceleradoras, para então identificar seus diferencias, bem como itens de melhoria Na sua carreira. 2) 19/12/2014 - Recebo como meu segundo mentee um aluno de faculdade brasileira, querendo planejar sua carreria profissional e desejando receber conselhos para isso. Trabalho muito interessante, onde pude verificar diferenças regionais tanto comportamentais, quanto de currículo.
  • Juiz Imagine Cup

    Este ano tive a incrível oportunidade de ser juiz das semifinais internacionais da Imagine Cup, maior olimpíada de tecnologia do mundo! Julguei projetos da trilha de Cidadania Mundial. As principais trilhas para 2015 foram Inovação , Cidadania Mundial e Jogos , sendo que dos projetos avaliados por mim, nas semifinais, avançou para as finais mundiais, ainda que não tenha sido o grande vencedor. Além do cobiçado troféu a equipe vencedora levou um prêmio de US$ 50.000 !!! O processo de avaliação é super criterioso e envolve grande responsabilidade, pois além aproximar ou afastar as equipes do grande prêmio, as avaliações colocam os projetos em maior ou menor evidência, a medida que permitem ou não que eles avancem na competição. Na trilha que eu avaliei os grandes vencedores mundiais foram brasileiros! Naturalmente não forma avaliados por mim, por não poderia avaliar uma equipe de meu próprio país!
  • Prepare-se com antecedência para preencher a Declaração do Imposto de Renda de 2015

    A entrega da declaração do Imposto de Renda (ano base 2014) só inicia em março, mas o contribuinte já pode começar a se preparar e evitar dor de cabeça no momento de preencher o documento. Em 2015, o prazo para entrega da declaração será do dia 6 de março até 30 de abril. De qualquer forma, os contribuintes podem se preparar para pagar mais Imposto de Renda este ano e há dois motivos para isso. O Congresso aprovou a correção de 6,5%, o que não seria o suficiente ainda, mas amenizaria a situação dos contribuintes, porém a Presidente Dilma vetou o reajuste alegando que traria perda aos cofres do fisco e depois concedeu 4,5%. Apenas para ilustrar, a defasagem pela correção da tabela abaixo da inflação, durante os últimos 19 anos já atingiu 64,3%, ou seja, podemos afirmar que houve um aumento considerável da tributação em função desta defasagem. O segundo motivo é a manutenção de valores baixos como limites para as despesas dedutíveis da base de cálculo do IR, principalmente aquelas referentes a educação e dependentes, que atualmente estão em R$ 3.375,83 e R$ 2.156,52, respectivamente. O que naturalmente é incompatível com a vida no mundo real. Qual efeito isso causa? O contribuinte paga ainda mais imposto. Uma novidade para 2015 é que este ano será possível fazer a declaração online, via e-Cac, desde que o contribuinte possua certificado digital. Contudo, ficam excluídos dos contribuintes que podem usar este sistema aqueles que tiverem auferido os seguintes tipos de rendimentos: 1.1tributáveis: a) recebidos do exterior; b) com exigibilidade suspensa; c) sujeitos ao ajuste anual, cuja soma foi superior a R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais); 1.2 sujeitos à tributação exclusiva /definitiva: a) ganhos de capital na alienação de bens e /ou direitos; b) ganhos de capital na alienação de bens, direitos e aplicações financeiras adquiridas em moeda estrangeira; c) ganhos de capital na alienação de moeda estrangeira em espécie; d) ganhos líquidos em renda variável (bolsa de valores, mercadorias, de futuros e assemelhados e fundos de investimento imobiliário); e) rendimentos recebidos acumuladamente; f) rendimentos cuja soma foi superior a R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais); 1.3. rendimentos isentos e não tributáveis: a) lucro na alienação de bens e/ou direitos de pequeno valor ou do único imóvel, lucro na venda de imóvel residencial para aquisição de outro imóvel residencial, e redução do ganho de capital. Os limites para esse ano, comparados com os do ano passado, são os seguintes: Obrigatoriedade 2015 Ano anterior 2015 Rendimentos Tributáveis R$ 25.661,70 R$ 26.816,55 Rendimentos Isentos R$ 40.000,00 R$ 40.000,00 Atividade Rural R$ 128.308,50 R$ 134.082,75 Bens em 31 de dezembro R$ 300.000,00 R$ 300.000,00 Desconto Simplificado 20% - limitado a R$ 15.197,02 R$15.880,89 Deduções Dependentes R$ 2.063,64 R$ 2.156,52 Instrução R$ 3.230,46 R$ 3.375,83 Contribuição Oficial Contribuição à Previdência Complementar 12% rend. trib. 12% rend. trib. Despesas Médicas Dedução Empregada doméstica: R$ 1.078,08 R$ 1.152,88 Doações- ECA - Incentivo a Cultura – a Atividade Audiovisual - ao Desporto e ao Estatuto do Idoso. 6% 6% Os profissionais que prestam serviços para pessoas físicas, a partir deste ano deverão informar os seus rendimentos por CPF, o que permitirá evitar a retenção em malha de milhares de declarantes que preenchem a declaração de forma correta e pelo fato de terem efetuado pagamentos de valores significativos a pessoas físicas podem precisar apresentar documentos comprobatórios à Receita Federal . Claro que estas informações serão inseridos no programa Carnê Leão de 2015 e só serão importadas para o imposto de renda de 2016. Outra novidade em 2015 é o a plicativo para que o contribuinte possa informar dados de pagamentos e recebimentos durante todo o ano. Durante o período de entrega essas informações poderão ser importadas na DIRPF. A tabela progressiva para o cálculo do imposto será a seguinte: Base de cálculo em R$ Alíquota (%) Parcela a deduzir do imposto em R$ Até 21.453,24 - - De 21.453,25 até 32.151,48 7,5 1.608,99 De 32.151,49 até 42.869,16 15,0 4.020,35 De 42.869,17 até 53.565,72 22,5 7.235,54 Acima de 53.565,72 27,5 9.913,83 Aqui seguem algumas para reduzir a chance de cair na malha fina: Organize todos seus comprovantes, principalmente os referentes a gastos com educação e saúde, que podem precisar de comprovação; Declare todos os rendimentos recebidos - sejam eles salários, proventos, aposentadoria, pró-labores, aluguéis e outros; Declare o rendimento do cônjuge quando a declaração for em conjunto; Declare o resultado da subtração entre os rendimentos tributáveis e os rendimentos isentos e não tributáveis. Ambos são informados no comprovante de rendimentos fornecidos pela fonte pagadora (empresa); Digite a vírgula como separador de centavos, jamais o ponto - O programa gerador da declaração não considera o ponto como separador de centavos, fazendo com que o valor fique errado; Declare prêmios de loterias e de planos de capitalização na ficha "Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva"; Declare planos de previdência complementar na modalidade PGBL como dedutíveis, até o limite 12% do rendimento tributável declarado. A legislação não permite dedução de planos de previdência complementar na modalidade VGBL; Não declare doações a entidades assistenciais - A legislação só permite doações efetuadas diretamente aos fundos controlados pelos Conselhos Municipais, Estaduais e Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente e limitadas em até 6% do imposto devido; Não declare o 13º salário como rendimento tributável. Ele é um "Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva"; Declare os ganhos ou perdas de renda variável, quando operar em bolsa de valores; Não declare despesas com planos de saúde de dependentes não relacionados na declaração do IR. O contribuinte, titular de plano de saúde, não pode deduzir os valores referentes ao cônjuge e aos filhos quando eles declarem em separado. Só são dedutíveis na declaração os valores pagos a planos de saúde de pessoas físicas consideradas dependentes pela legislação, incluídas na declaração do responsável; Declare os ganhos ou perdas de capital quando são vendidos bens e direitos. Espero que isto ajude você! Se gostou, indique!
  • Dicas para 2015

    Em 2015 temos um cenário ainda mais complicado para quem possui endividamento, do que em 2014, quando voltamos a registrar crescimento da inadimplência. Provavelmente a principal causa disso seja que para cobrir os rombos das contas públicas o governo está tomando medidas para aumentar a arrecadação, mas que acabam por transferir esta conta para os cidadãos. O crédito está mais caro, o que possui um efeito extremamente danoso para as pessoas que possuem endividamento, pois se não conseguirem saldar suas dívidas e precisarem contrair novas, uma parcela maior de seu dinheiro irá para pagar os juros. Da mesma forma isso faz com que muitas empresas reduzam seus investimentos, desta forma adiando expansões e portanto contratações. Ao mesmo tempo tivemos um aumento de impostos, então se de um lado as empresas ficam com menos capital para investir, do outro, uma parte maior de suas vendas vai para o pagamento de impostos, reduzindo seu resultado. A opção normal seria aumentar os preços, mas com o dinheiro mais caro para os consumidores isso geraria retração das vendas, então as empresas acabam "enxugando", o que muitas vezes é sinônimo de demissões. Com as demissões as vendas tendem a cair ainda mais e aí entramos em um círculo vicioso, que conduz a uma retração da economia, como já foi inclusive admitido pela equipe do governo. Repare que mesmo com a redução do IPI a venda de automóveis já caiu 31% em Janeiro. Se esta retração mantém-se por três meses, vira recessão, o que segundo o governo não ocorrerá. De qualquer forma a tendência é enfrentarmos uma falta de capital e uma retração nas vendas ao mesmo tempo, ainda que por um curto período. Então as medidas foram erradas? Não, foram corretas, mas alguns remédios são indigestos mesmos. Não adianta reclamar do remédio, a revolta deve ser com o que nos fez ter de usá-lo. Isso significa que 2015 será um ano ruim? Não, necessariamente. Lembre-se: Sempre quando uns choram, outros podem vender lenços! O que fazer então? 1) Expandir: Como assim? As empresas que estiverem com suas contas em dia, terão uma oportunidade ímpar para adquirir concorrentes e desta forma aumentar suas participações no mercado. Da mesma forma, as pessoas físicas que estiverem em dia, poderão barganhar melhor e obter ótimos descontos em suas compras; 2) Enxugar: Reduza despesas para fazer seus gastos caberem no orçamento. Na pessoa física isso pode significar um corte no lazer, redução de despesas como água e luz (que ainda possuem risco de racionamento, se nada mudar) e telefone. Se não desejar cortar, ao menos mude a periodicidade ou o padrão; 3) Renegociar: A falta de dinheiro tende a atingir todos, uns em maior escala e outros em menor, desta forma pode ser uma boa oportunidade para renegociar dívidas, obtendo bons descontos; 4) Sem rolagem: Não adianta nada rolar as despesas de um mês para o seguinte, pois apenas estará adiando o problema. Simplesmente, passar a comprar a prazo, o que vinha comprando a vista vai apenas adiar o problema. Não adianta pagar o supermercado no cartão de crédito, pois a fatura virá no mês seguinte e depois que se entrar nessa sistemática é muito difícil de sair, para precisaria pagar dois meses juntos, para sair dela; 5) Fugir: Fuja dos empréstimos o mais que puder, pois com juros altos eles são uma opção muito ruim, apesar de fáceis. Nada de rolar cartão crédito, nem cheque especial, pois isso pode virar bola de neve; 6) Ampliar: Este sem dúvida é um ótimo momento para ampliar a renda (difícil será encontrar vagas para isso), mas qualquer rendimento extra é sempre bem-vindo na volta das férias, portanto não custa procurar.
  • Preparação para o mercado. Você realmente foi preparado?

    Praticamente todos os cursos superiores dizem preparar os seus egressos para o mercado de trabalho, mas ainda hoje, poucos deles preparam os profissionais para empreenderem. A maioria os torna muito bons nas competências técnicas de suas respectivas áreas de atuação, mas no mundo em que vivemos atualmente, isso não basta. Ser bom tecnicamente pode ser o suficiente para desempenhar a profissão escolhida pelo profissional, mas o cotidiano vai lhe requerer outros conhecimentos, como gestão de pessoas, gestão financeira e gestão tributária, sendo que a esmagadora maioria dos egressos de cursos superiores não tem este conhecimento e acaba por adquiri-lo da forma mais traumática, que é o método da tentativa, erro. Muitos buscam especializações para adquirirem estes conhecimentos e outros contratam profissionais que os possuem, para lhes auxiliarem, o que parece ser um caminho lógico, mas ainda assim, não é sem riscos. Infelizmente, nem todos os cursos são bons, assim como nem todos os profissionais atuando no mercado o são e há o risco de fazer escolhas ruins e terminar por realizar uma má gestão. Quando desejamos escolher um curso superior ou um programa de pós-graduação stricto senso (mestrado e doutorado), podemos usar como referência de qualidade, a nota dele no IGC, do INEP, atribuída anualmente, que pode ser localizada em http://portal.inep.gov.br/educacao-superior/indicadores/indice-geral-de-cursos-igc . O IGC varia de 1 até 5 e um desempenho ruim pode levar inclusive ao descredenciamento da instituição de ensino. Imaginem o valor para o mercado, de um diploma emitido por uma instituição descredenciada... O pior é que muitos alunos não levam a sério a prova do ENADE, muitas vezes respondendo às perguntas de forma errada, com a intenção de errar. Eles acham que estarão promovendo uma "vingança" contra a instituição de ensino, em função de fatos que os deixaram insatisfeitos, mas na verdade, estão prejudicando a eles mesmos, pois quanto menor o conceito da IES (Instituição de Ensino Superior), menor o "valor" do diploma deles! Adicionalmente, se a preocupação for apenas com a qualidade de um programa de pós-graduação stricto senso (mestrado e doutorado) podemos utilizar os conceitos atribuídos pela CAPES, que recomenda apenas os cursos que tenham obtido nota igual ou superior a "3", disponíveis em http://www.capes.gov.br/avaliacao/dados-do-snpg/cursos-recomendados-reconhecidos . As notas da CAPES variam de 1 até 7! O interessante aqui é o fato de existirem 5.691 cursos de pós-graduação no Brasil, mas apenas 3.806 (66,88%) serem recomendados pela CAPES, ou seja, 33,12% deles não conseguiram nota para a recomendação. Mas e quanto aos cursos de latu senso (especialização)? Bem, estes não possuem nenhum tipo de avaliação e aí há espaço para os cursos ruins se colocarem, fazendo seus alunos desperdiçarem dinheiro e tempo em algo que não lhes será útil para nada, além do relacionamento com novas pessoas da área. Aqui vale destacar as louváveis iniciativas de alguns conselhos de classe que analisam cursos de suas competências técnicos e os reconhecem, ou não, conforme seus critérios, como são os casos do CFO e do CFP. Porém nenhuma entidade, até o momento, avaliou os cursos de gestão de consultórios, escritórios, etc. Conseguimos claramente identificar profissões onde o ato de empreender é muito comum e portanto tendem a sofrer mais com esta deficiência, como é o caso das áreas da saúde que costumam montar seus consultórios pessoais (médicos, enfermeiros e odontólogos), além dos psicólogos que montam seus consultórios, educadores físicos que atuam como "personal trainners" e advogados que montam escritórios. Apesar de serem profissionais de áreas distintas, todos correm o risco de não terem obtido em suas formações as competências necessárias para o empreendedorismo. Desta forma, anualmente, temos novos profissionais ingressando no mercado e iniciando suas atividades sem a noção de como devem proceder para o recolhimento de seus impostos, como funciona a contratação de quem irá secretariá-los, nem como gerir seus negócios. Ainda que sejam excelentes profissionais nos quesitos técnicos, pecam na gestão e acabam por ser exemplos de muito conhecimento e pouco sucesso financeiro. Tipo de pessoa muito comum hoje em dia, mas realmente não precisaria ser assim, bastaria que contassem com a orientação de bons profissionais. Aí recaímos em outro problema. Como localizar os bons? Pois é, esta tarefa não é das mais fáceis, principalmente para quem está ingressando no mercado... Lógico que não são apenas os entrantes que enfrentam problemas, ainda há os antigos, que em função da orientação de maus profissionais, realizam procedimentos errados ao longo de anos e quando descobrem o erro, acabam por ver uma parte razoável de seus ganhos ir embora em função deles... Em artigos futuros pretendo abordar este assunto da gestão do negócio próprio em maior profundidade, até o próximo!
  • O que fazer com o 13º salário? (2014)

    No final do ano chega o tão esperado 13º salário e a principal pergunta é sempre, o que fazer com ele. Estas dicas simples devem ajuda-lo: O primeiro passo sempre será o pagamento de dívidas : avalie tudo o que deve (saldo negativo no banco, cartão de crédito, empréstimos, etc.), coloque estas dívidas em ordem decrescente da taxa de juros cobrada e realize o pagamento da maior quantidade possível delas. Desta forma se possuir o valor suficiente para a quitação das dívidas, terá ao menos quitada as mais caras; Caso tenho conseguido quitar as dívidas, ou não as tenha, agora é hora de focar nas compras de final de ano e férias . Se você conseguiu organizar as suas finanças, é hora de aproveitar um pouco. Então, pesquise preços (vá às lojas físicas e conheça os produtos, depois pesquise seus preços nas lojas online e nas ferramentas de busca de preços, como por exemplo o site Buscapé ( http://www.buscape.com.br ). Então compre no site ou volte à loja e negocie um desconto maior), relacione as despesas de final de ano (festas, presentes, antecipação de IPVA e IPTU) e planeje a sua viagem; A escolha entre um pacote de viagem e adquirir os itens avulsos vai depender do conhecimento que você possui do destino e do tempo que dispõe para isto. Na maioria dos casos sai mais barato adquirir tudo avulso, mas cada caso é um caso e vale a pena pesquisar. Lembre-se sempre que além das despesas com a viagem, precisará considerar alimentação, seguro viagem, aluguel de automóvel, combustível, pedágios, passeios, presentes, etc. Some todos estes itens quando for considerar o seu destino; Se a escolha for viajar para o exterior , considere não realizar compras no cartão de crédito, que possui um IOF de 6,38%. É mais vantajoso comprar a moeda estrangeira aqui, pagando apenas 0,38% de IOF. Informe-se no seu banco sobre a compra de moeda estrangeira, bem como os cartões pré-pagos ou os traveller checks. Em função do risco de andar com muito dinheiro "vivo", o ideal é diversificar entre estes meios de pagamento, chegando a um ponto de equilíbrio entre economia e segurança; Ainda no quesito viagem para o exterior, vale a pena informar-se sobre os limites de isenção nas compras em valor (US$ 300 para viagens por via terrestre e US$ 500 para viagens por via marítima ou aérea) e os limites em quantidade (Ex.: 20 unidades de produtos com preço abaixo de US$ 20, até 10 unidades de produtos idênticos, etc.). Confira as dicas em: http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/viajantes/dicaviajantes.htm ; Quando estamos em viagem sempre é interessante visitar atrações turísticas , mas fique atento que os preços são menores quando compramos os ingressos adiantado. Uma ótima dica é o site City Pass. Eles vendem ingressos para eventos em diversas cidades e por preços bem atraentes ( http://pt.citypass.com/ ); Pense também em espetáculos de teatro que são muito bons. Para estes indico o seguinte site ( http://www.broadway.com/ ); Também não deixe de analisar as promoções em http://www.tripadvisor.com.br/ e http://www.expedia.com.br/ , pois eles costumam ter promoções muito boas; Não torne a volta das férias um amargo regresso, lembre-se que no início de ano sempre temos um aumento de despesas (fatura do cartão das férias, IPVA e IPTU, caso não tenha antecipado, matrículas escolares, etc.), faça uma reserva para isso; Cuidado com a antecipação do 13º . Muitos bancos oferecem esta antecipação, que pode parecer boa, mas tenha cuidado que isto nada mais é do que um empréstimo e como tal terá incidência de juros. Isso só é interessante se você tiver dívidas com juros maiores do que os deste empréstimo, que pretenda quitar com ele; Um pouco mais difícil para alguns, mas também é uma ótima alternativa realizar investimentos com este valor, sim, poupar, nem que seja o que tenha sobrado do 13º. Desta forma a sobra de hoje poderá suprir uma falta de amanhã, ou colaborar com férias ainda melhores no próximo período. Em resumo, a chave para o sucesso é sempre o planejamento prévio , portanto, planeje !
  • O que fazer com o 13º salário?

    Saiu hoje no Click RBS, na página do Diário Gaúcho, um artigo meu sobre o que fazer com o 13º salário. Reproduzo ele aqui abaixo para quem tiver interesse. Site do Jornal: http://wp.clicrbs.com.br/trabalhador/?topo=52,1,1,,186,e186
  • Palestra sobre produtividade na Assembléia Legislativa

    No dia 24/10/2014 fiz palestra sobre produtividade na Assembléia Legislativa do estado do Rio Grande do Sul, em evento organizado pela Escola do Legislativo, onde tivemos cobertura do Jornal e da Televisão do Legislativo. Abaixo algumas fotos do evento!
  • Palestra de Produtividade no Office para a Cinco TI

    No dia 13/11/2014 realizei uma palestra sobre Produtividade na Cinco TI , aqui algumas fotos do evento.
  • Instalando o Windows 8.1 em um Pen Drive

    Você já desejou poder instalar o seu Windows 8.1 em um pen drive (ao menos 32 GB é o recomendável) e levar ele para onde desejar a fim de continuar um trabalho? Pois saiba que isso é possível, desde que você disponha de um Windows 8.1 Enterprise para gerar o pen drive. Pois vamos aos passos: Insira um pen drive vazio, ou que não se importe em perder os dados; Acesse ao painel de controle e clique na opção Windows To Go ; Selecione o drive desejado (pen drive ou HD externo) e clique em avançar; Selecione a imagem do Windows 8/8.1 que deseja usar e clique em avançar; Informe uma senha para a BitLocker, a fim de aumentar a segurança dos seus dados; Então bastará clicar em Criar para que o procedimento seja realizado; A unidade será preparada e então a imagem será aplicada; Pronto, agora você pode usar o seu sistema em qualquer computador, bastando para isso que inicie a máquina a partir dele!
  • MVP 10.0!!

    Amigos, é com MUITA alegria que informo a todos que pelo 10º. ano consecutivo, foi agraciado com o título de MVP (Most Valuable Professional – Profissional mais valioso), pela Microsoft. Fazer parte deste grupo MUITO me honra, pois são pouco mais de 4.000 MVPs ao redor do mundo, distribuídos em diversas especialidades. Na minha especialidade (Windows Server for Small and Medium Business), somos apenas 40 no mundo todo! Entrar neste grupo não foi fácil, mas me manter 10 anos nele só me enche de orgulho! Abaixo a mensagem de reconhecimento e um pouco sobre o programa para quem ainda não o conhece:   P rograma MVP A Premiação Microsoft Most Valuable Professional (MVP) é nossa forma de agradecer aos incríveis líderes independentes da comunidade que compartilham sua paixão, experiência técnica e conhecimento prático dos produtos da Microsoft com outros. Faz parte do compromisso da Microsoft em ajudar e enriquecer as comunidades técnicas. Mesmo antes do surgimento da mídia social e Internet, as pessoas se reúnem para oferecer suas ideias e práticas recomendadas nas comunidades técnicas. Na Microsoft, reconhecemos a função vital destes indivíduos na adoção e avanço da tecnologia - e ao ajudar nossos clientes a realizarem coisas maravilhosas com nossos produtos. Esta foi a inspiração para a Premiação MVP da Microsoft. A cerca de duas décadas atrás, premiamos 37 líderes da comunidade técnica como MVPs. Hoje, existem mais de 4.000 MVPs em todo mundo. Eles representam mais de 90 países, falam mais de 40 idiomas, respondem mais de 10 milhões de perguntas por ano e conhecem quase 90 tecnologias da Microsoft - refletindo a amplitude de nossos produtos e nossas comunidades globais Fonte: http://mvp.microsoft.com/pt-br/overview.aspx
  • Usando arquivos de um pen drive em uma máquina virtual do Hyper-V

    Você deseja poder acessar arquivos que estão em um pen drive, a partir de sua máquina virtual do Hyper-V? Caso seu servidor seja um Windows Server 2012 R2 e a máquina virtual seja da geração 2 (Windows 8.1 ou Windows Server 2012), isto já é possível. Veja como: Abra o Gerenciador do Hyper-V ; Dê um clique com o botão direito no nome do host e selecione Configurações do Hyper-V ; Agora em no conjunto Servidor , clique em Política do Modo de Sessão Avançado e selecione a caixa Permitir modo de sessão avançado ; Então no conjunto Usuário , em Modo de Sessão Avançada , selecione a caixa Usar modo de sessão avançada; Agora clique em Conectar… que aparecerá uma caixa de diálogo permitindo alterar a configuração de vídeo, além de outras opções, caso clique em Mostrar ; Vídeo: 640 x 480; 800 x 600; 1024 x 768; Tela inteira; Recursos Locais: Áudio remoto; Dispositivos e recursos locais Nas unidades você poderá conectar seus dispositivos de armazenamento USB. Pronto!
  • Problemas de ativação do Office 2013

    Suponhamos que você deva instalar vários Office 2013 e no meio do processo perdeu o controle de quais chaves já usou. Então acaba inserindo uma chave que já havia sido usada a quantidade de vezes permitida e o Office falha na ativação. O que fazer? Simplesmente alterar a chave para a correta e seguir o processo de ativação. Como? Via prompt de comando, com privilégios de administrador. Aqui vão os passos: Localize o arquivo OSPP.VBS ; Ele estará em uma das seguintes pastas: C:\Program Files\Microsoft Office\Office15\; C:\Program Files (x86)\Microsoft Office\Office15\. Agora execute o seguinte comando: cscript " Pasta_identificada_no_item_anterior \OSPP.VBS" /inpkey: a_chave_de_produto_correta O resultado será algo assim: Agora é só executar o processo de ativação denovo, que funcionará perfeitamente!
  • Erro na ativação do Windows 8 Enterprise x64

    Quando a instalação do Windows 8 Enterprise é concluída ele tem armazenada uma chave padrão, que não é validada no processo de ativação do sistema e você recebe um erro. Analisando o log do sistema, normalmente o código do erro é 0x8007007B. Para resolver este problema, acesse a pesquisa de aplicativos e digite SLUI 3 ; Clique no aplicativo e na janela seguinte informe a chave de seu produto; Agora basta clicar em avançar e pronto!
  • Máquina Virtual “Em pausa–Crítica” no Hyper-V

    Sua máquina virtual do Hyper-V está com estado “Em Pausa – Crítica”? Você gostaria de saber o motivo? Simples, você está usando um disco dinâmico ou diferencial e o espaço em disco está acabando e para evitar que comecem a ocorrer falhas nas operações de gravação no disco da máquina virtual. Qual seria o problema disso? Normalmente causaria um “crash” na VM. Para evitar este tipo de problema, quando o espaço em disco fica inferior a 2 GB, começam a aparecer alertas no log de eventos e quando fica inferior a 200 MB a máquina virtual passa para o estado “Em pausa – Crítica”. Outro ponto a ser considerado é que se você configurar a VM para armazenar seus dados em um disco diferente do de sistema, mas esquecer mantiver os snapshots no disco de sistema, poderá ter problemas de espaço em ambos. Como solucionar? Basta excluir alguns arquivos para aumentar o espaço livre, ou  mover a máquina virtual para outro drive.
  • Usando o Dicionário de Sinônimos no Word 2013

    Agora vejamos como usar o dicionário de sinônimos existente no Word 2013, outra ferramenta muito boa! Para usar este recurso, selecione a palavra desejada e clique em Dicionário de Sinônimos ; Isso fará com que seja aberta outra janela, mostrando eles; Legal não é? Agora, que tal fazer isso em outro idioma? Seguindo a mesma ideia do post anterior ( Usando dicionário de significados no Word 2013 ), vou seguir usando a palavra inconsciente, porém desta vez, vou colocá-la em Italiano . Por que Italiano? Simples, foi o primeiro idioma que pensei, mas você pode escolher qualquer outro. Primeiro vamos instalar o dicionário de sinônimos em Italiano, para tanto clique em Revisão –> Idioma –> Preferências de idioma… ; No conjunto Escolher idiomas de Edição , em Adicionar mais idiomas de edição , escolha o idioma desejado (sim, a lista é longa) e depois clique em Adicionar ; Então você será redirecionado para a página do Office, onde terá de selecionar o idioma novamente; Na coluna do Revisor de Texto você encontrará o botão que deseja, aí é só clicar em Baixar e depois em Executar ; Na janela de confirmação clique em Sim e depois aceite os termos de uso (sim, eles estarão no idioma que você está adicionando); Então bastará você reiniciar o Word para as alterações surtirem efeito; Agora, acesse novamente o documento, selecione a palavra e clique em Revisão –> Dicionário de Sinônimos (da mesma forma descrita acima). Por padrão, ele vai abrir direto o dicionário de sinônimos de seu idioma padrão, informando que não localizou a palavra; A única coisa que você precisa fazer é alterar o idioma para o correto, no menu inferior (selecionado acima); Prontinho! Isso não é ótimo para quando estamos escrevendo textos em outros idiomas e queremos evitar repetições da mesma palavra? Aproveite!   Gostou? Indique o blog para um amigo!
  • Usando dicionário de significados no Word 2013

    Você sabia que o Word 2013 dispõe de um dicionário de significado e um de sinônimos? Pois veja aqui como utilizá-los! Caso haja uma palavra que você deseje verificar o significado em seu texto, basta selecioná-la e clicar nos seguintes menus. Revisão –> Definir ; O Word vai abrir uma janela lateral, onde aparecerá a definição da palavra procurada; Legal, não é, mas isto fica ainda mais interessante quando estamos falando de expressões estrangeiras, pois de uma forma ou de outra conseguimos nos virar com o idioma em que fomos criados, mas o problema surge ao se tentar escrever textos em outros idiomas. Pois vamos lá então: O primeiro passo pode ser instalar um dicionário, caso o idioma ainda não esteja instalado. Nesta caso, clique em Inserir –> Loja e escolha o dicionário desejado. Aqui vou utilizar um dicionário de Italiano; Uma vez instalado ele aparecerá em Meus Aplicativos , aí é só selecionar a palavra desejada, clicar em Inserir , na seta ao lado de Meus Aplicativos e escolher o dicionário desejado; Abrirá aquela mesma janela lateral com a definição da palavra desejada (naturalmente, para manter a consistência do exemplo, estou usando a mesma palavra apenas em italiano, sim usei o tradutor do Word para traduzi-la); Em função de erros de certificado, pode ser que apareçam umas mensagens de erro na janela, neste caso apenas clique em Atualizar página e depois em Continuar neste site ;   Aí sua resposta aparecerá! Gostou? Divulgue o blog para seus amigos!
  • Traduzindo textos com o Word – Parte 3

    Com este artigo fecho esta pequena série, que teve anteriormente: Traduzindo textos com o Word 2013 - Parte 1 = Como traduzir documento inteiros Traduzindo textos com o Word 2013 – Parte 2 = Como traduzir a palavra onde o mouse estiver repousando Agora vou abordar como traduzir o texto selecionado. Para tanto selecione um texto de seu documento que esteja em outro idioma e depois acesse a guia Revisão , clique em Traduzir e selecione Traduzir Texto Selecionado ; Neste momento o Word 2013 irá abrir a janela do Minitradutor em uma barra lateral e apresentar o seu texto já traduzido, depois você terá as opções de Inserir o texto em seu documento, ou apenas Copiá-lo para a área de transferência, para depois colá-lo onde desejar. Maravilha, assim concluo a série de tradução com o Word 2013, espero que tenham gostado e que seja muito útil para vocês!
  • Traduzindo textos com o Word 2013 – Parte 2

    No artigo anterior ( Traduzindo textos com o Word 2013 ) abordei como traduzir um documento inteiro no Word 2013, agora vou demonstrar como traduzir apenas partes dele. Com o texto que deseja traduzir aberto no Word 2013, clique em Revisão , selecione Traduzir e escolha Minitradutor ; Isto vai habilitar o Minitradutor (sim, você não notará nada em sua tela). Caso deseje conferir se ele foi habilitado basta clicar novamente em Traduzir e reparar que agora o Minitradutor estará selecionado (quem indica isso é o quadrado azul ao fundo dele); Você já deve ter reparado que consta Português (Brasil) no Minitradutor , caso deseje que a tradução dele seja para outro idioma, basta clicar em Escolher o Idioma de Tradução… e selecioná-lo; (Tá certo, eu sei que o parêntese ficou bem torto, mas façam de conta que está bonito, OK?) Agora aponte o mouse para uma palavra em outro idioma e repare que vai aparecer uma janela, quase transparente no entorno da palavra, referindo-se ao Microsoft Translator ; Movimente o mouse para dentro desta janela e verá sua tradução; Caso deseje traduzir um frase, é só selecioná-la e repousar o mouse sobre a seleção. Vai aparecer a mesma janela transparente; Agora, se movimento o mouse para dentro da janela transparente, tenho minha tradução; Há ainda dois botões muito úteis no Minitradutor, destacados acimas com os números: Clicando no marcado com o número 1 , teremos a expansão do Minitradutor para uma barra lateral contendo várias outras opções, dentre as quais um botão inserir que posso utilizar para inserir a tradução direto em meu documento; Já o ícone marcado com o número 2 é praticamente autoexplicativo. Ele serve para copiar a tradução, que poderá então ser colada onde eu desejar. Pronto, agora divirta-se com mais este recurso!
  • Traduzindo textos com o Word 2013 - Parte 1

    Atendendo ao pedido de uma amiga, posto aqui como traduzir textos com o Word 2013. Vou demonstrar algumas formas de realizar este procedimento, nesta primeira faremos a tradução do documento inteiro. Considerando que você deseja traduzir o documento inteiro, acesse a guia Revisão , depois clique em Traduzir e selecione Traduzir Documento ; Abrirá uma janela para você confirmar de qual e para qual idioma deseja traduzir; Faça sua seleção e clique em OK (repare que independe o idioma do seu Word, você poderá traduzir de e para qualquer um dos idiomas da lista; Como optamos por traduzir um documento inteiro, ele será enviado para a internet, traduzido e disponibilizado de volta (sim, precisa estar online!), desta forma, clique em Enviar ; O retorno será através de uma página de internet, que já apresentará o texto traduzido; Outra coisa interessante, é que algumas vezes não conseguimos entender algo traduzido por tradutores online, então basta apontar o mouse para uma frase que ela será apresentada no idioma original, juntamente com o traduzido (repare na caixa cinza, acima do texto traduzido); Agora é só selecionar o texto, copiá-lo e colar onde desejar, ou simplesmente lê-lo online. No próximo artigo, explico o segundo método, até mais!
  • Enviando mensagens personalizadas para uma lista de contatos

    Suponhamos que você tenha uma lista grande de pessoas para as quais deseje enviar mensagens de e-mail. O texto das mensagens será praticamente igual, mas com algumas personalizações. Isto não deixa de ser outra variante da postagem feita aqui: Enviando individualmente e-mails em massa Primeiro você cria uma planilha no Excel, separando uma coluna para cada informação que deseja poder personalizar na mensagem. A primeira linha conterá os títulos das colunas; Agora insira os dados particulares de cada destinatário, um por linha, salve o arquivo e feche ele; O passo seguinte é abrir o Word, selecionando um Documento em branco , clicar na guia Correspondências , Iniciar Mala Direta e selecionar Mensagens de E-mail; Neste momento devemos informar ao Word quem serão os destinatários de nossos e-mail, aqueles que informamos no Excel. Para isto clique em Selecionar Destinatários e selecione Usar uma Lista Existente ; Agora, caso sua planilha tenha mais de uma guia, selecione a guia adequada na janela seguinte e clique em OK . Se houver apenas uma, esta tela não aparecerá; O passo seguinte é escrever a linha de saudação. Aqui você pode escolher a forma de saudação (Caro, Prezado, nenhum/a), a maneira que deseja exibir o nome e a pontuação que virá após a saudação; Depois pode definir o que deve ser colocado na linha de saudação, caso haja um problema com o nome do destinatário; Aí chega o momento de escrever o texto desejado, inserindo os campos que desejar de sua planilha através do botão Inserir Campo de Mesclagem , onde você pode selecionar qualquer campo da planilha; No seu texto serão inseridos apenas os códigos dos campos e não o seu conteúdo, desta forma sua mensagem ficará parecida com esta abaixo; Caso deseje obter uma visualização dos resultados, clique em Visualizar Resultados ; Uma forma mais prática de inserir o endereço do destinatário é clicar no botão Bloco de Endereço ao invés de inserir campo a campo, conforme demonstrado acima. O resultado no código será; Claro que desta forma não se tem a mesma flexibilidade de customização, mas ainda podemos personalizar algumas coisas, como; Sendo que à direita da tela acima estará aparecendo um exemplo de como ficará, bem como teremos um controle para avançar e retroceder nos dados; Então a última etapa é preparar para o envio, clicando em Concluir e Mesclar e selecionando Enviar Mensagens de e-mail; Agora no campo Para você deve identificar qual coluna da sua planilha contém os endereços de e-mail, informar o assunto que a mensagem terá e selecionar o formato no qual deseja enviar a mensagem. Cabe salientar que se selecionar Texto sem formatação sua mensagem NÃO poderá conter imagens, nem qualquer tipo de formatação de texto; Caso deseje poder usar a mesma mensagens para envios futuros, basta selecionar para Salvar . Neste caso o documento abrirá com os dados do primeiro registro e a conexão com a base de dados será mantida. Quando o documento for aberto novamente, o Word perguntará se deseja manter a conexão de dados. Caso selecione Não a conexão com a fonte dos dados será quebrada e o texto passará a ser um documento simples do Word.   Pronto, espero que tenham gostado!
  • Convertendo PDF em DOCX – Parte 2

    Este artigo surgiu de uma necessidade de solução para um problema, aparentemente simples, comentado na Parte 1 , que tornou necessário o uso de uma macro. O que precisamos aqui é que o Word 2013 acesse uma pasta específica do computador, onde existem 800 arquivos PDF e converta todos eles para DOCX. Como os arquivos mudam a cada mês, esta macro tem de ser rodada todos meses, mas a pasta onde os arquivos estarão nunca muda. A solução apresentada foi o uso do código abaixo: Usando o código acima a macro converteu todos os 800 arquivos, sem que fosse necessária a intervenção manual de ninguém!
  • Convertendo PDF em DOCX – Parte 1

    Ontem me surgiu uma necessidade interessante num cliente. Ele me perguntou se era possível converter um arquivo PDF em Word. Eu respondi que claro, o Word 2013 faz isso e demonstrei para ele da forma descrita abaixo (juro que achei estranho ele ter uma dúvida tão simples). Para converte um documento PDF em Word siga os seguintes passos: Abra o Word 2013 selecionando a criação de um novo documento em branco; Clique em Arquivo , Abrir e selecione o documento PDF que deseja converter; Outra forma de chegar neste mesmo ponto é localizar o arquivo PDF com o Windows Explorer , dar um clique com o botão direito do mouse nele e selecionar Abrir com , depois escolher Word (Desktop) . Caso você receba uma mensagem informando que o arquivo será convertido, basta confirmar; Se a edição já não estiver habilitada, clique em Habilitar edição na barra superior; Agora basta ir em Arquivo , Salvar como e escolher documento do Word ; Pronto, problema resolvido! Não no meu caso, pois o cliente gostou da solução, mas disse que havia um problema ainda. Aí eu pergunto: Qual? São 800 arquivos, isso vai demorar muito. Precisamos de algo automatizado. OK, neste momento parto para a criação de uma macro, que demonstro na parte 2 deste artigo.
  • Syntax Highlight nas postagens do blog, via Word 2013

    Quem escreve um blog, sabe que muitas vezes é interessante postar um código fonte para explicar uma coisa ao leitor, porém dar o destaque correto a cada parte dele, as vezes é complicado, então usando este aplicativo do Office você consegue fazer isso, mesmo quando estiver postando do seu Word 2013 RT, do Surface RT, como é o meu caso! Ok, como proceder? O primeiro passo é instalar o aplicativo no Office, para isso acesse o site da loja do Office e procure pelo aplicativo Syntax Highlighter do Thomas Dunne . Como você pode ver, ele é gratuito! Gostaria de um link direto? Basta clicar na imagem acima. Ali você clica em Add , informa sua conta do live, ou caso ainda não tenha uma, a cria na hora, de graça. Então você abre o Word 2013, clica na guia Inserir e depois em  Meus Aplicativos que ele já aparecerá na lista. Caso não tenha aparecido, clique em Atualizar . Ao clicar nele abrirá uma nova janela no Word, onde você escolhe para qual tipo de código deseja o highlight, repare que existem várias opções! Certo, mas e como funciona? Simples, você escreve o código de forma normal, como demonstrado abaixo: Agora selecione o texto, escolha o tipo de código e clique em Highlight e repare no que acontece: Aqui fica mais fácil de visualizar o resultado: Simples, rápido e fácil. Aproveite!
  • Inserindo Vídeos em postagens de blog através do Word 2013

    Um recurso que era muito utilizado no Windows Live Writer era a inserção de vídeos nos posts de blogs e aparentemente este recurso não está presente no Word 2013 para postagens. Digo aparentemente porque, por padrão, ele não aparece, mas podemos facilmente resolver isto. Aqui vai o passo-a-passo: Na sua faixa de opções, dê um clique numa área livre e selecione Personalizar a Faixa de Opções ; Insira um novo grupo na faixa e dê um nome para ele (suponhamos algo criativo, como Vídeos ) e escolha um ícone; Selecione Todos os comandos , depois localize Videos Online… e clique em Adicionar > > ; Clique em OK e pronto! Agora você já terá na sua Faixa de Opções o novo grupo Vídeos, com o item Video Online !
  • O risco de usar apenas Mac Address como solução de segurança

    Esse assunto já é antigo, tanto que postei sobre ele em 2007 ( http://msmvps.com/blogs/paleo/archive/2007/07/27/evitando-grandes-problemas-com-o-uso-do-wireless-em-aeroportos.aspx ), mas de qualquer forma, vou repetir algumas coisas aqui. Definir permissões de acesso a roteadores wireless por filtros de Mac Address é uma solução boa, mas não deve ser a única, pois com softwares gratuitos e simples de usar como, por exemplo, o Macshift ( http://devices.natetrue.com/macshift/ ), já facilitavam este procedimento desde o Windows XP . No Windows 7 basta seguir os passos abaixo: Iniciar; Painel de Controle; Gerenciamento de Dispositivos; Adaptador de Rede; Avançado; em Endereço de Rede, preencha com o Mac que deseja. Isso ainda pode ser feito no registro do Windows, como explicado aqui: http://www.windowsreference.com/networking/how-to-change-mac-address-in-windows-registry/ No Windows 8 : Pressione a tecla do Windows junto com a letra S ; na caixa de busca que aparece digite: “ Gerenciador de Dispositivos ” (não precisa digitar tudo, pois ele vai localizando a medida que você digita); localize o Adaptadores de Rede e expanda a seleção; clique na guia Avançado ; localize Endereço de rede e altere o valor dele para o que desejar.   Em resumo, sim, o uso do endereço Mac é uma medida de segurança, mas facilmente burlada.   Um exemplo real? Aqui vai o que citei em 2007 no artigo mencionado acima: Muita gente gosta de usar as conecções Wireless de aeroportos, mas como na maioria deles elas são pagas, acaba pagando por isso. O interessante é que algumas vezes as pessoas notam que pagaram por mais tempo do que usaram, mas o provedor garante que não. Por que isto acontece? Simples, quando você embarcou no seu vôo, outra pessoa passou a usar sua conexão! Como? Muito simples: Você chega ao aeroporto, acessa a página do Wireless, informa os seus dados e do seu cartão de crédito (ou conta de acesso); com isto o acesso através de seu MAC Address (aqui está o problema) é liberado; outra pessoa chega, obtém acesso à página onde pede cartão/usuário senha; esta outra pessoa verifica o endereço IP que recebeu e identifica os outros IPs na área; então esta pessoa roda um "nbtstat" em cada IP da rede e obtém seus MAC Addresses; você embarca no seu vôo; o segundo passo do "sacana" é identificar qual IP não está mais operando ativamento (um deles será o seu, que acaba de embarcar); neste momento o "sacana" altera o MAC Address dele, deixando-o igual ao seu (usando por exemplo, o Macshift , que é free); pronto, agora ele pode navegar de graça e o pior, você está pagando pela navegação dele. Ok, muita gente vai dizer que isto não é problema, pois o acesso é barato mesmo e o seu prejuízo será baixo, mas preste muita atenção a um detalhe: QUALQUER coisa que esta pessoa realizar usando o SEU MAC Address, foi oficialmente realizada por você! Ou seja, se ele praticar algum crime, você sofrerá o processo e precisará gastar dinheiro para provar sua inocência! MUITO CUIDADO então! O uso do MAC Address nunca foi uma forma eficiente de se implantar segurança, mas este tipo de "roubo" de MACs está ficando tão freqüênte que resolvi alertar aos meus leitores. Claro que roubar MAC Address pode ser classificado como crime, mas o difícil é provar quem fez isto e levá-lo a um tribunal, portanto fique esperto e proteja-se. Sempre que possível, use apenas redes "seguras" (usei as aspas, pois virtualmente nenhuma rede pode ser considerada 100% segura).
  • Reduzindo o tamanho do arquivo de logs do SharePoint via Query Analyzer

    Esta postagem na verdade é um complemento para esta outra: Arquivo de Logs do SharePoint gigantesco Aqui mostro uma forma alternativa de chegar na mesma solução (usando o Query Analyzer), o que torna o processo bem mais curto. Execute cada um dos comandos a seguir, de forma sequencial e individual (Os comandos estão em negrito e o nome da base de dados em itálico. Adicionalmente, após cada comando, coloco a explicação do que ele faz): USE WSS_Content_5b2a339ee78749d0b48100e45cd22a0c ; Conecta à base de dados que desejo reduzir de tamanho ALTER DATABASE WSS_Content_5b2a339ee78749d0b48100e45cd22a0c SET RECOVERY SIMPLE; Configura o modelo de recuperação para SIMPLE CHECKPOINT; Comanda um CHECKPOINT para eliminar todas as transações inativas DBCC SHRINKFILE ( WSS_Content_5b2a339ee78749d0b48100e45cd22a0c _LOG, 5); Comprime o arquivo do log de transações para um tamanho aceitável ALTER DATABASE WSS_Content_5b2a339ee78749d0b48100e45cd22a0c SET RECOVERY FULL; Configura o modelo de recuperação de volta para FULL   Pronto, é só isso! Apenas quatro comandos, para fazer o mesmo do outro post!
  • Arquivo de Logs do SharePoint gigantesco

    Quem trabalha com SharePoint, com um enfoque de infraestrutura, não apenas de usuário, já deve ter encontrado base de dados do SharePoint onde o arquivo de dados do SQL Server (.mdf) possui um tamanho de alguns poucos MBs ou GBs, mas o arquivo de logs associado (.ldf) possui muitas vezes o tamanho do arquivo de dados, chegando muitas vezes a consumir quase todo o HD da máquina. A caso mais gritante que encontrei foi numa máquina de cliente um arquivo de dados (.mdf) de 5 GB e um arquivo de logs (.ldf) de 112 GB! A solução empregada nesta máquina será a demonstrada aqui neste post! O mais interessante é que este arquivo de logs crescerá até consumir o seu HD inteiro, caso não seja configurado um limite para ele. Quando isso ocorrer os usuários não poderão inserir , atualizar , nem excluir seus registros! Isto ocorre porque cada alteração (atualização) realizada no seu SharePoint é tratada como uma modificação pelo SQL Server (o que é correto) e portanto escrita no arquivo de logs, para somente depois ser escrita no arquivo de dados. Como o disco estará cheio, não será possível escrever no arquivo de logs, desta forma o SQL Server nem chegará a tentar escrever no arquivo de dados e portanto o seu SharePoint passará a ser apenas para visualização, uma vez que nada poderá ser alterado. Tornando-se inútil em pouco tempo. Há como evitar isso? Claro, é uma configuração no SQL Server, porém como nem todo usuário de SharePoint entende de SQL Server isso pode se tornar um “elefante branco”. Vou abordar esta configuração em outro post, aqui focarei apenas em como reduzir o tamanho de um arquivo de logs que já esteja gigante. Comece acessando o banco de dados que possui o arquivo de logs gigantesco e execute os seguintes procedimentos para reduzir o tamanho dele (aqui vou mencionar os procedimentos a serem realizados no modo "visual" (GUI) do SQL Server Management Studio, em outro post coloco como fazer via Query Analyzer, para não tornar este muito extenso. Bem, então vamos lá: Expanda Databases ; Localize o banco onde deseja reduzir o arquivo de logs, dê um clique com o botão direito do mouse nele e selecione Properties ; Acesse a guia Options ; Localize a informação sobre o modelo de recuperação ( Recovery Model ) onde deve estar selecionado Full ; Clique no menu dropdown e selecione Simple para o modelo de recuperação; Clique em OK ; Dê um clique com o botão direito do mouse no nome da base de dados e escolha Tasks –> Shrink –> Files ; No menu ao lado de File type , onde estará escrito Data , selecione Log ; Você pode manter o restante da tela como está, com a opção padrão, que é a liberação do espaço não usada ( Release unused space ), ou pode selecionar Reorganize pages before releasing unused space e ainda escolher em Shrink file to o tamanho que deseja deixar o arquivo. Não há necessidade para alterar a opção padrão, então vamos simplesmente clicar em OK (Fique ciente que este procedimento pode levar vários minutos!); Quando estiver concluído, caso deseje, você pode executar o procedimento anterior novamente, para reduzir o tamanho do arquivo de dados também. Para tanto, basta manter a seleção padrão para File type que é Data ; O último passo é voltar nas propriedades da base de dados e alterar novamente o modelo de recuperação para Full . O resultado será algo semelhante à imagem abaixo (repare que eu realizei o procedimento tanto no arquivo de dados, quanto no de logs):
  • Problema com o tamanho da base do SQL Server

    Realizando a migração de um Sharepoint Services 3.0 para o SharePoint Online do Office 365 verifiquei umas situações interessantes que julguei legal postar aqui para ajudar aos amigos. Primeiro o SharePoint estava usando o Windows Internal Database para contornar o problema da limitação de tamanho das versões Express do SQL Server. Vale destacar que na época da instalação do SharePoint se utilizava Windows Server 2003 R2 e SQL Server 2005 Express , que possuía a limitação de 4 GB para tamanho da base de dados. Para quem não está acostumado com isso, o Windows Internal Database não possui limitação de tamanho e pode ser utilizado para o SharePoint, o que na época era uma boa solução para quem não desejava gastar. Maravilha, mas hoje isso cria um problema adicional. Por que? Simples, não é possível migrar um SharePoint Services 3.0 direto para o SharePoint Online, primeiro temos migrar ele para um SharePoint Foundation 2010 ou SharePoint Server 2010 e então dele, podemos migrar para o SharePoint Online. Até aqui tudo bem, ocorre que quando se instala o SharePoint Server 2010, como standalone, ele instala e configura um SQL Server 2008 Express , que naturalmente possui recursos superiores aos do SQL Server 2005 Express da época em que foi instalado o SharePoint original, porém, possui a mesma limitação de tamanho dos 4 GB , o que inviabilizaria a migração, uma vez que a base já superou este tamanho. O processo de migração consiste em aplicar todas as atualizações no SharePoint Services 3.0 e no Windows Internal Database e depois realizar um Backup da base de dados do SharePoint (que pode ser feito via linha de comando, ou através do SQL Server Management Studio Express , que eu recomendo, por tornar o processo mais visual, o que facilita para quem não tem muita prática com bancos de dados). Como a base original estava num sistema antigo, foi utilizado para criar o backup a versão 2005 dele, como pode ser visto abaixo: Esta etapa é tranquila, agora vem a hora de levar o arquivo do backup até o equipamento onde temos o SharePoint Server 2010 e realizar a restauração do backup, para a primeira atualização da base de dados, pois é aí mesmo que iniciam os problemas. O problema deles será a demora via conexão de internet, caso os equipamentos estejam em locais onde não seja possível o transporte por meios físicos. O segundo será o tamanho da base, que neste caso era de 5,2 GB ! Na hora de restaurar o backup recebemos a seguinte mensagem: Agora, como contornar isso, sem precisar gastar muito? Simples, fazendo o upgrade de edição! Será necessário desinstalar o SharePoint, instalar o SQL Server 2012 Express e depois reinstalar o SharePoint? Não, o processo é bem mais simples do que isso! Basta Usar o SQL Server Instalation Center dele: Apenas tenha atenção para não acessar o SQL Server Instalation Center do SQL Server 2012, senão de nada adiantará. Você pode reparar na tela acima que o mouse está posicionado no correto e o outro está na base da mesma coluna. Selecione a opção de Maintenance e depois clique em Edition Upgrade : No Windows Server 2012 você receberá uma mensagem de erro, basta clicar em Run the program without getting help e seguir o processo. São realizadas algumas validações e você precisa apenas mandar continuar, clicando em OK ou Next , conforme o caso (uma vez cada um). Então você deve definir para qual edição deseja fazer o upgrade. Caso tenha uma chave com os 25 caracteres de uma versão superior, insira ela. Se não tiver apenas selecione Enterprise Evaluation e clique em Next . Sim, sua base será considerada de avaliação, mas isso não é problema, pois muito antes de os 180 dias da avaliação expirarem sua migração estará concluída! Agora aceite o contrato de licença e avance para a tela onde deverá selecionar a instância do SQL Server a passar pela atualização. A identificação é simples, basta ver qual delas possui Express na coluna Edition . Caso tenha mais de uma e não saiba qual delas é a correta, primeiro identifique-a pelo gerenciador do SharePoint 2010. Vale salientar que a seleção é feito pelo nome da instância, no menu acima da tabela de instâncias instaladas, onde aparece escrito SHAREPOINT . Pronto, problema de tamanho resolvido e agora você pode seguir com a migração!
  • Encurtando todos links de uma coluna no Excel

    Eu havia postado como encurtar o link de uma célula aqui ( http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2014/06/10/encurtando-links-no-excel.aspx ), mas recebi alguns e-mails solicitando que fizesse a postagem do código para encurtar todos os links de uma determinada coluna. Pois bem, não repetir toda o post anterior, vou colocar apenas o código VBA para esta nova tarefa, uma vez que basta substituir o do post anterior por este, para obter o resultado desejado. Como em cada e-mail havia o pedido por uma coluna diferente, fiz o código solicitar a coluna desejada. Enjoy!
  • Palestra sobre Produtividade para Pequenas e Médias empresas na Contax

    Hoje fiz uma palestra sobre Produtividade para Pequenas e Médias empresas na Contax, abordando os recursos do Windows Essentials 2012 e do Office 365. Muito legal a empresa e o pessoal foi bem participativo.
  • Encurtando links no Excel

    Algumas vezes no trabalho precisamos concentrar uma grande quantidade de informações em uma planilha, para tanto acabamos utilizando links externos para suas fontes, porém estes links ficam com tamanhos diferentes e isso atrapalha na hora de padronizar o tamanho da coluna, pois ou deixamos ela com uma largura gigante, ou não aparece o texto inteiro. Uma forma simples de contornar isso é utilizar encurtadores de links, assim padronizamos o tamanho deles. Para facilitar um pouco mais, demonstrarei aqui como usar um encurtador de links via VBA, direto no seu Excel. A rotina abaixo irá encurtar apenas o link da célula selecionada, mas pode ser facilmente adaptada para encurtar todos links de uma coluna, se for necessário. Primeiro vamos obter um Token de um serviço de encurtamento de links, aqui eu utilizarei o Bitly, mas você pode usar qualquer um de sua preferência. Para o Bitly, acesse https://bitly.com e crie uma conta. Agora acesse a área da API (o endereço está na janela abaixo) e vá em My Apps. Clique em Manage My Apps e gere um Token de acesso genérico clicando no botão Generate Token , depois copie o conjunto de letras e números do Token, pois você deverá inserí-lo na variável Token, do código que vamos criar logo abaixo. Agora vamos criar a macro, para tanto acesse o editor do VBA clicando em Alt + F11 ; Agora adicione uma referência para WinHTTP, pois utilizaremos ele para realizar a busca de dados pela internet. Para isso, no Editor do VBA, clique em Ferramentas | Referências e depois selecione ele na caixa, conforme demonstrado abaixo. Agora vamos criar o código do VBA, clique em Inserir | Módulo e cole o texto abaixo nele: Repare que o conteúdo da variável Token precisa ser alterado para que possa funcionar. É exatamente ali que você deverá inserir o código gerado anteriormente. Ok, já temos o Token e a macro está pronta, agora apenas para facilitar nossa vida, vamos criar um botão para acioná-la, assim não precisaremos ficar pressionando Alt + F8 toda vez que desejarmos executá-la. Para isso, personaliza seu Excel da seguinte forma: Clique em Personalizar barra de ferramentas de acesso rápido e selecione Mais comandos , agora em Escolher comandos em selecione Macros e depois EncurtarUmLink e então em Adicionar . Quando desejar usar a macro, basta selecionar uma célula que contenha um link e clicar no botão que acaba de criar. Tudo pronto, agora é só usar!
  • Reportagem na Revista ARBS

    Reportagem na Revista da Associação dos Funcionários do Grupo RBS! Para quem não conhece, o Grupo RBS é a afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul.
  • Desempenho meus aplicativos

    Hoje estava conferindo o desempenho de três aplicativos que criei basicamente para meu uso e de alguns amigos e fui surpreendido pelo relatório de uso deles. Esperava encontrar no máximo vinte downloads em cada um, mas vejam só: Pelo visto o CPF / CNPJ está merecendo uma versão 2 e o Altera Vencimento está merecendo uma versão 3, aumentando as funcionalidades dele. Já o TabelaFinanceira pretendo portar para celular...
  • Evento SQL Saturday #284

    No dia 26/04/2014 fui palestrante no evento SQL Saturday #284, realizado na Estácio FARGS, evento do qual participei desde seu planejamento e negociação, que ocorreram desde novembro de 2013. Nos quinze anos de existência do PASS, esta foi a primeira vez que o evento foi realizado no Rio Grande do Sul e foi realmente muito gratificante tem participado do grupo que tornou possível a realização dele, tento como palestrante, como fazendo a ponte entre a Estácio e o PASS e auxiliando no ajuste de diversos detalhes para sua realização. O evento foi um sucesso completo, onde tivemos a presença de mais de 170 pessoas, que lotaram o auditório da faculdade, desde as 08:00, até as 18:00. Sim, foram 10 horas de evento e o público permaneceu lá! Na abertura do evento tivemos um keynote com Ramnik Gulati, Global Product Manager for SQK Server da Microsoft/USA, o que muito abrilhantou o evento! O evento contou com 18 palestrantes e pela avaliação dos presentes, foi um sucesso total, tendo obtido avaliação média 4,65 , em uma escala que vai de 0 a 5. A minha palestra, que obteve nota 4,74 , em uma escala que ia de 0 a 10, foi sobre Business Intelligence usando o Microsoft Excel, com Power Query. Outra coisa que ficou bacana foi eu ter usado o Office Remote para comandar a apresentação a partir do meu Windows Phone.
  • Windows Live Write para Windows RT (Windows Live Writer for Windows RT)

    Alguns blogueiros, assim como eu, gostavam de usar o Windows Live Writer para escrever seus posts, dentre outras coisas pela facilidade para adicionar imagens. (Some bloggers, like me, liked to post their articles using Windows Live Writer, beyound other reasons, because it was pretty straigh forward to insert images.) Então passei a usar um Surface RT, com Windows e Office RT e passei a sentir muita falta de minha ferramenta para blogar. (So, I started using a Surface RT, with Windows and Office RT and missed my old blogging tool.) Procurei na Windows Store e não encontrei nenhuma ferramenta que gostasse. (I went to Windows Store but didn't find any tool I ended up by liking.) Bem, se este também é seu caso, eu tenho uma boa e uma má notícia. Vou dar primeiro a má, mas peço que não de ler o artigo até a boa! (Well, if you feel the same, I have good and bad News for you. I am gonna give you bad news first, but I ask you to don't drop reading after it, keep going till the good!) Notícia má: Desculpe, de certa forma enganei você com o título, pois realmente não há Windows Live Writer para Windows RT. (Bad News: I am sorry, my title might have deceived you, as there isn't really a Windows Live Writer for Windows RT.) Notícia boa: Você pode fazer tudo o que fazia no Windows Live Writer, usando o Word 2013 RT do seu Windows RT, como eu estou fazendo aqui. (Good News: You can do all you were used to do with Windows Live Writer, by using Word 2013 RT, which comes with Windows RT, as I am doing here.) Ok, então vejamos como usá-lo para isso. (Ok, so let's see how to use it for this. I stop translating here. Ok, call me lasy, but as I will use screen captures, text isn't really necessary) Vamos lá: Inicie o Word e na hora de criar um novo document escolha Post de Blog ; Agora clique para criar; Então será solicitado para você informar o tipo de blog que pretende usar. Clique em Registrar agora para continuar; Informar suas credenciais (siga as telas para informar seus dados de acesso) e defina se deseja obter as imagens de outra fonte; Confirme no alerta de segurança; Selecione em qual blog deseja postar, caso sua senha dê acesso a mais de um. (Detalhe: Na imagem temos três, mas caso deseje poder inserir postagens nos três, é necessário executar este procedimento três vezes!); Aí é só aguardar e quando ele carregar iniciar a postagem. Para definir as TAGS da postagem, clique em Inserir Categoria ; Pronto, bom trabalho! Espera que tenha ajudado!
  • Limpando espaço em disco no Surface RT

    Quem usa o Surface RT, ou qualquer outro dispositivo que rode o Windows 8.1 RT, após algumas instalações de programas e atualizações, especialmente a para o Windows 8.1, pode começar a considerar que ficou com pouco espaço livre no C:\ , sentir vontade de liberar mais espaço, mas ter dúvidas sobre como fazer isso, especialmente sobre qual a forma segura de excluir a pasta Windows.old . Pois aqui vai a dica: Pressione a tecla do Windows e a letra Q juntas; Na caixa de pesquisa digite cleanmgr e selecione a ferramenta de limpeza de disco; Agora clique em Limpeza de arquivos do sistema ; O programa retornará para a tela de seleção do que deseja excluir, selecione tudo o que desejar (não há uma opção para selecionar todos). O resultado para mim está sendo pequeno (1,5 GB), porque eu já havia feito este procedimento no passado, a tendência é ser maior para você, se nunca o realizou; Confirme a exclusão dos arquivos; Agora é só aguardar o final do processo e ter seu espaço livre de volta!
  • Enviar visualização de planilha por e-mail

    Recebi um questionamento sobre como enviar a visualização de uma planilha, por e-mail. Claro, pode ser na forma de imagem, mas eu considero como melhor forma, o envio como PDF. Desta forma vamos à solução! A primeira etapa é definir a área de impressão de sua planilha e os ajustes de página, como a Orientação (Retrato ou Paisagem) e se deseja que imprimi em múltiplas páginas ou ajuste o conteúdo a uma única página, depois é executar a macro abaixo que ela faz o resto, mas claro que você precisa ajustar o que coloquei em negrito antes de roda-la: Sub eMailActiveWorksheet()     ' esta macro envia apenas a planilha como PDF     Dim OL              As Object     Dim EmailItem       As Object     Dim Wb              As Workbook     Dim Arquivo        As String          Application.ScreenUpdating = False     Set OL = CreateObject("Outlook.Application")     Set EmailItem = OL.CreateItem(olMailItem)     Arquivo = " C:\Temp\ " & Replace(ActiveSheet.Name & " - " & ActiveWorkbook.Name, ".xlsm", ".pdf")     ActiveSheet.Copy     Set Wb = ActiveWorkbook     Wb.ExportAsFixedFormat Type:=xlTypePDF, FileName:= _         Arquivo, Quality:= _         xlQualityStandard, IncludeDocProperties:=True, IgnorePrintAreas:=False, _         OpenAfterPublish:=False     With EmailItem         .Subject = " Assunto_do_e-mail "         .Body = " Mensagem_do_e-mail "         .To = " destinatário_do_email "         .Importance = olImportanceNormal         .Attachments.Add Arquivo         .Send     End With     Wb.Close False          Application.ScreenUpdating = True          Set Wb = Nothing     Set OL = Nothing     Set EmailItem = Nothing      End Sub   Substitua “C:\Temp\” pela pasta de sua preferência.
  • Liberando o acesso ao Lync 2013 na rede local

    Já vi muita gente tendo dificuldade para fazer o Lync 2013 funcionar em seus ambientes corporativos, especialmente por enfrentar dificuldades para fazer a liberação de portas no firewall, então resolvi escrever este post. Se me perguntarem, mas estas informações já não estão disponíveis no site do TechNet? Claro, estão aqui: http://technet.microsoft.com/en-us/library/gg398798.aspx Ocorre que algumas pessoas não gostam de ler tanto para obterem suas informações. Então também há esta página: http://www.lync-solutions.com/Documents/Lync_2013_protocol_poster_v6_7.pdf No site acima o Rui Maximo fez um trabalho simplesmente excelente , mas que também pode assustar a alguns leitores, então resolvi postar de uma forma resumida (sei, até um pouco demais), para quem deseja ir direto ao ponto. Pois vamos aos cenários então: Conectar o cliente interno ao Lync; Recurso Protocolo Porta Detecção de presença e mensagens instantâneas SIP/TLS 5061 Detecção de presença, mensagens instantâneas, áudio e vídeo e conferência Web HTTPS 443 Solução empresarial de voz STUN/TCP 443 Áudio, vídeo, conferência web e compartilhamento de aplicativos SRTP/UDP 49152 – 65535 Áudio, vídeo e conferência web PSOM/TLS 8057 Solução empresarial de voz TURN/TCP 448 Solução empresarial de voz UDP 3478 Conectar dois clientes internos via Lync; Recurso Protocolo Porta Áudio, vídeo, conferência web e compartilhamento de aplicativos SRTP/UDP 1024 – 65535 Cliente interno com Exchange Server para usar Unified Messaging; Recurso Protocolo Porta Solução empresarial de voz SRTP/RTCP 60000 – 64000 Bidirecional Cliente interno para soluções de voz. Recurso Protocolo Porta Solução empresarial de voz SRTP/RTCP 30000 – 39999
  • Significado do MAC Address

    Você já se perguntou qual a importância do MAC (Media Access Control) de seu equipamento? Já notou que qualquer dispositivo de rede possui um MAC Address (Endereço MAC)? Pois é, vamos entender o funcionamento dele então. Digamos que você deseja enviar dados para um computador específico, ou receber dados dele, como por exemplo, desejo acessar a um site de internet que esteja hospedado nele. Você simplesmente digita o URL (Uniform Resource Locator, alguns chamam de Universal Resource Locator, de forma que tornaram-se quase sinônimos), que nada mais é do o endereço do site (ex.: http://www.ositedesejado.com.br ). Então o seu servidor DNS (Domain Name Service), que é o responsável por converter o URL digitado por você, no endereço IP (Internet Protocol, o padrão de comunicação na internet) da máquina destino. Aqui é importante destacar que em redes de computadores, costumam existir dois endereços IP: o externo, também conhecido por IP Público, que é aquele acessível e possível de ser descoberto pelos servidores DNS e o IP interno, que é válido apenas na rede interna. Agora imagine que a mensagem é destinada a um equipamento na rede interna. Se eu possuo apenas o IP externo, como faço para chegar até ele? É neste caso que utilizo o endereço MAC da placa de comunicação do equipamento interno, portanto os meus pacotes são enviados contendo o endereço IP do destinatário (que pode ser o próprio equipamento, um roteador, servidor, etc) e o MAC Address do equipamento para o qual a mensagem destina-se. Ok, mas então como sei o endereço MAC da máquina para a qual desejo enviar a mensagem, por exemplo enviar os dados da página que ela deseja acessar? Na requisição pela página, ou seja, quando eu digitei o URL dela, seguiu no meu pacote de dados, meu endereço IP externo e o meu MAC, desta forma o site já sabe como enviar o pacote de volta. Certo, mas e se eu desconheço o MAC de meu destinatário? Neste caso você precisará aguardar um post futuro, pois não abordarei este cenário aqui, . Maravilha, chegamos ao MAC, aquele conjunto de 48 bits, ou 12 caracteres hexadecimais. Mas afinal de contas, o que eles representam? Os primeiros 24 bits, ou seja, os primeiros 6 caracteres hexadecimais, indicam a OUI (Organization Unique Identifier), em outras palavras, o fabricante de seu dispositivo. Por exemplo: 00:60:2F = Cisco ou 00:23:CD = TP Link. Os 24 bits finais, ou seja, os 6 últimos caracteres indicam o que foi atribuído àquela placa específica, pelo seu fabricante, são o verdadeiro MAC exclusivo daquela placa, a parte única do seu NIC (Network Interface Card). É exatamente por isso que você pode encontrar diversos dispositivos com os seus primeiros caracteres iguais. Basta que tenham sido fabricados pela mesma empresa. Adicionalmente, em comunicações, depois de enviar o MAC do remetente e o MAC do destinatário, é enviado mais um conjunto de quatro caracteres, indicando o protocolo usado (Ether Type), que atualmente pode ser IPv4 ou IPv6. Para IPv4 usamos 08:00, enquanto que para IPv6 usamos 86:DD. Um exemplo de MAC reader então seria: 80:00:20:7A:3F:3G 80:00:20:20:3A:AF 08:00 Seguido dos dados e do CRC Checksum. No Brasil, alguns provedores de internet estão bloqueando o acesso de quem utiliza roteadores conectados diretamente aos seus modems, com o intuito de cobrarem um adicional por este uso. Como eles conseguem identificar estes roteadores? Através do endereço MAC deles! Você deseja identificar o fabricante de um equipamento a partir do endereço MAC dele? Simplesmente informe o MAC em: http://coffer.com/mac_find/ Como posso evitar esta identificação indesejada? Simplesmente clonando o MAC de seu computador, no roteador. Sim, esta é uma solução simples, até simplória para este problema, mas na maioria dos casos funciona!
  • Afinal de contas, o que é uma Felipeta?

    Originalmente, o nome filipeta referia-se a notas promissórias ou letras de câmbio sem liquidez, ou seja, sem valor econômico algum e distribuídas indiscriminadamente nas ruas da cidade do Rio de Janeiro. Seu nome tem origem num capitão do Exército de nome Filipe, envolvido no escândalo da emissão de títulos financeiros falsos na década de 50. Atualmente é um termo usado no Brasil para designar pequenos folhetos publicitários, também chamados de flyers, que têm a função de anunciar e promover eventos, serviços ou instruções numa ampla gama de aplicações. Os flyers são impressos, geralmente, em ambos os lados e visam a atingir um público determinado, visto que são distribuídos com objetivo de incentivar o comparecimento de determinada camada da população ao evento, produto ou serviço anunciado. As filipetas ou flyers diferem dos panfletos ou folhetos principalmente pela sua gramatura especial.
  • Parâmetros de linha de comando na conexão remota

    Você que está acostumado a usar conexões remotas, sabia que pode usar alguns parâmetros de linha de comando nela? Não, pois aqui vou falar sobre eles. Para começar, você sabia que a partir do Windows 7 pode iniciar uma conexão remota a partir da caixa de pesquisa, da caixa de diálogo executar ou da linha comando? Pois é, justamente nestes casos é que fica ainda mais interessante conhecer estes parâmetros, ainda que eles continuem válidos para quem inicia a conexão remota sempre a partir do menu iniciar. Adicionalmente o uso indevido deles pode causar resultados indesejados, se não soubermos usá-los de forma correta. Mas, passemos aos parâmetros: A forma que julgo mais prática para usá-los é a seguinte: Clique no botão Iniciar , então selecione Todos os Programas , aponte para Acessórios e então clique em Executar; Ok, tem uma forma mais fácil de fazer isso. Clique na tecla do Windows e sem soltá-la pressione a tecla R Na caixa de diálogo Abrir , digite mstsc . Portanto a forma de escrever (sintaxe) o comando, com os parâmetros, é a seguinte: mstsc [<arquivo de conexão>] [ /v: <servidor[ : porta]>] [ /admin ] [ /f [de fullscreen]] [ /w: <largura>] [ /h: <altura>] [ /public ] | [ /span ] [ /edit "arquivo de conexão"] [ /migrate ] [ /? ] /v:servidor:1111 Especifica a qual computador remoto desejamos nos conectar e indica a porta que deve ser usada para isto. Neste exemplo, a porta 1111. /admin Como o nome sugeri, este parâmetro é usado por administradores remotos. Se a funcionalidade de gerenciador de conexões remotas estiver ativa, após o comando mstsc /admin , ocorrerá o seguinte (para a conexão realizada com o uso do parâmetro): - Desabilita o serviço de licenciamento de clientes de conexão remota; - Desabilita o redirecionamento de fuso horário; - Desabilita o redirecionamento do RD Connection Broker; - Desabilita o Easy Print da conexão remota. Caso o servidor seja um Windows Server 2008 R2, ainda teremos os seguintes resultados. - Desabilita o redirecionamento de dispositivos Plug & Play; - Altera o tema da área de trabalho para o Windows Classic. /f Inicia a conexão remota no modo de tela cheia /w:1024 Especifica a largura da janela para a conexão remota. Neste exemplo, 1024 pixels. /h:768 Especifica a altura da janela para a conexão remota. Neste exemplo, 768 pixels. /public Executa a área de trabalho remota no modo público. /span Iguala a largura e alturas da área remota com o desktop virtual local, distribuindo entre múltiplos monitores, se necessário. Para que seja possível distribuir entre múltiplos monitores, é necessário que eles estejam dispostos como um retângulo. /multimon Configura o layout da sessão remota para ser idêntico à configuração do computador cliente. /edit “arquivo de conexão” Abre para edição, o arquivo de conexão ( .rdp ), especificado entre as aspas. /restrictedAdmin Conecta-se no modo de administração remota restrita. Nesse modo, as credenciais não serão enviadas ao computador ou servidor remoto, o que pode protegê-lo caso esteja se conectando a um computador comprometido. Adicionalmente, este procedimento pode afetar a funcionalidade de aplicativos e a compatibilidade. Precisa ser usado em conjunto com /admin . /migrate Migra os arquivos de conexão antigos, criados com o Connection Manager de computadores clientes, para os novos arquivos .rdp . /prompt Solicita as credenciais apenas após a conexão ser estabelecida. /shadow:junior Especifica que deseja espelhar a sessão chamada junior . /control Permite o controle da sessão remota. /noConsentPrompt Permite que uma sessão seja espelhada, sem que seja solicitado o consentimento do outro usuário. /? Lista estes parâmetros
  • Windows Phone App Studio

    Você já pensou em criar um aplicativo para o Windows Phone, mas não tem a mínima ideia sobre como fazer isso? Não sabe qual software usar, nem quanto ele custa, muito menos entende de linguagem de programação? Nada disso é mais problema, pois agora está disponível o Windows Phone App Studio! O que é isso? Um pacote para desenvolvimento de aplicativos para Windows Phone que roda totalmente na internet e é completamente automatizado para facilitar a sua vida. Para criar o seu primeiro aplicativo, simplesmente acesse: http://apps.windowsstore.com/ Agora clique em “Start Building”. O site vai solicitar que você faça login com uma conta Microsoft. Basta inserir os seus dados e clicar em Entrar , ou caso não possua ainda uma conta, basta criá-la, clicando em Inscreva-se . É grátis e rápido! Se você está acessando esta tela pela primeira vez e portanto, ainda não criou nenhum aplicativo, verá as diversas opções disponíveis para criação. Você pode escolher entre criar seu aplicativo através de um modelo em branco, clicando em create an empty app , ou tirar proveito dos modelos disponíveis no site, clicando sobre o tile (quadrado) de cada um deles. Estas são as opções abaixo de create an app from a template . Ao apontar o cursor do mouse para um dos tiles , uma breve explicação sobre a finalidade dele será exposta (em inglês), para que você possa decidir se é o modelo desejado, ou não. A sua criação envolverá apenas 4 passos: No primeiro você simplesmente criará um título para o seu aplicativo, escreverá a descrição dele, indicará o logo e informará o idioma no qual ele estará localizado. No segundo passo você adicionará as sessões de seu aplicativo e as bases de dados dele, de forma muito visual e intuitiva. O terceiro passo será onde você vai definir as três guias seguintes: Style: Onde você definirá a cor do título de seu aplicativo (Accent Brush), cor ou imagem de fundo (background brush), cor das letras de seus textos (foreground brush) e da barra do aplicativo (Application Bar Brush); Tiles: Aqui você definirá o comportamento de seu aplicativo na tela do Windows Phone. Este poderá ser: Cycle Template: Um modelo onde o tile ficará alternando entre imagens de sua escolha (entre uma e nove); Flip Template: Onde ele alternará entre a frente e as costas de seu tile fornecendo informações adicionais para os seus usuários; Iconic Template: Neste caso você terá uma pequena imagem no centro de seu tile e o conteúdo de seu aplicativo incorporado a ela. Splash & Lock: Nesta guia você poderá definir a Splash Image (aquela imagem que aparece quando o aplicativo está sendo carregado) e a Lock Image (a imagem que aparecerá quando sua tela estiver bloqueada). O último passo compreende a geração propriamente dita de seu aplicativo, sim, ele será criado após apenas quatro simples passos. Nesta etapa você pode escolher entre Generate App (gerar ou aplicativo) ou Summary Page (para verificar suas definições antes de submeter o aplicativo).   Após a criação de seu aplicativo, você receberá um e-mail contendo um certificado que deve ser instalado em seu telefone, para que seu aplicativo possa ser instalado. Na tela onde você fez a confirmação, também haverá uma imagem que você precisará ler com o telefone, para obter o link de download do seu aplicativo. Para isto clique na tecla de pesquisa do seu telefone e depois no ícone do olho, aí aponte a câmera do celular para a imagem com o QR-Code, que ele identificará o link e navegará para ele, o que disparará a instalação de seu aplicativo. Pronto, agora é só usar o seu programa! Na mesma tela ainda estarão disponíveis outros links, como por exemplo os links para fazer o download do instalador, do código fonte (sim, é útil para você dar uma lida, assim começará a entender como seu aplicativo foi feito), além de instruções sobre como proceder para disponibilizá-lo para o resto do mundo, através da Windows Phone Store. Bem vou ficando por aqui, mas pretendo escrever outro post com um tutorial sobre a criação de um aplicativo simples e funcional!
  • Aplicativo para integrar fotos no Windows 8.1

    Algumas pessoas tem reclamado que a Microsoft removeu a funcionalidade de integração do App de Fotos com o Facebook e o Flickr. Bem, aqui apresento uma solução bem interessante e ela se chama PhotoWeaver . Este é um App gratuito ( por um prazo limitado , não perca tempo), que possui a funcionalidade de integração com Facebook, Flickr, Google+ e Skydrive, além da possibilidade de reproduzir suas fotos no seu dispositivo DLNA DMR.
  • Associando extensões a programas no Windows 8 / 8.1

    Normalmente durante a instalação dos programas eles já associam as extensões utilizadas nos seus arquivos a eles, facilitando desta forma a abertura dos mesmos. Como assim? Vamos pensar no editor de textos chamado de Microsoft Word, por exemplo. Ele utiliza arquivos com a extensão .doc ou .docx atualmente, sendo que quando você executa um arquivo destes (efetua um duplo clique nele ou pressiona enter com seu nome selecionado), automaticamente o MS Word abre e lhe apresenta o arquivo para visualização. Como o computador sabe que deve utilizar o MS Word para abrir este tipo de arquivo? Porque a extensão dele (aquele conjunto de caracteres que aparece após o ponto) está associado a este programa. O que aconteceria então se a associação não fosse realizada ou se por algum motivo a mesma fosse perdida? Com os dados dentro do arquivo nada, mas o computador não saberia com qual programa abrir aquele arquivo e você veria a seguinte mensagem: Você ainda pode clicar em Mais opções e lhe será fornecida uma lista de programas que poderá tentar usar para abrí-lo, além da opção Procurar outro aplicativo neste PC . Esta última opção lhe permitirá procurar o programa desejado em seu computador, para indicá-lo. Aí você pensa: Puxa, mas era tão fácil criar uma nova associação nas edições anteriores do Windows e eu podia criar a associação mesmo antes de abrir um arquivo, ou até mesmo expandir as associações de algum programa. Agora não é mais possível? Sim, claro que é, apenas um pouco diferente. Abra os Programas Padrão ; Clique na tecla do Logo do Windows e sem soltar ela clique na letra R ; Então digite control ; (Em alguns equipamentos você pode pular estes passos intermediários digitando diretamente control /name Microsoft.DefaultPrograms /page pageDefaultProgram ); Isto abrirá o seu Painel de Controle , agora clique em Programas ; Clique em Programas Padrão ; Clique em Associar um tipo de arquivo ou protocolo a um programa específico; Selecione a extensão desejada e clique em Alterar Programa… , agora é só clicar em Mais opções e seguir os passos descritos acima (no parágrafo logo abaixo da imagem).
  • Lista de Leitura do Windows 8.1

    Um dos recursos mais interessantes do Windows 8.1 é a lista de leitura, mas também é um dos menos utilizados. Por que? Simplesmente, por desconhecimento. Como poucas pessoas sabem de sua existência, poucas o utilizam. Mas vejamos então para que ele serve e como pode ser utilizado. Já pensou como pode ser bom possuir o seu conteúdo disponível, quando e onde desejar? Pois é exatamente esta a proposta da Lista de Leitura . Imagine que você encontra uma informação de seu interesse na internet, mas não dispõe de tempo, no momento, para realizar a sua leitura (porque tocou o telefone, alguém lhe chamou, esta atrasado para uma reunião, etc.). É justamente para este tipo de cenário que o App Lista de Leitura foi criado. Algumas vezes só conseguimos tempo para voltar àquele assuntos algumas horas mais tarde, outras vezes, apenas após alguns dias, semanas ou meses. Aí pode surgir outro problema: quanto dispomos de tempo, estamos sem uma conexão com a internet. Como contornar este cenário? Com o App Lista de Leitura! Maravilha, mas como utilizar este App? Quando você estiver navegando por uma página que deseja ler em outro momento, apenas deslize a sua tela do canto direito para o centro, o que fará com a “charm” (este é o nome daquela barra) de opções apareça. Então selecione compartilhamento e dentre as opções que aparecem, selecione Lista de Leitura . ( Caso sua tela não seja sensível ao toque , simplesmente pressione a tecla do Windows e sem soltá-la pressione H ). –> (Neste post uma lista dos atalhos do Windows 8 = http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2013/03/23/teclas-de-atalho-windows-8.aspx ) Outro detalhe importante/interessante é que este App não funciona apenas para página de internet. Se você estiver utilizando um Windows 8.1 App ( Importante: este recurso ainda não funciona com os aplicativos da área de trabalho, nem mesmo com o Internet Explorer dela. ), também terá a opção de compartilhar o seu conteúdo para a Lista de Leitura. Desta forma você conseguirá reunir todo o conteúdo de seu interesse em um único App , com mais uma vantagem adicional, seu conteúdo será sincronizado entre todos seus dispositivos ! (Não é necessário configurar nenhum tipo de serviço para que isso ocorra, apenas precisa de uma conexão de internet ativa no dispositivo que está compartilhando (no momento do compartilhamento) e no dispositivo ou desejará ler a informação (em qualquer momento entre o termino da sincronização do equipamento de origem e o momento em que deseja a ler. Está gostando até aqui? Pois saiba de outra coisa interessante: Este App é grátis! Veja o App aberto, mostrando o que foi compartilhado para leitura futura… Compartilhando conteúdo para leitura futura. Após arrastar a tela para a esquerda (Ou pressionar a tecla do Windows e então, sem soltá-la pressionar a tecla H . Isto fará com que a charm de opções apareça, onde você deverá escolher Lista de Leitura que seu arquivo será adicionado à sua lista. Uma vez armazenado, basta clicar no conteúdo que deseja ler e o mesmo será apresentado na tela ao lado, sempre vinculado à fonte original. Quer outro notícia ótima? Quando o Windows Phone 8.1 for disponibilizado (em 2014), também haverá um App para ele, que sincronizará o que você adicionar à sua Lista de Leitura!
  • Outlook 2013 com erro 0x800CCC0E

    Hoje após o almoço uma estação de trabalho de cliente com Outlook 2013 simplesmente parou de se comunicar com o servidor Exchange 2003. A primeira que testei foi se o Exchange estava funcionando, acessando-o via OWA e estava tudo certo com ele. Então verifiquei portas de firewall, bloqueios de antivírus, reiniciei serviços e nada parecia resolver. Tudo parecia estar correto na estação de trabalho, aí me informaram que outra estação estava apresentando o mesmo problema e um Smartphone também. Ok, neste caso passei a analisar o servidor e encontrei o problema! O serviço IMAP estava parado em “ Starting… ”, simplesmente não havia forma de parar o serviço, nem de iniciá-lo. A parte complexa foi encontrar o erro, pois a solução foi simples. Bastou acessar o gerenciador de tarefas, efetuar um clique com o botão direito no processo “ inetinfo.exe ” e selecionar “ End Process Tree ”. Prontinho, na hora o serviço mudou para “ Started ” e tudo voltou a funcionar!
  • Mensagem Browser não suportado em Home Banking

    Alguns usuários tem reportado a obtenção de mensagem sobre browser não suportado após a atualização do Internet Explorer 10 para o 11 em seus sites de Home Banking. O primeiro caso analisado foi o do Banrisul e aqui vai a solução, que deve funcionar em outros bancos que estejam com suas plataformas desatualizadas. A mensagem que o cliente recebe é a seguinte: A solução é muito simples, basta adicionar este site no grupo de sites do modo de compatibilidade que tudo vai voltar a funcionar em um passe de mágica. Aqui vão os passos para obter isso: 1. Acesse as Configurações do Modo de Exibição de Compatibilidade , clicando na engrenagem do lado direito de seu navegador; 2. Na janela que abre, onde já constará o site do banco (se estiver nele), apenas clique em Adicionar e depois em Fechar (caso não esteja no site do banco, simplesmente digite o endereço dele na barra Adicionar este site: ); 3. Aí é só clicar em Home Banking ou Office Banking na página do banco que conseguirá acessar ele, conforme demonstrado abaixo. Abraço e até a próxima!
  • MVP 9.0!!!

    Queridos amigos, hoje fui reconhecido, pela Microsoft um dos Profissionais mais valiosos (MVP) pelo 9º ano consecutivo. Isso me deixa MUITO feliz, mas eu não teria conseguido sem a ajuda de diversos amigos, que postaram dúvidas em fóruns, assistiram minhas palestras, dividiram o palco de palestras comigo e solicitaram minhas palestras. Esse reconhecimento é de todos nós!
  • Office Mobile para Android

    Mais uma boa novidade para os usuários do Office 365 e de celulares Android, agora eles podem utilizar o Office Mobile em seus telefones, chega de precisar recorrer a similares! Como fazer o download no Android: Acesse a Google Play Store ; Clique em Office Mobile e faça o download dele; Uma vez que esteja instalado em seu telefone, faça login com sua conta do Office 365 para ativá-lo. Agora basta usar!
  • Alterar vencimento de boleto

    Amigos, é com muita alegria que informo já estar disponível na loja do Windows 8, para download gratuito, meu terceiro aplicativo! O link é este: http://apps.microsoft.com/windows/pt-br/app/5e6b836e-4044-4162-97d8-f15d278e9c0c A finalidade dele é alterar a linha digitável de um boleto bancário, alterando o seu vencimento e possibilitando que possa ser pago pelo home banking, mesmo após a data de vencimento original. Ele tem funcionalidades para adicionar multa e juros, conforme informados pelos usuários. Usem e postem aqui as suas opiniões a respeito dele, que irei melhorando o mesmo e adicionando funcionalidades, conforme solicitado!
  • Entrevista com Túlio Milman

    Entrevista com o apresentador Túlio Milman no programa TV Com Mãos e Mentes em 11/03/2013: Bloco 1 Bloco 2 Bloco 3 Bloco 4
  • Entrevista com Sara Bodowsky

    Entrevista com a jornalista Sara Bodowsky no programa TV Com Tudo+ realizada no dia 01/03/2013. http://videos.clicrbs.com.br/rs/tvcom/video/tvcom-tudo-mais/2013/03/tvcom-tudo-mais-professor-gaucho-que-destaque-tecnologia-informacao/13897/
  • Algumas fotos de eventos

    Segue aqui uma coletânea das fotos dos eventos:
  • Livros Grátis – 26/06/2013

    Amigos, mais uma coleção de eBooks da Microsoft de graça. Aproveitem! Office & Office 365 Deployment guide for Office 2013 EPUB MOBI PDF Microsoft Office 365 for professionals and small businesses: Help and How To EPUB MOBI PDF SharePoint Explore SharePoint 2013 EPUB MOBI PDF Deployment guide for SharePoint 2013 EPUB MOBI PDF Test Lab Guide: eBook for SharePoint Server 2013 Intranet and Team Sites EPUB MOBI PDF DOC Create a Balanced Scorecard (SharePoint Server 2010) EPUB MOBI PDF SharePoint Server for Business Intelligence EPUB MOBI PDF SQL Server 5 Tips for a Smooth SSIS Upgrade to SQL Server 2012 EPUB MOBI PDF A Hitchiker's Guide to Microsoft StreamInsight Queries EPUB MOBI PDF Data Mining Extensions (DMX) Reference EPUB MOBI PDF Data Quality Services  EPUB MOBI PDF High Availability Solutions EPUB MOBI PDF Master Data Services EPUB MOBI PDF Monitor and Tune for Performance EPUB MOBI PDF Multidimensional Expressions (MDX) Reference EPUB MOBI PDF SQL Server Distributed Replay EPUB MOBI PDF Transact-SQL Data Definition Language (DDL) Reference EPUB MOBI PDF XQuery Language Reference EPUB MOBI PDF Extracting and Loading SharePoint Data in SQL Server Integration Services EPUB MOBI PDF Integration Services: Extending Packages with Scripting EPUB MOBI PDF Multidimensional Model Programming EPUB MOBI PDF Optimized Bulk Loading of Data into Oracle EPUB MOBI PDF Planning Disaster Recovery for Microsoft SQL Server Reporting Services in SharePoint Integrated Mode EPUB MOBI PDF SQL Server 2012 Tutorials: Reporting Services EPUB MOBI PDF SQL Server 2012 Tutorials: Writing Transact-SQL Statements EPUB MOBI PDF SQL Server Community FAQs Manual EPUB MOBI PDF System Center Cmdlet Reference for App Controller in System Center 2012 SP1 EPUB MOBI PDF Technical Documentation for System Center 2012 - Virtual Machine Manager EPUB MOBI PDF Visual Studio Better Unit Testing with Microsoft Fakes EPUB MOBI PDF Dependency Injection with Unity PDF Developer's Guide to Microsoft Enterprise Library (Second Edition) PDF Testing for Continuous Delivery with Visual Studio 2012 PDF Upgrade Team Foundation Server 2012: the ultimate upgrade guide EPUB MOBI PDF Web Development ASP.NET Multi-Tier Windows Azure Application Using Storage Tables, Queues, and Blobs EPUB MOBI PDF ASP.NET Web Deployment using Visual Studio EPUB MOBI PDF Developing Modern Mobile Web Apps EPUB MOBI PDF The Entity Framework 4.0 and ASP.NET Web Forms – Getting Started EPUB MOBI PDF Getting Started with the Entity Framework 4.1 using ASP.NET MVC EPUB MOBI PDF Project Silk: Client-Side Web Development for Modern Browsers PDF Windows Administrator's Guide for Microsoft Application Virtualization (App-V) 5.0 EPUB MOBI PDF Administrator’s Guide for Microsoft BitLocker Administration and Monitoring 1.0 EPUB MOBI PDF Administrator’s Guide for Microsoft Diagnostics and Recovery Toolset (DaRT) 7 EPUB MOBI PDF Administrator’s Guide for Microsoft Diagnostics and Recovery Toolset (DaRT) 8.0 EPUB MOBI PDF Administrator’s Guide for Microsoft User Experience Virtualization (UE-V) 1.0 EPUB MOBI PDF Developing an end-to-end Windows Store app using C++ and XAML: Hilo PDF Developing an end-to-end Windows Store app using BLOCKED SCRIPT Hilo PDF Prism for the Windows Runtime: Developing a Windows Store business app using C#, XAML, and Prism PDF Programming Windows 8 Apps with HTML, CSS, and JavaScript EPUB MOBI PDF Windows Azure Autoscaling Application Block and Transient Fault Handling Application Block Reference EPUB MOBI PDF Create Your First Application: Node.js and Windows Azure EPUB MOBI PDF Developing Multi-tenant Applications for the Cloud on Windows Azure (3rd Edition) PDF Drupal on Windows Azure EPUB MOBI PDF Exploring CQRS and Event Sourcing: A journey into high scalability, availability, and maintainability with Windows Azure PDF Migrating Data-Centric Applications to Windows Azure EPUB MOBI PDF Moving Applications to the Cloud on Windows Azure (3rd Edition) PDF Using Windows Azure Mobile Services to Cloud-Enable your iOS Apps EPUB MOBI PDF Using Windows Azure Mobile Services to Cloud-Enable Your Windows Phone 8 Apps EPUB MOBI PDF Using Windows Azure Mobile Services to Cloud-Enable your Windows Store Apps in C# EPUB MOBI PDF Using Windows Azure Mobile Services to Cloud-Enable Your Windows Store Apps in JavaScript EPUB MOBI PDF Windows Azure and SQL Database Tutorials EPUB MOBI PDF Windows Server A Guide to Claims-Based Identity and Access Control, Second Edition PDF Introducing Windows Server 2012 EPUB MOBI PDF TCP/IP Fundamentals for Microsoft Windows PDF
  • Linha Digitável de Boletos Bancários

    Você já desejou saber como funciona a linha digitável dos boletos (ou bloquetos) bancários? Pois aqui vou explicar ela de forma detalhada. Esta linha consiste de uma sequência de 47 dígitos, dispostos visualmente em oito conjuntos, mas logicamente em onze conjuntos. Pois vamos à explicação de cada um deles: O primeiro conjunto fornece a identificação do banco e consiste de 3 dígitos, por exemplo: 748 = Banco Cooperativo Sicredi S.A. Abaixo a lista geral dos bancos: 001 Banco do Brasil S.A. www.bb.com.br 003 Banco da Amazônia S.A. www.bancoamazonia.com.br 004 Banco do Nordeste do Brasil S.A. www.banconordeste.gov.br 012 Banco Standard de Investimentos S.A. www.standardbank.com 021 BANESTES S.A. Banco do Estado do Espírito Santo www.banestes.com.br 024 Banco de Pernambuco S.A. - BANDEPE www.bandepe.com.br 025 Banco Alfa S.A. www.bancoalfa.com.br 029 Banco Banerj S.A. www.banerj.com.br 031 Banco Beg S.A. www.itau.com.br 033 Banco Santander (Brasil) S.A. www.santander.com.br 036 Banco Bradesco BBI S.A. Não possui site 037 Banco do Estado do Pará S.A. www.banparanet.com.br 040 Banco Cargill S.A. www.bancocargill.com.br 041 Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. www.banrisul.com.br 044 Banco BVA S.A. www.bancobva.com.br 045 Banco Opportunity S.A. www.opportunity.com.br 047 Banco do Estado de Sergipe S.A. www.banese.com.br 062 Hipercard Banco Múltiplo S.A. www.hipercard.com.br 063 Banco Ibi S.A. Banco Múltiplo www.ibi.com.br 064 Goldman Sachs do Brasil Banco Múltiplo S.A. www.goldmansachs.com 065 Banco Bracce S.A. www.bancobracce.com.br 069 BPN Brasil Banco Múltiplo S.A. www.bpnbrasil.com.br 070 BRB - Banco de Brasília S.A. www.brb.com.br 072 Banco Rural Mais S.A. www.rural.com.br 073 BB Banco Popular do Brasil S.A. www.bancopopulardobrasil.com.br 074 Banco J. Safra S.A. www.jsafra.com.br 078 BES Investimento do Brasil S.A.-Banco de Investimento www.besinvestimento.com.br 079 Banco Original do Agronegócio S.A. www.bancooriginal.com.br 095 Banco Confidence de Câmbio S.A. www.bancoconfidence.com.br 096 Banco BM&FBOVESPA de Serviços de Liquidação e Custódia S.A www.bmf.com.br 104 Caixa Econômica Federal www.caixa.gov.br 107 Banco BBM S.A. www.bbmbank.com.br 119 Banco Western Union do Brasil S.A. 125 Brasil Plural S.A. - Banco Múltiplo www.brasilplural.com 184 Banco Itaú BBA S.A. www.itaubba.com.br 204 Banco Bradesco Cartões S.A. www.iamex.com.br 208 Banco BTG Pactual S.A. www.pactual.com.br 214 Banco Dibens S.A. www.bancodibens.com.br 215 Banco Comercial e de Investimento Sudameris S.A. www.sudameris.com.br 217 Banco John Deere S.A. www.johndeere.com.br 218 Banco Bonsucesso S.A. www.bancobonsucesso.com.br 222 Banco Credit Agricole Brasil S.A. www.calyon.com.br 224 Banco Fibra S.A. www.bancofibra.com.br 225 Banco Brascan S.A. www.bancobrascan.com.br 229 Banco Cruzeiro do Sul S.A. www.bcsul.com.br 230 Unicard Banco Múltiplo S.A. www.unicard.com.br 233 Banco Cifra S.A. www.bancocifra.com.br 237 Banco Bradesco S.A. www.bradesco.com.br 246 Banco ABC Brasil S.A. www.abcbrasil.com.br 248 Banco Boavista Interatlântico S.A. não possui site 249 Banco Investcred Unibanco S.A. Não possui site 250 BCV - Banco de Crédito e Varejo S.A. www.bancobcv.com.br 263 Banco Cacique S.A. www.bancocacique.com.br 265 Banco Fator S.A. www.bancofator.com.br 318 Banco BMG S.A. www.bancobmg.com.br 320 Banco Industrial e Comercial S.A. www.bicbanco.com.br 341 Itaú Unibanco S.A. www.itau.com.br 356 Banco Real S.A. www.bancoreal.com.br 366 Banco Société Générale Brasil S.A. www.sgbrasil.com.br 370 Banco WestLB do Brasil S.A. www.westlb.com.br 376 Banco J. P. Morgan S.A. www.jpmorgan.com 389 Banco Mercantil do Brasil S.A. www.mercantil.com.br 394 Banco Bradesco Financiamentos S.A. www.bmc.com.br 394 Banco Finasa BMC S.A. www.bmc.com.br 399 HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo www.hsbc.com.br 409 UNIBANCO - União de Bancos Brasileiros S.A. www.unibanco.com.br 422 Banco Safra S.A. www.safra.com.br 453 Banco Rural S.A. www.rural.com.br 456 Banco de Tokyo-Mitsubishi UFJ Brasil S.A. www.btm.com.br 464 Banco Sumitomo Mitsui Brasileiro S.A. não possue site 473 Banco Caixa Geral - Brasil S.A. www.bcgbrasil.com.br 477 Citibank S.A. www.citibank.com/brasil 479 Banco ItaúBank S.A www.itaubank.com.br 487 Deutsche Bank S.A. - Banco Alemão www.deutsche-bank.com.br 488 JPMorgan Chase Bank www.jpmorganchase.com 492 ING Bank N.V. www.ing.com 505 Banco Credit Suisse (Brasil) S.A. www.csfb.com 600 Banco Luso Brasileiro S.A. www.lusobrasileiro.com.br 604 Banco Industrial do Brasil S.A. www.bancoindustrial.com.br 610 Banco VR S.A. www.vr.com.br 611 Banco Paulista S.A. www.bancopaulista.com.br 612 Banco Guanabara S.A. www.bcoguan.com.br 623 Banco Panamericano S.A. www.panamericano.com.br 626 Banco Ficsa S.A. www.ficsa.com.br 633 Banco Rendimento S.A. www.rendimento.com.br 634 Banco Triângulo S.A. www.tribanco.com.br 637 Banco Sofisa S.A. www.sofisa.com.br 638 Banco Prosper S.A. www.bancoprosper.com.br 641 Banco Alvorada S.A. Não possui site 643 Banco Pine S.A. www.bancopine.com.br 652 Itaú Unibanco Holding S.A. www.itau.com.br 653 Banco Indusval S.A. www.bip.b.br 655 Banco Votorantim S.A. www.bancovotorantim.com.br 707 Banco Daycoval S.A. www.daycoval.com.br 719 Banif-Banco Internacional do Funchal (Brasil)S.A. www.banif.com.br 739 Banco BGN S.A. www.bgn.com.br 740 Banco Barclays S.A. www.barclays.com 745 Banco Citibank S.A. www.citibank.com.br 746 Banco Modal S.A. www.bancomodal.com.br 747 Banco Rabobank International Brasil S.A. www.rabobank.com.br 748 Banco Cooperativo Sicredi S.A. www.sicredi.com.br 749 Banco Simples S.A. www.bancosimples.com.br 751 Scotiabank Brasil S.A. Banco Múltiplo www.br.scotiabank.com 752 Banco BNP Paribas Brasil S.A. www.bnpparibas.com.br 755 Bank of America Merrill Lynch Banco Múltiplo S.A. www.ml.com 756 Banco Cooperativo do Brasil S.A. - BANCOOB www.bancoob.com.br Com apenas um dígito, temos o segundo conjunto que representa a moeda utilizada no boleto. Por exemplo: 9 = Real ; Cinco dígitos livres, para serem preenchidos conforme a necessidade do emitente; Dígito verificador do primeiro campo (conjunto dos dígitos anteriores a ele); Dez posições de campo livre a serem preenchidas conforme a necessidade do emitente; Dígito verificador do segundo campo (composto pelas posições após o dígito verificador (DV) anterior); Mais dez dígitos livres, para serem usados pelo emitente; Dígito verificador do terceiro campo (composto pelos dígitos após o DV anterior); Dígito verificador geral (representa o campo quatro); Quatro dígitos representando o fator de vencimento, que é a quantidade de dias transcorridos entre a data atual e o dia 07/10/1997 . Quando este fator for representado como 0000 significa que não há vencimento estipulado pelo emitente. Adicionalmente, isto significa que este sistema poderá ser utilizado até, no máximo, o dia 21/02/2025 , quando o fator de vencimento será 9999 . Usualmente, quando informamos que o boleto é à vista ou na apresentação , os geradores adicionam 15 dias à data atual, para o cálculo do fator de vencimento, o que em outras palavras significa que estes tipos de boletos possuem um prazo para pagamento de 15 dias ; As últimas dez posições servem para expressar o valor do boleto, ou seja, o valor máximo de um boleto é: 99.999.999,99 . Acho que é suficiente, certo? Ok, agora como se calculo os dígitos verificadores para os três primeiros campos? Usamos o cálculo do módulo dez, que funciona da seguinte maneira: Os dígitos são dispostos da direita para a esquerda; cada um deles é multiplicado por 2 ou 1. O primeiro por 2, o segundo por 1, o terceiro por 2, o quarto por 1 e assim sucessivamente; os resultados que possuirem dois dígitos são convertidos na soma destes dígitos; então somam-se todos os dígitos restantes do resultado e divide-se esta soma por 10; o que nos importa aqui não é o resultado da divisão, mas apenas o resto dela; subtraímos este resto do número dez e o que obtivermos será o nosso dígito verificador. Agora vamos ao cálculo do dígito verificador geral: Neste cálculo utilizamos o módulo onze, considerando os 47 dígitos da seguinte forma: Dispomos os 47 números da direita para a esquerda; multiplica-se cada um deles por um dígito da seguinte sequência: 2,3,4,5,6,7,8,9,2,3,4,5,6,7,8,9,2,3,4,…; agora soma-se o resultado obtido em cada uma das multiplicações; dividimos o total por onze; identificamos o resto da divisão; o dígito verificador geral será obtido através da subtração do resto do número onze. Aqui cabe uma advertência. Se o resultado da subtração for 0, 10 ou 1 , nosso dígito será 1 . Fonte: Manual FEBRABAN
  • Avaliação do Windows 8

    Procurando uma cópia do Windows 8 para avaliação? Aqui você encontra uma válida por 90 dias: http://msdn.microsoft.com/en-us/evalcenter/jj554510.aspx (em inglês) http://technet.microsoft.com/pt-br/evalcenter/hh699156.aspx (em português)
  • Como atualizar para o Windows 8

    O Windows 8 inclui a nova e bela tela inicial com blocos que mostram a você imediatamente o que está acontecendo com seus aplicativos e amigos. A área de trabalho que você já conhece ainda está lá. A inicialização do seu computador é mais rápida, e a navegação na internet é mais ágil e segura. E você pode baixar milhares de aplicativos da Windows Store — muitos deles são gratuitos. Veja como atualizar Descubra se seu computador pode executar o Windows 8 tocando ou clicando no botão Saiba mais na página Compre o Windows . O download (gratuito *) do Assistente de Atualização do Windows 8 será iniciado. Ele informará se o computador pode executar o Windows 8 ou o Windows 8 Pro e guiará você por todas as etapas da instalação. Você receberá um relatório que mostra quais dos seus aplicativos e dispositivos atuais funcionam com o Windows 8. Compre e baixe a atualização para o Windows 8 ou o Windows 8 Pro inserindo suas informações de pagamento e seguindo as etapas na tela. Instale a atualização em seu computador seguindo as etapas restantes. Configure o Windows 8 escolhendo algumas configurações, inclusive suas cores favoritas. Assistente de Atualização: veja se o seu computador pode executar o Windows 8 O Assistente de Atualização do Windows 8 informará se seu computador pode executar o Windows 8 ou o Windows 8 Pro. Se desejar conferir os requisitos do sistema , você poderá, mas não é necessário fazê-lo. O Assistente de Atualização fará tudo isso por você - e você não precisa comprar a atualização para executá-lo. Para executar o Assistente de Atualização do Windows 8: Na página Compre o Windows , toque ou clique em Saiba mais para instalar o Assistente de Atualização do Windows 8. Dependendo da conexão com a Internet, a instalação poderá durar vários minutos. Quando receber a solicitação através do navegador, abra, salve ou execute o arquivo de programa do Assistente de Atualização (Windows8-UpgradeAssistant.exe). Qualquer opção funcionará, mas, se você escolher Salvar, talvez seja necessário procurar o arquivo no computador e clicar ou tocar nele duas vezes para executá-lo. Em seguida, execute as etapas mostradas na tela. O Assistente de Atualização verifica o computador para garantir que ele atende aos requisitos de sistema do Windows 8 . Ele também verifica se os seus aplicativos e dispositivos são compatíveis com o Windows 8. Observações Para comprar e baixar a atualização do Windows 8 pela Internet, você deve primeiro executar o Assistente de Atualização. Se você não desejar atualizar online, poderá comprar a atualização do Windows 8 em DVD de um varejista participante. Os DVDs da atualização do Windows 8 não estão disponíveis em todos os países e regiões. Se você decidir comprar um DVD, ainda recomendamos que o Assistente de Atualização seja executado antes da instalação para ter certeza de que o Windows 8 será executado em seu computador. Examine o relatório de compatibilidade Quando o Assistente de Atualização do Windows 8 for concluído, você saberá se o Windows 8 ou o Windows 8 Pro será executado em seu computador. Você também receberá um relatório de compatibilidade gratuito que lista quais de seus atuais aplicativos, programas e dispositivos ainda funcionarão, aqueles que talvez não funcionem e o que você pode fazer para fazê-los funcionar após a atualização. Você não precisa fazer nada com essas informações — se for necessário que algum aplicativo seja desinstalado ou suspenso, avisaremos mais tarde. Caso algum dos seus aplicativos e dispositivos não estejam listados no relatório de compatibilidade, talvez ainda não tenhamos informações de compatibilidade para esse produto. (Você poderá conferir o Centro de Compatibilidade do Windows ou contatar o fabricante do produto se precisar de mais informações.) Decida o que manter Depois de receber o relatório de compatibilidade, você poderá decidir o que deseja manter em seu computador. O que você poderá manter depende da versão do Windows que você está atualizando: Atualizando do ... O que você pode manter Windows 7 Aplicativos, configurações do Windows e arquivos pessoais Windows Vista Configurações do Windows e arquivos pessoais Windows XP Arquivos pessoais Windows 8 Release Preview Arquivos pessoais Windows 8 Consumer Preview ou Windows Developer Preview Nada, mas você poderá recuperar seus arquivos mais tarde da pasta Windows.old . Se você estiver atualizando do Windows 7 para o Windows 8, deverá ver estas opções: Se desejar que seus arquivos, configurações e aplicativos ainda estejam em seu computador após a atualização, escolha Configurações do Windows, arquivos pessoais e aplicativos. Se desejar manter apenas seus arquivos (documentos do Word, fotos, filmes e outros arquivos), escolha Apenas arquivos pessoais. Se não desejar salvar nenhum de seus aplicativos, arquivos e configurações, escolha Nada. Se você não vir nenhuma dessas opções, é possível que tenha movido seus arquivos para outro lugar que não o local padrão, ou usado o modo de compatibilidade para executar um aplicativo mais antigo em seu computador. Escolha uma das opções disponíveis. Se você quiser reformatar sua unidade, o que também é chamado de instalação limpa, faça isso durante a instalação (não tente instalar em um disco rígido sem um sistema operacional Windows anterior). Siga as instruções sobre como executar uma instalação limpa do Windows 8 . Mais detalhes no site de onde obtive estas informações: http://windows.microsoft.com/pt-br/windows-8/purchase#1TC=t1
  • CPF / CNPJ

    Aqui divulgo o meu segundo Windows 8 App! Este aplicativo serve para validar CPF e CNPJ, com a funcionalidade adicional de gerar CPF e CNPJ válidos. Naturalmente o seu uso é recomendado para testes de softwares, por parte de programadores, analistas, testadores e estudantes. Uma vez que os CPFs/CNPJs gerados serão válidos, o que significa que podem possuir donos, seu uso para qualquer outra finalidade que não seja a de testes em sistemas sendo desenvolvidos é proibido. Já a rotina de validação é de uso irrestrito. http://apps.microsoft.com/windows/pt-BR/app/cpf-cnpj/04b67ae4-143d-482d-b17f-ede981148096   Da mesma forma que o anterior, é um aplicativo simples, sem preocupação com estética, apenas com funcionalidade, mas aceito sugestões e críticas, sem problemas.
  • Tabela Financeira

    Meus amigos, aqui está o meu primeiro Windows 8 App. Este foi criado pensando em meus alunos de Administração Financeira e Matemática Financeira, pois o aplicativo apresenta a tabela financeira e aqui com nove casas decimais após a vírgula, ao invés de muitos livros onde encontramos apenas quatro casas. Vocês poderão constatar a diferença que estas cinco casas adicionais fazem nas respostas e quão próximo dos resultados obtidos com calculadoras financeiras ficamos. Estou aberto a sugestões de alterações e aprimoramentos do software que naturalmente é gratuito. http://apps.microsoft.com/windows/pt-BR/app/tabelafinanceira/5b553bae-a1c4-402f-9f35-aa145ff4710f
  • Samsung Galaxy S3 reinicia sem parar depois de atualização

    Você acaba de fazer uma atualização de sistema em seu Galaxy S3 e ele não para de reiniciar, não sendo possível fazer nada no aparelho. Neste momento você lembra o quão importante é ter feito aquele backup na internet, só não diga que não o fez… Carregue a bateria e remova o SIM Card (comumente chamado de chip no Brasil) e o SD Card , o cartão de memória. Não será possível recuperar seus dados após este procedimento, pois executaremos o chamado hard reset no telefone, que restaura ele ao padrão de fábrica. Pressiona o botão de aumentar volume + Home Button + Power (Liga/Desliga) até aparecer o logotipo do Android; Com o botão de reduzir volume selecione Wipe data/Factory reset e pressione o botão Power ; Selecione YES – delete all user data usando o botão de reduzir volume e pressione o botão Power ; após a formatação pressione e pressione o botão Power denovo para reinicializar o telefone, selecionando reboot system now . Pronto, seu telefone está funcionando denovo!
  • Problemas com o KB 2823324

    Pois vamos a algumas soluções possíveis, primeiramente para usuários residenciais: Seu Windows é 32-bits, mas o KB ainda não foi instalado Neste caso a solução é a mais simples. Apenas desmarque ele na lista de instalação. Você notou que o KB foi instalado, mas ainda não teve problema por não haver reiniciado a máquina Opção 1: Desinstalar manualmente a atualização de segurança Neste caso a solução ainda é simples, basta remover ele pelo painel de controle que não terá problemas. Para tanto faça o seguinte: Acesse o Painel de Controle; Clique em Programas e Recursos; Agora em Exibir atualizações instaladas; Localize em Windows a atualização KB2823324 e dê um clique com o botão direito nela, então desinstale-a; Opção 2: Incorporar uma linha de comando desinstalar um script personalizado Se vários computadores são afetados, e você deseja executar um script remotamente para remover a atualização, você pode usar o seguinte comando para remover a atualização de segurança silenciosamente: wusa.exe /kb:2823324 /Uninstall /quiet /norestart Opção 3: Executa script de remoção remotamente usando PSEXEC Se vários computadores são afetados, e você deseja executar um script remotamente para remover a atualização, você pode usar o seguinte comando para remover a atualização de segurança silenciosamente: PsExec -d -s \\remotemachine wusa.exe /kb:2823324 /Uninstall /quiet /norestart Você instalou a atualização, tentou reiniciar o computador e ele não reinicia mais Observação 1: Não formate o seu computador para não perder os dados. Os passos abaixo fazem a restauração do sistema. Observação 2: Essa página será atualizada sempre que surgirem novas alternativas para solução deste problema. Essa comunicação tem como objetivo corrigir a falha de inicialização que possa ser causada após a instalação da atualização de segurança KB2823324. Durante o processo de inicialização da máquina, uma das seguintes mensagens de erro pode aparecer: Mensagem de Erro 1 STOP: c000021a {Fatal System Error} The Session Manager Initialization system process terminated unexpectedly with a status of 0xC000003a (0x00000000 0x00000000). The system has shutdown. Mensagem de Erro 2 O Windows não foi iniciado com êxito. Uma alteração recente de hardware ou software pode ter causado o problema. Para corrigir o problema: Insira o disco de instalação do Windows e reinicie o computador. Escolha as configurações do seu idioma e clique em "Avançar". Clique em "Reparar o seu computador". Se você não tiver o disco, entre em contato com o administrador do sistema ou fabricante do computador para obter assistência, ou entre em contato com a Microsoft. Status: 0xc000000e Informações: A seleção da inicialização falhou porque um dispositivo necessário está inacessível. Solução: Remover a atualização KB 2823324 através do Modo de Recuperação do Sistema A Microsoft está investigando mais a fundo a causa raiz para o problema. Neste momento recomendamos aos clientes removerem temporariamente a atualização através de algum dos procedimentos abaixo. Ao reiniciar o computador e pressione a tecla F8 até que seja obtida a tela abaixo: Selecionar “Reparar o seu computador” Após aparecer a tela Opções de Recuperação do Sistema – clique em Avançar Selecione o usuário do computador na caixa de listagem Nome do Usuário e digite a sua Senha Selecione a opção de Prompt de Comando: Na imagem anterior, observe a unidade que foi escolhida, no nosso caso “d:” e utilize a mesma para o comando abaixo: “ dism /image:D:\ /cleanup-image /revertpendingactions ” . Você tem que digitar este comando na tela preta. Se a exibição acima do Windows 7 for C: disco local (Imagem do item 5), o comando seria: “ dism /image:C:\ /cleanup-image /revertpendingactions ” Aguarde até que a operação seja concluída com sucesso: Feche a janela do prompt clicando no X localizado na parte superior da janela e voltando ao menu anterior clique no botão reiniciar: Ao reiniciar o equipamento selecione a opção “Iniciar Windows Normalmente”: Após este procedimento sua máquina funcionará corretamente. Em alguns cenários o problema persiste, aí basta que antes do passo 6, seja realizado uma cópia do arquivo NTFS.SYS de uma máquina saudável para a máquina impactada. Opção 4: Desinstalar a atualização KB2823324 utilizando a ferramenta automática da Microsoft Para executar esse método você deverá efetuar o download do arquivo .ISO contendo a ferramenta de remoção automática do KB2823324 através de um outro computador, gravá-lo em um CD, DVD ou criar uma unidade USB inicializável com a ferramenta. Após fazer isso você deverá iniciar o computador que apresenta o problema através do CD, DVD ou pen-drive USB e seguir as instruções na tela. Clique no link abaixo para iniciar o download. Clique aqui para baixar o arquivo .ISO para remoção automática do KB2823324 Clique no botão Salvar Selecione ao lado esquerdo o item “Área de trabalho” e clique no botão Salvar. Após o término do download você deverá gravar o arquivo em um CD, DVD ou criar pen-drive USB inicializável conforme abaixo: Gravar um CD ou DVD inicializável com a ferramenta de remoção automática do KB2823324 Nota: Os passos abaixo para gravação do CD ou DVD são aplicáveis se você baixou o arquivo em um computador com Windows 7 ou Windows 8. Caso você tenha feito o download do arquivo em um computador com Windows Vista, XP ou versões anteriores será necessário utilizar de um software de terceiros para gravar o arquivo .ISO em um CD ou DVD. Localize o arquivo salvo no computador, clique com o botão direito do mouse sobre ele e selecione a opção “Gravar imagem do disco” Será aberta uma janela com o Gravador de imagem do disco. Certifique-se que um CD ou DVD gravável esta inserido no computador e clique no botão gravar. Criar um pen-drive USB inicializável com a ferramenta de remoção automática do KB2823324 A utilização de um pen-drive USB inicializável é recomendada caso o computador que apresenta o problema seja um Netbook ou não tenha uma unidade de CD ou DVD. IMPORTANTE: Salve em outro local qualquer documento pessoal como fotos, música ou arquivos de texto existentes no pen-drive USB pois os passos abaixo irão formatar o dispositivo apagando todo o seu conteúdo. Conecte um pen-drive USB no computador. Clique em Iniciar, digite CMD e clique no item de mesmo nome que será apresentado. Nota: Se estiver efetuando esse procedimento em um computador com Windows XP clique em Iniciar, Executar, digite CMD e pressione a tecla Enter. No prompt de comando digite DISKPART e pressione Enter. Nota: Caso seja apresentada uma janela perguntando se deseja continuar clique em Sim/Continuar. Uma nova janela será apresentada. Nessa janela digite LIST DISK e pressione Enter. Será exibida a lista de discos conectados. Identifique o disco correspondente ao pen-drive USB. Você poderá identifica-lo pelo tamanho na terceira coluna. Exemplo: Na imagem abaixo um pen-drive USB de 2GB esta inserido no computador e foi identificado como Disco 1. Após identificar o disco correspondente ao pen-drive USB digite os seguintes comandos abaixo pressionando a tecla Enter após digitar cada uma das linhas. IMPORTANTE: Note que para esse exemplo estamos considerando que o pen-drive USB esta identificado como Disco 1. Caso o disco correspondente ao pen-drive USB seja outro altere APENAS o número no primeiro comando abaixo para o disco correspondente. Certifique-se de selecionar o disco correto pois os passos abaixo irão apagar o conteúdo do disco selecionado. SELECT DISK 1 CLEAN CREATE PARTITION PRIMARY SELECT PARTITION 1 ACTIVE FORMAT FS=NTFS QUICK ASSIGN Se todos os comandos foram digitados corretamente você verá as seguintes mensagens de confirmação após cada comando: Feche todas as janelas abertas. Será necessário um software de terceiros para abrir o arquivo .ISO e você deverá copiar todo o seu conteúdo para o pen-drive USB. Caso você já tenha algum software que consiga abrir arquivos .ISO instalado no computador onde ele foi baixado você poderá utliza-lo. Inicie o computador que apresenta o problema através do CD, DVD ou pen-drive USB inicializável com a ferramenta de remoção automática do KB2823324 Após gravar o CD, DVD ou criar pen-drive USB inicializável com a ferramenta de remoção automática do KB2823324 efetue os passos abaixo para iniciar o computador que apresenta o problema e siga as instruções na tela Para iniciar o computador a partir de um CD, DVD ou pen drive USB: Ligue o computador, insira o disco com a ferramenta de remoção automática do KB2823324 ou conecte o pen drive USB inicializável e desligue o computador. Reinicie o computador. Pressione qualquer tecla quando solicitado a fazer isso e siga as instruções exibidas. Caso o processo não seja bem sucedido, entre em contato com os canais de suporte abaixo: Entre em contato com o serviço ao cliente Grande São Paulo: 11 4706 0900 Demais localidades: 0800 761 7454 Horário: Segunda a sexta das 8:00 a.m. - 8:00 p.m. Sábados, Domingos e Feriados das 9:00 a.m. - 7:00 p.m. Mais detalhes em: http://www.microsoft.com/brasil/resolucao/
  • Você comprou o Windows 8, mas gostaria de usar o 7?

    Você como isso funciona. Noções básicas sobre os direitos de downgrade Page Overview Image Page Overview A disponibilidade do Windows 8 é uma excelente oportunidade para você consultar seus clientes e aumentar seus negócios. Com os níveis mais elevados de confiabilidade, segurança, desempenho, administração e suporte oferecidos pelo Windows 8, é possível desenvolver um caso de negócios mais sólido para o sistema operacional Windows 8. Page Content Visão geral dos direitos de downgrade Os direitos de downgrade são um direito do usuário final e estão documentados nos Termos de Licença de Software que os clientes aceitam quando executam o software do Windows pela primeira vez. Observe que os direitos de downgrade do usuário final estarão disponíveis durante o ciclo de vida de vendas dos sistemas operacionais Windows e Windows Server, com duração de até dois anos após a data de lançamento de uma nova versão. Obtenha mais informações sobre o ciclo de vida do Windows e as políticas de disponibilidade de produtos Windows. Por que os clientes usariam os direitos de downgrade? Exemplo: A organização do seu cliente precisa de um novo sistema que seja executado na mesma plataforma dos sistemas existentes, o Windows 7 Professional. Os direitos de downgrade oferecem uma solução prática. O cliente pode: Adquirir um computador com o Windows 8 Pro pré-instalado. Fazer downgrade (sem custo adicional) para o Windows 7 Professional. Migrar para o Windows 8 Pro no momento adequado. O sistema está licenciado e pronto para conversão. Versões de software do Windows e do Windows Server qualificadas para os direitos de downgrade Windows 8 Windows 7 Windows Server 2008 Versões OEM do Windows 8 qualificadas para downgrade O Windows 8 Pro inclui direitos de downgrade para: Windows 7 Professional Windows Vista Business Versões OEM do Windows 7 qualificadas para downgrade O Windows 7 Professional e o Windows 7 Ultimate incluem direitos de downgrade para: Windows Vista Business e Windows Vista Ultimate. Windows XP Professional, Windows XP Tablet PC Edition ou Windows XP x64 Edition. Observação Outras versões OEM do Windows 7 (por exemplo, Windows 7 Home Basic e Windows 7 Home Premium) não incluem direitos de downgrade. Versões OEM do Windows Server qualificadas para downgrade Somente determinadas versões OEM do Windows Server incluem direitos de downgrade. Veja abaixo as versões qualificadas. O Windows Server 2008 Standard inclui direitos de downgrade para o Windows Server 2003 Standard Edition. O Windows Server 2008 Enterprise inclui direitos de downgrade para o Windows Server 2003 Enterprise Edition. O Windows Small Business Server 2008 Premium inclui direitos de downgrade para o Windows Small Business Server 2003 Premium Edition ou o Windows Small Business Server 2003 R2. Processo dos direitos de downgrade Para fazer downgrade de software do Microsoft Windows ou do Windows Server, os clientes precisam: Adquirir um computador com o software do Windows ou do Windows Server pré-instalado. Aceitar os Termos de Licença de Software para Usuário Final. Executar o downgrade ou autorizar um terceiro a realizá-lo em seu nome. O processo de downgrade Siga estas etapas para fazer downgrade para uma versão anterior de software do Windows ou do Windows Server: Obtenha uma mídia do Windows original e uma chave do produto (Product Key) correspondente para a versão do Windows qualificada para downgrade. A mídia deve ser proveniente de uma versão anterior licenciada legalmente dos canais de revenda ou OEM. Os usuários finais licenciados separadamente por meio do VL (Licenciamento por Volume) da Microsoft podem fornecer a mídia VL e a chave a um integrador de sistemas, para que facilite o downgrade em seus sistemas. Insira a mídia da versão do Windows qualificada para downgrade na unidade de CD e siga as instruções de instalação. Digite a chave do produto. Se o software foi ativado anteriormente, não será possível ativá-lo online. Nesse caso, será exibido o número de telefone do Suporte de Ativação do local apropriado. Ligue para o número e explique as circunstâncias. Quando for determinado que o usuário final tem uma licença qualificada do Windows, o representante do atendimento ao cliente fornecerá um código de ativação de uso único para ativação do software. Observe que a Microsoft não fornece uma chave de produto (Product Key) completa nesse cenário. Ative o software. Veja os detalhes adicionais e as perguntas frequentes Autorização para que um terceiro exerça os direitos de downgrade em nome do usuário final Desde que determinados requisitos sejam atendidos, os usuários finais podem solicitar que outra pessoa execute o downgrade em seu nome. No documento a seguir, há esclarecimentos sobre como atender a esses requisitos e o que esse processo envolve. End User Downgrade Rights Facilitation Options .pdf 88 KB Como os direitos de downgrade se aplicam aos usuários finais, não foram desenvolvidos originalmente para a participação de terceiros, pois este processo implica muitas complicações. Além disso, esse tipo de participação não é adequado para realização em grande escala.
  • Usando normas ABNT no Word 2011 para Mac

    Hoje vi um amigo tendo dificuldade para instalar o estilo das normas ABNT no seu Word 2011 num MacBook. Eu havia indicado para ele usar a orientação de meu post http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2011/11/07/usando-as-normas-abnt-para-cita-231-245-es-no-word-2010.aspx , ocorre que a pasta onde colocar os arquivos não fica no mesmo lugar no Mac. Então aqui vai a dica para os usuários do Word 2011 no Mac. Descompacte o arquivo Styles.zip que você obteve no site indicado no outro post, para uma pasta em seu computador; Copie os arquivos extraídos; Feche o Word caso ele esteja aberto; Abra Applications ; Acesse a pasta do Microsoft Office; Dê um clique direito em Word.app ou apenas Word caso nas suas configurações esteja definido para ocultar as extensões; Clique em Show Package Contents ; Agora você encontrará uma pasta chamada Contents . Abra esta pasta; Então acesse a pasta Resources ; Abra a pasta Styles ; Cole os estilos que copiou para esta pasta; Inicie o Word , procure pelos estilos e você encontrará lá o ABNT.
  • Alterando o plano de fundo da área de trabalho no Windows 7 Starter Edition

    Já vi muita gente querendo trocar a imagem de fundo, também conhecida como plano de fundo do Windows 7 Starter, mas ocorre que ele não possui esta funcionalidade ao natural. Como fazer então, usando uma ferramenta de terceiros que torna este processo muito simples. Se o seu desejo é fugir desta tela ou qualquer outra que esteja em sua área de trabalho, há várias ferramentas gratuitas na internet, dentre as quais o Stardock Mycolors que é capaz de alterar todo o tema do seu Windows, até os que servem simplesmente para modificar a imagem de fundo como o o Starter Wallpaper Changer ou o Starter Background Changer . A parte chata é que o procedimento de instalação deste último está em francês, mas não se preocupe, pois basta seguir estes passos: Acesse Renaudgerson.fr e faça download do Starter Background Changer ; Depois execute um duplo clique no arquivo, para iniciar a instalação; Agora clique em Suivant ; Selecione Je suis d’accord avec les termes et conditions ci-dessus e clique em Suivant novamente; Então clique em Suivant e Yes; Agora confirme clicando em Demarrer ; Quando o processo estiver finalizado, basta clicar em Quitter . Agora para usar ele, simplesmente dê um clique direito em sua Área de Trabalho e escolha Personalizar . Então será possível selecionar uma nova imagem de fundo clicando em Wallpaper e selecionando uma imagem jpg, png, bmp, etc.
  • Migrando do SBS 2003 para o Essentials 2012

    Se você estiver usando um SBS 2003 SP2, sem o R2 e for tentar efetuar a migração, ao executar a ferramenta de migração, receberá uma mensagem de erro que o Serviço de Replicação DFS não está em execução. Ocorre que este serviço só foi implementado no R2, portanto nem poderia estar sendo executado em seu sistema, mas com este erro a migração não irá adiante. Isso significa que não dá para migrar? Não, apenas significa que precisará executar umas alterações antes de migrar. Aqui está o passo-a-passo extraído de: http://social.technet.microsoft.com/Forums/en-US/winserveressentials/thread/a8781760-5c99-4db6-a130-1a4930675eb9 Abra o arquivo SBSMigrationPrep.ps1 localizado em C:\Documents and Settings\All Users\Application Data\Microsoft\Microsoft Baseline Configuration Analyzer\Models\SBSMigrationPrep no Bloco de Notas; Encontre DFSR ; Você terá uma função com o seguinte texto: function Check-DFSReplicationServiceStatus() { $service = Get-Service -Name 'DFSR' $status = $service.Status @" < DFSReplicationServiceStatusSection> <DFSReplicationServiceStatus>$status</DFSReplicationServiceStatus> < /DFSReplicationServiceStatusSection> "@ } Em $service = Get-Service -Name 'DFSR' altere de DFSR para DFS ; Execute novamente a ferramenta de migração e ela funcionará sem erros, desta vez!
  • Teclas de atalho Windows 8

    Você gostaria de conhecer as teclas de atalho do Windows 8? Pois aqui estão elas:
  • ABNT para Word 2013

    Algumas coisas mudaram na estrutura de pastas do Word 2010 para o 2013, mas com um pequeno ajuste no arquivo das normas ABNT, você consegue fazer elas serem reconhecidas no Word 2013. Aqui vai o passo-a-passo de como fazer: Faça download dos arquivos com as normas: http://carlosfprocha.com/files/folders/sample_files/entry16597.aspx Copie eles para a pasta C:\Usuários\ nome_do_usuário \AppData\Roaming\Microsoft\Bibliography\Style ; Agora é só usar conforme descrito no seguinte link: Inserindo citações em um documento do Word 2010 Fonte: http://www.bibword.com (Na origem você encontra muitas outras formatações de estilos) Agradecimentos para Yves Dhondt o criador dos arquivos.
  • MVP Virtual Conference 2013

    A comunidade de Microsoft Most Valuable Professionals (MVP) convida você para participar do MVP Virtual Conference dias 26, 27 e 28 de Março de forma 100% online . Aproveite essa oportunidade de entender e tirar suas dúvidas sobre como as tecnologias e produtos Microsoft podem te ajudar a solucionar problemas e/ou otimizar tarefas do seu dia a dia. Aprenda diretamente com MVPs, profissionais reconhecidos pela Microsoft, independentes e especialistas, além de convidados especiais da comunidade técnica brasileira e da Microsoft, como os arquitetos do Microsoft Technology Center (MTC) . Objetivo Apresentar online capacidades e funcionalidades de produtos e tecnologias Microsoft dentro de um contexto baseado em cenários do mundo real. Formato O evento conta com nove diferentes trilhas, abordando tópicos relevantes a cenários do dia a dia para as empresas, profissionais de TI e desenvolvedores. Durante cada dia de evento, três trilhas serão apresentadas por completa de forma online no formato de um webcast. Cada trilha comtemplará apresentações sobre tecnologias e produtos Microsoft dentro de um especifico cenário, finalizando com uma rica sessão estilo roundtable com todos os palestrantes da trilha. Horário das palestras : Das 08:45 às 17:00hrs com intervalo para almoço das 11:30 às 13:00hrs. Inscrição As inscrições são abertas a todos os interessados. Escolha o(s) tópico(s) que mais lhe interessam, clique no respectivo link para realizar a inscrição e receber uma confirmação via e-mail para adicionar ao seu calendário. Fique à vontade em convidar outras pessoas. Clique no assunto de seu interesse abaixo para realizar a inscrição. Clique aqui para ver a lista de palestras que você irá encontrar em cada um dos nove assuntos principais. Dia 26 de Março / terça-feira Consumerização de TI Responsável : Alexandro Prado - MVP Palestrantes : Jorge Barata (MVP), Paulo Sant´anna (MTAC), Marcondes Alexandre (MVP), Igor Humberto (MTAC), Rover Marinho (MVP) Exemplo de cenário : Para você profissional da área, entender Consumerização de TI e as tecnologias que viabilizam isso passam a ser essenciais para você alcançar e ser bem sucedido na sua empresa e acompanhar essa tendência do mercado de TI. Acompanhe esse tema e aprenda como aplicar as tecnologias Microsoft no mundo real. Inscreva-se agora Segurança Responsável : Rodrigo Immaginario – MVP Palestrantes : Rodrigo Immaginario (MVP), Alberto Oliveira (MVP), Luciano Lima (MVP), Marcos Tupinambá (MVP) Exemplo de cenário abordado : Uma empresa de consultoria, que possui diversos colaboradores trabalhando de forma remota, recentemente identificou diversas falhas de segurança em sua rede local e na proteção dos seus projetos confidenciais. Para melhorar a segurança do seu ambiente será adotado o conceito de "defesa em profundidade" mas o projeto deverá ser implementado com o mínimo de investimento e em curto espaço de tempo. Veja como as tecnologias já disponíveis nos sistemas operacionais da Microsoft (Server e Client) pode ajudar. Inscreva-se agora Gerenciamento de Projetos e Equipes de Desenvolvimento Responsáveis : André Dias - MVP / Carlos dos Santos – MVP Palestrantes : Carlos dos Santos (MVP), Ramon Durães (MVP), Marcelo Azuma (MVP), Cláudio Leite (ALM Ranger), André Dias (MVP), Igor Abade (MVP), Adriano Bertucci (MVP), Marcio Sete (MVP) Exemplo de cenário abordado: Uma empresa de médio porte está em franco crescimento, aproveitando oportunidades do mercado. Suas aplicações estão se tornando mais complexas e o time de desenvolvedores está crescendo. Nos últimos anos, a empresa tem sofrido com uma demanda crescente por suporte, devido constantes falhas no software em produção. A qualidade do software gerado pelos times é sofrível e essa percepção tem crescido no mercado. A empresa espera continuar crescendo, mas precisa corrigir e evitar novos problemas com a gestão de seu processo de desenvolvimento de software. Recentemente, a empresa ouviu falar sobre as novas tendências no desenvolvimento ágil e os benefícios da abordagem para Modern Apps. Inscreva-se agora Dia 27 de Março / quarta-feira Interoperabilidade no Desenvolvimento e Infraestrutura Responsáveis : André Ruschel - MVP / Rogério de Carvalho - MVP Palestrantes : André Ruschel (MVP), Rogério Moraes de Carvalho (MVP), Rogerio Cordeiro (Microsoft) Exemplo de cenário : Uma empresa ampliou seu ambiente de TI recentemente, após a aquisição de duas novas empresas do mercado. Os ambientes de TI das 3 unidades são heterogêneos, contemplando diferentes cenários para monitoração, segurança, bancos de dados, desenvolvimento de aplicações e integração de processos. Mesmo antes da consolidação de todas as unidades, a empresa enfrenta uma demanda crescente por aplicações consumindo informações das 3 unidades de negócio, que rodam em plataformas heterogêneas. As equipes de desenvolvimento e infraestrutura precisam decidir quais são as tecnologias e abordagens para esse cenário de interoperabilidade interna na empresa. Inscreva-se agora Arquitetura e Gerenciamento de TI Responsável : Marcelo Sincic - MVP Palestrantes : Marcelo Sincic (MVP), Hélio Panissa (MVP), Waldemir Cambiucci (Microsoft), Daniel Donda (MVP) Exemplo de cenário : Uma empresa possui um datacenter de 3ª geração, baseado em servidores blades adotados de diferentes fornecedores. Ao longo dos anos, a empresa tem usado fortemente o modelo de virtualização, mas tem enfrentado desafios no gerenciamento de sua TI. Constantemente, VM’s são perdidas, o processo de suporte e provisionamento é lento e não existe um portal de autoatendimento para os clientes de TI, o que exige horas de atendimento telefônico e atrasos constantes nas requisições. A empresa adota alguns processos de ITIL v3, mas não possui uma ferramenta unificada de gestão de processos ITIL. Inscreva-se agora Desenvolvimento de Software e Aplicativos Responsáveis : Renato Haddad - MVP / André Carlucci - MVP Palestrantes : Renato Haddad (MVP), Victor Cavalcante (MVP), André Carlucci (MVP), Rodolpho Marques (MVP) Exemplo de cenário : Uma empresa da área anúncios desenvolve aplicações para seus mais de 10 mil clientes e está em franco crescimento. O perfil de seus clientes está na classe média, consumindo cada vez mais dispositivos móveis, mas também acessando informações da empresa através de desktops em casa, no trabalho ou através de sites na Web. Como desenvolver novas aplicações atendendo a todos esses requisitos? Inscreva-se agora Dia 28 de Março / quinta-feira Produtividade, colaboração e comunicação unificada Responsável : João Benito Savastano - MVP Palestrantes : Fernando Andreazi (MVP), Sara Barbosa (MVP), André Xavier (MVP), Eduardo Freire (MVP), Fernanda Saraiva (MVP), Andrea Morais (Microsoft), João Paulo Sevegnani (Microsoft) Exemplo de cenário : Uma empresa da área de vendas possui um número grande de vendedores em campo. A maioria de sua força de venda possui pouco tempo para retornar ao escritório ou sincronizar seus dados, acessando as informações da empresa mais de 90% do tempo externamente. Muito processos exigem a aprovação de workflows ou leitura de e-mails do pessoal em campo. Ao mesmo tempo, a empresa tem percebido um aumento crescente em seus gastos com telefonia, devido a maior capilaridade de empresa pelo Brasil. Inscreva-se agora Computação em Nuvem Responsáveis : Lucas Romão - MVP, Evilázaro Alves - MVP, Fabrício Sanchez - MVP Palestrantes : Lucas Romão (MVP), Evilázaro Alves (MVP), Fabrício Sanchez (MVP), Humberto Silva (Microsoft) Exemplo de cenário : Pequenas, médias e grandes empresas hoje avaliam sua infraestrutura, em relação aos desafios para o gerenciamento e manutenção do ambiente de TI. O mercado tem apresentado nos últimos anos alternativas para a gestão de TI, através de modelos baseados em nuvem pública ou privada. Mais recentemente, a construção de nuvens híbridas tem recebido destaque em fóruns de arquitetura e gerenciamento de infraestrutura. Uma empresa está hoje com 80% de sua TI baseada em máquinas virtuais sem gerenciamento unificado. Outros 20% estão em máquinas físicas, com aplicações legadas. Como dar o próximo passo? Inscreva-se agora BI, Big Data e Gerenciamento de Dados Responsáveis : Luciano Moreira - MVP, Gustavo Maia - MVP Palestrantes : Luciano Moreira (MVP), Pericles Rocha (Microsoft), Nilton Pinheiro (MVP), Felipe Ferreira (MVP), Fabiano Amorim (MVP) Exemplo de cenário : A análise de dados é um dos principais elementos de sucesso para o bom entendimento de diversas linhas de negócio. Sem uma análise de dados robusta, é impossível entender as tendências e comportamento de seu negócio, durante as várias fases de sua execução. Uma empresa da área financeira deseja analisar o comportamento de risco de seus milhares de clientes e investidores. Ela busca ferramentas de análise e mecanismos de integração para consumo de diferentes fontes de dados de seus vários sistemas. Inscreva-se agora Para conhecer mais sobre o Programa MVP, visite o site http://mvp.microsoft.com Acompanhe também as novidades e atividades dos MVPs do Brasil no Facebook e Twitter oficiais do programa no país. * O MVP Virtual Conference é uma iniciativa independente dos MVPs do Brasil.
  • Fim do suporte para Windows XP e Office 2003

    Amigos, em 8 de Abril de 2014 acaba o suporte, portanto é hora de pensar na migração… Em 2002 a Microsoft introduziu sua Política de Ciclo de Vida de Suporte desenvolvida a partir de comentários e sugestões de clientes, em busca de maior transparência e previsibilidade das opções de suporte dos produtos Microsoft. De acordo com esta política, os produtos da linha Microsoft Business and Developer, incluindo o Windows e o Office, recebem um tempo máximo de 10 anos de suporte (5 anos de Suporte Base e 5 anos de Suporte Estendido), no nível de Service Pack suportado. Mas mais do que fornecer suporte, agregar valor à TI requer inovação. Muitos usuários hoje esperam capacidades de computação que eram inimagináveis em 2001. O acesso de qualquer lugar em múltiplos dispositivos, redes sociais abrangentes e computação em nuvem são apenas alguns exemplos das mudanças ocorridas nos últimos 10 anos. O Windows 7 e o Office 2010 são as versões com as maiores taxas de vendas da história pois foram construídos do zero para atender a estes e outros requisitos modernos. Dito isso, daremos início a finalização do suporte para o Windows XP e Office 2003, com o prazo máximo para 8 de Abril de 2014, oferecendo a nossos clientes mais de 12 anos de suporte do Windows XP e 10 anos de suporte do Office 2003, prazos máximos de suporte já disponibilizados ao mercado. Para saber mais sobre nossa Política de Ciclo de Vida de Suporte Microsoft visite o site da Política de Ciclo de Vida de Suporte Microsoft ou leia as Perguntas Frequentes sobre o Ciclo de Vida de Suporte O que o fim do suporte representa para os clientes? Significa que você deve agir. Após 8 de Abril de 2014, não estarão mais disponíveis atualizações de segurança, hotfixes não relacionados a segurança, opções pagas e gratuitas de suporte direto ou atualizações de conteúdos técnicos online (Obs: os conteúdos online existentes ficarão disponíveis durante a fase de Suporte Online de Auto Ajuda Quais são as opções dos clientes após 8 de Abril de 2014? Atualize-se com o Windows 7/8 e Office 2010. Esta opção é sem dúvida a melhor para manter sua base com suporte. Ela torna mais fácil para você obter os benefícios de se movimentar para a nuvem com o Office 365 e Windows Intune. Ela oferece mais flexibilidade para dar aos seus funcionários a capacidade de serem mais produtivos, enquanto aumenta a eficiência operacional com computadores mais seguros e gerenciáveis. Para saber mais sobre estas possibilidades visite o site de Ambiente de Trabalho Moderno e Flexível Executar softwares sem suporte após 8 de Abril de 2014 Você deve estar ciente dos riscos. Executar software sem suporte significa que você não receberá nenhum suporte público da Microsoft, incluindo novas atualizações de segurança e hotfixes não relacionados a segurança. Isso pode resultar em ataques que colocarão seu negócio e as informações de seus clientes em risco e limitarão suas capacidades de obter o melhor de seus investimentos em TI. Será muito mais difícil de atualizar outros softwares importantes. Um relatório recente do segmento, publicado pela Gartner Research, sugere que “muitos fabricantes independentes de software (ISVs) provavelmente não suportarão novas versões de aplicações rodando no Windows XP em 2011; já em 2012 isso será o mais comum”. E isso também dificulta o acesso a inovações de hardware: a Gartner Research cita que em 2012, muitos fabricantes de computadores encerrarão o suporte ao Windows XP na maioria dos seus modelos de computadores. Veja o artigo Criando um Cronograma de Implantação do Windows 7 e de Descontinuidade do Windows XP SP3, Junho de 2011 Como a Microsoft ajudará seus clientes? A Microsoft oferece para grandes organizações recursos técnicos detalhados, além de ferramentas e orientações de especialistas que facilitam a implantação e o gerenciamento do Windows 7, Internet Explorer 9 e Office 2010. Para saber mais sobre os programas de implantação e migração entre em contato com seu gerente de contas da Microsoft ou o seu Parceiro Certificado Microsoft . Para saber como fazer um piloto e migrar você mesmo para uma estação de trabalho moderna, utilize as ferramentas de implantação da Microsoft abaixo e visite a seção de Windows no TechNet Comece aqui: Entendendo as Ferramentas de Implantação do Windows 7 Windows Automated Installation Kit (AIK) Download Guia Passo a Passo Tutorial Prova de Conceito de Estações de Trabalho - Jumpstart kit Download Guia Passo a Passo Clique aqui e acesse uma ferramenta online que calculará o retorno que sua empresa poderá ter com a adoção do Windows 7: https://roianalyst.alinean.com/msft/AutoLogin.do?d=202102636954012893 Leia também o artigo do IDC: Porque permanecer no Windows XP não é uma boa idéia: http://www.microsoft.com/pt-br/download/details.aspx?id=29883
  • Resultado 2013 SMB 150

    Amigos, saiu hoje a lista dos 150 e estou novamente nela! Muito obrigado por seus votos, eles fizeram a diferença! http://smb150.com/
  • Excluindo um Plano de Energia

    Suponhamos que você tenha criado um Plano de Energia conforme descrito aqui: Hibernar ou Suspender o sistema- , mas não tenha ficado satisfeito com o mesmo e deseje excluí-lo. Como fazer isso? Desta vez irei pelo caminho mais curto. Clique em Iniciar e digite powercfg.cpl ; Selecione o Plano desejado e clique em Alterar configurações do plano , depois basta clicar no link Excluir este plano . O que fazer se o link de excluir não aparecer? Caso seu plano esteja em uso ou seja um dos dois planos preferenciais, o link não aparecerá, aí basta clicar em Outros planos adicionais , selecionar qualquer um deles, sair e voltar ao gerenciamento de energia. Caso o plano que deseja excluir não seja mais um dos preferenciais, o link aparecerá.
  • Hibernar ou Suspender o sistema?

    Recebi alguns questionamentos sobre o que era mais recomendado, Hibernar ou Suspender o computador? Bem, a resposta é depende! Como assim? Sim, depende do que você deseja, pois eles não são sinônimos. Cada um deles realiza um procedimento diferente e deve ser usado em uma situação específica. Vamos conhecer ambos então: Hibernar O que é Hibernar? A resposta clássica seria: é quando um animal passa um grande período em reclusa, com atividades corporais extremamente reduzidas como o batimento do coração. Esse animal geralmente passa um bom período de tempo se alimentando o máximo possível, antes de hibernar, e após acumularem bastante gordura (energia) eles ficam quase que "dormindo". O urso é um típico animal que tem o hábito de hibernar. Lindo, mas queremos saber isso com relação a computadores… Ah, certo, neste caso… é o procedimento que salva todos os documentos e programas em execução no disco rígido e desliga o computador. Quando você abre um programa ou um documento, este passa para o memória do computador, desta forma, tudo o que está em uso em um determinado momento está na memória. Quando você manda o seu computador hibernar, o que ele faz é pegar tudo o que está na memória e gravar no disco rígido. No momento em que você decide retirar o computador da hibernação, ele lê o que está gravado no disco como dados de hibernação e coloca novamente na memória, desta forma você segue trabalhando exatamente do mesmo ponto onde estava, como se nunca tivesse desligado o computador. A utilização deste procedimento é muito interessante, pois faz com que você possa interromper o seu trabalho (para dormir ou porque o expediente acabou), desligando o computador e tenha como voltar exatamente para o mesmo ponto onde se encontrava antes de desligá-lo, sem precisar esperar pela inicialização do sistema operacional. É o procedimento comumente utilizado em Tablets. Suspender O que é suspender? É o ato de elevar algo e mantê-lo no ar. Ótimo, em relação a computadores? é quando todos os processos em execução no computador são interrompidos, mas permanecem na memória. Ainda que a tela seja apagada, o computador não é desligado e tudo permanece na memória. Se por exemplo, faltar luz, você perderá tudo o que não estava salvo. Por outro lado, para retornar de uma suspensão é muito mais rápido do que de um hibernação. Qual a vantagem de suspender um computador então? Este recursos deve ser usado para períodos ociosos curtos, quando por exemplo você vai realizar alguns telefonemas ou atender alguém à porta e deseja economizar energia, já a hibernação é utilizada para períodos de ausência longa. Como faço para definir minhas configurações de energia? Clique em Iniciar –> Painel de Controle; Clique em Sistema e Segurança; Agora em Opções de Energia; Agora, selecione um plano de energia ou Crie um plano de energia , que sempre é a minha opção preferida, pois caso ele não fique satisfatório, você sempre poderá retornar a um dos planos originais; Dê um nome para o seu plano e escolha um modelo o partir do qual ele será baseado; Neste exemplo estou partindo do Alto desempenho para depois ir definindo as restrições desejadas, o mais recomendável para você é escolher o plano Equilibrado . Clique em Criar; Agora clique em Alterar configurações do Plano; Então em Alterar configurações de energia avançadas; Clique em Alterar definições não disponíveis atualmente; Parece que já estou vendo alguns leitores se perguntando: Mas para que fazer esta volta toda apenas para chegar nesta tela? Simples, alguns leitores são principiantes e este caminho é seguro para eles. Caso não apareça a opção mencionada acima, é porque você não é administrador do computador, use uma conta de administrador. Agora clique no sinal de “ + ” ao lado de Suspender e depois em Suspender depois de ; Clique em Nunca e defina o tempo desejado, por exemplo: Caso deseja configurar a hibernação automática, por inatividade, basta configurar conforme o exemplo abaixo. Isso pode ser prático, pois você nem precisará desligar o computador ao término do expediente, bastará abandoná-lo ligado, que após o tempo definido ele hibernará. Por outro lado, abandonar um computador com a sua sessão aberta é um alto risco de segurança, se for optar por isto, antes de abandoná-lo pressione a tecla do Windows e a letra L , isso bloqueará o computador e ele permanecerá neste estado até hibernar. Para sair do bloqueio bastará informar a sua senha. Caso não fique satisfeito e deseje excluir o plano basta seguir o procedimento descrito aqui: http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2013/03/07/excluindo-um-plano-de-energia.aspx
  • Matéria no Correio do Povo

    Seguindo a mesma linha da postagem anterior, para registro, coloco aqui a matéria que saiu no Correio do Povo de 12/05/2012. Fonte: http://www.correiodopovo.com.br/Impresso/?Ano=117&Numero=225&Caderno=0&Noticia=421687
  • Matéria publicada no Baguete de 01/02/2013

    Ainda não havia registrado aqui a matéria publicada no Baguete de 01/02/2013, então aqui vai ela: Então fica aqui o registro e a recomendação do Baguete como excelente fonte de leitura! Fonte: http://www.baguete.com.br/noticias/01/02/2013/contador-entre-os-mais-influentes-na-ti
  • Adicionando intervalo no envio de e-mails

    Recebi algumas consultas se seria possível adicionar um intervalo no envio dos e-mails de meu post anterior. Sim, claro que é possível, basta inserir este pequeno código nas macros.   Private Declare Sub AppEspera Lib "kernel32" Alias "Sleep" (ByVal dwMilliseconds As Long) Public Sub Pausa(PausaEmSegundos As Long) Call AppEspera(PausaEmSegundos * 1000) End Sub Para chamar ele de se script, adicione o texto abaixo no local onde deseja adicionar a pausa: Pausa 3 ‘ Sendo que o número será a quantidade de segundos que deseja em pausa Na verdade este código serve para adicionar um intervalo na execução de qualquer código, não apenas no envio de e-mails!
  • iPhone 4S “esquece” senha do Wireless após update

    Esta semana me contaram um caso de iPhone 4s que após uma atualização simplesmente não consegue mais “memorizar” a senha de uma conexão wireless pré-existente. O mais interessante é que ele consegue memorizar as senhas de novas conexões. Via de regra a solução pode ser bem simples: No iPhone : Acesse: Settings –> General –> Reset –> Reset Network Settings , caso o seu esteja em português: Ajustes –> Geral –> Redefinir –> Redefinir ajustes de rede No roteador Wireless : Desligue o roteador No iPhone Reinicie o telefone (Pode ser desligar e ligar denovo) No Roteador Ligue o roteador No iPhone Conecte-se à rede memorizando sua senha Obs.: Pode ser necessário redigitar alguns dados de redes wireless após esta operação, mas seus outros dados não serão impactados. Achou complicado e prefere contornar o problema? Tudo bem, basta alterar o nome da sua rede wireless e o SSID dela, quando o iPhone conectar-se na “nova rede” (antiga apenas com o nome alterado), tudo funcionará perfeitamente. Outra alternativa que pode funcionar se seu iPhone estiver rodando o iOS 6? Acesse o painel de controle do seu roteador wireless e habilite as redes do tipo “ b ” e “ g ”, não deixe apenas “ n ”. Já vi gente falando que teria de executar um “hard reset”, que apaga todos os dados e volta ao padrão de fábrica. Eu não faria isso. Se chegar a esse ponto, melhor trocar o iPhone por um Nokia Lumia 920 …
  • Motorola Razr não liga, luz branca

    Hoje me aconteceu um fato interessante, fui ligar meu Motorola Razr e ele não ligava, claro, logo deduzi que a bateria deveria ter descarregado. Conectei o mesmo para carregar e acendeu uma luz branca. Tentei ligar o aparelho e nada. Solução? Sim, simples. Pressione ao mesmo tempo os botões de Ligar e de reduzir o volume e mantenha-os pressionados por 10 segundos. Isso reinicializará o telefone e na esmagadora maioria dos casos, trará ele “de volta à vida”. Adendo: Pessoal, alguns aparelhos estão com problemas de fabricação mesmo, então se este procedimento não funcionar para você, procure a assistência técnica.
  • Windows 8: Livros grátis

    Amigos, mais livros grátis sobre Windows 8, aproveitem!   Basta divulgar o download no Facebook, Twitter ou Google+ (através do botões da página e depois fazer o download do livro (ambos em inglês).
  • Enviando e-mail em massa com anexo e imagens

    Tenho recebido dúvidas se seria possível enviar anexos também com o meu script. Parece que muita gente gostaria disso… Pois é, a melhor parte é que além de ser possível, é mega simples! Basta adicionar uma única linha. Veja ela em destaque: Public Sub SepareDrafts()       Dim lDraftItem As Long     Dim myOutlook As Outlook.Application     Dim myNameSpace As Outlook.NameSpace     Dim myFolders As Outlook.Folders     Dim myDraftsFolder As Outlook.MAPIFolder     Dim objMailMessage As Outlook.MailItem     Dim emlBody, sendTo As String     Dim TOs          Set myOutlook = Outlook.Application     Set myNameSpace = myOutlook.GetNamespace("MAPI")     Set myFolders = myNameSpace.Folders     Set myDraftsFolder = myNameSpace.PickFolder          For lDraftItem = myDraftsFolder.Items.Count To 1 Step -1         TOs = Split(myDraftsFolder.Items.Item(lDraftItem).To, ";")         For i = 0 To UBound(TOs)             Set objMailMessage = myOutlook.CreateItem(olMailItem)             With objMailMessage                 .BodyFormat = olFormatHTML                 .To = TOs(i)                 .Subject = myDraftsFolder.Items.Item(lDraftItem).Subject                 .HTMLBody = myDraftsFolder.Items.Item(lDraftItem).HTMLBody & "<img src='C:\Temp\image001.png'>"                 .Attachments.Add "C:\Temp\faturamento.xlsx"                 .Display                 .Send             End With         Next     Next lDraftItem     Set myDraftsFolder = Nothing     Set myNameSpace = Nothing     Set myOutlook = Nothing   End Sub   Para entender todo o script não deixe de ler os posts anteriores! Enviando individualmente e-mails em massa, com imagem no corpo do e-mail Enviando individualmente e-mails em massa
  • Migrando do SBS 2003 para o Windows Server 2008/2008 R2 ou 2012

    No passado havia o Transition Pack para quem desejava sair do SBS e passar para um domínio Windows padrão, ocorre que este foi descontinuado, então muita gente passou a acreditar que não seria mais possível a migração. Para pequenos empresários isso foi um grande susto, mas não passava de um susto, pois ainda é possível. Outros afirmar que a migração não seria mais suportada. Sim e não. Ela não é mais suportada pelo time de SBS, mas continua sendo suportada em duas situações: o time de suporte do Windows dá suporte para correção de erros que ocorram no Windows; Erros em aplicativos (Exchange, SharePoint, etc) passam a ser suportados pelos respectivos times. Ok, mas como se faz isso então? Resposta simples: Na unha! Para técnicos isso é sinônimo de demora e algumas emoções, por outro lado, também é sinônimo de total controle. Pois vamos aos passos então: Transição Comece como de praxe conferindo se tudo está funcionando corretamente, pois se já tiver algo errado antes de começar, depois será uma luta para resolver, uma vez que iniciará o processo de solução acreditando ter o problema sido causado pela migração. Nesta etapa execute todos os Health Checks como dcdiag, BPA for SBS 2003, 2008 e 2011 , além do BPA for Exchange; Health Check do AD: http://blogs.technet.com/b/ptsblog/archive/2011/11/14/performing-an-active-directory-health-check-before-upgrading.aspx BPA do SBS 2003: http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=5334 Não esqueça de fazer um backup total do servidor, principalmente do System State, nem de testar a restauração do Backup, ANTES de começar; http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc787254(v=ws.10) http://support.microsoft.com/kb/974674 Instale o novo Servidor Windows, no novo hardware (se você desejava fazer uma migração in-place, aí a coisa seria bem mais complexa) e integre ele ao domínio existente do SBS; Faça upgrade do Schema do AD no SBS para o do novo SO; Insira o DVD do novo SO no servidor SBS; Localize a pasta: Drive:\Sources\Adprep ; Execute os seguintes comandos: adprep /forestprep adprep /domainprep Promova o novo servidor a Domain Controler e servidor DNS; Torne o novo servidor um Global Catalog; Migre a base do DHCP. http://blogs.technet.com/b/networking/archive/2008/06/27/steps-to-move-a-dhcp-database-from-a-windows-server-2003-or-2008-to-another-windows-server-2008-machine.aspx   Hora de mover os aplicativos: Comece pelo Exchange; http://technet.microsoft.com/en-us/library/dd638130.aspx ; http://technet.microsoft.com/en-us/library/bb124350.aspx . Caso o seu SBS seja o 2003, ANTES de mover as FSMO, instale este um update para ampliar o prazo de migração de 7 para 21 dias, evitando assim, reinicializações desnecessárias; http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=4116 . Agora sim, transfira as FSMO; http://support.microsoft.com/default.aspx?scid=kb;EN-US;255504 . Ao final desta transferência, você 21 dias para concluir quaisquer outras migrações, graças ao update mencionado anteriormente. Após este prazo o SBS começará a reinicializar de forma errática, vários serviços serão desativados desordenadamente, em resumo, fortes emoções… Finalizadas todas migrações e testes subsequentes, rebaixe (demote) o SBS e remova ele do domínio.
  • Enviando individualmente e-mails em massa, com imagem no corpo do e-mail

    Recebi vários questionamentos no meu post anterior ( Enviando individualmente e-mails em massa ), sobre como fazer para alterar o código e adicionar imagens a ele. Pois aquele código foi elaborado para o envio de texto simples, para adicionar imagens precisamos alterá-lo para o envio como HTML. IMPORTANTE: LEIA TUDO ANTES DE EXECUTAR, PARA EVITAR EFEITOS INDESEJADOS. Se possível, não use para SPAM. Realize os mesmos passos descritos na minha postagem anterior, mas utilize o código abaixo, ao invés daquele original. Public Sub SepareDrafts()       Dim lDraftItem As Long     Dim myOutlook As Outlook.Application     Dim myNameSpace As Outlook.NameSpace     Dim myFolders As Outlook.Folders     Dim myDraftsFolder As Outlook.MAPIFolder     Dim objMailMessage As Outlook.MailItem     Dim emlBody, sendTo As String     Dim TOs          Set myOutlook = Outlook.Application     Set myNameSpace = myOutlook.GetNamespace("MAPI")     Set myFolders = myNameSpace.Folders     Set myDraftsFolder = myNameSpace.PickFolder          For lDraftItem = myDraftsFolder.Items.Count To 1 Step -1         TOs = Split(myDraftsFolder.Items.Item(lDraftItem).To, ";")         For i = 0 To UBound(TOs)             Set objMailMessage = myOutlook.CreateItem(olMailItem)             With objMailMessage                 .BodyFormat = olFormatHTML                 .To = TOs(i)                 .Subject = myDraftsFolder.Items.Item(lDraftItem).Subject                 .HTMLBody = myDraftsFolder.Items.Item(lDraftItem).HTMLBody & "<img src='C:\Imagem\image001.png'>" ‘Lembre de ajustar a parte entre os apóstrofos para o caminho correto de sua imagem                 .Display                 .Send             End With         Next     Next lDraftItem     Set myDraftsFolder = Nothing     Set myNameSpace = Nothing     Set myOutlook = Nothing   End Sub   Todas as explicações sobre o funcionamento estão no post anterior, por isso é importante ler ele antes de executar. Este novo código irá adicionar uma imagem no final do seu texto. Caso deseje adicioná-la no meio dele, você criar o texto inteiro, com as imagens através do código, o que lhe dará a possibilidade de personalizar ainda mais suas mensagens. Antes de usar o código em produção, leia o post anterior ( Enviando individualmente e-mails em massa ), faça um teste para contas de e-mail suas e verifique se o resultado obtido é o que deseja, pois depois de ter enviado o e-mail para seus contatos não adiantará mais ficar insatisfeito!
  • Ferramentas para Web Designers

    Você é Web Designer e deseja ferramentas completas e fáceis de usar, mas não deseja gastar fortunas para obtê-las? Já conhece as ferramentas Expression? Você sabia que desde 20/12/2012 elas passaram a ser gratuitas? Segundo Rodrigo de Carvalho (@rodrigoorzari), Gerente de Produtos, Visual Studio & Expression, o advento de aplicações que possuem uma interface mais rica e interativa, que utilizam computação em nuvem e rodam em dispositivos criou uma nova oportunidade para as ferramentas de design e desenvolvimento. Em sintonia com a evolução das tecnologias a Microsoft mantém o compromisso de criar ferramentas modernas e inovadoras para a construção de aplicações e está consolidando suas ofertas de design e desenvolvimento (Expression e Visual Studio), oferecendo a seus clientes uma solução unificada que traz, num mesmo ambiente, funcionalidades e recursos para o desenvolvimento web e dispositivos móveis. As ferramentas disponíveis são: Expression Blend para Visual Studio 2012 : Oferece capacidades avançadas, focados em design para o Visual Studio, com foco em aplicativos para a Windows Store e para Windows Phones. Faça o download dele aqui: download . Caso você ainda não tenha o Visual Studio, pode testá-lo aqui: Try Visual Studio 2012 ou obter o Visual Studio já com o Blend aqui: Download Blend + SketchFlow Preview for Visual Studio 2012 . Expression Web : A Web agora também refere-se a aplicativos, além de sites tradicionais, o que requer um novo conjunto de ferramentas. Todas ferramentas web foram incorporadas ao Visual Studio, que lhe permite fazer o design, desenvolvimento e manutenção de websites e aplicações web, tornando fácil a construção de sites usando CSS, HTML5 e JavaScript, com recursos de debug. O Expression Web não receberá mais atualizações, em função desta integração de seus recursos ao Visual Studio, mas a versão 2012 dele está disponível para download gratuito aqui: Download Expression Web 4 SP2, Free Version . Expression Encoder : Interessado em codificação de vídeos, conversão de formatos ou streaming como parte do Windows Azure Media Services ? Neste caso estão disponíveis duas opções do Encoder. A gratuita, disponível para download em Download Expression Encoder 4 SP2 e a paga (Pro), que pode ser adquirida em Buy Expression Encoder 4 Pro . Expression Design : Você deseja uma ferramenta para criar aplicativos inovadores, focados no usuário final e rápidos? Deseja poder importar imagens de uma vasta quantidade de padrões? Não deseja usar o Visual Studio Blend ainda? Pois então, o pacote para você é o Expression Design gratuito: Download Expression Design 4, Free Version . Mais informações em: http://www.microsoft.com/expression/
  • Votação top 150 SMB divulgada na ZH de hoje

    Amigos, hoje saiu na Zero-Hora uma matéria falando sobre a votação de 2013 para o SMB 150! A votação continua, então conto com seus votos! Vote em: http://smb150.com/story.php?title=carlos-fernando-paleo-da-rocha É só clicar no botão "Vote"!
  • Evitando que o Outlook insira DDD nos seus telefones

    Muitas vezes quando inserimos um contato novo no Outlook, ele insere automaticamente o código DDD de nossa localidade se não o fizermos explicitamente. Isto ocorre porque você (ou alguém lhe fez esse favor) definiu a sua localidade no Painel de Controle do seu Windows. Como alterar este procedimento? Acesse o Painel de Controle e clique em Telefone e Modem (Phone and Modem Options) Com Minha localidade selecionado clique em Editar Repare que estará selecionado o seu país e informado o código de área Caso você informe apenas 51 como consta da figura e como código para longa distância, por exemplo, 021 , suas chamadas de longa distância funcionarão sem problemas, bem como o envio de mensagens SMS, mas as ligações locais não funcionarão em muitos Smartphones, pois eles não conseguem ligar para o número 51 1234-5678, apenas para o 051 1234-5678. A solução poderia ser adicionar o 0 , mas neste caso se você sair de férias e tentar ligar a partir de outro estado, não funcionará, pois ao adicionar o código de operadora sobrará um 0 . Ex.: 021 051 1234-5678. Como poucos Smartphones são smart o suficiente para gerenciar isso, mas a esmagadora maioria deles suporta que sejam adicionados dígitos, o mais prático a fazer é impedir que o Outlook adicione o código de área aos números de seus contatos, utilizando apenas o que você digitar. A forma de resolver isso é alterando a sua localidade para Serviço Telefônico Gratuito Internacional (International Freephone Service) Repare que automaticamente o código de área fica em branco e a partir de agora você poderá digitar e armazenar seus telefones livremente. Alerta Importante: Repare que ao digitar um número e pressionar Enter ele fica exatamente da forma que digitei Porém, se eu clicar no botão ao lado, neste caso o Comercial e digitar o número na janela que aparecerá, ele automaticamente adicionará um +800 na frente do número. Portanto, tenha muito cuidado com a janela Verificar número de telefone . Caso ela apareça clica em Cancelar e digite o número diretamente na tela dos dados do contato.
  • 2013 SMB 150

    Amigos, vou nominado para concorrer ao World's 2013 SMB 150 Awards! Novamente o único concorrente da América Latina. Em 2011 e 2012 já fui eleito, então conto com os votos de vocês para emplacar mais um ano. Cada pessoa pode votar uma vez por dia. Por favor, uma ajudinha será MUITO bem vinda, divulgando para os amigos então, melhor ainda. É só acessar ao site e clicar em vote! Aqui tem um exemplo:
  • Viagem virtual

    Você adoraria estar em outro lugar, mas no momento não pode viajar? Tudo bem, faça isso pelo computador, basta escolher a cidade e clicar no link para visualizar fotos dela e ler comentários. Cidades da Europa         Innsbruck < http://www.imagensviagens.com/innsbruck.htm >         Toulouse < http://www.imagensviagens.com/toulouse.htm >         Assis < http://www.imagensviagens.com/assissi.htm >         York < http://www.imagensviagens.com/york.htm >         Moscou < http://www.imagensviagens.com/moscou.htm >         Salzburgh   < http://www.imagensviagens.com/salzburgh.htm >         Helsinque < http://www.imagensviagens.com/helsinque.htm >         Munique < http://www.imagensviagens.com/munique.htm >         Cardiff < http://www.imagensviagens.com/cardiff.htm >         Reims < http://www.imagensviagens.com/reims.htm >         Bruxelas < http://www.imagensviagens.com/bruxelas.htm >         Oslo < http://www.imagensviagens.com/oslo.htm >         Brugge < http://www.imagensviagens.com/brugge.htm >         São Petersburgo < http://www.imagensviagens.com/saopetersburgo.htm >         Blackpool < http://www.imagensviagens.com/blackpool.htm >         Talin < http://www.imagensviagens.com/talin.htm >         Luxemburgo < http://www.imagensviagens.com/luxemburgo.htm >         Roma < http://www.imagensviagens.com/roma.htm >         Heidelberg < http://www.imagensviagens.com/heidelberg.htm >         Chamonix < http://www.imagensviagens.com/chamonix.htm >         Varsóvia < http://www.imagensviagens.com/varsovia.htm >         Florença < http://www.imagensviagens.com/firenze.htm >         Bath < http://www.imagensviagens.com/bath.htm >         Bratislava < http://www.imagensviagens.com/bratislava.htm >         Istambul < http://www.imagensviagens.com/istambul.htm >         Amsterdam < http://www.imagensviagens.com/amsterdam.htm >         Rouen < http://www.imagensviagens.com/rouen.htm >         Oxford < http://www.imagensviagens.com/oxford.htm >         Cambridge < http://www.imagensviagens.com/cambridge.htm >         Brighton < http://www.imagensviagens.com/brighton.htm >         Berlin < http://www.imagensviagens.com/berlin.htm >         Madri < http://www.imagensviagens.com/madrid.htm >         Viena < http://www.imagensviagens.com/viena.htm >         Köln < http://www.imagensviagens.com/koln.htm >         Portsmouth < http://www.imagensviagens.com/portsmouth.htm >         Estocolmo < http://www.imagensviagens.com/estocolmo.htm >         Manchester < http://www.imagensviagens.com/manchester.htm >         Londres < http://www.imagensviagens.com/londres.htm >         Paris < http://www.imagensviagens.com/paris.htm >         Atenas < http://www.imagensviagens.com/atenas.htm >         Praga < http://www.imagensviagens.com/praga.htm >         Budapeste < http://www.imagensviagens.com/budapeste.htm >         Veneza < http://www.imagensviagens.com/veneza.htm >         Winchester < http://www.imagensviagens.com/winchester.htm >         Chester < http://www.imagensviagens.com/chester.htm >         Liverpool < http://www.imagensviagens.com/liverpool.htm >         Liechtenstein < http://www.imagensviagens.com/liechtenstein.htm >         Düsseldorf < http://www.imagensviagens.com/dusseldorf.htm >         Inverness < http://www.imagensviagens.com/inverness.htm >         Saint Malo   < http://www.imagensviagens.com/stmalo.htm >         Frankfurt < http://www.imagensviagens.com/frankfurt.htm >         Edinburgh < http://www.imagensviagens.com/edinburgh.htm >         Glasgow < http://www.imagensviagens.com/glasgow.htm >         Copenhagen < http://www.imagensviagens.com/copenhagen.htm >         Zurich < http://www.imagensviagens.com/zurich.htm >         Lisboa < http://www.imagensviagens.com/lisboa.htm >         Grenoble < http://www.imagensviagens.com/grenoble.htm > Cidades das Américas         Saint Louis < http://www.viagensimagens.com/stlouis.htm >         Dallas < http://www.viagensimagens.com/dallas.htm >         Allbuquerque < http://www.viagensimagens.com/albuquerque.htm >         Montreal < http://www.viagensimagens.com/montreal.htm >         San Diego < http://www.viagensimagens.com/sandiego.htm >         Quebec < http://www.viagensimagens.com/quebec.htm >         Phoenix < http://www.viagensimagens.com/phoenix.htm >         Atlanta < http://www.viagensimagens.com/atlanta.htm >         San Francisco < http://www.viagensimagens.com/sanfran.htm >         Orlando < http://www.viagensimagens.com/orlando.htm >         New Orleans < http://www.viagensimagens.com/neworleans.htm >         Miami < http://www.viagensimagens.com/miami.htm >         Bariloche < http://www.viagensimagens.com/bariloche.htm >         Toronto < http://www.viagensimagens.com/toronto.htm >         Houston < http://www.viagensimagens.com/houston.htm >         Chicago < http://www.viagensimagens.com/chicago.htm >         Las Vegas < http://www.viagensimagens.com/lasvegas.htm >         Los Angeles < http://www.viagensimagens.com/lax.htm >         Washington DC < http://www.viagensimagens.com/washington.htm >         Buenos Aires < http://www.viagensimagens.com/buenosaires.htm >         Vancouver < http://www.viagensimagens.com/vancouver.htm >         Portland < http://www.viagensimagens.com/portland.htm >         Seattle < http://www.viagensimagens.com/seattle.htm >         Victoria < http://www.viagensimagens.com/victoria_ca.htm >         Salt Lake City < http://www.viagensimagens.com/saltlake.htm >         New York City < http://www.viagensimagens.com/new_york_city.htm >         Kansas City < http://www.viagensimagens.com/kansascity.htm >         Ottawa < http://www.viagensimagens.com/ottawa.htm > Castelos e Palácios         Akershus < http://www.viagensimagens.com/cast_akershus.htm >         Amboise < http://www.viagensimagens.com/cast_amboise.htm >         Angers < http://www.viagensimagens.com/cast_angers.htm >         Arundel < http://www.viagensimagens.com/cast_arundel.htm >         Azay le Rideau < http://www.viagensimagens.com/cast_azaylerideau.htm >         Bamburgh < http://www.viagensimagens.com/cast_bamburgh.htm >         Beaumaris < http://www.viagensimagens.com/cast_beaumaris.htm >         Blackness < http://www.viagensimagens.com/cast_blackness.htm >         Blenheim < http://www.viagensimagens.com/cast_blenheim.htm >         Blois < http://www.viagensimagens.com/cast_blois.htm >         Bodiam < http://www.viagensimagens.com/cast_bodiam.htm >         Budavari < http://www.viagensimagens.com/cast_budavari.htm >         Caernarfon < http://www.viagensimagens.com/cast_caernarfon.htm >         Caerphilly < http://www.viagensimagens.com/cast_caerphilly.htm >         Cardiff < http://www.viagensimagens.com/cast_cardiff.htm >         Carlisle < http://www.viagensimagens.com/cast_carlisle.htm >         Chambord < http://www.viagensimagens.com/cast_chambord.htm >         Charlottenburg < http://www.viagensimagens.com/cast_charlettenburgh.htm >         Chantilly < http://www.viagensimagens.com/cast_chantilly.htm >         Chenonceau < http://www.viagensimagens.com/cast_chenonceau.htm >         Chepstow < http://www.viagensimagens.com/cast_chepstow.htm >         Cliffords < http://www.viagensimagens.com/cast_clifffords.htm >         Conciergerie < http://www.viagensimagens.com/cast_conciergerie.htm >         Conwy < http://www.viagensimagens.com/cast_conwy.htm >         Criccieth < http://www.viagensimagens.com/cast_criccieth.htm >         Doune < http://www.viagensimagens.com/cast_doune.htm >         Dover < http://www.viagensimagens.com/cast_dover.htm >         Edinburgh < http://www.viagensimagens.com/cast_edinburgh.htm >         Ewloe < http://www.viagensimagens.com/cast_ewloe.htm >         Fontainebleau< http://www.viagensimagens.com/cast_fontainebleu.htm >         Frederiksborg< http://www.viagensimagens.com/cast_frederiksborg.htm >         Glamis < http://www.viagensimagens.com/cast_glamis.htm >         Hampt Court < http://www.viagensimagens.com/cast_hamptoncourt.htm >         Harlech < http://www.viagensimagens.com/cast_harlech.htm >         Hatfield < http://www.viagensimagens.com/cast_hatfieldhouse.htm >         Heidelberg < http://www.viagensimagens.com/cast_heidelberg.htm >         Hever < http://www.viagensimagens.com/cast_hever.htm >         Hohenschwagau < http://www.viagensimagens.com/cast_hohenschwangau.htm >         Langeais < http://www.viagensimagens.com/cast_langeais.htm >         Leeds < http://www.viagensimagens.com/cast_leeds.htm >         Linlithgow < http://www.viagensimagens.com/cast_linlithgow.htm >         London Tower < http://www.viagensimagens.com/cast_londontower.htm >         Neuschwanstein < http://www.viagensimagens.com/cast_neuschwanstein.htm >         Newcastle < http://www.viagensimagens.com/cast_newcastle.htm >         Norwich < http://www.viagensimagens.com/cast_norwich.htm >         Nottingham < http://www.viagensimagens.com/cast_nottingham.htm >         Nymphenburg < http://www.viagensimagens.com/cast_nymphenburg.htm >         Pena < http://www.viagensimagens.com/cast_pena.htm >         Penshurst < http://www.viagensimagens.com/cast_penshurst.htm >         Pierrefonds < http://www.viagensimagens.com/cast_pierrefonds.htm >         Prazsky < http://www.viagensimagens.com/cast_praga.htm >         São Jorge < http://www.viagensimagens.com/cast_saojorge.htm >         Schonbrunn < http://www.viagensimagens.com/cast_schonbrunn.htm >         Scone < http://www.viagensimagens.com/cast_scone.htm >         Southsea < http://www.viagensimagens.com/cast_southsea.htm >         Stirling < http://www.viagensimagens.com/cast_stirling.htm >         Tonbridge < http://www.viagensimagens.com/cast_tonbridge.htm >         Urquhart < http://www.viagensimagens.com/cast_urquhart.htm >         Versalhes < http://www.viagensimagens.com/cast_versalhes.htm >         Villandry < http://www.viagensimagens.com/cast_villandry.htm >         Vincennes < http://www.viagensimagens.com/cast_vincennes.htm >         Warwick < http://www.viagensimagens.com/cast_warwick.htm >         Wilanow < http://www.viagensimagens.com/cast_wilanow.htm >         Windsor < http://www.viagensimagens.com/cast_windsor.htm >      Lugares especiais         Monument Valley < http://www.imagensviagens.com/esp_monument.htm >         Ilhas  Gregas < http://www.imagensviagens.com/esp_ilhasgregas.htm >         Niagara  Falls < http://www.imagensviagens.com/esp_niagarafalls.htm >         Carcassone < http://www.imagensviagens.com/esp_carcasso.htm >
    Filed under:
  • Livros Grátis

    Quer livros grátis da MS Press? Escolha o seu e faça download:                 Fonte: http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2012/05/04/free-ebooks-great-content-from-microsoft-press-that-won-t-cost-you-a-penny.aspx
  • Enviando individualmente e-mails em massa

    Suponhamos que você deseje enviar exatamente o mesmo e-mail para várias pessoas, de forma automatizada, sem precisar utilizar nenhum software além do próprio Outlook. IMPORTANTE: LEIA TUDO ANTES DE EXECUTAR, PARA EVITAR EFEITOS INDESEJADOS. Se possível, não use para SPAM. Como fazer? Muito simples: Crie uma mensagem nova e insira nela os endereços de todos os destinatários que deseja, com seus e-mails separados por “;”, que já é o padrão do Outlook; Digite um assunto para a mensagem; Digite o corpo do e-mail; Clique em Salvar (ícone de disquete no topo da tela); Pronto sua mensagem será colocada na pasta de Rascunhos; Agora pressione Alt + F11 em seu teclado para abrir o Editor do Visual Basic; Clique em Inserir e depois em Módulo ; Copie o código abaixo e cole ele na área a direita; Public Sub SepareRascunhos() Dim lDraftItem As Long Dim myOutlook As Outlook.Application Dim myNameSpace As Outlook.NameSpace Dim myFolders As Outlook.Folders Dim myDraftsFolder As Outlook.MAPIFolder Dim objMailMessage As Outlook.MailItem Dim emlBody, sendTo As String Dim TOs Set myOutlook = Outlook.Application Set myNameSpace = myOutlook.GetNamespace("MAPI") Set myFolders = myNameSpace.Folders Set myDraftsFolder = myNameSpace.PickFolder For lDraftItem = myDraftsFolder.Items.Count To 1 Step -1 TOs = Split(myDraftsFolder.Items.Item(lDraftItem).To, ";") For i = 0 To UBound(TOs) Set objMailMessage = myOutlook.CreateItem(0) With objMailMessage .To = TOs(i) .Body = myDraftsFolder.Items.Item(lDraftItem).Body .Subject = myDraftsFolder.Items.Item(lDraftItem).Subject .Display .Send End With Next Next lDraftItem Set myDraftsFolder = Nothing Set myNameSpace = Nothing Set myOutlook = Nothing End Sub No Editor do Visual Basic execute a macro clicando no botão de Play; Você será indagado sobre em qual pasta está o rascunho. Escolha a pasta onde o colocou e clique em OK ; O ideal é que tenha apenas uma mensagem lá, como no exemplo, para evitar comportamentos indesejados. Se tiver mais de uma, aconselho a apagar as outras ANTES de executar a macro. Caso não siga esta orientação, não reclamar depois se obtiver resultados indesejados, ; Você deve estar se perguntando: Mas por que a própria macro não pega direto a pasta de rascunhos? Porque você pode gostar tanto desta macro que venha a criar uma pasta específica para um modelo de e-mail e passe a usá-la sempre, liberando desta forma a pasta dos rascunhos; Agora é só conferir nos e-mail enviados e verá que as mensagens foram todas enviadas satisfatoriamente. Antes de usar o código em produção, faça um teste para contas de e-mail suas e verifique se o resultado obtido é o que deseja, pois depois de ter enviado o e-mail para seus contatos não adiantará mais ficar insatisfeito! Observação: Este código é para o envio de mensagens de texto simples (sem anexos, nem imagens no corpo da mensagem), se deseja anexar imagens, verifique meu outro post sobre o mesmo assunto.
  • Windows Phone: recursos interessantes

    Aqui falo de alguns recursos interessantes do Windows Phone, mas em muitos casos pouco explorados. Digamos que você não encontra seu telefone em casa e no momento não dispõe de outro aparelho a fim de ligar para ele. Simples, acesse o site http://www.windowsphone.com , logue com o seu live ID e clique em Meu Telefone Aqui você tem vários recursos interessantes disponíveis. Desde o localizar meu telefone, que pode ser bem útil em caso de perda ou roubo, como por exemplo se esqueceu ele no escritório ou na casa de um amigo e deseja localizá-lo. Basta clicar no link de localização que será mostrado no mapa onde seu aparelho se encontra. Mas caso deseje usar os recursos de fazer o telefone tocar, bloquear ele ou apagar seus dados, clique no link abaixo do mapa Agora é só selecionar o que deseja…
  • Criando um alias na sua conta do live

    Para criar um alias acesse as configurações de e-mail de sua conta do live conforme descrito aqui . Então selecione a opção para criar um alias Então informe o seu novo alias que pode ter as seguintes terminações: @outlook.com, @hotmail.com, @hotmail.com.br ou @live.com. A criação do alias é importante para reservar sua conta, antes que outra pessoa a registre. Traduzido de Windows Phone Central .
  • Windows Phone: Risco de migrar para @outlook.com

    Se você utiliza um Windows Phone, pense bem antes de migrar sua conta live para o novo @outlook. Muitas pessoas estão aproveitando o lançamento do @outlook para abandonarem suas antigas contas @hotmail, @msn ou @live. Porém se você utiliza um Windows Phone deve ter cuidado antes de fazer esta migração, pois apesar de ser muito simples no site do live, uma vez que basta clicar em configurações Então em mais configurações de e-mail Aí em renomear seu endereço de e-mail Escolher a terminação que deseja entre: @outlook.com, @hotmail.com, @hotmail.com.br ou @live.com Você receberá um alerta que poucas pessoas lêem e portanto não se dão conta do risco que correm Caso continue TODAS as funções de seu telefone que usem o seu endereço anterior PARARÃO de funcionar, incluindo o Marketplace, Xbox Live, Skydrive, e-mail e outras. Para que estas funções voltem a funcionar você deverá executar uma restauração de fábrica, também conhecida como hard reset . A forma de realizar este procedimento varia de aparelho para aparelho e portanto deve ser procurada no manual do usuário de seu telefone ou no site do fabricante. Vale salientar outro fato: Ao realizar um hard reset TODOS seus dados pessoais serão apagados, incluindo suas mensagens de SMS, escores e progressos do Xbox Live, configurações de aplicativos, etc. O mais recomendável é não migrar o seu perfil agora, apenas criar um alias com o @outlook.com, aguardar o lançamento do Windows Phone 8 e então, quando for trocar de telefone, fazer a migração já para o novo aparelho. Traduzido de Windows Phone Central .
  • Destaque na página do Microsoft Answers

    Hoje fui acessar a página do Microsoft Answers e que grata surpresa tive ao ver esta tela… Fiquei ainda mais motivado para responder dúvidas! Valeu Answers!
  • Adicionando o dígito 9 para quem usa o código da operadora

    Ontem falando com um amigo, ele me disse que sempre armazenava os telefones com o código da operadora  na frente e que portanto meu código não funcionaria para ele. Pois aqui está o código adaptado para este tipo de cenário. De quebra ele ainda adiciona os parênteses, os espaços e os hifens aos números onde o 9 já havia sido adicionado. Sub AlteraTelefones()   'Autor: Carlos Fernando Paleo da Rocha   Dim objApp As Application   Dim objNS As NameSpace   Dim objFolder As MAPIFolder   Dim objItems As Items   Dim objItem As Object   Dim newTel As String   Set objApp = CreateObject("Outlook.Application")   Set objNS = objApp.GetNamespace("MAPI")   Set objFolder = objNS.PickFolder   If Not objFolder Is Nothing Then     Set objItems = objFolder.Items     For Each objItem In objItems         newTel = LTrim(RTrim(Replace(Replace(Replace(Replace(RTrim(objItem.MobileTelephoneNumber), "(", ""), ")", ""), "-", ""), " ", "")))         Select Case Len(newTel)         Case 10             If Left(newTel, 2) = "11" Then                 objItem.MobileTelephoneNumber = "(" & Left(newTel, 2) & ") 9" & Left(Right(newTel, Len(newTel) - 2), 4) & "-" & Right(newTel, 4)                 objItem.Save             End If         Case 11             If Left(newTel, 3) = "011" Then                 objItem.MobileTelephoneNumber = "(" & Left(newTel, 3) & ") 9" & Left(Right(newTel, Len(newTel) - 3), 4) & "-" & Right(newTel, 4)                 objItem.Save             ElseIf Left(newTel, 3) = "119" Then                 objItem.MobileTelephoneNumber = "(" & Left(newTel, 2) & ") " & Left(Right(newTel, Len(newTel) - 2), 5) & "-" & Right(newTel, 4)                 objItem.Save             End If         Case 12             If Left(newTel, 4) = "0119" Then                 objItem.MobileTelephoneNumber = "(" & Left(newTel, 3) & ") " & Left(Right(newTel, Len(newTel) - 3), 5) & "-" & Right(newTel, 4)                 objItem.Save             End If         Case 13             If Right(Left(newTel, 5), 2) = "11" Then                 objItem.MobileTelephoneNumber = Left(newTel, 3) & " (" & Right(Left(newTel, 5), 2) & ") 9" & Left(Right(newTel, Len(newTel) - 5), 4) & "-" & Right(newTel, 4)                 objItem.Save             End If         End Select     Next   End If   Set objItems = Nothing   Set objItem = Nothing   Set objFolder = Nothing   Set objNS = Nothing   Set objApp = Nothing End Sub   Para saber como utilizar este código veja a explicação neste post .
  • Adicionando o dígito 9 aos números do prefixo 011

    Recentemente uma resolução da ANATEL determinou que devemos adicionar o dígito 9 a todos números de celulares do prefixo 011. Esta tarefa feita manualmente seria um gigantesco transtorno para quem possui muitos registros, portanto o ideal é usar um script para tanto. Como nem todos sabem criar estes scripts, disponibilizo aqui um para o Outlook 2010 (que também deve funcionar no 97, 2003 e 2011). Detalhe MUITO importante: Este código não funcionará para quem armazena o código da operadora antes do número do telefone! Neste caso use a orientação constante neste post . Como utilizá-lo: Abra o Outlook e pressione Alt + F11 para exibir o Editor do Visual Basic; Nesta tela clique em Inserir e depois em Módulo ; Copie o código abaixo e cole ele na área à direita; Sub AlteraTelefones() 'Autor: Carlos Fernando Paleo da Rocha Dim objApp As Application Dim objNS As NameSpace Dim objFolder As MAPIFolder Dim objItems As Items Dim objItem As Object Dim newTel As String Set objApp = CreateObject("Outlook.Application") Set objNS = objApp.GetNamespace("MAPI") Set objFolder = objNS.PickFolder If Not objFolder Is Nothing Then Set objItems = objFolder.Items For Each objItem In objItems If Len(objItem.MobileTelephoneNumber) = 11 Or Len(objItem.MobileTelephoneNumber) = 10 Then newTel = LTrim(RTrim(Replace(Replace(Replace(Replace(RTrim(objItem.MobileTelephoneNumber), "(", ""), ")", ""), "-", ""), " ", ""))) If Left(newTel, 3) = "011" Then newTel = Left(newTel, 3) & 9 & Right(newTel, Len(newTel) - 3) objItem.MobileTelephoneNumber = "(" & Left(newTel, 3) & ") " & Right(newTel, Len(newTel) - 3) objItem.Save ElseIf Left(newTel, 2) = "11" Then newTel = Left(newTel, 2) & 9 & Right(newTel, Len(newTel) - 2) objItem.MobileTelephoneNumber = "(" & Left(newTel, 2) & ") " & Right(newTel, Len(newTel) - 2) objItem.Save End If End If Next End If Set objItems = Nothing Set objItem = Nothing Set objFolder = Nothing Set objNS = Nothing Set objApp = Nothing End Sub Pronto, o processo é super rápido e seus telefones já estarão ajustados. Agora é só sincronizar o celular com o Outlook para ter todos telefones dele corrigidos também!
  • Usando o Outlook 2011 para obter e-mails via POP3

    Siga os passos a seguir: Abra o Outlook 2011 (versão para Mac); Clique em Accounts e depois em em Email Account; Informe no campo E-mail address a sua conta e em Password a sua senha. Então escolha POP no menu drop-down e o endereço do servidor nos campos Incoming server e Outgoing server . Caso necessite usar uma porta específica, como no exemplo abaixo, selecione a caixa de controle Override default port e informe a porta adequada ao lado do endereço do servidor. Caso necessite de conexão segura, selecione Use SSL to connect (recommended) . Clique em Add Account .
  • Usando o Clipboard do Excel

    Muitas vezes vejo pessoas reclamando que em versões anteriores do Excel tinham acesso direto ao Clipboard e não tem mais na versão atual. Isso causa um transtorno pois se você copia um conjunto de células, desejando replicar seu conteúdo em outras colunas, as cola na primeira coluna e então resolve digitar o título para a próxima coluna, ou realizar qualquer outro tipo de alteração, “perde” a possibilidade de seguir colando aquele texto anteriormente copiado. Pois isto não é verdade! Você pode seguir colando o texto inicial, ou até mesmo os anteriores a ele, tantas vezes quantas desejar, basta que para isto utilize a caixa de diálogo do Clipboard do Excel. Para acessá-la, clique no pequeno ícone na parta inferior à direita da Área de Transferência do Ribbon Então repare que a caixa de diálogo abrirá do lado esquerdo de sua tela, com tua o que você havia copiado anteriormente. Para utilizar qualquer conteúdo que houvesse copiado anteriormente basta clicar nele. Caso deseje remover algo do Clipboard, basta clicar na seta a direita do conteúdo e selecionar Excluir .
  • Gerando texto no Word

    Algumas vezes queremos dar um exemplo de montagem de documento ou formatação e para isso precisamos de textos em um documento, não importando o conteúdo deles. Pois o Word tem uma função exatamente para isso. O texto a ser inserido será: No menu Inserir, as galerias incluem itens que são projetados para corresponder à aparência geral do documento. Você pode usar essas galerias para inserir tabelas, cabeçalhos, rodapés, listas, folhas de rosto e outros blocos de construção do documento. Quando você cria imagens, gráficos ou diagramas, esses elementos também são coordenados com a aparência atual do documento. Você pode alterar facilmente a formatação do texto selecionado no documento escolhendo uma aparência para o texto selecionado na galeria Estilos Rápidos, na guia Página Inicial. Você também pode formatar texto diretamente usando os outros controles na guia Página Inicial. A maioria dos controles oferece uma opção entre usar a aparência do tema atual ou usar um formato que você pode especificar. Para alterar a aparência geral do documento, escolha novos elementos Tema na guia Layout da Página. Para alterar as aparências disponíveis na galeria Estilos Rápidos, use o comando Alterar Conjunto Atual de Estilos Rápidos. As galerias Temas e Estilos Rápidos fornecem comandos de redefinição para que você possa sempre restaurar a aparência do documento ao original contido no modelo atual. No menu Inserir, as galerias incluem itens que são projetados para corresponder à aparência geral do documento. Você pode usar essas galerias para inserir tabelas, cabeçalhos, rodapés, listas, folhas de rosto e outros blocos de construção do documento. Quando você cria imagens, gráficos ou diagramas, esses elementos também são coordenados com a aparência atual do documento. Você pode alterar facilmente a formatação do texto selecionado no documento escolhendo uma aparência para o texto selecionado na galeria Estilos Rápidos, na guia Página Inicial. Você também pode formatar texto diretamente usando os outros controles na guia Página Inicial. A maioria dos controles oferece uma opção entre usar a aparência do tema atual ou usar um formato que você pode especificar. Para alterar a aparência geral do documento, escolha novos elementos Tema na guia Layout da Página. Para alterar as aparências disponíveis na galeria Estilos Rápidos, use o comando Alterar Conjunto Atual de Estilos Rápidos. As galerias Temas e Estilos Rápidos fornecem comandos de redefinição para que você possa sempre restaurar a aparência do documento ao original contido no modelo atual. Agora, como fazer isso? Simples, usando a função aleatório da seguinte forma: =rand(p,f) Onde: rand( ) = informa que deseja usar a função de geração aleatória; p = é a quantidade de parágrafos que deseja gerar; f = a quantidade de frases que deseja por parágrafo. Exemplo: =rand(2,2) Gerará: No menu Inserir, as galerias incluem itens que são projetados para corresponder à aparência geral do documento. Você pode usar essas galerias para inserir tabelas, cabeçalhos, rodapés, listas, folhas de rosto e outros blocos de construção do documento. Quando você cria imagens, gráficos ou diagramas, esses elementos também são coordenados com a aparência atual do documento. Você pode alterar facilmente a formatação do texto selecionado no documento escolhendo uma aparência para o texto selecionado na galeria Estilos Rápidos, na guia Página Inicial.
  • Usando uma lista personalizada no Excel

    Suponhamos que você precise utilizar uma lista personalizada para a criação de uma planilha do Excel, por exemplo para a criação de uma escala de trabalho, onde a sequencia de trabalho será sempre a mesma, mas você não deseja ter de digitar os nomes das pessoas a cada vez. O primeiro passo é criar a lista personalizada no Excel seguindo os seguintes passos: Clique em Arquivo e selecione Opções ; Agora clique em Avançado e role a tela da direita até aparecer Editar listas personalizadas . Clique nele; Digite os nomes de sua lista personalizada e clique em Adicionar ; Agora basta voltar à planilha e digitar o primeiro nome, depois clique no sinal de “ + ” no canto inferior direito da célula e arraste para baixo, que os demais nomes serão preenchidos. Pronto, agora sua lista será criada automaticamente e caso alguma pessoa entre ou saia da escala, basta incluir ou excluir o seu nome na lista personalizada, que a funcionalidade permanecerá, mas com os novos nomes.
  • Erro NFe: (Causa provável: a cadeia de certificação do Web Service acessado ou do certificado cliente inexistente no repositório de certificados do usuário corrente do Windows

    Com o início da utilização da Nova Cadeia de Certificados da NF-e, muitos sistemas passaram a apresentar problemas. Por que isso ocorre? Em um computador baseado no Windows Server 2003 ou Windows XP, não é possível obter certificados de uma autoridade de certificação baseada no Windows Server 2008 (CA). Esse problema ocorre se a autoridade de certificação estiver configurada para usar criptografia SHA2 256 ou criptografia superior (384 SHA2 ou SHA2 512). Como resolver? Basta instalar o KB 968730: http://support.microsoft.com/kb/968730
  • 2Q SMB Nation Magazine

    Saiu a edição da SMB Nation do segundo quadrimestre, que conta com a lista final dos Top SMB 150, além de uma entrevista excelente com Eriq Oliver Neal, você precisa ler: Clique aqui. Aqui as páginas da lista:    
  • Alterando a porta do Remote Desktop

    Muita gente fala que deixar aberta a porta do Remote Desktop gera uma falha de segurança, porque a porta 3389 é conhecida e alvo de ataques. Pois se esse é o problema, basta alterar a porta do remote desktop que tudo estará resolvido.   Alterando a porta no computador que receberá a conexão Inicie o Editor do registro. Localize e clique na seguinte subchave do registro: HKEY_LOCAL_MACHINE\System\CurrentControlSet\Control\TerminalServer\WinStations\RDP-Tcp\PortNumber No menu Editar , clique em Decimal ; Digite o novo número de porta (entre 1025 e 65535) e clique em OK ; Feche o Editor do registro. Reinicie o computador. Outra alternativa é simplesmente criar um redirecionamento no firewall ou roteador de uma porta externa qualquer para a 3389, internamente. Alterando a porta no dispositivo que fará a conexão Quando for informar o endereço do servidor, basta informar a porta que usará. Exemplo: seudominio.com: porta seudominio.com.br:4328
  • Fazendo Tethering no Samsung Focus

    Abra a tele de chamada do telefone, teclando no ícone de telefone; Digite o código ##634#; Desta forma você acessará a tela de diagnósticos do telefone; Agora digite o código *#7284# ; Aparecerá uma tela com três opções: Zune Sync (opção Padrão); Modem, Tethered Call; Modem, USB Diag. Selecione a opção do meio; O telefone reiniciará; Conecte o cabo USB ao seu computador e aguarde a instalação dos drivers; Agora é só configurar o número para onde ele deve ligar, usuário e senha. Se estiver usando na rede da AT&T use: número: *99***1# user name: WAP@CINGULARGPRS.COM password: CINGULAR1 APN: Não precisa Claro número: *99# user name: claro password: claro APN: claro.com.br (em alguns estados precisa usar bandalarga.claro.com.br) Vivo número: *99# user name: vivo password: vivo APN: zap.vivo.com.br TIM número: *99# user name: tim password: tim APN: tim.br Oi número: *99# user name: oi password: oi APN: gprs.oi.com.br
  • O objetivo das empresas não é o lucro

    Este é um assunto muito interessante de debatermos, pois quando faço a pergunta sobre qual é o objetivo das empresas a grupos de pessoas, mais de 90% respondem que é obter lucro. Ocorre que esta não é a resposta certa, pois o objetivo das empresas não é o lucro, obviamente ele faz parte, mas não exclusivamente o objetivo delas. Para entender melhor isso precisamos definir alguns pontos. O que é uma empresa? Conceituando Segundo Peter Druker , é, basicamente, “ uma estrutura relacional humana e não deve ser confundida com seus ativos, sejam quais forem ”. Foi definido que as empresas devem possuir personalidade jurídica, de onde surgem as pessoas jurídicas. Mas o que são pessoas jurídicas? De acordo com os artigos 40 a 69, do Código Civil Brasileiro (Lei 10.406/2002), podemos identificar que pessoa jurídica é “ a figura jurídica idealizada capaz de direitos e deveres na ordem civil. Pode ser formada por pessoas naturais ou por bens. As pessoas jurídicas são de direito público, interno ou externo e de direito privado.” Ainda segundo o Saber Jurídico ( www.saberjuridico.com.br ) a pessoa jurídica é “ aquela que sendo incorpórea, é compreendida por uma entidade coletiva ou artificial, legalmente organizada, com fins políticos, sociais, econômicos e outros, a que se destine, com existência autônoma, independente dos membros que a integram. É sujeita ativa ou passivamente, a direitos e obrigações. As pessoas jurídicas classificam-se de acordo com a sua natureza, constituição e finalidades, em pessoas jurídicas de Direito Público (União, Estados, Distrito Federal e Municípios) e pessoas jurídicas de Direito Privado (sociedades civis, sociedades comerciais, fundações, etc). ” Bem, desta simples definições já podemos inferir que nem todas as pessoas jurídicas visam ao lucro. Imaginem se um hospital público fosse visar ao lucro, como ficaria a saúde das pessoas mais pobres, que já não considerada boa… Ok, então daqui em diante passaremos a tratar de empresa como sendo as pessoas jurídicas de direito privado, apenas. Claro que ainda há outra distinção a fazer, pois existem as empresas com fins lucrativos e sem fins lucrativos. Então, qual a diferença entre elas? A diferença é sútil ao contrário do que muitas pessoas pensam. O fato de uma empresa ser sem fins lucrativos, não significa que ela não gere lucro, apenas significa que os lucros gerados por ela não podem ser distribuídos na forma de dividendos para as seus sócios/acionistas, devendo ser integralmente reinvestidos no negócio. Já as empresas com fins lucrativos são as que distribuem os seus lucros aos sócios/acionistas. Aqui separarei as sem fins lucrativos , chamando-as de entidades e as com fins lucrativos serão as nossas empresas . Desta forma então, definiremos como empresa, para fins desta discussão a pessoa jurídica com fins lucrativos e com o objetivo de exercer alguma atividade particular, produzindo e oferecendo bens e/ou serviços, com o objetivo de atender a alguma necessidade humana. Composição De acordo com a definição do tópico anterior, podemos identificar a composição de uma empresa como sendo o conjunto de sócios/acionista que detém a propriedade de suas cotas/ações com direito a voto . Desta forma e em função de sua composição, podemos inferir que este conjunto de pessoas, que colocou suas economias na empresa possuía algum objetivo com isso e portanto, por serem eles quem detém o direito a voto na empresa, esta naturalmente buscará alcançar os objetivos deles. Aqui então já podemos passar ao próximo tópico. Por que alguém investe em uma empresa? Imagine que você tenha dinheiro sobrando em casa e esteja decidindo o que fazer com ele. Você colocá-lo na caderneta de poupança, num fundo de renda fixa, fundo de renda variável, investir na bolsa de valores, ou montar uma empresa nova. Qual seria a sua decisão? Dependerá de quem lhe der o melhor retorno. Repare que não estou falando de lucro, mas de retorno e já deixarei clara a diferença. Retorno Como retorno definimos o valor que um investimento qualquer nos paga, Digamos que coloque o seu dinheiro na caderneta de poupança. Você obterá um retorno de 6,17% no ano, ou seja, se você tivesse $ 100.000, obteria um retorno de $ 6.170. Note que há uma diferença grande entre retorno e lucro, pois para retorno não levamos em consideração quanto nos custou para realizar o investimento . Por exemplo, suponha que investirmos $ 100.000 em um ativo e tivermos um custo de $ 2.000 nesta operação. Após determinado período retiramos o montante total de $ 101.200. Podemos afirmar que o nosso retorno foi de $ 1.200, ainda que o resultado da operação tenha sido um prejuízo de $ 800, uma vez que gastamos $ 2.000 para receber $ 1.200. Lucro Se colocar o seu dinheiro em um RDB pré-fixado com taxa de 8% ao ano, obterá um retorno de $ 8.000, deduzido o Imposto de Renda de 15% dele, ficará com um lucro de $ 6.800. É pouca coisa superior ao da caderneta de poupança, mas é superior. Repare que definimos lucro como sendo o excedente produzido por um investimento após a dedução de seus custos . Desta forma, caso você invista os seus $ 100.000 em uma empresa e ao final do ano esta empresa apresente um lucro (Receitas – Despesas – Custos) de 4,5%, ou seja, de $ 4.500, poderemos chamar isso de lucro? Claro que sim, investimos $ 100.000, geramos receitas, pagamos custos e despesas e após todos estes ainda nos sobrou um excedente de $ 4.500. Em outras palavras, no ano passado tinhamos $ 100.000, agora temos $ 104.500, graças ao nosso lucro. Você estaria satisfeito com este lucro de $ 4.500? Naturalmente que não, pois teria ganho $ 6.170 investindo na caderneta de poupança, ou $ 6.800 no título de renda fixa. O que podemos constatar aqui? Que você teve lucro, pois gerou um excedente de $ 4.500, mas no final das contas, deixou de ganhar dinheiro (é bem verdade que não perdeu, mas deixou de ganhar), por ter realizado o pior dos três investimentos. Sabendo que isto aconteceria, você investiria nesta empresa? Naturalmente que não. Caso já sócio da empresa e esta situação fosse comum nela, você permaneceria de sócio dela? Também não. Tendo poder nas decisões da empresa, você tentaria fazer algo para garantir que não deixaria de ganhar dinheiro? Claro que sim. Na condição de sócio você teria condições de influenciar nas decisões da empresa? Sim Considerando que a empresa não atua com estratégia em desacordo com a de seus sócios, até mesmo porque são estes que definem a estratégia dela, podemos afirmar que as empresas buscam os objetivos de seus sócios? Claro que sim. Então podemos afirmar que o objetivo das empresas é o objetivo de seus sócios? Novamente, sim. Também podemos afirmar, com base nas afirmações e cálculos anteriores, que o objetivo dos sócios não é apenas o lucro? Sim denovo, pois o sócio não ficaria satisfeito em ganhar $ 4.500, quando poderia ter um ganho $ 6.800. Ora, se o objetivo das empresas é o objetivo de seus sócios e o objetivo deles não é o lucro, podemos inferir que o objetivo das empresas não é o lucro ! Mas afinal de contas então, qual o objetivo das empresas? Maximização de Riquezas Segundo Lawrence J. Gitman “ O objetivo da empresa e portanto, de todos os seus administradores e empregaods, consiste em maximizar a riqueza dos proprietários em cujo nome é operada. ” Qual lógica temos por trás disso? Simples, no exemplo de investimentos anterior em qual você investiria os seus $ 100.000? Investimento Retorno Resultado Situação Caderneta de Poupança $ 6.170 Lucro de $ 6.170 Deixou de ganhar $ 630 RDB pré-fixado $ 8.000 Lucro de $ 6.800 Ganho máximo Ativo $ 1.200 Prejuízo de $ 800 Perdeu $ 800, além de deixar de ganhar $ 6.800. Nesta simples tabela podemos identificar a diferença dos conceitos: Obtivemos retorno positivo em todos eles, portanto se nosso objetivo fosse obter retorno, não haveria diferença entre eles na hora de investir; Obtivemos lucro nos dois primeros, neste caso sendo o lucro o nosso objetivo aprovaríamos qualquer um deles; O maior ganho foi obtido apenas no segundo, neste caso ele seria o único investimento aprovado caso nosso objetivo fosse a maximização de riquezas. Lucro é um conceito simples, onde $ 0,01 pode ser lucro, já maximização de riquezas é um conceito mais amplo! Enquanto na avaliação de lucro consideramos apenas o resultado de um determinado período, na maximização de riquezas costumamos trabalhar com horizontes mais longos, aceitando inclusive incorrer em prejuízos momentâneos para a geração de resultados futuros mais vantajosos. Portanto consideramos como componentes da maximização de riquezas os seguintes fatores: potencial de lucro; tecnologia absorvida; preço de mercado da empresa; imagem da empresa e de seus produtos; qualidade dos produtos/serviços produzidos pela empresa; participação no mercado; estratégias financeiras; equipe (pessoal). Prova disso é que existem exemplos de empresas que mesmo em momentos que sofram prejuízos, tem seu valor de mercado aumentado, desta forma maximizando a riqueza de seus proprietários, pois não podemos esquecer que a riqueza dos proprietários não é medida apenas pela distribuição de lucros que recebem, mas também pelo valor de suas cotas/ações da empresa. Em que consiste a maximização de riquezas, então? A maximização de riquezas consiste em obtermos o máximo lucro possível a um dado nível de risco. Analisando a tabela anterior não poderíamos simplesmente afirmar que na realidade o objetivo da empresa é a maximização de lucro? Não e eu explico adiante. Maximização de Lucro Ainda que muitos acreditem ser este o objetivo das empresas, ele não o é. Se o fosse, segundo Laurence J. Gitman “o administrador financeiro somente praticaria atos que  tendessem a fazer uma grande contribuição para os lucros totais da empresa. Dentre cada conjunto de alternativaas considerado, o administrador financeiro escolheria o que devesse resultar em maior resultado monetário. ” Mas então, porque esta não é uma forma boa de definir o objetivo? Como o próprio Gitman menciona, ele possui três problemas muito grandes: o lucro é medido sem que levemos em consideração o momento de ocorrência de seus retornos, como se não houvesse variação do valor do dinheiro no tempo. Atente que no Demonstrativo de Resultado do Exercícios (oriundo da Contabilidade da empresa), constam valores de retornos do ano fiscal inteiro, sendo tratados de forma igual, independentemente de um recebimento haver ocorrido em Janeiro e o outro em Dezembro; não são considerados para a determinação do lucro os fluxos de caixa disponíveis para os sócios/acionistas, ou seja, ainda que indiquemos a existência de lucro, não há garantia de que haverá o valor monetário dele disponível; não há consideração alguma do risco envolvido no negócio. Ainda que no item1., possamos contra argumentar que os juros obtidos com o investimento dos recursos recebidos no início do ano também estarão constando do demonstrativo, ele despreza completamente o custo de oportunidade. Risco A maximização do lucro ainda ignora, conforme o item 3. acima, o risco, que segundo Laurence J. Gitman é “ a possibilidade de divergência entre os resultados reais e os esperados. ” Pessoalmente prefiro definir risco de uma forma mais genérica, como sendo “ a probabilidade de nossas expectativas serem frustradas, sejam elas quais forem. ” Na área financeiro estuda-se que sempre há um equilíbrio entre risco e retorno, ou seja, quanto maior o risco envolvido na operação, maior será o retorno obtido nela. Desta forma podemos inferir que jamais faremos investimentos mais arriscados, sem que nos seja oferecida uma remuneração maior, para compensar o risco. Ainda podemos concluir, que sendo a maximização do lucro o objetivo da empresa, seriam realizados investimentos cada vez mais arriscados, para que fosse sempre obtido o lucro máximo e nem sempre esta é a vontade dos sócios/acionistas. Como a maximização de lucros não leva em conta esta questão de risco, podemos afirmar que ela não atenda aos objetivos dos prorpietários da empresa e portanto, não deva ser utilizada, ou como afirma Laurence J. Gitman “ Por não atender aos objetivos dos proprietários da empresa, a maximização do lucro não deve ser o objetivo principal do administrador financeiro. ” Como funciona isso então? Como a sensibilidade ao risco é particular de cada pessoa, caberá aos proprietários da empresa definirem o nível de risco que aceitam correr e aos administradores dela, identificar quais investimentos atendem a estas condições e dentre estes os que oferecem o maior retorno, para que apenas eles sejam os eleitos, desta forma maximizando a riqueza de seus proprietários. Seleção dos investimentos A seleção dos investimentos passa pela identificação de todos disponíveis no mercado, para a posterior seleção dos que melhor atenderem aos interesses da empresa, ou em outras palavras, aos interesses dos proprietários da empresa. Como fazemos isso? Suponhamos que hajam apenas três investimentos disponíveis no mercado (exemplo simplório, mas suficiente para passar a lógica) e que os seus riscos e retornos estejam previstos no gráfico abaixo: Neste caso simples identificamos haver dois investimentos com menor risco: 2 e 3 dois investimentos com maior retorno: 1 e 3 Qual você escolheria? Aquele que fosse maximizar a sua riqueza, ou seja, o de máximo retorno a um dado nível de risco: 3 Os outros não gerariam lucro? Sim, mas a melhor opção é o 3, por ser o que gerá o maior retorno, possuindo o menor risco. Aqui chegamos na teoria da fronteira eficiente idealizada por Harry Markowitz em 1952, segundo a qual devemos escolher apenas os investimentos que estejam nesta fronteira, pois serão os únicos a maximizar nossa riqueza. Ainda que o modelo de Markowitz tenha sido desenvolvido para investimentos em ações, ele aplica-se perfeitamente no nosso exemplo. Conclusão Analisadas as características da composição das empresas e dos retornos de investimentos, fica muito claro que o objetivo das empresas não limita-se ao foco no lucro, mas sim, no foco em muitas outras variáveis, sendo portanto o mais correto afirmar que o objetivo das empresas é a maximização da riqueza de seus proprietários !
  • SMB Top 150 novamente!

    Pelo segundo ano consecutivo fui eleito e estou MUITO feliz. Matéria original abaixo: It’s Finally Here…the SMB Nation Top 150 List Revealed! It’s the moment you have all been waiting for…the SMB 150 Channel Influencers list has been released…and (drum roll, please) this year’s winners have been revealed (in alphabetical order, by First Name)... Aaron Booker Ahsun Saleem Alan Helbush Alex Rogers Alistair Forbes Allen Miller Amy Babinchak Amy Luby Andy Goodman Andy Trish Anurag Agrawal Arlin Sorensen Arnie Bellini Austin McChord Barbara Dove Ben M Johnson Bill Hole Bob Godgart Bob Penland Bradley J. Dinerman Brian Sherman Carl Mazzanti Carlos Fernando Paleo da Rocha Carlson Colomb Chris Amori Chris Bangs Chris Chase Chris Smith Chris Sterbenc Chris Timm Chris Wiser Christy Sacco Cindy Bates Corey Simpson Curtis Hicks Damian Leibaschoff Dan Sturgill Dan Wensley Dana M. Epp Dave Foxall Dave Seibert Dave Sobel David Bellini David Schafran Debi Bush Dina Moskowitz Dona Keating Doug Young Douglas Grabowski Drew Phelps Ed Correia Elvis GuÅ¡tin Eric Ligman Eric Townsend Eriq Neale Gareth Brown Gary Pica George Sierchio Greg Starks Harry Brelsford Hilton Travis Ian Moyse James Kernan Jamison West Jan Spring Jay McBain Jeannine Edwards Jeff Dryall Jeff Middleton Jeff Shreeve Jeremiah Ilges Jerry Koutavas Jim Muglia Joe Hillis John Iasiuolo John Krikke Josh Freifield Josh Peterson Joy Belinda Beland Justin Moore Karen Christian Karen Guarino Karl Palachuk Keith Nelson Kent McNall Kevin Hoffman Kevin Royalty Kevin Weilbacher Larry Doyle Laurie McCabe Lawrence Hsu Lee Evans Len DiCostanzo Lenin Srinivasan Leonard Dimiceli Linda Brotherton Mark Crall Mark Hicks Matt Makowicz Matt Nachtrab Meaghan Kelly Michael Jenkin Michael Reuben Michelle Ragusa Mitch Garvis MJ Shoer Nancy Williams Ofer Shimrat Oliver Sommer Paul Dippell Peter Sandiford Ramon L. Garcia Rayanne Buchianico Richard Kenyon Rick Bahl Rob Rae Robin Robins Robyn Davis Ryan Morris Scott Barlow Scott Cayouette Scott Schreiman Scott Scrogin Sean Daniel Sean Sweeney Shari Godgart Steve Copeland Steve Harper Steve Noel Steven Banks Steven Teiger Stuart Crawford Stuart Selbst Suresh Ramani Susan Bradley Susanne Dansey Ted Hulsy Ted Roller Tero Leskinen Thomas Fox Tim Barrett Tim Beard Todd Thibodeaux Todd Nielsen Travis Austin Vlad Mazek Wain Kellum Walter Scott Wayne Small Zak Karsan "This year's SMB 150 has been an energizing experience, so it's exciting to be able to finally share the results," said Harry Brelsford, Founder and Chairman of SMB Nation. "What struck me the most about this year's list is its inclusion of channel members from all over the world; it's a real reflection of the diversity and strength of our worldwide community." A three-part process determined this year's list of SMB 150 influencers. The competition began with an open nominating process, followed by the SMB IT community voting on the nominees at www.smb150.com . In addition to the community vote, a panel of industry experts judged each nominee based on a variety of relevant areas. The community vote accounted for 40% of each nominee's overall rating, with the expert panel's decision contributing the remaining 60%. The 150 winners will also be invited to join SMB Nation and SMBTN at a gala event in Los Angeles on May 16 at the Westin Bonaventure. In addition to complimentary dinner tickets, media coverage, personalized awards plaques, and recognition in the SMB Nation magazine, each honoree will also receive a complimentary 64 GB PlayBook, courtesy of BlackBerry , the title sponsor of the event. The live event will also be sponsored by Oki Data Americas and Quest Software . "I encourage everyone in the SMB channel community to join me in celebrating the accomplishments of the men and women who made the SMB 150 list," said Brelsford. "Each and every one of them has spent countless hours growing our community and deserves every accolade we can give them. I can't wait to toast them in Los Angeles."
  • Erro no NOD 32: "Error communicating with kernel"

    Esta semana já vi três casos onde o NOD32 apresentava a mensagem de erro: "Error communicating with kernel" Como resolver? Muito simples! Nos três casos o problema era o mesmo. O serviço do NOD32 estava parado após a instalação de uma atualização do Windows e bastava reiniciá-lo manualmente. Os procedimentos para isto são: Clique em Iniciar ; Clique em Executar; Digite services.msc ; Localize o serviço ESET Service ; Clique em Start; Pronto! Caso isso ainda não resolva o seu problema, sua máquina provavelmente tenha sido infectada durante o período em que o antivirus estava parado e o mais provável é que você esteja infectado com o Win32/Sirefef (Zero.Access rootkit). Para removê-lo execute os passos descritos em: http://kb.eset.com/esetkb/index?page=content&id=SOLN2895 Se não era ele, ainda pode ser o Win32/IRCBot.ANR. Neste caso faça uma limpeza via linha de comando, conforme descrito em: http://kb.eset.com/esetkb/index?page=content&id=SOLN2903
  • Download de vídeos do You Tube

    Você já teve vontade de fazer download dos vídeos do You Tube? Pois aqui eu apresento duas formas de fazê-lo. A primeira sem precisar instalar nada e a segunda instalando um software. Acesse: http://saveyoutube.com/ ; Digite o link direto para o vídeo do You Tube na barra azul no topo da página; Clique em Download; Quando receber a mensagem escolha Executar; Aparecerá uma lista de arquivos para download. Dê um clique direito no que lhe interessar e clique em Salvar Destino como... ; Pronto! Se preferir usar um software para isso você pode usar o VDownloader: http://vdownloader.com/ :
  • Livro de SQL Server 2012

    Mais um livro grátis da Microsoft Press! http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2012/03/15/free-ebook-introducing-microsoft-sql-server-2012.aspx
  • Códigos de Programação Samsung Focus

    Você já desejou conhecer os códigos de programação do Samsung Focus? Sim, aqueles do modo de diagnóstico (##634#). Pois aqui estão eles: *#0*# - LCD Test *#0002*28346# - Audio control utility. *#0011# - Power and Temprature settings *#0228# - Battery Information *#0289# - Melody Test\Test External and Internal Speaker *#03# - SMDInfo *#05# - Simple test menu *#06# - Show IMEI # *#0673# - MP3 Test Menu\Shows Audio sound tests *#0782# - Shows Clock & Alarms settings *#0842# - Vibrate test menu *#0987# - Multitouch test *#1111# - Show FTA software version *#1234# - Shows the PDA and the Phone version number *#197328640# - The Root Menu *#2*# - Battery Information *#2222# - Show FTA hardware version *#2263# - RAT Selection option is resricted *#232337# - Bluetooth MAC Adress *#2580# - Integrity Control *#3*# - Test Brightness *#32489# - (GSM test) Shows the ciphering status and options to enable or disable it. *#7284# - USB Path control *#745# - Operation (2): Ril log done *#7450# - Operation (99):Error Report off done *#7451# - Operation (99):Error Report off done *#7465625# - Shows status of the Network Service Provider SIM or Corporation lock *#770# - Operation (99):Vphone 770 done! *#771# - Operation (99):Vphone 771 done! *#772# - Operation (99):Vphone 772 done! *#773# - Operation (99):Vphone 773 done! *#774# - Operation (99):Vphone 774 done! *#775# - Operation (99):Vphone 775 done! *#776# - Operation (99):Vphone 776 done! *#777# - Operation (99):Vphone 777 done! *#778# - Operation (99):Vphone 778 done! *#779# - Operation (99):Vphone 779 done! *#780# - Operation (99):SR Test done! *#9090# - Diag Config\UART/USB settings *2767*3855# - Full Reset (Caution every stored data will be deleted.) Fonte: WindowsPhoneForum.net posted by w7elite
  • MMS no Samsung Focus

    Quem como eu está usando o Samsung Focus com Windows Phone 7.5 já deve ter tido problemas com o envio e recebimento das mensagens MMS, pois aqui explico como fazê-lo funcionar: Em telefones bloqueados: Acione o teclado numérico e digite: ##634# Você estará dentro do modo de diagnósticos; Agora digite 40*047#3 Quando aparecer a pergunta de configuração clique em OK e espere o telefone reiniciar; Pronto ! Em telefones desbloqueados: Execute os mesmo passos descritos acima; Faça download do aplicativo Network Profile ; Execute ele e clique no nome da operadora (Ex.: ATT); Selecione a sua operadora; Pronto !
  • Livro Grátis

    Livro sobre Privacidade e Segurança para usuários do Office 2010, grátis! http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2012/02/29/free-ebook-security-and-privacy-for-microsoft-office-users.aspx Caso você prefira a versão impressa, aí terá de pagar, mas são apenas US$ 9.99.
  • SMB 150

    Queridos amigos, ano passado fui escolhido uma das 150 pessoas mais influentes do mundo em TI, no segmento de pequenas e médias empresas, pois para minha alegria acabo de ser nominado a concorrer denovo. Agora você já sabe, conto com seu voto denovo! Para votar em mim acesse: http://smb150.com/story.php?title=carlos-fernando-paleo-da-rocha Depois clique no botão " vote ": Conto com seu voto! Cada IP pode votar uma vez a cada 24 horas!
  • Inicializar VM Ware Workstation a partir de Pen Drive (USB)

    Você já tentou inicializar uma máquina virtual VM Ware a partir de um pen drive? Pois é, não funciona, mas seria muito útil. Sabemos que é possível adicionar o pen drive a ela, mesmo antes do sistema operacionar estar instalado, então o que nos falta? Sim, um gerenciador de boot. Pois acabo de encontrar um muito bom, que resolve este problema, para quando criamos pen drives bootáveis e desejamos testá-los, sem ficar reinicializando as nossas máquinas. Trata-se do Plop - Boot Manager ! Basta você fazer download do software e definir o arquivo plpbt.iso como o CD/DVD de inicialização. Quando a máquina virtual inicializar pelo ISO , adicione o seu pen drive a ela e selecione USB no menu de inicialização. Pronto! Créditos desta descoberta para: Ivo Beerens , Vladan SEGET , Ulli Hankeln de sanbarrow.com e naturalmente Elmar Hanlhofer .
  • Disco de Boot

    Você está precisando de um disco de boot para uma máquina virtual ou para salvar uma máquina real? Aqui você encontra eles:
  • Instalando o Windows 7 em um Netbook

    Como bem sabemos Netbooks não possuem leitores de DVD e salvo se você possuir um leitor externo (USB) a instalação do Windows 7 no seu Netbook torna-se um pouco complexa. Uma das formas de contornar isso é preparar um pen drive de instalação do Windows 7. O que você precisará para isso? Pen drive de 4 GB; DVD de instalação original do Windows 7; Uma máquina rodando Windows 7. Ok, aí você vai me perguntar como terá uma máquina rodando o Windows 7 se ainda não o instalou? A resposta é indo a um Cyber Café. Onde arruma o DVD do Windows 7? Praticamente pode ser adquirido em qualquer loja de informática. Certo, agora quais são os passos para criar o instalador USB? Abra um prompt de comando como Administrador (efetue um clique direito do mouse em Prompt de Comando e selecione Executar como administrador ). Provavelmente precisará explicar o que deseja e contar com a ajuda de algum empregado do Cyber Café para realizar esta tarefa; Agora digite diskpart para abrir o gerenciador de disco do Windows; Identifique o disco que representa o seu pen drive com o comando list disk . Um erro aqui pode ser desastroso, causando a perda dos dados de seu HD , efetue os procedimentos daqui em diante com cautela; Uma vez identificado o disco (por exemplo, disco 6), execute o seguinte comando: select disk 6 ; Agora é a hora do perigo. Limpe o disco com o comando: clean ; Crie uma partição primária no disco com o comando: create partition primary ; Format a partição criada com o comando: format fs=fat32 ; Confira se tudo correu bem, digitando list partition ; Atribua uma letra para ela no sistema, com o comando assign ; Saia da ferramenta de gerenciamento de discos com o comando exit ; Copie todo o conteúdo do DVD do Windows 7 para o pen drive (talvez precise definir para o Windows 7 mostrar todos os arquivos, ou seja, inclusive os ocultos e de sistema). Pronto!
  • Interessado em cursos gratuítos? Você já conhece o MVA?

    Microsoft Virtual Academy (MVA) é a nova Academia online da Microsoft. Esta é uma plataforma de aprendizagem montada na nuvem, onde você pode assistir, de forma totalmente gratuita, cursos, carreiras e cursos de especialização em tecnologias Microsoft. As carreras são organizadas em módulos de aprendizagem que representam diferentes níveis de dificuldade, e você pode escolher os módulos de acordo com suas necessidades de treinamento, recebendo formação profissional. O que mais você poderia querer? Para melhorar a situação, os participantes ganham pontos por cada exame e obtém a sua aprovação e níveis de associação que permitem-lhes acesso a benefícios exclusivos. Você pode treinar, por exemplo, Windows 7, Implementação de Nuvem Privada, VDI e MED-V livre e profissionalmente, recebendo o reconhecimento que você merece para sua carreira. Não perca tempo e registre-se! OBS: Não se esqueçam de escolher Brasil como localização ao se cadastrar!
  • Bloqueando Jogos

    Você deseja bloquear o acesso aos jogos no seu computador? É simples, quer saber como: Abra o Windows Explorer (Tecla do Windows + E); Acesse uma pasta ( C:\Temp por exemplo); Dê um clique com o botão direito do mouse em uma área livre, do lado direito e selecione Novo; Selecione Documento de Texto ; Atribua um nome para ele (por exemplo, Jogos ); Copie o conteúdo abaixo para o arquivo; Windows Registry Editor Version 5.00 [HKEY_LOCAL_MACHINE\Software\Microsoft\Windows\CurrentVersion\Policies] [HKEY_LOCAL_MACHINE\Software\Microsoft\Windows\CurrentVersion\Policies\DisallowRun] "1"="bckgzm.exe" "2"="sol.exe" "3"="freecell.exe" "4"="Rvsezm.exe" "5"="hrtzzm.exe" "6"="winmine.exe" "7"="chkrzm.exe" "8"="spider.exe" "9"="shvlzm.exe" "10"="pinball.exe" "11"="mshearts.exe" [HKEY_LOCAL_MACHINE\Software\Microsoft\Windows\CurrentVersion\Policies\Explorer] "DisallowRun"=dword:00000000 Feche ele, salvando; Agora clique em Iniciar e selecione Executar, digite CMD e clique em Enter ; Digite a seguinte linha de comando: ren C:\Temp\Jogos.txt Jogos.reg (aqui você terá de adaptar os nomes da pasta e do arquivo ao seu caso) Dê um clique direito no arquivo Jogos.reg e selecione Executar como administrador ; Caso ele solicite alguma confirmação, aceite; Pronto! Gostaria que fosse mais fácil? Pode ser, basta usar o controle dos pais do Windows Live Essentials .
  • Alterando a chave de produto do Windows

    Muitas vezes vejo pessoas com problemas de ativação do Windows, mesmo com licenças válidas e querendo saber como re-ativá-lo. Uma das formas mais fáceis de fazer isso é a alteração da chave do Windows, seguida de sua ativação online. Os procedimentos para tanto são os seguintes: 1 – Vá ao menu INICIAR > EXECUTAR e digite REGEDIT clica OK 2 - No regedit, vá em: HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\WindowsNT\CurrentVersion\WPAEvents 3 – No painel da tela a sua direita, duplo clique OOBETimer. 4- Abrirá uma janela, selecione qualquer valor nela composta e apague. Clique em OK. 5 – Encerre a sessão do regedit. 6 – Clique em INICIAR > EXECUTAR e no campo digite: %systemroot%\system32\oobe\msoobe.exe /a 7 – Abrirá uma janela para a efetivação do registro. Clique em SIM, desejo..... 8 – Próxima guia, selecione ALTERAR CHAVE DO PRODUTO 9 – Digite sua nova chave de produto (CD-KEY) e clique em Atualizar. 10 – Após a atualização o assistente de validação voltará para a janela anterior. 11 – Selecionar Lembrar Mais Tarde 12 - Reiniciar o Windows 13 – após reiniciado o Windows, repita o procedimento de numero 6. Virá uma mensagem indicando que o procedimento fora efetuado com sucesso. Pronto – Sucesso com sua nova ferramenta legalizada Microsoft !!!! Fonte: http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc668424.aspx
  • Usando as Normas ABNT para citações no Word 2010

    Recebi uma pergunta sobre como usar o padrão das Normas ABNT para citações no Word. Basicamente há dois caminhos: O difícil: criando o estilo dele no padrão XSL e gravando dentro da pasta " C:\Program Files\Microsoft Office\Office14\Bibliography\Style". Ele é difícil porque o padrão XSL é bem complexo; O fácil: Fazendo o download das bibliotecas de estilos constantes em Bib Word: http://bibword.codeplex.com/ e descompactando o conteúdo do arquivo .zip na pasta citada anteriormente. No Bib Word você encontrará vários estilos, como por exemplo:
  • Office 2010 Starter Edition

    A Microsoft lançou o Office Starter 2010 , como uma versão livre, com publicidade . Mas ela tem suas limitações ! Com ele você pode fazer as seguintes coisas: 1.Criar e editar documentos do Word e planilhas do Excel simples; 2.Abrir arquivos existentes do Word e do Excel; 3.Gerenciar um orçamento simples; 4.Escrever cartas; 5.Realizar trabalhos básicos de texto. Com ele você não pode fazer as seguintes coisas: 1.Criar apresentações do PowerPoint; 2.Enviar e-mails e manter o controle de seu calendário com o Outlook; 3.Organizar notas com o OneNote; 4.Usar macros; 5.Modificar a barra de ferramentas; 6.Obter dados externos no Excel; 7.Inserir tabela de conteúdos , notas de rodapé, citações, referências e bibliografia no Word; 8.Remover anúncios . 9. Adicionar comentários e usar o controle de alterações; 10.Analisar dados com tabelas dinâmicas; 11.Criar documentos profissionais com elementos gráficos SmartArt.
  • Inserindo citações em um documento do Word 2010

    Quando se está escrevendo um artigo acadêmico é muito comum usar citações ao longo do texto e a forma mais fácil de fazê-lo usando o Word 2010 é através do usa dos recursos de citação do Word, pois além de inserir a citação da forma correta, ela já monta as referências bibliográficas para você. A forma de utilizá-las é muito simples e a descreverei aqui: Quando chegar o momento de inserir uma citação no texto, selecione o menu "Referências" e clique em "Inserir Citação"; Informe todos os dados da referência conforme exemplo abaixo; Sua referência será automaticamente inserida no texto de acordo com o modelo que estiver usando; Execute este procedimento para todas as citações que desejar fazer e ainda terá uma vantagem, para citações repetidas você não precisará digitar mais nada, apenas selecionar o autor desejado; Quando tiver terminado de inserir as citações, basta mandar inserir as referências bibliográficas no local que desejar, clicando em "Bibliografia" e "Inserir Bibliografia"; Pronto, sua bibliografia será apresentada de acordo com o modelo que você selecionou. caso não esteja satisfeito com o modelo utilizado, você pode trocá-lo por outro;
  • Exibindo a faixa de referências no Word

    Caso o seu menu de referências não esteja aparecendo, dê um clique com o botão direito do mouse em uma área livre na faixa de opções e selecione “Personalizar a Faixa de Opções”: Selecione a caixa de verificação ao lado de referências que elas irão aparecer: Pronto!
  • Download de múltiplos arquivos via Excel

    Neste caso basta informar o dados nas células de uma planilha e ler eles através da macro: Sub DownloadEUnzip() 'Declaração de variáveis Dim FSO, oApp As Object Dim objHttp, DefPath, Arquivo, aUrl, aPasta As String Dim Dados() As Byte Dim Fname As Variant Dim FileNameFolder As Variant Dim iFileNumber As Long For i = 1 To 20 'Parâmetros iniciais (personalizáveis) aUrl = Cells(i, 1).Value aPasta = Cells(i, 2).Value Arquivo = aPasta & Cells(i, 3).Value 'Download do Arquivo Set objHttp = CreateObject("MSXML2.ServerXMLHTTP") objHttp.Open "GET", aUrl, False objHttp.Send If objHttp.Status = "200" Then Dados = objHttp.ResponseBody iFileNumber = FreeFile Open Arquivo For Binary Access Write As #iFileNumber Put #iFileNumber, 1, Dados Close #iFileNumber End If Basta ter informado os URLs na primeira coluna, as pastas onde deve guardar os arquivos na segunda e o nome deles na terceira. É importante salientar que as pastas já devem existir e não podem haver arquivos com o mesmo nome nas pastas. Caso deseje descompactar os arquivos após o download: Sub DownloadEUnzip() 'Declaração de variáveis Dim FSO, oApp As Object Dim objHttp, DefPath, Arquivo, aUrl, aPasta As String Dim Dados() As Byte Dim Fname As Variant Dim FileNameFolder As Variant Dim iFileNumber As Long For i = 1 To 20 'Parâmetros iniciais (personalizáveis) aUrl = Cells(i, 1).Value aPasta = Cells(i, 2).Value Arquivo = aPasta & Cells(i, 3).Value 'Download do Arquivo Set objHttp = CreateObject("MSXML2.ServerXMLHTTP") objHttp.Open "GET", aUrl, False objHttp.Send If objHttp.Status = "200" Then Dados = objHttp.ResponseBody iFileNumber = FreeFile Open Arquivo For Binary Access Write As #iFileNumber Put #iFileNumber, 1, Dados Close #iFileNumber End If 'Descompactação o arquivo If Right(aPasta, 1) <> "\" Then aPasta = aPasta & "\" End If FileNameFolder = aPasta Set oApp = CreateObject("Shell.Application") oApp.Namespace(FileNameFolder).CopyHere oApp.Namespace(Arquivo).items Next End Sub
  • Download de arquivos via Excel

    Aqui vai uma versão mais genérica do post anterior, para download de arquivos via Excel: Sub DownloadEUnzip() 'Declaração de variáveis Dim FSO, oApp As Object Dim objHttp, DefPath, Arquivo, aUrl, aPasta As String Dim Dados() As Byte Dim Fname As Variant Dim FileNameFolder As Variant Dim iFileNumber As Long 'Parâmetros iniciais (personalizáveis) aUrl = " http://www1.caixa.gov.br/loterias/_arquivos/loterias/D_lotfac.zip " aPasta = "C:\loteria\temp\" Arquivo = aPasta & "D_lotfac.zip" 'Download do Arquivo Set objHttp = CreateObject("MSXML2.ServerXMLHTTP") objHttp.Open "GET", aUrl, False objHttp.Send If objHttp.Status = "200" Then Dados = objHttp.ResponseBody iFileNumber = FreeFile Open Arquivo For Binary Access Write As #iFileNumber Put #iFileNumber, 1, Dados Close #iFileNumber End If End Sub
  • Efetuando download de arquivo zipado, pelo Excel e descompactando ele

    Hoje no forum havia um usuário com esta necessidade, como creio que a resposta que dei para ele será útil para mais gente, posto aqui o código: Sub DownloadEUnzip() Dim FSO, oApp As Object Dim objHttp, DefPath, Arquivo As String Dim Dados() As Byte Dim Fname As Variant Dim FileNameFolder As Variant Dim iFileNumber As Long Set objHttp = CreateObject("MSXML2.ServerXMLHTTP") objHttp.Open "GET", "http://www1.caixa.gov.br/loterias/_arquivos/loterias/D_lotfac.zip", False objHttp.Send DefPath = "C:\Loteria\Temp\" '<<< Altere aqui Arquivo = DefPath & "D_lotfac.zip" If objHttp.Status = "200" Then Dados = objHttp.ResponseBody iFileNumber = FreeFile Open Arquivo For Binary Access Write As #iFileNumber Put #iFileNumber, 1, Dados Close #iFileNumber End If If Right(DefPath, 1) <> "\" Then DefPath = DefPath & "\" End If FileNameFolder = DefPath Set oApp = CreateObject("Shell.Application") oApp.Namespace(FileNameFolder).CopyHere oApp.Namespace("C:\Loteria\Temp\D_lotfac.zip").items End Sub
  • Abrindo um documento PDF em uma página específica

    Suponhamos que você tenha uma biblioteca de documentos PDF em uma pasta compartilhada na sua rede e deseje adicionar um link no seu SharePoint para abrir o documento em uma página específica. Como fazer isso? Simples, basta usar os Open Parameters da Adobe. Adicione um novo link no SharePoint; Aponte ele para o arquivo PDF que deseja abrir; Após o nome do arquivo adicione o parâmetro. Ex.: \\computador\pasta\arquivo.pdf#page=10 (este URL envia você direto para a página 10 do documento). Como funcionam os Open Parameters? Simples, basta adicionar um sustenido ( # ) após o .PDF para informar que usará parâmetros e caso deseje utilizar mais de um parâmetro, adicione-os usando um "e" comercial ( & ). Quais parãmetros posso usar? Capítulo - Ex.: #Chapter2 ; Página - Ex.: #page=3 ; Zoom - Ex.: #Zoom=50 ; Página e múltiplas opções de Zoom - Ex.: #page=3&Zoom=200,250,100 ; Visualização - Ex.: #page=2&view=fitH . Relação completa de parâmetros em: http://wwwimages.adobe.com/www.adobe.com/content/dam/Adobe/en/devnet/acrobat/pdfs/pdf_open_parameters_v9.pdf
  • MVP 7.0

    Queridos amigos, fico muito feliz de compartilhar com vocês, que pelo 7º ano consecutivo fui agraciado pela Microsoft com o título de MVP (Most Valuable Professional)! O que é MVP? Os MVPs (Most Valuable Professionals) Microsoft são pessoas reconhecidas, confiáveis e acessíveis, que têm experiência em um ou mais produtos Microsoft® e que participam ativamente de comunidades on-line e off-line com o intuito de compartilhar seu conhecimento e experiência com outros clientes Microsoft. Os clientes desejam um acervo rico de conhecimentos e experiências da vida real quando recorrem a conselhos e feedbacks. Os MVPs ajudam a satisfazer essa necessidade, capacitando de forma independente os clientes nas comunidades técnicas, tanto on-line como off-line. O feedback do cliente é vital para o desenvolvimento de produtos e de R&D (recursos e desenvolvimento). Os MVPs representam uma parte importante desse circuito de feedback, já que proporcionam outro canal para que a Microsoft escute o cliente. O programa Most Valuable Professional é a maneira pela qual a Microsoft reconhece formalmente as contribuições desses indivíduos para a comunidade. Ele tem por objetivo estimular uma comunidade global vibrante, onde a Microsoft e os clientes se conheçam por meio de relacionamentos permanentes e valiosos. As principais estratégias empregadas pelo programa são: • Reconhecer os MVPs do mundo todo e se envolver com eles — identificar, capacitar e fortalecer os formadores de opinião da comunidade, implementando um relacionamento de qualidade consistente entre o cliente e a Microsoft que transponha os grupos de produtos, serviços e a linha de frente das organizações. • Aumentar a satisfação do cliente e sua conexão com ele — reconhecer os clientes por seus esforços e melhorar a qualidade da experiência em suas áreas e em seus idiomas. • Orientar a excelência do programa — profissionalização de serviços e ofertas ao cliente, de modo a tornar as responsabilidades e funções mais previsíveis e controláveis para os clientes internos e externos das comunidades Microsoft. O Programa MVP, existente há mais de onze anos, é representado por mais de 2.800 MVPs em 81 países. Nesta foto os MVPs do Brasil no Heliponto da sede da Microsoft em São Paulo.
  • Excluindo/Alterando nomes da lista de auto completar do Outlook

    Já vi muita gente reclamando que tem nomes em sua lista de autocompletar que estão errados e toda vez que vai enviar um e-mail, o endereço é completado com aquele destinatário errado, criando um transtorno. Como contornar isso? É realmente bem simples, basta selecionar o endereço errado com as setas de direção e pressionar a tecla delete que o endereço será excluído e nunca mais lhe incomodará. Agora e se você deseja mesmo é ver todos endereços que estão nesta lista? Aqui, neste caso pode exportar a lista para um arquivo de texto e lê-la. Isso ainda não parece muito prático, não é? Seria bem melhor uma tela onde fosse possível ler todos estes e-mail e alterá-los, certo? Pois isto é possível. Para tanto você só precisa de um software gratuíto chamado NK2. Para apenas visualizar os contatos use o NK2View da NirSoft : http://www.nirsoft.net/utils/trans/nk2view_brazilian_portuguese.zip Mas o que fazer se você desejar poder alterar estes dados além de lê-los? Aí é só usar o NK2Edit: Versão de 32-bits: http://www.nirsoft.net/utils/nk2edit_setup.exe Versão de 64-bits (Outlook 2010 de 64-bits): http://www.nirsoft.net/utils/nk2edit-x64.zip
  • Use o Office em seu idioma de preferência

    Você adquiriu o Office em um idioma específico, por exemplo em português brasileiro, mas gostaria de poder utilizá-lo em outro idioma, como por exemplo o Filipino ou o Islandês. Para mais informações acesse: http://office.microsoft.com/pt-br/downloads/downloads-do-lip-language-interface-pack-do-office-HA001113350.aspx Atente que se um idioma estiver disponível em um pacote de idiomas ou como uma versão completamente localizada, ele não estará disponível como um LIP (language interface pack). Downloads do LIP (Language Interface Pack) do Office Aplica-se a: Microsoft Excel 2010 , OneNote 2010 , Outlook 2010 , PowerPoint 2010 , Word 2010 , Excel 2007 , Outlook 2007 , PowerPoint 2007 , Word 2007 , Excel 2003 , Outlook 2003 , PowerPoint 2003 , Word 2003
  • Como migrar mensagens do Mozila Thunderbir para o Outlook

    Configure sua(s) conta(s) no Outlook; Cancele o recebimento de mensagens através do Thunderbird; e Inicie as exportações e importações, conforme indicações abaixo. PARA AS MENSAGENS DE E-MAIL Limpe a lixeira do Thunderbird e as mensagens que não são mais importantes. Agora, altere o nível das suas subpastas: todas as pastas devem ter o mesmo nível hierárquico da pasta "Entrada" (embaixo de "Pastas Locais") pois o programa que vai convergir os arquivos não entende a existência de subpastas. Este processo pode demorar, dependendo do tamanho da pasta. No Thunderbird vá até "Ferramentas", "Configurar contas" e "Pastas Locais" Copie o endereço da pasta onde o Thunder salva as suas mensagens (algo como "\\Servidor\E-mail\marina\mail\local folders") Abra a pasta através do Explorer Instale e rode o programa (gratuito) IMAPSize (disponível para download em http://www.broobles.com/imapsize/download.php ). Com ele aberto, vá no menu Tools (Ferramentas em português) e selecione a opção mbox2eml. Então clique no botão "Select mbox file to convert" e localize os arquivos do Thunderbird naquela pasta de armazenamento que você já encontrou. Para isso, no campo "Files of type" (Arquivos do tipo), você deve selecionar "All files" (todos os tipos), caso contrário os documentos mbox não irão aparecer, pois eles não têm extensão. Depois, você também precisa determinar (no campo de texto na parte de baixo da janela) em qual pasta quer salvar as mensagens convertidas – não precisa ser nenhuma específica, você só precisa se lembrar de onde vai salvar (escolha algo como "C:\e-mails_thunderbird"), clicando no botão "..." (três pontinhos mesmo). Abra o Outlook Express, recrie as pastas que deseja (com o mesmo nome ou outro que desejar) e arraste suas pastas já convertidas do Thunderbird para essas novas, vazias, que acabou de criar no Outlook Express. Clique em "Arquivo", "Exportar", "Mensagens"; e avance, até que encontre o radio button "Pastas Selecionadas". Selecione as pastas que deseja exportar. NOTA: Outlook Express não lhe pergunta onde salvar sua 'exportação', uma vez que usa a mesma pasta de armazenamento que o MS Outlook. Abra o MS Outlook. As pastas que você exportou já aparecerão embaixo do diretório "Pastas Particulares". Pronto! PARA O CALENDÁRIO (AGENDA) Abrir no Thunderbird o "Calendário" "Arquivo" "Exportar Calendário" Selecionar o Calendário a Exportar - NOTA: Parece um checkbox, mas não é; basta selecionar o nome do calendário. Digitar o nome do arquivo Escolher tipo "iCalendar (.ics)" Pronto! PARA O CATÁLOGO (CONTATOS) Abrir no Thunderbird o "Catálogo" "Ferramentas" "Exportar" Digitar o nome do arquivo Escolher tipo "Separado por vírgulas" No Outlook, vá em "Arquivo" "Importar e Exportar" "Importar de outro programa ou arquivo" "Valores Separados por Vírgulas (Windows)" - NOTA: é a ultima opção NOTA: Avança-se até chegar ao menu "Selecione a pasta de destino:". Selecionar "Contatos" Verificar se está correto e selecionar o arquivo a importar Clicar "Mapear campos personalizados" - NOTA: esta opção é muito importante: é ela que dirá que o campo "celular" do Thunderbird vai se chamar "telefone celular" no Outlook. Clicar em "Concluir" Pronto! Fonte: http://pt.wikihow.com/Como-Migrar-Do-Thunderbrid-Para-O-Microsoft-Outlook
  • Lista de funções em Português de Portugal

    Atendendo a pedidos, aqui está a lista em português de Portugal: English Portugese/Português ABS ABS ACCRINT JUROSACUM ACCRINTM JUROSACUMV ACOS ACOS ACOSH ACOSH ADDRESS ENDEREÇO AMORDEGRC AMORDEGRC AMORLINC AMORLINC AND E AREAS ÁREAS ASC ASC ASIN ASEN ASINH ASENH ATAN ATAN ATAN2 ATAN2 ATANH ATANH AVEDEV DESV.MÉDIO AVERAGE MÉDIA AVERAGEA MÉDIAA BAHTTEXT TEXTO.BAHT BESSELI BESSELI BESSELJ BESSELJ BESSELK BESSELK BESSELY BESSELY BETA.DIST DIST.BETA BETA.INV INV.BETA BETADIST DISTBETA BETAINV BETA.ACUM.INV BIN2DEC BINADEC BIN2HEX BINAHEX BIN2OCT BINAOCT BINOM.DIST DISTR.BINOM BINOM.INV INV.BINOM BINOMDIST DISTRBINOM CALL CHAMAR CEILING ARRED.EXCESSO CELL CÉL CHAR CARÁCT CHIDIST DIST.CHI CHIINV INV.CHI CHISQ.DIST.RT DIST.CHIQ.DIR CHISQ.INV.RT INV.CHIQ.DIR CHISQ.TEST TESTE.CHIQ CHITEST TESTE.CHI CHOOSE SELECCIONAR CLEAN LIMPARB CODE CÓDIGO COLUMN COL COLUMNS COLS COMBIN COMBIN COMPLEX COMPLEXO CONCATENATE CONCATENAR CONFIDENCE INT.CONFIANÇA CONFIDENCE.NORM INT.CONFIANÇA.NORM CONVERT CONVERTER CORREL CORREL COS COS COSH COSH COUNT CONTAR COUNTA CONTAR.VAL COUNTBLANK CONTAR.VAZIO COUNTIF CONTAR.SE COUPDAYBS CUPDIASINLIQ COUPDAYS CUPDIAS COUPDAYSNC CUPDIASPRÓX COUPNCD CUPDATAPRÓX COUPNUM CUPNÚM COUPPCD CUPDATAANT COVAR COVAR COVARIANCE.P COVARIÂNCIA.P CRITBINOM CRIT.BINOM CUMIPMT PGTOJURACUM CUMPRINC PGTOCAPACUM DATE DATA DATEVALUE DATA.VALOR DAVERAGE BDMÉDIA DAY DIA DAYS360 DIAS360 DB BD DCOUNT BDCONTAR DCOUNTA BDCONTAR.VAL DDB BDD DEC2BIN DECABIN DEC2HEX DECAHEX DEC2OCT DECAOCT DEGREES GRAUS DELTA DELTA DEVSQ DESVQ DGET BDOBTER DISC DESC DMAX BDMÁX DMIN BDMÍN DOLLAR MOEDA DOLLARDE MOEDADEC DOLLARFR MOEDAFRA DPRODUCT BDMULTIPL DSTDEV BDDESVPAD DSTDEVP BDDESVPADP DSUM BDSOMA DURATION DURAÇÃO DVAR BDVAR DVARP BDVARP EDATE DATAM EFFECT EFECTIVA EOMONTH FIMMÊS ERF FUNCERRO ERF.PRECISE FUNCERRO.PRECISO ERFC FUNCERROCOMPL ERFC.PRECISE FUNCERROCOMPL.PRECISO ERROR.TYPE TIPO.ERRO EUROCONVERT EUROCONVERT EVEN PAR EXACT EXACTO EXP EXP EXPON.DIST DIST.EXPON EXPONDIST DISTEXPON F.DIST.RT DIST.F.DIR F.INV.RT INV.F.DIR F.TEST TESTE.F FACT FACTORIAL FACTDOUBLE FACTDUPLO FALSO FALSO FDIST DISTF FIND, FINDB LOCALIZAR, LOCALIZARB FINV INVF FISHER FISHER FISHERINV FISHERINV FIXED FIXO FLOOR ARRED.DEFEITO FORECAST PREVISÃO FREQUENCY FREQUÊNCIA FTEST TESTEF FV VF FVSCHEDULE VFPLANO GAMMA.DIST DIST.GAMA GAMMA.INV INV.GAMA GAMMADIST DISTGAMA GAMMAINV INVGAMA GAMMALN LNGAMA GAMMALN.PRECISE LNGAMA.PRECISO GCD MDC GEOMEAN MÉDIA.GEOMÉTRICA GESTEP DEGRAU GETPIVOTDATA OBTERDADOSDIN GROWTH CRESCIMENTO HARMEAN MÉDIA.HARMÓNICA HEX2BIN HEXABIN HEX2DEC HEXADEC HEX2OCT HEXAOCT HLOOKUP PROCH HOUR HORA HYPERLINK HIPERLIGAÇÃO HYPGEOM.DIST DIST.HIPGEOM HYPGEOMDIST DIST.HIPERGEOM IF SE IMABS IMABS IMAGINARY IMAGINÁRIO IMARGUMENT IMARG IMCONJUGATE IMCONJ IMCOS IMCOS IMDIV IMDIV IMEXP IMEXP IMLN IMLN IMLOG10 IMLOG10 IMLOG2 IMLOG2 IMPOWER IMPOT IMPRODUCT IMPROD IMREAL IMREAL IMSIN IMSENO IMSQRT IMRAIZ IMSUB IMSUBTR IMSUM IMSOMA INDEX ÍNDICE INDIRECT INDIRECTO INFO INFORMAÇÃO INT INT INTERCEPT INTERCEPTAR INTRATE TAXAJUROS IPMT IPGTO IRR TIR ISODD ÉÍMPAR ISPMT É.PGTO ISTEXT ÉPAR JIS JIS KURT CURT LARGE MAIOR LCM MMC LEFT, LEFTB ESQUERDA, ESQUERDAB LEN, LENB NÚM.CARACT, NÚM.CARACTB LINEST PROJ.LIN LN LN LOG LOG LOG10 LOG10 LOGEST PROJ.LOG LOGINV INVLOG LOGNORM.DIST DIST.NORMLOG LOGNORM.INV INV.NORMALLOG LOGNORMDIST DIST.NORMALLOG LOOKUP PROC LOWER MINÚSCULAS MATCH CORRESP MAX MÁXIMO MAXA MÁXIMOA MDETERM MATRIZ.DETERM MDURATION MDURAÇÃO MEDIAN MED MID, MIDB SEG.TEXTO, SEG.TEXTOB MIN MÍNIMO MINA MÍNIMOA MINUTE MINUTO MINVERSE MATRIZ.INVERSA MIRR MTIR MMULT MATRIZ.MULT MOD RESTO MODE MODA MODE.SNGL MODO.SIMPLES MONTH MÊS MROUND MARRED MULTINOMIAL POLINOMIAL N N NA ND NEGBINOM.DIST DIST.BINOM.NEG NEGBINOMDIST DIST.BIN.NEG NETWORKDAYS DIATRABALHOTOTAL NOMINAL NOMINAL NORM.DIST DIST.NORMAL NORM.INV INV.NORMAL NORM.S.DIST DIST.S.NORM NORM.S.INV INV.S.NORM NORMDIST DIST.NORM NORMINV INV.NORM NORMSDIST DIST.NORMP NORMSINV INV.NORMP NOT NÃO NOW AGORA NPER NPER NPV VAL OCT2BIN OCTABIN OCT2DEC OCTADEC OCT2HEX OCTAHEX ODD ÍMPAR ODDFPRICE PREÇOPRIMINC ODDFYIELD LUCROPRIMINC ODDLPRICE PREÇOÚLTINC ODDLYIELD LUCROÚLTINC OFFSET DESLOCAMENTO OR OU PEARSON PEARSON PERCENTILE PERCENTIL PERCENTILE.INC PERCENTIL.INC PERCENTRANK ORDEM.PERCENTUAL PERCENTRANK.INC ORDEM.PERCENTUAL.INC PERMUT PERMUTAR PHONETIC FONÉTICA PI PI PMT PGTO POISSON POISSON POISSON.DIST DIST.POISSON POWER POTÊNCIA PPMT PPGTO PRICE PREÇO PRICEDISC PREÇODESC PRICEMAT PREÇOVENC PROB PROB PRODUCT PRODUTO PROPER INICIAL.MAIÚSCULA PV VA QUARTILE QUARTIL QUARTILE.INC QUARTIL.INC QUOTIENT QUOCIENTE RADIANS RADIANOS RAND ALEATÓRIO RANDBETWEEN ALEATÓRIOENTRE RANK ORDEM RANK.EQ ORDEM.EQ RATE TAXA RECEIVED RECEBER REGISTER.ID REGISTO.ID REPLACE, REPLACEB SUBSTITUIR, SUBSTITUIRB REPT REPETIR RIGHT, RIGHTB DIREITA, DIREITAB ROMAN ROMANO ROUND ARRED ROUNDDOWN ARRED.PARA.BAIXO ROUNDUP ARRED.PARA.CIMA ROW LIN ROWS LINS RSQ RQUAD RTD RTD SEARCH, SEARCHB PROCURAR, PROCURARB SECOND SEGUNDO SERIESSUM SOMASÉRIE SIGN SINAL SIN SEN SINH SENH SKEW DISTORÇÃO SLN AMORT SLOPE DECLIVE SMALL MENOR SQL.REQUEST SQL.REQUEST SQRT RAIZQ SQRTPI RAIZPI STANDARDIZE NORMALIZAR STDEV DESVPAD STDEV.P DESVPAD.P STDEV.S DESVPAD.S STDEVA DESVPADA STDEVP DESVPADP STDEVPA DESVPADPA STEYX EPADYX SUBSTITUTE SUBST SUBTOTAL SUBTOTAL SUM SOMA SUMIF SOMA.SE SUMPRODUCT SOMARPRODUTO SUMSQ SOMARQUAD SUMX2MY2 SOMAX2DY2 SUMX2PY2 SOMAX2SY2 SUMXMY2 SOMAXMY2 SYD AMORTD T T T.DIST.2T DIST.T.2C T.DIST.RT DIST.T.DIR T.INV.2T INV.T.2C T.TEST TESTE.T TAN TAN TANH TANH TBILLEQ OTN TBILLPRICE OTNVALOR TBILLYIELD OTNLUCRO TDIST DISTT TEXT TEXTO TIME TEMPO TIMEVALUE VALOR.TEMPO TINV INVT TODAY HOJE TRANSPOSE TRANSPOR TREND TENDÊNCIA TRIM COMPACTAR TRIMMEAN MÉDIA.INTERNA VERDADEIRO VERDADEIRO TRUNC TRUNCAR TTEST TESTET TYPE TIPO UPPER MAIÚSCULAS VALUE VALOR VAR VAR VAR.P VAR.P VAR.S VAR.S VARA VARA VARP VARP VARPA VARPA VDB BDV VLOOKUP PROCV WEEKDAY DIA.SEMANA WEEKNUM NÚMSEMANA WEIBULL WEIBULL WEIBULL.DIST DIST.WEIBULL WORKDAY DIATRABALHO XIRR XTIR XNPV XVAL YEAR ANO YEARFRAC FRACÇÃOANO YIELD LUCRO YIELDDISC LUCRODESC YIELDMAT LUCROVENC Z.TEST TESTE.Z ZTEST TESTEZ
  • Equivalência de nomes de funções

    Muitas pessoas reclamam ao encontrarem soluções em inglês para seus problemas em planilhas, uma vez que suas versões estão em português e não conhecem a equivalência, pois abaixo segue uma tabela com a equivalência. Função Function Descrição Funções Suplemento e Automação Add-in and Automation functions CHAMAR CALL Chama um procedimento em uma biblioteca de vínculo dinâmico ou recurso de código CONVERTEREURO EUROCONVERT Converte um número em euros, converte um número de euros em uma moeda de um membro do euro ou converte um número de uma moeda de um membro do euro em outra moeda usando o euro como intermediário (triangulação) INFODADOSTABELADINÂMICA GETPIVOTDATA Retorna os dados armazenados em um relatório de tabela dinâmica IDENT.REGISTRO REGISTER.ID Retorna a identificação de registro da DLL (biblioteca de vínculo dinâmico) especificada ou o recurso de código anteriormente registrado SQL.REQUERER SQL.REQUEST Conecta com uma fonte de dados externa e executa uma consulta a partir de uma planilha, para em seguida apresentar o resultado como uma matriz, sem a necessidade de programação de macro Funções de Cubo Cube functions MEMBROKPICUBO CUBEKPIMEMBER Retorna o nome de um KPI (indicador de desempenho-chave), uma propriedade e uma medida e exibe o nome e a propriedade na célula. Um KPI é uma medida quantificável, como o lucro bruto mensal ou a rotatividade trimestral dos funcionários, usada para monitorar o desempenho de uma organização. MEMBROCUBO CUBEMEMBER Retorna um membro ou tupla em uma hierarquia de cubo. Use para validar se o membro ou tupla existe no cubo. PROPRIEDADEMEMBROCUBO CUBEMEMBERPROPERTY Retorna o valor da propriedade de um membro no cubo. Usada para validar a existência do nome do membro no cubo e para retornar a propriedade especificada para esse membro. MEMBROCLASSIFICADOCUBO CUBERANKEDMEMBER Retorna o enésimo membro, ou o membro ordenado, em um conjunto. Use para retornar um ou mais elementos em um conjunto, assim como o melhor vendedor ou os dez melhores alunos. CONJUNTOCUBO CUBESET Define um conjunto calculado de membros ou tuplas enviando uma expressão do conjunto para o cubo no servidor, que cria o conjunto e o retorna para o Microsoft Office Excel. CONTAGEMCONJUNTOCUBO CUBESETCOUNT Retorna o número de itens em um conjunto. VALORCUBO CUBEVALUE Retorna um valor agregado de um cubo. Funções de banco de dados Database functions BDMÉDIA DAVERAGE Retorna a média das entradas selecionadas de um banco de dados BDCONTAR DCOUNT Conta as células que contêm números em um banco de dados BDCONTARA DCOUNTA Conta células não vazias em um banco de dados BDEXTRAIR DGET Extrai de um banco de dados um único registro que corresponde a um critério específico BDMÁX DMAX Retorna o valor máximo de entradas selecionadas de um banco de dados BDMÍN DMIN Retorna o valor mínimo de entradas selecionadas de um banco de dados BDMULTIPL DPRODUCT Multiplica os valores em um campo específico de registros que correspondem ao critério em um banco de dados BDEST DSTDEV Estima o desvio padrão com base em uma amostra de entradas selecionadas de um banco de dados BDDESVPA DSTDEVP Calcula o desvio padrão com base na população inteira de entradas selecionadas de um banco de dados BDSOMA DSUM Adiciona os números à coluna de campos de registros do banco de dados que correspondem ao critério BDVAREST DVAR Estima a variância com base em uma amostra de entradas selecionadas de um banco de dados BDVARP DVARP Calcula a variância com base na população inteira de entradas selecionadas de um banco de dados Funções de data e hora Date and time functions DATA DATE Retorna o número de série de uma data específica DATA.VALOR DATEVALUE Converte uma data na forma de texto para um número de série DIA DAY Converte um número de série em um dia do mês DIAS360 DAYS360 Calcula o número de dias entre duas datas com base em um ano de 360 dias DATAM EDATE Retorna o número de série da data que é o número indicado de meses antes ou depois da data inicial FIMMÊS EOMONTH Retorna o número de série do último dia do mês antes ou depois de um número especificado de meses HORA HOUR Converte um número de série em uma hora MINUTO MINUTE Converte um número de série em um minuto MÊS MONTH Converte um número de série em um mês DIATRABALHOTOTAL NETWORKDAYS Retorna o número de dias úteis inteiros entre duas datas AGORA NOW Retorna o número de série seqüencial da data e hora atuais SEGUNDO SECOND Converte um número de série em um segundo HORA TIME Retorna o número de série de uma hora específica VALOR.TEMPO TIMEVALUE Converte um horário na forma de texto para um número de série HOJE TODAY Retorna o número de série da data de hoje DIA.DA.SEMANA WEEKDAY Converte um número de série em um dia da semana NÚMSEMANA WEEKNUM Converte um número de série em um número que representa onde a semana cai numericamente em um ano DIATRABALHO WORKDAY Retorna o número de série da data antes ou depois de um número específico de dias úteis ANO YEAR Converte um número de série em um ano FRAÇÃOANO YEARFRAC Retorna a fração do ano que representa o número de dias entre data_inicial e data_final Funções de engenharia Engineering functions BESSELI BESSELI Retorna a função de Bessel In(x) modificada BESSELJ BESSELJ Retorna a função de Bessel Jn(x) BESSELK BESSELK Retorna a função de Bessel Kn(x) modificada BESSELY BESSELY Retorna a função de Bessel Yn(x) BIN2DEC BIN2DEC Converte um número binário em decimal BIN2HEX BIN2HEX Converte um número binário em hexadecimal BIN2OCT BIN2OCT Converte um número binário em octal COMPLEX COMPLEX Converte coeficientes reais e imaginários e um número complexo CONVERTER CONVERT Converte um número de um sistema de medida para outro DECABIN DEC2BIN Converte um número decimal em binário DECAHEX DEC2HEX Converte um número decimal em hexadecimal DECAOCT DEC2OCT Converte um número decimal em octal DELTA DELTA Testa se dois valores são iguais FUNERRO ERF Retorna a função de erro FUNERROCOMPL ERFC Retorna a função de erro complementar DEGRAU GESTEP Testa se um número é maior do que um valor limite HEXABIN HEX2BIN Converte um número hexadecimal em binário HEXADEC HEX2DEC Converte um número hexadecimal em decimal HEXAOCT HEX2OCT Converte um número hexadecimal em octal IMABS IMABS Retorna o valor absoluto (módulo) de um número complexo IMAGINÁRIO IMAGINARY Retorna o coeficiente imaginário de um número complexo IMARG IMARGUMENT Retorna o argumento teta, um ângulo expresso em radianos IMCONJ IMCONJUGATE Retorna o conjugado complexo de um número complexo IMCOS IMCOS Retorna o cosseno de um número complexo IMDIV IMDIV Retorna o quociente de dois números complexos IMEXP IMEXP Retorna o exponencial de um número complexo IMLN IMLN Retorna o logaritmo natural de um número complexo IMLOG10 IMLOG10 Retorna o logaritmo de base 10 de um número complexo IMLOG2 IMLOG2 Retorna o logaritmo de base 2 de um número complexo IMPOT IMPOWER Retorna um número complexo elevado a uma potência inteira IMPROD IMPRODUCT Retorna o produto de números complexos IMREAL IMREAL Retorna o coeficiente real de um número complexo IMSENO IMSIN Retorna o seno de um número complexo IMRAIZ IMSQRT Retorna a raiz quadrada de um número complexo IMSUBTR IMSUB Retorna a diferença entre dois números complexos IMSOMA IMSUM Retorna a soma de números complexos OCTABIN OCT2BIN Converte um número octal em binário OCTADEC OCT2DEC Converte um número octal em decimal OCTAHEX OCT2HEX Converte um número octal em hexadecimal Funções financeiras Financial functions JUROSACUM ACCRINT Retorna a taxa de juros acumulados de um título que paga uma taxa periódica de juros JUROSACUMV ACCRINTM Retorna os juros acumulados de um título que paga juros no vencimento AMORDEGRC AMORDEGRC Retorna a depreciação para cada período contábil usando o coeficiente de depreciação AMORLINC AMORLINC Retorna a depreciação para cada período contábil CUPDIASINLIQ COUPDAYBS Retorna o número de dias do início do período de cupom até a data de liquidação CUPDIAS COUPDAYS Retorna o número de dias no período de cupom que contém a data de quitação CUPDIASPRÓX COUPDAYSNC Retorna o número de dias da data de liquidação até a data do próximo cupom CUPDATAPRÓX COUPNCD Retorna a próxima data de cupom após a data de quitação CUPNÚM COUPNUM Retorna o número de cupons pagáveis entre as datas de quitação e vencimento CUPDATAANT COUPPCD Retorna a data de cupom anterior à data de quitação PGTOJURACUM CUMIPMT Retorna os juros acumulados pagos entre dois períodos PGTOCAPACUM CUMPRINC Retorna o capital acumulado pago sobre um empréstimo entre dois períodos BD DB Retorna a depreciação de um ativo para um período especificado, usando o método de balanço de declínio fixo BDD DDB Retorna a depreciação de um ativo com relação a um período especificado usando o método de saldos decrescentes duplos ou qualquer outro método especificado por você DESC DISC Retorna a taxa de desconto de um título MOEDADEC DOLLARDE Converte um preço em formato de moeda, na forma fracionária, em um preço na forma decimal MOEDAFRA DOLLARFR Converte um preço, apresentado na forma decimal, em um preço apresentado na forma fracionária DURAÇÃO DURATION Retorna a duração anual de um título com pagamentos de juros periódicos EFETIVA EFFECT Retorna a taxa de juros anual efetiva VF FV Retorna o valor futuro de um investimento VFPLANO FVSCHEDULE Retorna o valor futuro de um capital inicial após a aplicação de uma série de taxas de juros compostas TAXAJUROS INTRATE Retorna a taxa de juros de um título totalmente investido IPGTO IPMT Retorna o pagamento de juros para um investimento em um determinado período TIR IRR Retorna a taxa interna de retorno de uma série de fluxos de caixa ÉPGTO ISPMT Calcula os juros pagos durante um período específico de um investimento MDURAÇÃO MDURATION Retorna a duração de Macauley modificada para um título com um valor de paridade equivalente a R$ 100 MTIR MIRR Calcula a taxa interna de retorno em que fluxos de caixa positivos e negativos são financiados com diferentes taxas NOMINAL NOMINAL Retorna a taxa de juros nominal anual NPER NPER Retorna o número de períodos de um investimento VPL NPV Retorna o valor líquido atual de um investimento com base em uma série de fluxos de caixa periódicos e em uma taxa de desconto PREÇOPRIMINC ODDFPRICE Retorna o preço por R$ 100 de valor nominal de um título com um primeiro período indefinido LUCROPRIMINC ODDFYIELD Retorna o rendimento de um título com um primeiro período indefinido PREÇOÚLTINC ODDLPRICE Retorna o preço por R$ 100 de valor nominal de um título com um último período de cupom indefinido LUCROÚLTINC ODDLYIELD Retorna o rendimento de um título com um último período indefinido PGTO PMT Retorna o pagamento periódico de uma anuidade PPGTO PPMT Retorna o pagamento de capital para determinado período de investimento PREÇO PRICE Retorna a preço por R$ 100,00 de valor nominal de um título que paga juros periódicos PREÇODESC PRICEDISC Retorna o preço por R$ 100,00 de valor nominal de um título descontado PREÇOVENC PRICEMAT Retorna o preço por R$ 100,00 de valor nominal de um título que paga juros no vencimento VP PV Retorna o valor presente de um investimento TAXA RATE Retorna a taxa de juros por período de uma anuidade RECEBER RECEIVED Retorna a quantia recebida no vencimento de um título totalmente investido DPD SLN Retorna a depreciação em linha reta de um ativo durante um período SDA SYD Retorna a depreciação dos dígitos da soma dos anos de um ativo para um período especificado OTN TBILLEQ Retorna o rendimento de um título equivalente a uma obrigação do Tesouro OTNVALOR TBILLPRICE Retorna o preço por R$ 100,00 de valor nominal de uma obrigação do Tesouro OTNLUCRO TBILLYIELD Retorna o rendimento de uma obrigação do Tesouro BDV VDB Retorna a depreciação de um ativo para um período especificado ou parcial usando um método de balanço declinante XTIR XIRR Fornece a taxa interna de retorno para um programa de fluxos de caixa que não é necessariamente periódico XVPL XNPV Retorna o valor presente líquido de um programa de fluxos de caixa que não é necessariamente periódico LUCRO YIELD Retorna o lucro de um título que paga juros periódicos LUCRODESC YIELDDISC Retorna o rendimento anual de um título descontado. Por exemplo, uma obrigação do Tesouro LUCROVENC YIELDMAT Retorna o lucro anual de um título que paga juros no vencimento Funções de informação Information functions CÉL CELL Retorna informações sobre formatação, localização ou conteúdo de uma célula TIPO.ERRO ERROR.TYPE Retorna um número correspondente a um tipo de erro INFORMAÇÃO INFO Retorna informações sobre o ambiente operacional atual ÉCÉL.VAZIA ISBLANK Retorna VERDADEIRO se o valor for vazio ÉERRO ISERR Retorna VERDADEIRO se o valor for um valor de erro diferente de #N/D ÉERROS ISERROR Retorna VERDADEIRO se o valor for um valor de erro ÉPAR ISEVEN Retorna VERDADEIRO se o número for par ÉLÓGICO ISLOGICAL Retorna VERDADEIRO se o valor for um valor lógico É.NÃO.DISP ISNA Retorna VERDADEIRO se o valor for o valor de erro #N/D É.NÃO.TEXTO ISNONTEXT Retorna VERDADEIRO se o valor for diferente de texto ÉNÚM ISNUMBER Retorna VERDADEIRO se o valor for um número ÉIMPAR ISODD Retorna VERDADEIRO se o número for ímpar ÉREF ISREF Retorna VERDADEIRO se o valor for uma referência ÉTEXTO ISTEXT Retorna VERDADEIRO se o valor for texto N N Retorna um valor convertido em um número NÃO.DISP NA Retorna o valor de erro #N/D TIPO TYPE Retorna um número indicando o tipo de dados de um valor Funções lógicas Logical functions E AND Retorna VERDADEIRO se todos os seus argumentos forem VERDADEIROS FALSO FALSE Retorna o valor lógico FALSO SE IF Especifica um teste lógico a ser executado SEERRO IFERROR Retornará um valor que você especifica se uma fórmula for avaliada para um erro; do contrário, retornará o resultado da fórmula NÃO NOT Inverte o valor lógico do argumento OU OR Retorna VERDADEIRO se um dos argumentos for VERDADEIRO VERDADEIRO TRUE Retorna o valor lógico VERDADEIRO Funções de pesquisa e referência Lookup and reference functions ENDEREÇO ADDRESS Retorna uma referência como texto para uma única célula em uma planilha ÁREAS AREAS Retorna o número de áreas em uma referência ESCOLHER CHOOSE Escolhe um valor a partir de uma lista de valores COL COLUMN Retorna o número da coluna de uma referência COLS COLUMNS Retorna o número de colunas em uma referência PROCH HLOOKUP Procura na linha superior de uma matriz e retorna o valor da célula especificada HYPERLINK HYPERLINK Cria um atalho ou salto que abre um documento armazenado em um servidor de rede, uma intranet ou na Internet ÍNDICE INDEX Usa um índice para escolher um valor de uma referência ou matriz INDIRETO INDIRECT Retorna uma referência indicada por um valor de texto PROC LOOKUP Procura valores em um vetor ou em uma matriz CORRESP MATCH Procura valores em uma referência ou em uma matriz DESLOC OFFSET Retorna um deslocamento de referência com base em uma determinada referência LIN ROW Retorna o número da linha de uma referência LINS ROWS Retorna o número de linhas em uma referência RTD RTD Recupera dados em tempo real de um programa que ofereça suporte a automação COM (automação: uma forma de trabalhar com objetos de um aplicativo a partir de outro aplicativo ou ferramenta de desenvolvimento. Chamada inicialmente de automação OLE, a automação é um padrão industrial e um recurso do modelo de objeto componente (COM).) TRANSPOR TRANSPOSE Retorna a transposição de uma matriz PROCV VLOOKUP Procura na primeira coluna de uma matriz e move ao longo da linha para retornar o valor de uma célula Funções matemáticas e trigonométricas Math and trigonometry functions ABS ABS Retorna o valor absoluto de um número ACOS ACOS Retorna o arco cosseno de um número ACOSH ACOSH Retorna o cosseno hiperbólico inverso de um número ASEN ASIN Retorna o arco seno de um número ASENH ASINH Retorna o seno hiperbólico inverso de um número ATAN ATAN Retorna o arco tangente de um número ATAN2 ATAN2 Retorna o arco tangente das coordenadas x e y especificadas ATANH ATANH Retorna a tangente hiperbólica inversa de um número TETO CEILING Arredonda um número para o inteiro mais próximo ou para o múltiplo mais próximo de significância COMBIN COMBIN Retorna o número de combinações de um determinado número de objetos COS COS Retorna o cosseno de um número COSH COSH Retorna o cosseno hiperbólico de um número GRAUS DEGREES Converte radianos em graus PAR EVEN Arredonda um número para cima até o inteiro par mais próximo EXP EXP Retorna e elevado à potência de um número especificado FATORIAL FACT Retorna o fatorial de um número FATDUPLO FACTDOUBLE Retorna o fatorial duplo de um número ARREDMULTB FLOOR Arredonda um número para baixo até zero MDC GCD Retorna o máximo divisor comum INT INT Arredonda um número para baixo até o número inteiro mais próximo MMC LCM Retorna o mínimo múltiplo comum LN LN Retorna o logaritmo natural de um número LOG LOG Retorna o logaritmo de um número de uma base especificada LOG10 LOG10 Retorna o logaritmo de base 10 de um número MATRIZ.DETERM MDETERM Retorna o determinante de uma matriz de uma variável do tipo matriz MATRIZ.INVERSO MINVERSE Retorna a matriz inversa de uma matriz MATRIZ.MULT MMULT Retorna o produto de duas matrizes Resto MOD Retorna o resto da divisão MARRED MROUND Retorna um número arredondado ao múltiplo desejado MULTINOMIAL MULTINOMIAL Retorna o multinomial de um conjunto de números ÍMPAR ODD Arredonda um número para cima até o inteiro ímpar mais próximo PI PI Retorna o valor de Pi POTÊNCIA POWER Fornece o resultado de um número elevado a uma potência MULT PRODUCT Multiplica seus argumentos QUOCIENTE QUOTIENT Retorna a parte inteira de uma divisão RADIANOS RADIANS Converte graus em radianos ALEATÓRIO RAND Retorna um número aleatório entre 0 e 1 ALEATÓRIOENTRE RANDBETWEEN Retorna um número aleatório entre os números especificados ROMANO ROMAN Converte um algarismo arábico em romano, como texto ARRED ROUND Arredonda um número até uma quantidade especificada de dígitos ARREDONDAR.PARA.BAIXO ROUNDDOWN Arredonda um número para baixo até zero ARREDONDAR.PARA.CIMA ROUNDUP Arredonda um número para cima, afastando-o de zero SOMASEQÜÊNCIA SERIESSUM Retorna a soma de uma série polinomial baseada na fórmula SINAL SIGN Retorna o sinal de um número SEN SIN Retorna o seno de um ângulo dado SENH SINH Retorna o seno hiperbólico de um número RAIZ SQRT Retorna uma raiz quadrada positiva RAIZPI SQRTPI Retorna a raiz quadrada de (núm* pi) SUBTOTAL SUBTOTAL Retorna um subtotal em uma lista ou em um banco de dados SOMA SUM Soma seus argumentos SOMASE SUMIF Adiciona as células especificadas por um determinado critério SOMASE SUMIFS Adiciona as células em um intervalo que atende a vários critérios SOMARPRODUTO SUMPRODUCT Retorna a soma dos produtos de componentes correspondentes de matrizes SOMAQUAD SUMSQ Retorna a soma dos quadrados dos argumentos SOMAX2DY2 SUMX2MY2 Retorna a soma da diferença dos quadrados dos valores correspondentes em duas matrizes SOMAX2SY2 SUMX2PY2 Retorna a soma da soma dos quadrados dos valores correspondentes em duas matrizes SOMAXMY2 SUMXMY2 Retorna a soma dos quadrados das diferenças dos valores correspondentes em duas matrizes TAN TAN Retorna a tangente de um número TANH TANH Retorna a tangente hiperbólica de um número TRUNCAR TRUNC Trunca um número para um inteiro Funções estatísticas Statistical functions DESV.MÉDIO AVEDEV Retorna a média aritmética dos desvios médios dos pontos de dados a partir de sua média MÉDIA AVERAGE Retorna a média dos argumentos MÉDIAA AVERAGEA Retorna a média dos argumentos, inclusive números, texto e valores lógicos MÉDIASE AVERAGEIF Retorna a média (média aritmética) de todas as células em um intervalo que atendem a um determinado critério MÉDIASES AVERAGEIFS Retorna a média (média aritmética) de todas as células que atendem a múltiplos critérios. DISTBETA BETADIST Retorna a função de distribuição cumulativa beta BETA.ACUM.INV BETAINV Retorna o inverso da função de distribuição cumulativa para uma distribuição beta especificada DISTRBINOM BINOMDIST Retorna a probabilidade de distribuição binomial do termo individual DIST.QUI CHIDIST Retorna a probabilidade unicaudal da distribuição qui-quadrada INV.QUI CHIINV Retorna o inverso da probabilidade uni-caudal da distribuição qui-quadrada TESTE.QUI CHITEST Retorna o teste para independência INT.CONFIANÇA CONFIDENCE Retorna o intervalo de confiança para uma média da população CORREL CORREL Retorna o coeficiente de correlação entre dois conjuntos de dados CONT.NÚM COUNT Calcula quantos números há na lista de argumentos CONT.VALORES COUNTA Calcula quantos valores há na lista de argumentos CONTAR.VAZIO COUNTBLANK Conta o número de células vazias no intervalo especificado CONT.SE COUNTIF Calcula o número de células não vazias em um intervalo que corresponde a determinados critérios CONT.SES COUNTIFS Conta o número de células dentro de um intervalo que atende a múltiplos critérios COVAR COVAR Retorna a covariância, a média dos produtos dos desvios pares CRIT.BINOM CRITBINOM Retorna o menor valor para o qual a distribuição binomial cumulativa é menor ou igual ao valor padrão DESVQ DEVSQ Retorna a soma dos quadrados dos desvios DISTEXPON EXPONDIST Retorna a distribuição exponencial DISTF FDIST Retorna a distribuição de probabilidade F INVF FINV Retorna o inverso da distribuição de probabilidades F FISHER FISHER Retorna a transformação Fisher FISHERINV FISHERINV Retorna o inverso da transformação Fisher PREVISÃO FORECAST Retorna um valor ao longo de uma linha reta FREQÜÊNCIA FREQUENCY Retorna uma distribuição de freqüência como uma matriz vertical TESTEF FTEST Retorna o resultado de um teste F DISTGAMA GAMMADIST Retorna a distribuição gama INVGAMA GAMMAINV Retorna o inverso da distribuição cumulativa gama LNGAMA GAMMALN Retorna o logaritmo natural da função gama, G(x). MÉDIA.GEOMÉTRICA GEOMEAN Retorna a média geométrica CRESCIMENTO GROWTH Retorna valores ao longo de uma tendência exponencial MÉDIA.HARMÔNICA HARMEAN Retorna a média harmônica DIST.HIPERGEOM HYPGEOMDIST Retorna a distribuição hipergeométrica INTERCEPÇÃO INTERCEPT Retorna a intercepção da linha de regressão linear CURT KURT Retorna a curtose de um conjunto de dados MAIOR LARGE Retorna o maior valor k-ésimo de um conjunto de dados PROJ.LIN LINEST Retorna os parâmetros de uma tendência linear PROJ.LOG LOGEST Retorna os parâmetros de uma tendência exponencial INVLOG LOGINV Retorna o inverso da distribuição lognormal DIST.LOGNORMAL LOGNORMDIST Retorna a distribuição lognormal cumulativa MÁXIMO MAX Retorna o valor máximo em uma lista de argumentos MÁXIMOA MAXA Retorna o maior valor em uma lista de argumentos, inclusive números, texto e valores lógicos MED MEDIAN Retorna a mediana dos números indicados MÍNIMO MIN Retorna o valor mínimo em uma lista de argumentos MÍNIMOA MINA Retorna o menor valor em uma lista de argumentos, inclusive números, texto e valores lógicos MODO MODE Retorna o valor mais comum em um conjunto de dados DIST.BIN.NEG NEGBINOMDIST Retorna a distribuição binomial negativa DIST.NORM NORMDIST Retorna a distribuição cumulativa normal INV.NORM NORMINV Retorna o inverso da distribuição cumulativa normal DIST.NORMP NORMSDIST Retorna a distribuição cumulativa normal padrão INV.NORMP NORMSINV Retorna o inverso da distribuição cumulativa normal padrão PEARSON PEARSON Retorna o coeficiente de correlação do momento do produto Pearson PERCENTIL PERCENTILE Retorna o k-ésimo percentil de valores em um intervalo ORDEM.PORCENTUAL PERCENTRANK Retorna a ordem percentual de um valor em um conjunto de dados PERMUT PERMUT Retorna o número de permutações de um determinado número de objetos POISSON POISSON Retorna a distribuição Poisson PROB PROB Retorna a probabilidade de valores em um intervalo estarem entre dois limites QUARTIL QUARTILE Retorna o quartil do conjunto de dados ORDEM RANK Retorna a posição de um número em uma lista de números RQUAD RSQ Retorna o quadrado do coeficiente de correlação do momento do produto de Pearson DISTORÇÃO SKEW Retorna a distorção de uma distribuição INCLINAÇÃO SLOPE Retorna a inclinação da linha de regressão linear MENOR SMALL Retorna o menor valor k-ésimo do conjunto de dados PADRONIZAR STANDARDIZE Retorna um valor normalizado DESVPAD STDEV Estima o desvio padrão com base em uma amostra DESVPADA STDEVA Estima o desvio padrão com base em uma amostra, inclusive números, texto e valores lógicos DESVPADP STDEVP Calcula o desvio padrão com base na população total DESVPADPA STDEVPA Calcula o desvio padrão com base na população total, inclusive números, texto e valores lógicos EPADYX STEYX Retorna o erro padrão do valor-y previsto para cada x da regressão DISTT TDIST Retorna a distribuição t de Student INVT TINV Retorna o inverso da distribuição t de Student TENDÊNCIA TREND Retorna valores ao longo de uma tendência linear MÉDIA.INTERNA TRIMMEAN Retorna a média do interior de um conjunto de dados TESTET TTEST Retorna a probabilidade associada ao teste t de Student VAR VAR Estima a variância com base em uma amostra VARA VARA Estima a variância com base em uma amostra, inclusive números, texto e valores lógicos VARP VARP Calcula a variância com base na população inteira VARPA VARPA Calcula a variância com base na população total, inclusive números, texto e valores lógicos WEIBULL WEIBULL Retorna a distribuição Weibull TESTEZ ZTEST Retorna o valor de probabilidade uni-caudal de um teste-z Funções de texto Text functions ASC ASC Altera letras do inglês ou katakana de largura total (bytes duplos) dentro de uma seqüência de caracteres para caracteres de meia largura (byte único). BAHTTEXT BAHTTEXT Converte um número em um texto, usando o formato de moeda ß (baht) CARACT CHAR Retorna o caractere especificado pelo número de código TIRAR CLEAN Remove todos os caracteres do texto que não podem ser impressos CÓDIGO CODE Retorna um código numérico para o primeiro caractere de uma seqüência de caracteres de texto CONCATENAR CONCATENATE Agrupa vários itens de texto em um único item de texto MOEDA DOLLAR Converte um número em texto, usando o formato de moeda $ (dólar) EXATO EXACT Verifica se dois valores de texto são idênticos PROCURAR, PROCURARB FIND, FINDB Procura um valor de texto dentro de outro (diferencia maiúsculas de minúsculas) DEF.NÚM.DEC FIXED Formata um número como texto com um número fixo de decimais JIS JIS Altera letras do inglês ou katakana de meia largura (byte único) dentro de uma seqüência de caracteres para caracteres de largura total (bytes duplos) ESQUERDA, ESQUERDAB LEFT, LEFTB Retorna os caracteres mais à esquerda de um valor de texto NÚM.CARACT, NÚM.CARACTB LEN, LENB Retorna o número de caracteres em uma seqüência de texto MINÚSCULA LOWER Converte texto para minúsculas EXT.TEXTO, EXT.TEXTOB MID, MIDB Retorna um número específico de caracteres de uma seqüência de texto começando na posição especificada FONÉTICA PHONETIC Extrai os caracteres fonéticos (furigana) de uma seqüência de caracteres de texto PRI.MAIÚSCULA PROPER Coloca a primeira letra de cada palavra em maiúscula em um valor de texto MUDAR, MUDARB REPLACE, REPLACEB Muda os caracteres dentro do texto REPT REPT Repete o texto um determinado número de vezes DIREITA, DIREITAB RIGHT, RIGHTB Retorna os caracteres mais à direita de um valor de texto LOCALIZAR, LOCALIZARB SEARCH, SEARCHB Localiza um valor de texto dentro de outro (não diferencia maiúsculas de minúsculas) SUBSTITUIR SUBSTITUTE Substitui um novo texto por um texto antigo em uma seqüência de texto T T Converte os argumentos em texto TEXTO TEXT Formata um número e o converte em texto ARRUMAR TRIM Remove espaços do texto MAIÚSCULA UPPER Converte o texto em maiúsculas VALOR VALUE Converte um argumento de texto em um número
  • Matéria publicada no Caderno Digital

    Hoje (03/08/2011), foi publicada uma matéria sobre os MVPs gaúchos no Caderno Digital do Jornal Zero Hora. Vale a pena conferir! Claro que impressa fica melhor, então comprem o jornal!
  • Pessoa boa ou pessoa ruim...

    Há uma lenda antiga entre os índios Cherokee e eles a contam uns para os outros, a fim de que a lenda nunca morra. Eles costumam ensinar aos jovens índios que: - Há dois lobos dentro de você, em constante luta. Um é ruim, ele representa a raiva, a inveja, a cobiça, o ressentimento, a inferioridade, as mentiras e o ego. - O outro lobo é bom, ele representa alegria, paz, amor, esperança, humildade, ternura, empatia e verdade. Após refletir um pouco, os jovens índios sempre perguntam: - Mas qual dos dois lobos vencerá a luta? E é na resposta que vem o maior ensinamento: - Aquele que você alimentar mais... Se só pensamos em coisas ruins, acabamos sendo influenciados por elas e nos tornamos ruins. O mesmo ocorre se só pensarmos em coisas boas.
  • Música de fundo no Excel

    Hoje estava trabalhando em uma planilha e pensando: Bem que podia haver uma macro aqui para ouvir músicas... Bem, fazer o que né? Criá-la! Declare Function sndPlaySound32 Lib "winmm.dll" _ Alias "sndPlaySoundA" (ByVal lpszSoundName _ As String, ByVal uFlags As Long) As Long Sub SoundStart() Dim intCounter As Integer Application.EnableCancelKey = xlErrorHandler For intCounter = 1 To 10 Call sndPlaySound32("C:\WINDOWS\Media\tada.wav", 1) Application.Wait Now + TimeSerial(0, 0, 2) Next intCounter ERRORHANDLER: End Sub
  • Office 2010 SP1

    Atenção amigos, já está disponível no Windows Update o SP1 do Office 2010, ou podem baixar aqui mesmo: http://support.microsoft.com/kb/2510690
  • Excel em tela cheia com barra de status

    Muita gente gosta de trabalhar com o Excel em tela cheia, pois vemos praticamente apenas os dados, mas algumas vezes seriam interessante também possui as informações da barra de status. O problema é que quando clicamos no botão tela cheia ela é automaticamente ocultada e não nos é fornecida uma opção de re-exibí-la. Como contornar isso então? Através do VBA! Ok, mas mesmo mandando ela ser re-exibida via VBA, enquanto estiver em modo de tela cheia, a barra não volta. O que fazer então? Simples. Basta simular o modo de tela cheia. Como assim? Ocultando tudo o que ele oculta, exceto a barra de status. Como fazemos isso? A função a seguir realiza exatamente este procedimento e deve ser inserida de forma a ser executada na abertura da planilha: 1. Abra a planilha e pressione Alt + F11; 2. Na lado esquerdo da tela, na janela de Projeto , dê dois cliques em EstaPasta_de_trabalho ; 3. Na janela do lado direito, clique na seta ao lado de (Geral) e selecione Workbook ; 4. Neste momento será criada a macro a ser executada na abertura da planilha: Private Sub Workbook_Open() 5. Agora insira o código dentro dela, conforme demonstrado abaixo: Private Sub Workbook_Open() Application.ExecuteExcel4Macro "SHOW.TOOLBAR(""Ribbon"",False)" Application.DisplayFormulaBar = False ActiveWindow.DisplayHeadings = False End Sub 6. Pronta, agora você tem uma planilha em tela cheia, mas com a barra de status! IMPORTANTE: Caso você feche a planilha agora, a próxima que abri-la estará com este visual e pode não ser o que se deseja, então antes de fechá-la você deve restaurar os itens ocultados. Para isto realize o seguinte procedimento: 1. Clique no lado direito da tela, onde você lê Open e selecione BeforeClose ; 2. Copie o código da Sub Open para a nova Sub; 3. Altere os três False que vê no código, por três True , conforme demonstrado abaixo: Private Sub Workbook_BeforeClose(Cancel As Boolean) Application.ExecuteExcel4Macro "SHOW.TOOLBAR(""Ribbon"",True)" Application.DisplayFormulaBar = True ActiveWindow.DisplayHeadings = True End Sub 4. Agora sim, tudo pronto!
  • Mudar o mundo: cada um precisa fazer a sua parte

    Na hora de criticar não faltam pessoas, mas na hora de arremangar as mangas e fazer algo realmente importante são poucos. O homem desta chamada é muito conhecido e muito criticado, mas está fazendo a parte dele. O que tem feito para melhorar o mundo os que o criticam??? Falar é fácil, fazer não é! Você pode seguir comprando seu i-não_sei_o_que, mas se deseja mudar o mundo pode ser interessante colaborar com quem faz algo para que isso aconteça e não com quem apenas fala, fala, fala, ... A pós 20 anos de trabalho árduo, o Rotary e seus parceiros estão às vésperas de erradicar este mal. Mas, será preciso um golpe final para acabar com ele de uma vez por todas. Esta é a hora. Sua contribuição ajudará o Rotary a arrecadar US$200 milhões para equiparar parte dos US$355 milhões da doação-desafio da Fundação Bill e Melinda Gates . O total, US$555 milhões, será revertido em campanhas de imunização nos países onde a enfermidade ainda se faz presente. http://www.rotary.org/pt/serviceandfellowship/polio/pages/ridefault.aspx Nesse eu acredito, os outros que sigam falando...
  • Jogos gratuítos via browser

    Primeiro uma lista básica: MSN Games Newgrounds Shockwave Kongregate AddictingGames Miniclip NinjaKiwi Candystand Pogo King Agora aqui tem mais de 100 jogos grátis: http://www.microsoft.com/games/playyourgame/ Procurando jogos do tipo massively multiplayer online (MMO)? FarmVille MMA Pro Fighter Ravenwood Fair Mafia Wars Restaurant City Happy Aquarium FIFA Superstars Millionaire City Pet Society Bejeweled Blitz Mais jogos no hub Microsoft Game: http://games.msn.com/#/ Jogos casuais para download: Bejeweled 3 Mahjong Wisdom Osmos Plants vs. Zombies Slingo Deluxe Club Bing: http://www.clubbing.com/
  • MVP Crystal Wedge Award - 5+ years

    O Programa MVP está reconhecendo todos os MVPs que receberam o MVP Award por cinco ou mais anos com um disco especial para ser acoplado ao troféu oficial do programa. Pois como estou em meu 6º ano, também recebi o meu e compartilho a foto de meu troféu aqui com os amigos! Deixo aqui o meu Muito Obrigado a todos os que de alguma forma contribuíram para estas conquistas!
    Filed under:
  • No Splash Screen

    Você gostaria de remover a tela de boas vindas de vários programas para carregá-los mais rápido? Pois vejamos aqui como fazer isto com o Office: Excel : Use o switch " /e ". Ex.: Crie um atalho com o seguinte comando: "C:\Program Files\Microsoft Office\Office14\excel.exe" /e Word : Aqui o switch é " /q ". Ex.: "C:\Program Files\Microsoft Office\Office14\Word.exe" /q PowerPoint : Switch " /splash ". Ex: "C:\Program Files\Microsoft Office\Office14\PowerPoint.exe" /splash Ok, mas e agora o que fazer com o Outlook e outros programas que não são do Office e eu não conheço os switchs? O método mais prático é usar um software para isso: Splash Killer : http://www.digitallis.co.uk/pc/SplashKiller/index.html
  • Ocultando a tela de boas vindas do Internet Explorer

    Para ocultar a tela de boas vindas do IE para todos usuários faça o seguinte: 1. Iniciar -> Executar -> regedit (precisa estar usando uma conta de administrador); 2. Localize e acesse a seguinte chave: HKEY_LOCAL_MACHINE\Software\Policies\Microsoft\Internet Explorer\Main ; 3. Crie uma nova chave REG_DWORD e atribua a ela o seguinte nome: DisableFirstRunCustomize ; 4. Defina o valor da nova chave para 1 ; Saia do editor do registro.
  • Variáveis Ocultas no Excel

    Você já desejou armazenar algumas variáveis no Excel, que pudessem ser chamadas durante a utilização da planilha, mas sem que fossem vistas pelo usuário, nem pudessem ser facilmente alteradas por ele? Pois isto pode ser obtido através do uso dos "Nomes" no Excel. Como assim? Você já utilizou o recurso de fornecer um nome a uma célula? Sim, clicando na caixa de nomes e informando o nome desejado! Neste exemplo foi atribuído o nome Dolar para o valor da cotação. A partir daí, toda vez que desejar este valor posso chamá-lo pelo nome, o que pode ser conferido na imagem abaixo. Mas o usuário pode ver este nome apenas expandindo a caixa de nomes. Como fazer então para que ele não veja o nome, mas ainda assim possa utilizá-lo? Vamos obter isso através do uso da criação de nomes ocultos no Excel. Como assim ocultos? Nomes com a propriedade de visibilidade selecionada para falso (visible = false) . Para obter isso faça o seguinte: Pressione Alt + F11 ; Selecione Inserir -> Módulo ; Copie o código abaixo personalizando-o da forma indicada. Sub VariaveisOcultas() Dim Nomes(), Valores() As Variant Nomes = Array("Nome1", "Nome2", "Nome3", "Nome4", "Nome5") Valores = Array("Valor1", "Valor2", "Valor3", "Valor4", "Valor5") For i = 0 To UBound(Nomes) ActiveWorkbook.Names.Add Name:=Nomes(i), RefersTo:=Valores(i), Visible:=False Next i End Sub Dentro do parêntese onde diz "Nome1", "Nome2", etc, informe os pelos quais deseja chamar as suas variáveis. Já nos parênteses onde diz "Valor1", "Valor2", etc, informe os valores que deseja obter de retorno quando as variáveis forem chamadas. O exemplo anterior ainda serve para o uso de suas variáveis. Basta digitar em uma célula da planilha =o_nome_que_você_escolheu que ao pressionar ENTER o nome será substituído por seu valor. Simples, rápido e fácil!
  • IPv6: sua rede está pronta?

    No dia 08/06/2011 foi realizado um teste com IPv6 por XBox.com, Bing.com, Facebook.com, Akamai.com e Google.com, sendo que todos eles operaram com dupla stack (IPv4 e IPv6) neste dia, sem problema algum, mas em breve a internet toda passará a IPv6. Você já está preparado para isso? Faça o teste aqui: http://blogs.technet.com/b/ipv6/archive/2011/02/11/ipv6-day.aspx Role a página e procure uma imagem como esta Se estiver preparado será is to o que verá. Fundo verde dizendo "Success". Caso ainda não esteja preparado, clique em "How to fix the Problem" para receber orientações sobre como adaptar-se.
  • Integração Windows Phone 7 e Windows Small Business Server 2011

    Saiu o RC (Release Candidate) da integração do Windows Phone 7 com o Windows Small Business Server 2011 Essentials. Quem sempre gostou de SBS vai adorar essa possibilidade de integração com o celular, mas não mais apenas de calendários, mensagens e contatos, mas sim para o gerenciamento do servidor... Este add-in proporcionará o gerenciamento remoto do servidor, permitindo que o usuário tenho acesso pelo celular a: - Alertas; - Gerenciamento de usuários: ver detalhes de contas, desabilitar contas e alterar senhas; - Dispositivos: ver detalhes de PCs e Macs, status de backup, possibilidade de iniciar ou parar um backup; - Live Support: este é um dos recursos mais interessantes. Com ele você pode ter na tela inicial do celular várias informações do servidor em tempo real, como: porcentagem de disco usada e alertas de rede, separados por nome de servidor.
  • Windows Update Error 0x80073712

    Se você está obtendo este erro é porque a sua base de atualizações do Windows está corrompido. Isso costuma ocorrer depois de algum tempo no Windows Vista e no Windows 7, mas a solução é extremamente fácil. 1. Acesse o seguinte endereço: http://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=123822 2. Faço o download da Ferramenta de Preparação de Atualização do Sistema para Windows Vista, Windows Server 2008, Windows 7 e Windows Server 2008 R2 (selecione a versão certa para o seu sistema); 3. Execute a ferramenta; 4. Execute o Windows Update novamente. Pronto, problema resolvido.
  • Arquivos perdidos

    Você já teve o infortúnio de perder dados muito importantes que estavam em seu disco? Quem nunca teve, certo? Perder dados não chega a ser algo de todo raro, pois os motivos podem ser vários: apagamento indevido; falha de energia; formatação desavisada; etc. O que não pode ocorrer é dá-los por perdidos. Mas então como recuperá-los? Pois existem um software excelente para isto. Ele é produzido pela Runtime Software e chama-se Get Data Back . Realmente não teria como o nome ser mais sugestivo. Com este software de interface extremamente intuitiva Você consegue facilmente recuperar os seus dados que julgava estarem perdidos. Infelizmente ainda não há versão em português, apenas inglês, alemão, espanhol, francês e húngaro. Conheça e teste este software. Você vai se surpreender!
  • Desejando testar o Office 2010?

    Pois aproveite e faça o download de um trial (versão de avaliação) para conhecer o produto. Certamente irá adorá-lo.
  • Salvando conteúdo de planilha e arquivo texto

    Digamos que você deseja salvar o conteúdo da coluna A em um arquivo texto com o nome da coluna B, na pasta da coluna C. Neste caso insira o código abaixo em um módulo e execute a macro: Sub XLS2TXT() Dim intRow As Integer intRow = 1 Close Do Until IsEmpty(Cells(intRow, 1)) Open Range("C1").Value & "\" & Cells(intRow, 2) & ".txt" For Output As #1 Print #1, Cells(intRow, 1).Value Close intRow = intRow + 1 Loop End Sub
  • Determinando onde está a pasta de arquivos temporários do Windows

    Você já desejou identificar onde está a pasta de arquivos temporários do Windows através de sua planilha? Coloque o seguinte código em um módulo e execute ele: Declare Function GetTempPath _ Lib "kernel32" Alias "GetTempPathA" _ (ByVal nBufferLength As Long, _ ByVal lpBuffer As String) As Long Public Function fncGetTempPath() As String Dim PathLen As Long Dim WinTempDir As String Dim BufferLength As Long BufferLength = 260 WinTempDir = Space(BufferLength) PathLen = GetTempPath(BufferLength, WinTempDir) If Not PathLen = 0 Then fncGetTempPath = Left(WinTempDir, PathLen) Else fncGetTempPath = CurDir() End If End Function Sub Test() MsgBox fncGetTempPath End Sub
  • Criando um timer no Excel

    Hoje respondi a uma pergunta no forum sobre como se criaria um timer para a execução de uma macro no Excel, pois aqui vai a solução: Para que o timer seja iniciado ao abrir a planilha inclua este código em EstaPasta_de_trabalho : Private Sub Workbook_Open() Call iniTimer End Sub Agora insira um módulo e nele adicione o seguinte código (Inserir -> Módulo): Public Sub iniTimer() Application.OnTime EarliestTime:=Time + TimeValue("00:00:05"), Procedure:="minhaMacro" End Sub Public Sub minhaMacro() On Error Resume Next MsgBox ("Passou o tempo!") Application.OnTime EarliestTime:=Now + TimeValue("00:00:05"), Procedure:="minhaMacro" End Sub Public Sub paraTimer() Application.OnTime EarliestTime:=Now + TimeValue("00:00:01"), Procedure:="minhaMacro", Schedule:=False End Sub Naturalmente que o código de meu exemplo não faz muito sentido, pois apenas informa que o tempo passou, mas basta que você substitua a linha MsgBox ("Passou o tempo!") , pelo conteúdo que deseja executar com o timer, que seu código estará pronto. Onde está o truque? No evento Application.OnTime Onde o tempo é definido? No parâmetro EarliestTime Espero que gostem e façam bom proveito!
  • BI no Excel 2010

    Você já desejou usar BI no Excel, mas desistiu em função da limitação da quantidade de linhas (1.048.576)? A limitação não chegou a ser um problema tão grande, pois você deixava a base de dados fora e lançava na planilha as análises? Ok, mas e se as análises utilizassem mais do que as 1.048.576 linhas? Pois a solução já existe e é gratuíta! Com ele você pode trabalhar com centenas de milhões de linhas, importar dados de múltiplas fontes, criar relacionamentos entre os dados importados, visualizar os dados importados através de tabela pivô (PivotTables) ou gráficos pivô (PivotCharts), publicar os resultados no SharePoint para rápida visualização da equipe, usar as novas expressões DAX (Data Analysis BLOCKED EXPRESSION para BI e tudo isso diretamente de dentro do Excel 2010!!! Para rodar ele precisa do .NET Framework 3.5 SP1 (que já vem instalado por padrão no Windows 7) instalado em sua máquina e uma instância do SQL Server 2008 (que é adicionada durante a instalação). Se você precisas acessar bases muito grandes será recomendável que utilize a versão de 64-bits do Excel, pois ela é capaz de gerenciar mais memória e portanto fornecerá resultados mais rápidos. Em função do gerenciamento de memória, pode ser que em cenários de bases de dados extremamente grandes, sua aplicação não rode. Uma vez instalado ele adicionará uma nova guia à sua faixa do Excel: Espero que gostem! Downloads aqui: http://www.powerpivot.com/index.aspx
  • MyPhoneExplorer 1.8.0

    Disparado este foi o melhor software que já vi para celular. Muito superior ao que veio com ele. Ele funciona para qualquer celular Android e consegue inclusive sincronizar suas mensagens, contatos e agenda com o Outlook 2010 64-bit, o que o Windows Mobile Device Center ainda não faz, para dispositivos com Windows Mobile. Com o telefone conectado, além de carregá-lo o programa mostra como anda a carga do aparelho e lhe permite explorar suas listas de contatos, chamadas (realizadas, recebidas e perdidas), agenda de compromissos, mensagens SMS e arquivos. Na imagem acima a lista de chamadas. A partir dela você pode enviar SMS, iniciar chat ou realizar uma chamada telefônica. Além de permitir sincronizar agenda, contatos e compromissos com o outlook ele permite que você realize um backup do aparelho, ou faça a restauração do mesmo. Outro dado muito bom, o software é grátis ! Onde obtê-lo? http://www.fjsoft.at/en/downloads.php Eu gosto muito dele, espero que também gostem!
  • Cyberlink PowerProducer 5.5 Ultra

    Hoje testei o PowerProducer 5 Ultra da Cyberlink O software é realmente espetacular. Capaz de gravar vídeos em Blue-ray, HD DVD, AVCHD, DVD-VR, DVD-RAM, VCD, SVCD, BDAV e BDMV. Ele possui uma grande gama de menus para se escolher Com menus bem intuitivos Capacidade para criar slideshows com as fotos e inclusive de definir se desejar salvar para telas widescreen ou não. Segundo a documentação precisa apenas de 2 GB RAM para a criação de vídeos. Isto não consegui aferir pois testei em um equipamento com 16 GB RAM e claro, a criação de um vídeo foi super rápida. Gostei muito do produto, recomendo!
    Filed under:
  • Identificando o número que ocorre com maior frequência numa série

    Suponhamos que você tenha uma série com os seguintes dados: 0 0 0 1 1 0 0 1 1 0 Então, você precisa saber qual o número que ocorre com maior frequência. Para isto basta inserir em uma célula qualquer o seguinte código: =MODO.ÚNICO(A1:A10) -> Office 2010 =MODO(A1:A10) -> Excel 2007 Resposta = 0 Sempre lembrando que na hora de confirmar o conteúdo da célula você NÃO PODE pressionar apenas ENTER, mas sim, TEM QUE pressionar Shift + Ctrl + Enter . Ok, mas e se os dados forem os abaixo e o meu interesse for saber o que ocorre com maior frequência na coluna B, quando o número da coluna A é superior a zero? 0 1 0 3 0 3 1 4 1 4 0 4 0 4 1 5 1 4 0 5 Neste caso você usará a seguinte fórmula: =MODO.ÚNICO(SE(A1:A10>0;B1:B10)) -> Lembre-se que para o Office 2007 deve retirar o ".ÚNICO" e deve inserir os dados com Ctrl + Shift + Enter. Resposta = 4 E se houver dois números com a mesma quantidade? Este função retornará apenas o primeiro deles. Ok, mas se eu desejar saber quais os dois com maior quantidade? Então use a seguinte função, mas coloque-a em duas células (selecionando ambas antes de digitar a função e confirmando da forma acima): =MODO.MULT(SE(A1:A10>0;B1:B10)) Se desejar saber os 3? Selecione 3 células antes de digitar a função. Detalhe muito importante: A função não lista os números por ordem de quantidade de ocorrências, apenas mostra quem mais ocorreu. Em caso de empate é que ela mostrará mais de um número.
  • World Top 150 SMB

    Foi divulgada hoje a lista dos 150 maiores influenciadores do mundo, no mercado de TI para pequenas e médias empresas. Apenas um da américa latina! Em primeiro lugar quero agradecer MUITO aos meus queridos amigos e clientes que votaram em mim, pois é uma honra MUITO grande fazer parte desta lista! Reproduzo logo abaixo a lista publicada: Last Name First Name Company [Position] Country Anderson Richard Next Level Café [CEO and Co-Owner] USA Austin Travis Rezitech [CEO] Australia Babinchak Amy ThirdTier [Consultant] USA Bahl Rick Quality Systems Solutions, Inc. [President] USA Bangs Chris Telephonation [Owner] USA Banks Steve Banks Consulting Northwest [CEO] USA Barlow Scott Reflexion [Vice President of Sales] USA Barrett Tim SKYE Technologies [] USA Bates Cindy Microsoft [General Manager, US Small Business Group] USA Beard Tim Networthy Systems [President] USA Bell Teresa Citrus Networking Solutions Group [Vice President] USA Bellini Arnie Connectwise [CEO] USA Benner Brad X-BAR [CEO and Founder] USA Bentz Don Preferred IT Group [] USA Blackie Gerald Kaseya [Chairman and CEO] USA Blundell Gregg Integral Systems [] USA Booker Aaron VarVid Bradley Susan TSHB Braun Jacob WakaDigital Brelsford Harry SMB Nation Brown Eileen AMASTRA Brown Gareth Sytec Brown Kevin Symform Buchianico Rayanne ABC Solutions Bumbernick William Alteva Bush Debi CMIT Denver Carney Tim SFBay-Link Network Services Cash James JamesCash.co.uk Cayouette Scott BTS Technologies Inc Chang Linus Coretex I.T. Labs Chase Chris Joom Connect, Directive Chavez Tony Just Handle IT Christian Karen North County Technology Group Cioffi Robert Progressive Computing Cohen Robert Trusted Business Advisors Coker Frank CoreConnex Connor Les C-Five Ltd Cooch Mike Kutenda Correia Ed Sagacent Technologies Crall Mark Autotask Craven Henry CI Infromation Technology Crawford Stuart Ulistic Crotty Justin NetEnrich CunninghamHoward Macro Systems Daniel Sean Microsoft Dansey Susanne Purple Cow Ideas Management Di Miceli Leonard SpamSoap DiCostanzo Len Autotask Dippell Paul Service Leadership Dove Barbara Dove Help Desk Edwards Jeannine Connectwise [Director] USA Elder Philip MPECS, Inc. Epp Dana Scorpion Software Corp Forsen Rich Virtual Administrator Fox Bradley TriCon Technical Services Foxall James Tigerpaw Software Garvis Mitch SWMI Consulting Godgart Bob Autotask Goodman Andy SBS-Rocks.com Gross Chad Layton Flower Technologies Gurnee Frank CharTec Harper Andrew Gaeltek LLC Helbush Alan Where To Start Technology Solutions Hicks Curtis Center for Computer Resources Hicks James (J.D.) JD Hicks & Associates Hughes Frank Cloud Services Depot Hulsey Ted Sonicwall Jay Brett Paperless Concepts Johnson Fred Ross-Tek Joyce Rick Joyce Network Services Kam William Trend Micro Kane Gerard MSP Services Network Kenyon Richard HL Tech Solutions Kernan James Kernan Consulting Knap Marietta SmallBizServer.net Koutavas Jerry ASCII Lancaster Grey Leon Rob SpamSoap Ligman Eric Microsoft Locke Jim SMB Technology Network Loucks Jeff Available Technology Luby Amy Synnex Makowicz Matt Ambition Consulting Mazek Vlad OwnWebNow McBain Jay Lenovo McCabe Laurie SMB Group Middleton Jeff SBSmigration.com Morris Ryan Morris Management Group Muglia Jim Jim Muglia Computer Consulting & Maintenance Mulzer Beatrice SBSTraining.net Neale Eriq Third Tier [Consultant] USA Nitrio Bob Ranvest Associates Otterson Roger Qualitec Overton David Microsoft Palachuk Karl KPEnterprises Panettieri Joe Nine Lives Media Parkes Andy IBIT Solutions/AMITPRO Group Lead Pica Gary TruMethods Powers Brook Techserve Quintero Fernando McAfee [Vice President for Americas] USA Reaves Chip Computer Troubleshooters Reuben Michael L.A. Computer Works Robins Robin Technology Marketing Toolkit Rocha Carlos F P Consulting Business Solutions [CEO] Brazil (a empresa não havia constado da lista, mas aqui eu incluo ela) Rogers Alex ARRC Technology Inc. / CharTec Roos Marina [] Germany Royalty Kevin Total Care Computer Consulting Rue Chris Black Warrior Technology Russell David ManagetoWin Sandiford Peter Level Platforms Schafran David Transformation Strategies Inc Schulze Larry Taylor Business Group Scott Walter GFI Seibert Dave IT Innovators Selbst Stuart Stuart Selbst Consulting Shackelford David Third Tier [Consultant] USA Sherman Brian Tech Success Communications Shoer M.J. Jenaly Technology Group Sierchio George Action Business Partners Simpson Erick MSPU Skreptos Nick SUPERAntiSpyware Small Wayne SBSfaq.com [CEO] Australia Smith Lane Do IT Smarter Sobel Dave Evolve Sommer Oliver Trinity Computer Sorensen Arlin HTG Spring Jan eFolder Starks Greg Hewlett Packard Sturgill Dan Live Virtual Help Desk Sweeney Sean Level Platforms Teiger Steven [] Israel Thibodeaux Todd CompTIA Thoreson Ken Acumen Management Group Thorsell Erik Success Computer Consulting Timm Chris TCG Computer Services Ltd Tinnirello Vince Anchor Network Solutions Travis Hilton Quark Group Trish Andy NCI Technologies/UK SBSC PAL Tubb Richard JamesCash.co.uk Vogel Bob Autotask Walling Luke AVG Walsh Larry The 2112 Group Weaver Charles International Association of Managed Services Providers Webster Eric Doyenz Weilbacher Kevin KW Support & Consulting Weinberger Alan ASCII Wensley Dan Level Platforms West Jamison Jamison West Consulting Services Williams Nancy Cloud Services Depot Yarbrough Ben Calyptix Security Corporation A lista está em ordem alfabética do sobrenome, portanto não sei em que colocação fiquei, mas sinceramente, por mim poderia ser o 150 que já estaria feliz demais. Que belo presente do Papai Noel!!
  • Excel 2010: Especificações e limites de pasta de trabalho compartilhada

    Recurso Limite máximo Usuários que podem abrir e compartilhar uma pasta de trabalho compartilhada (pasta de trabalho compartilhada: uma pasta de trabalho configurada para permitir que vários usuários de uma rede vejam e façam alterações nela ao mesmo tempo. Cada usuário que salva a pasta de trabalho vê as alterações feitas pelos demais usuários.) ao mesmo tempo 256 Exibições (modo de exibição: um conjunto de configurações de exibição e impressão que você pode determinar e aplicar a uma pasta de trabalho. É possível criar mais de um modo de exibição da mesma pasta de trabalho sem salvar cópias separadas da pasta de trabalho.) personalizadas em uma pasta de trabalho compartilhada Limitado pela memória disponível Dias em que o histórico de alteração (histórico de alterações: em uma pasta de trabalho compartilhada, as informações mantidas sobre alterações em sessões de edição passadas. As informações incluem o nome da pessoa que fez cada alteração, quando a alteração foi feita e os dados que foram alterados.) é mantido 32.767 (o padrão é 30 dias) Pastas de trabalho que podem ser mescladas ao mesmo tempo Limitado pela memória disponível Células que podem ser realçadas em uma pasta de trabalho compartilhada 32.767 Cores usadas para identificar alterações efetuadas por diferentes usuários quando está ativado o realce de alteração 32 (cada usuário é identificado por uma cor separada; as alterações efetuadas pelo usuário atual são realçadas em azul marinho) Tabelas do Excel em uma pasta de trabalho compartilhada 0 (zero) Observação Uma pasta de trabalho que contém uma ou mais tabelas do Excel não pode ser compartilhada.
  • Excel 2010: Especificações e limites de gráficos

    Recurso Limite máximo Gráficos vinculados a uma planilha Limitado por memória disponível Planilhas a que se refere um gráfico 255 Seqüências de dados (série de dados: pontos de dados relacionados plotados em um gráfico. Cada série de dados em um gráfico tem uma cor ou um padrão exclusivo e é representada na legenda do gráfico. É possível plotar uma ou mais séries de dados em um gráfico. Os gráficos de pizza têm somente uma série de dados.) em um gráfico 255 Pontos de dados (pontos de dados: valores individuais plotados em um gráfico. Os pontos de dados relacionados constituem uma série de dados e são representados por barras, colunas, linhas, fatias, pontos e outras formas. Essas formas são denominadas marcadores de dados.) em uma seqüência de dados para gráficos 2D 32.000 Pontos de dados em uma seqüência de dados para gráficos 3D 4.000 Pontos de dados para todas as seqüências de dados em um gráfico 256.000
  • Excel 2010: Especificações e limites de relatório tabela ou gráfico dinâmicos

    Recurso Limite máximo Relatórios de tabela dinâmica (relatório de tabela dinâmica: um relatório de referências cruzadas interativo do Excel que resume e analisa dados, como registros de banco de dados, de várias fontes, incluindo fontes externas ao Excel.) em uma planilha Limitado pela memória disponível Itens exclusivos por campo 1.048.576 Campos de linha (campo de linha: um campo ao qual foi atribuída uma orientação de linha em um relatório de tabela dinâmica. Os itens associados ao campo de linha são exibidos como rótulos de linha). ou de coluna (campo de coluna: um campo ao qual foi atribuída uma orientação de coluna em um relatório de tabela dinâmica. Os itens associados ao campo de coluna são exibidos como rótulos de coluna.) em um relatório de tabela dinâmica Limitado pela memória disponível Filtros de relatório em um relatório de tabela dinâmica 256 (pode ser limitado pela memória disponível) Campos de valor em um relatório de tabela dinâmica 256 Fórmulas de item calculado (item calculado: um item em um campo de tabela dinâmica ou de gráfico dinâmico que usa uma fórmula criada por você. Os itens calculados podem executar cálculos com o conteúdo de outros itens dentro do mesmo campo do relatório de tabela dinâmica ou de gráfico dinâmico.) em um relatório de tabela dinâmica Limitado pela memória disponível Filtros de relatório em um relatório de gráfico dinâmico (relatório de gráfico dinâmico: um gráfico que fornece uma análise interativa de dados, como um relatório de tabela dinâmica. É possível alterar os modos de exibição dos dados, ver diferentes níveis de detalhe ou reorganizar o layout do gráfico arrastando campos e exibindo ou ocultando itens em campos.) 256 (pode ser limitado pela memória disponível) Campos de valor em um relatório de gráfico dinâmico 256 Fórmulas de itens calculados em um relatório de gráfico dinâmico Limitado pela memória disponível Extensão do nome MDX para um item da Tabela Dinâmica 32.767 Extensão de uma cadeia de caracteres relacional da Tabela Dinâmica 32.767
  • Excel 2010: Especificações e limites de cálculo

    Recurso Limite máximo Precisão de número 15 dígitos Menor número negativo permitido -2,2251E-308 Menor número positivo permitido 2,2251E-308 Maior número positivo permitido 9,99999999999999E+307 Maior número negativo permitido -9,99999999999999E+307 Maior número positivo via fórmula permitido 1,7976931348623158e+308 Maior número negativo via fórmula permitido -1,7976931348623158e+308 Comprimento do conteúdo da fórmula 8.192 caracteres Comprimento interno da fórmula 16.384 bytes Iterações 32.767 Matrizes de planilha Limitado pela memória disponível Intervalos selecionados 2.048 Argumentos em uma função 255 Níveis aninhados de funções 64 Categorias de função definidas pelo usuário 255 Número de funções de planilha disponíveis 341 Tamanho do empilhamento operando 1.024 Dependência de planilha cruzada 64.000 planilhas que podem se referir a outras planilhas Dependência de fórmula de matriz de planilha cruzada Limitado pela memória disponível Dependência de área Limitado pela memória disponível Dependência de área por planilha Limitado pela memória disponível Dependência em uma única célula 4 bilhões de fórmulas que podem depender de uma única célula Comprimento do conteúdo da célula vinculado a pastas de trabalho fechadas 32.767 Data mais antiga permitida para cálculo 1º de Janeiro de 1900 (1º de Janeiro de 1904, se for usado o sistema de datas 1904) Data mais avançada permitida para cálculo 31 de Dezembro de 9999 Máximo de tempo que pode ser inserido 9999:59:59
  • Excel 2010: Especificações e limites de planilha e de pasta de trabalho

    Recurso Limite máximo Pastas de trabalho abertas Limitado pela memória disponível e pelos recursos do sistema Tamanho da planilha 1.048.576 linhas por 16.384 colunas Largura da coluna 255 caracteres Altura da linha 409 pontos Quebras de página 1.026 na horizontal e na vertical Número total de caracteres que uma célula pode conter 32.767 caracteres Caracteres em um cabeçalho ou rodapé 255 Planilhas em uma pasta de trabalho Limitado pela memória disponível e pelos recursos do sistema (o padrão é 3 folhas). Cores em uma pasta de trabalho 16 milhões de cores (32 bits com acesso total ao espectro de cores de 24 bits) Exibições (modo de exibição: um conjunto de configurações de exibição e impressão que você pode determinar e aplicar a uma pasta de trabalho. É possível criar mais de um modo de exibição da mesma pasta de trabalho sem salvar cópias separadas da pasta de trabalho.) nomeadas em uma pasta de trabalho Limitado pela memória disponível Formatos/estilos de célula exclusivos 64.000 Estilos de preenchimento 32 Espessura e estilos de linha 16 Tipos exclusivos de fonte 1.024 fontes globais disponíveis para uso; 512 por pasta de trabalho Formatos de número em uma pasta de trabalho Entre 200 e 250, dependendo da versão do idioma do Excel instalado Nomes em uma pasta de trabalho Limitado pela memória disponível Janelas em uma pasta de trabalho Limitado pela memória disponível Painéis em uma janela 4 Planilhas vinculadas Limitado pela memória disponível Cenários (cenário: um conjunto nomeado de valores de entrada que você pode substituir em um modelo de planilha.) Limitado pela memória disponível; um relatório resumido mostra somente os primeiro 251 cenários. Células variáveis em um cenário 32 Células ajustáveis no suplemento Solver 200 Funções personalizadas Limitado pela memória disponível Intervalo de zoom 10 por cento a 400 por cento Relatórios Limitado pela memória disponível Referências classificadas 64 em uma única classificação; ilimitado quando usar classificações seqüenciais Níveis de desfazer 100 Campos em um formulário de dados 32 Parâmetros de pasta de trabalho 255 parâmetros por pasta de trabalho Listas suspensas de filtro 10.000
  • Combinações com a tecla Ctrl como atalhos do Excel

    Abaixo coloco uma lista de combinações com a tecla Ctrl que ativam atalhos de teclado no Excel: Ctrl + 1 -> Formatar conteúdo da célula atual; Ctrl + 2 -> Ativar Negrito na célula atual; Ctrl + 3 -> Ativar Itálico na célula atual; Ctrl + 4 -> Ativar Sublinhado na célula atual; Ctrl + 8 -> Mostra os símbolos de tópicos da planilha, caso haja algum. Se não houver, sugere criação deles; Ctrl + 9 -> Ocultar linha atual; Ctrl + 0 -> Ocultar coluna atual; Ctrl + - -> Abre janela para excluir conteúdo; Ctrl + W -> Fecha a pasta de trabalho atual, dando a opção de salvar as alterações; Ctrl + R -> (Rght) Copia o conteúdo da célula da esquerda, atualizando as colunas, se for uma fórmula; Ctrl + T -> (Table) Seleciona todo o conjunto de células contínuas à atual, ou a alguma que seja contínua a ela ou a outra já selecionada. Em resumo, tenta identificar e selecionar uma tabela; Ctrl + U -> Abre janela para substituir uma expressão por outra; Ctrl + I -> O mesmo que Ctrl + 3; Ctrl + O -> (Open) Abre uma pasta de trabalho nova; Ctrl + P -> (Print) Abre a janela para impressão; Ctrl + A -> Abre janela para abrir arquivo; Ctrl + S -> O mesmo que Ctrl + 4; Ctrl + D -> (Down) Copia conteúdo da célula de cima, atualizando as linhas, se for uma fórmula; Ctrl + F -> Copia a fórmula da célula acima, mas não atualiza dados, se for uma fórmula; Ctrl + G -> (Go) Abre a janela Ir para..., possibilitando o deslocamento a outra posição na planilha; Ctrl + H -> Insere conteúdo da célula acima e permite seguir adicionando mais dados. Equivale a copiar o conteúdo e mandar editá-lo; Ctrl + K -> Abre janela para inserir hiperlink; Ctrl + L -> Abre janela para localizar expressão na planilha; Ctrl + ] ou \ -> Faz alguma coisa, mas ainda não consegui identificar o que. Se alguém souber, por favor me avise que atualizo aqui; Ctrl + Z -> Desfaz a última ação realizada; Ctrl + X -> Recorta o conteúdo da célula atual e o coloca na área de transferência; Ctrl + C -> Copia o conteúdo da célula atual para a área de transferência; Ctrl + V -> Cola o conteúdo da área de transferência na célula atual; Ctrl + B -> Abre a janela Salvar como...; Ctrl + N -> O mesmo que Ctrl + 2; Ctrl + ; -> Insere a data atual na célula, permitindo que continuemos a edição da célula; Ctrl + / -> O mesmo que Ctrl + A.
  • Adicionando a Lixeira no menu iniciar e no menu de contexto enviar para...

    Digamos que você deseje acessar a lixeira do seu Windows Vista ou 7. Então você clica em Iniciar e digita Lixeira ou Recycle Bin . O que acontece? O Windows não encontra a lixeira. Mas como fazê-lo encontrar então? Você precisa adicionar um atalho para a lixeira, no menu iniciar. Existem dois menus iniciar no Windows. Um pessoal e outro para todos os usuários. Este truque funciona na pasta do menu pessoal. Pois vamos à solução: 1. Abra o Windows Explorer ; 2. Clique na barra de endereços e digite o seguinte: C:\Usuários\ seu_nome \AppData\Roaming\Microsoft\Windows\Menu Iniciar ; 3. Agora dê um clique direito nesta pasta e escolha Novo e depois selecione Atalho ; 4. Na caixa Criar atalho informe o seguinte endereço: explorer.exe shell:RecycleBinFolder ; 5. No nome para o link digite: Lixeira ; 6. Por padrão, o ícone surgirá como sendo um computador; 7. Dê um clique direito no atalho e selecione Propriedades ; 8. Então clique em Alterar Ícone ; 9. Agora clique na caixa Procurar ícones neste arquivo e digite %SystemRoot%\system32\imageres.dll ; 10. Aí só falta escolher o ícone da Lixeira e clicar em OK . Caso deseje criar um ícone no Enviar para também, basta repetir os passos, apenas alterar a pasta do passo 2 para C:\Usuários\ seu_nome \AppData\Roaming\Microsoft\Windows\SendTo.
  • MVP 6.0!!!!!

    Queridos amigos, saiu hoje a minha renovação como MVP. Vamos lá, pelo sexto ano consecutivo! Estou muito feliz! Como pode ser que alguns amigos ainda não saibam o que significa MVP, posto aqui uma definição fornecida pelo Rodolfo Roim, MVP Lead do Brasil. Microsoft MVP - Independent Experts. Real World Answers ..: Most Valuable Professional Profissionais reconhecidos, confiáveis e acessíveis, que têm experiência em um ou mais produtos Microsoft® e que participam ativamente de comunidades on-line e off-line com o intuito de compartilhar seu conhecimento e experiência com outros clientes Microsoft. Aqui tem alguns links da Microsoft Brasil: que é um Microsoft MVP? Conheça nossa equipe executiva e descubra o que é um Microsoft MVP na Visão Geral . Onde encontrar os MVPs? Os MVPs podem ser encontrados em várias comunidades online de tecnologia da Microsoft. Junte-se aos MVPs nas Comunidades Microsoft ! O que é preciso para se tornar um MVP? Os MVPs são reconhecidos por sua participação nas comunidades técnicas. Para obter mais informações, leia nossa seção de Perguntas Mais Freqüentes . O caminho para se tornar um MVP sempre começa pela participação nas Comunidades Microsoft ! Quem são os MVPs? Vários desenvolvedores e profissionais de tecnologia brasileiros já foram agraciados com a chancela Microsoft MVP , possibilitando o reconhecimento de seus pares e um novo patamar de atuação no mercado de tecnologia. Saiba quem são esses "feras", e conheça seu perfil de trabalho e motivações pessoais. Conheço um profissional que merece o título MVP. Posso indicá-lo? Mande um e-mail descrevendo o perfil do profissional, os dados de contato, e as razões da sua indicação. As informações serão analisadas pela equipe do programa MVP no Brasil.
  • ServerQuest II

    Que tal depois do trabalho um joguinho de TI? Esta é mais uma forma de se divertir! Conheça o ServerQuest II game !
    Filed under:
  • SyncToy 2.0

    Você precisa manter arquivos sincronizados entre o seu desktop, notebook e o computador de casa? Pois é justamente para isto que existe o SyncToy 2.0 ! Naturalmente ele também serve como um excelente ferramenta de backup. ElE é intuitivo e possui uma excelente interface e ainda possui 5 formas diferentes de realizar a sincronização. Não perca mais tempo, faça o download e comece a usufruir de mais este software grátis da Microsoft!
  • Windows SteadyState

    Se você gerencia computadores em uma escola, laboratório, biblioteca ou cyber café, este programa é para você. Com ele você consegue definir o que os usuários podem ou não fazer no sistema e assim garantir que ele funcione sempre da mesma forma. Conheça o Windows SteadyState !
  • WorldWide Telescope

    Que tal possuir um telescópio em seu computador? Desfrute do imagens do telescópio espacial Hubble, no conforto de seu lar. Você pode passear pelo universo e quem sabe encontrar alguma espaçonave alienígena? É não creio que chegue a tanto, mas vale a pena conhecer o WorldWide Telescope !
  • XML Notepad 2007

    Você já desejou ter um editor de XML básico, mas poderoso? Então você precisa conhecer o XML Notepad 2007 . Quanto custa? Nada. O desenvolvedor é confiável? Sim Não tem spyware nele? Não Quem o criou? Microsoft Até Intellisense ele possui... Já gostou? Saiba ainda mais aqui: http://msdn.microsoft.com/en-us/library/aa905339.aspx
  • Você conhece o Paint.NET?

    Paint.NET Este software começou como um projeto com .NET de dois alunos da Washington State University, mas constatou-se ser um programa tão bom para edição de imagens, além de um excelente exemplo da utilização da linguagem .NET que a Microsoft contratou os seus dois desenvolvedores e permitiu que eles continuassem o projeto, além de decidir oferecê-lo como um download gratuito. Além disso tudo ele possui uma interface intuitiva e é fácil de usar. Conheça-o! Ele é comparável a outros softwares que você já deve ter ouvido falar, como: Adobe Photoshop, Corel Paint Shop Pro ou The GIMP. Faça suas comparações e tire suas conclusões.
  • Configurando modem para acesso remoto com IP dinâmico

    Vários leitores do blog me enviaram e-mails perguntando como deviam configurar o modem para IPs dinâmicos, possibilitando seus acessos remotos. Bem, isso vai depender muito da marca e modelo do modem, pois os fabricantes podem implementar isto de diversas formas. Explico abaixo como fazer isso num modem D-Link 500-B (que é um dos mais comuns no mercado para ADSL). Se o seu modem for outro, procure por uma opção com nome similar. 1. Acesse ao mundo no endereço http://10.1.1.1 (este é o padrão, se você alterou ele, use o que colocou); 2. Informe usuário admin e senha admin (novamente estes são os padrões, se alterou, coloque os seus); 3. Clique em DNS ; 4. Clique em Dynamic DNS ; 5. Informe os dados conforme demonstrado na figura e depois clique em Add ; 6. Mande salvar e gravar ( Management > > Save & Reboot ). Pronto.
  • Menus do Office 2003 nas versões 2007 e 2010

    Momento Nostalgia! Você já está usando as versões 2007 ou 2010 do Office, mas ainda sente falta dos menus da versão 2003? Sem problemas. Vi essa dica sendo fornecida pelo Mauricio Cassemiro da Conceição e achei que valia a pena postar aqui. É um add-in desenvolvido por Ubit Schweiz e está disponível para download gratuito na Baixaki. UBit Menu 1.04 UBitMenu para Microsoft Office 2010
  • Salvando todos os documentos

    Digamos que você esteja trabalahndo com vários documentos do Word abertos ao mesmo tempo e deseja salvar todos eles de uma só vez. O que pode ser feito se estiver no Word 2007? Em versões anteriores tinhamos o botão Salvar Tudo com o ícone de vários disquetes, mas agora não temos mais (?). Temos sim, apenas não está visível e para fazê-lo aparecer faça o seguinte: 1. Clique no botão do Office e selecione Opções do Word ; 2. Clique em Personalizar no menu do lado esquerdo; 3. Na caixa Escolher comandos em , onde estará selecionado Comandos mais usados , altere para Todos os comandos ; 4. Na caixa com as opções de comandos, role até aparecer Salvar tudo ; 5. Clique em Adicionar > > ; 6. Clique em OK . Pronto, ele aparecerá ao lado do botão Localizar no topo da janela.
  • Restringindo a inserção de datas de finais de semana

    Digamos que você possua uma planilha onde devem ser inseridas datas em alguns campos, mas não podem ser inseridas datas referentes a finais de semana. Como você poderia evitar isso? Bem simples e nem precisa usar VBA: 1. Selecione a área onde deseja usar esta regra (por exemplo, nas células de C1 até C10); 2. clique no Menu Dados; 3. Clique em Validação de Dados na Ribbon e selecione Validação de dados... ; 4. No campo Permitir , altere de Qualquer valor para Personalizado ; 5. No campo Fórmula digite =E(DIA.DA.SEMANA(C1)<>1;DIA.DA.SEMANA(C1)<>7) ; 6. Selecione a caixa Aplicar alterações a todas as células com as mesmas configurações . Pronto! Repare que na fórmula eu informei apenas a célula C1, mas como marquei a caixa citada no item 6. e havia selecionado as células antes, a regra de validação foi aplicada a todo o intervalo de C1 até C10.
  • Trabalhando com zeros precedentes

    Algumas vezes estamos trabalhando com números onde precisamos que sejam expostos os zeros precedentes, mas ao digitarmos no Excel algo como 000005 , o que obtemos é 5 . Como então podemos forçar que sejam expostos todos os 5 zeros precedentes? Simples, formatando a célula da seguinte forma: 1. Digite o valor desejado (000005) em uma célula; 2. Com a célula onde está o valor selecionada (e onde agora você está vendo: 5 ), pressione Ctrl + 1 ; 3. Selecione a guia Número e dentro dela a categoria Personalizado ; 4. Do lado direito, no campo Tipo (onde estará escrito Geral, digite 6 zeros (para definir a quantidade de dígitos numérico que deseja); 5. Clique em OK. Pronto! Estará aparecendo 000005 na célula.
  • Como usar códigos VBA em planilha

    Para que você consiga usar códigos VBA em planilhas (como os que postei neste blog) são necessários os seguintes passos, para inserir o código em uma planilha e para executá-lo: Copie o código; Abra a planilha onde deseja usá-lo; Pressione Alt + F11 para abrir o Visual Basic Editor (VBE); A partir do Menu, selecione Insert -> Module; Cole o código no lado direito da janela; Feche o VBE e salve o arquivo, se desejar. Para executar o código: Pressione Alt + F8; Escolha o nome da macro que deseja executar e clique em Execute ou simplesmente dê dois cliques no nome da macro.
  • Recuperando senha de proteção de planilha Excel

    Digamos que você colocou uma senha de proteção em sua planilha, mas acabou esquecendo ela e agora precisa liberar o acesso à edição da mesma. O que fazer? Aqui apresento um script que utiliza a abordagem de força bruta para contornar este problema. Antes de partirmos para o script vamos entender uma coisa. O excel armazena o hash da senha informada e não a senha em si. Por um lado isto é muito positivo, mas por outro reduz a segurança. Por que? Porque basta que obtenhamos uma senha que gere o mesmo hash que teremos acesso aos dados, mesmo que ela não seja a mesma informada na hora da proteção. Pois é exatamente isto que o meu código faz, um ataque de força bruta (testando todas as combinações, baseado na tabela ASC-II) para obter um hash semelhante. Este código funciona muito bem para o Excel até a versão 2003. Da versão 2007 em diante a coisa complica, pois passa a ser usado outro sistema de segurança que é MUITO mais complexo de se burlar. Sub QuebraSenhaEsquecida() 'Declara variáveis Dim i As Integer, j As Integer, k As Integer Dim l As Integer, m As Integer, n As Integer Dim i1 As Integer, i2 As Integer, i3 As Integer Dim i4 As Integer, i5 As Integer, i6 As Integer 'Define a faixa por onde devem ocorrer os testes. São não preciso testar exatamente todas combinações em todas posições, pois se quero obter um hash On Error Resume Next For i = 65 To 66: For j = 65 To 66: For k = 65 To 66 For l = 65 To 66: For m = 65 To 66: For i1 = 65 To 66 For i2 = 65 To 66: For i3 = 65 To 66: For i4 = 65 To 66 For i5 = 65 To 66: For i6 = 65 To 66: For n = 32 To 126 'Identifica se senha funcionou ActiveSheet.Unprotect Chr(i) & Chr(j) & Chr(k) & _ Chr(l) & Chr(m) & Chr(i1) & Chr(i2) & Chr(i3) _ & Chr(i4) & Chr(i5) & Chr(i6) & Chr(n) 'Mostra senha funcional em mensagem (não é a que foi utilizada quando da proteção) If ActiveSheet.ProtectContents = False Then MsgBox "Uma senha utilizável é " & Chr(i) & Chr(j) _ & Chr(k) & Chr(l) & Chr(m) & Chr(i1) & Chr(i2) _ & Chr(i3) & Chr(i4) & Chr(i5) & Chr(i6) & Chr(n) Exit Sub End If Next: Next: Next: Next: Next: Next Next: Next: Next: Next: Next: Next End Sub
  • Removendo comentários do VBA

    Quando escrevo algum código em VBA, comento ele todo. Praticamente cada linha possui um comentário explicando o que estou fazendo ali e porque. Isso facilita a minha vida quando preciso adaptar algo depois de um tempo e quando tenho de interromper a codificação para retomar mais tarde. Mas qual o sentido de entregar um código todo comentado? Se o cliente deseja um código todo mastigadinho (ensinando a fazer), precisa pagar um adicional para isso, ainda que a grande maioria dos meus códigos seja desenvolvida com os comentários. Agora, se o cliente não deseja pagar pelos comentários (o que sai caro), o que fazer para removê-los da versão a ser entregue? Apagar linha por linha é cruel. Já fiz projetos com mais de 40.000 linhas, manualmente seria impossível apagá-las. Qual a solução então? Usar uma macro para isso. Pois aqui está ela: Option Explicit Sub SemComentarios() Dim n As Long Dim i As Long Dim j As Long Dim k As Long Dim LineText As String Dim ExitString As String For i = 1 To ActiveWorkbook.VBProject.VBComponents.Count With ActiveWorkbook.VBProject.VBComponents(i).CodeModule For j = .CountOfLines To 1 Step -1 LineText = Trim(.Lines(j, 1)) If LineText = "ExitString = " & _ """" & "Ignora comentários neste módulo" & """" Then Exit For End If n = InStr(1, LineText, "' ") Select Case n Case Is = 0 Case Is = 1 .DeleteLines j, 1 Case Is > 1 .ReplaceLine j, Left(LineText, n - 1) End Select Next j End With Next i ExitString = "Ignora comentários neste módulo" End Sub
  • Validando o domínio de um e-mail

    Este código de VBA serve de complemento ao postado antes, que verifica a sintaxe. Já este valida se o domínio é válido. Preparado para rodar com domínios .br, mas com pequeno ajuste funcionaria com os domínios .com também. Sub email() Dim txtEmail As String txtEmail = InputBox("Digite o endereço", "Endereço de e-mail") Dim ObjXML Dim ResultadoConsulta Dim Situacao If IsEmailValid(txtEmail) Then Dominio = Split(txtEmail, "@") If Len(Dominio(1)) < 9 Then Situacao = "Error ! The domain must have at least 3 characters" ElseIf Len(Dominio(1)) > 32 Then Situacao = "Error ! The domain must have at the maximum 26 characters" Else Set ObjXML = CreateObject("Microsoft.XMLHTTP") ObjXML.Open "GET", " http://registro.br/cgi-bin/nicbr/whois?qr =" & Dominio(1), False ObjXML.Send ResultadoConsulta = ObjXML.ResponseText If InStr(1, ResultadoConsulta, "Domínio inexistente") Then Situacao = "Disponível para registro" ElseIf InStr(1, ResultadoConsulta, "Consulta inválida") Then Situacao = "Erro! Sintaxe inválida " Else Situacao = "Domínio de e-mail válido" End If End If Else Situacao = "Sintaxe de e-mail inválida!" End If ' Mostra resultado MsgBox Situacao End Sub
  • Validando um e-mail pelo VBA

    Muitas vezes precisamos inserir e-mails em nossas planilhas, mas o que fazer se você deseja que estes e-mails sejam validados, a fim de evitar erros de digitação? Aqui está o código em VBA que realiza isso: Sub email() Dim txtEmail As String 'Obtém o endereço de e-mail txtEmail = InputBox("Digite o endereço", "Endereço de e-mail") Dim Situacao As String 'Identifica a situação dele If IsEmailValid(txtEmail) Then Situacao = "Sintaxe válida de e-mail!" Else Situacao = "Sintaxe inválida de e-mail!" End If ' Mostra o resultado MsgBox Situacao End Sub Function IsEmailValid(strEmail) Dim strArray As Variant Dim strItem As Variant Dim i As Long, c As String, blnIsItValid As Boolean blnIsItValid = True i = Len(strEmail) - Len(Application.Substitute(strEmail, "@", "")) If i <> 1 Then IsEmailValid = False: Exit Function ReDim strArray(1 To 2) strArray(1) = Left(strEmail, InStr(1, strEmail, "@", 1) - 1) strArray(2) = Application.Substitute(Right(strEmail, Len(strEmail) - Len(strArray(1))), "@", "") For Each strItem In strArray If Len(strItem) <= 0 Then blnIsItValid = False IsEmailValid = blnIsItValid Exit Function End If For i = 1 To Len(strItem) c = LCase(Mid(strItem, i, 1)) If InStr("abcdefghijklmnopqrstuvwxyz_-.", c) <= 0 And Not IsNumeric(c) Then blnIsItValid = False IsEmailValid = blnIsItValid Exit Function End If Next i If Left(strItem, 1) = "." Or Right(strItem, 1) = "." Then blnIsItValid = False IsEmailValid = blnIsItValid Exit Function End If Next strItem If InStr(strArray(2), ".") <= 0 Then blnIsItValid = False IsEmailValid = blnIsItValid Exit Function End If i = Len(strArray(2)) - InStrRev(strArray(2), ".") If i <> 2 And i <> 3 Then blnIsItValid = False IsEmailValid = blnIsItValid Exit Function End If If InStr(strEmail, "..") > 0 Then blnIsItValid = False IsEmailValid = blnIsItValid Exit Function End If IsEmailValid = blnIsItValid End Function
  • Ligando o computador de casa, pela internet

    Você já passou pela situação de estar na rua ou em uma viagem e precisar de um arquivo que ficou no computador de casa? Quem possui um servidor em casa está tranquilo, pois sabe que pode executar um WakeOnLan em sua máquina e assunto resolvido. O WakeONLan funciona através do envio de um pacote de broadcast na faixa de IP interna da rede, buscando por um MAC Address. Caso a placa de rede do computador a ser ligado ofereça suporte a este recurso o mesmo será ligado. Este recurso não suporta roteamento, portanto funciona apenas na rede interna. Para este caso eu gosto de usar o FUSION WOL, que pode ser obtido em http:///www.fusion-online.com.ar , um programa gratuito e de uso muito intuitivo. Mas e quem não possui um servidor em casa? Sem problemas, você também consegue fazer isso e roteando através de múltiplos servidores. Como? Bem, vamos por partes: 1) O primeiro passo é configurar a BIOS do seu computador para dar suporte ao recurso de ligar o computador pela rede. Você precisará de uma fonte ATX, para ter suporte a isso (99,99% das fontes comercializadas hoje em dia). Consulte o manual de sua placa-mãe para saber como configurar este recurso nela; 2) caso sua placa de rede não seja um componente da placa-mãe (onBoard), será necessário ler a documentação da placa para identificar a forma correta de configurá-la; 3) Você precisa ativar um recurso chamado WakeOnLan, ou algo parecido com isso. O nome pode variar de fabricante para fabricante; 4) O passo seguinte é configurar o seu modem para redirecionar a porta 7 ou 9 (pode haver variação, então se não desejar testar, redirecione ambas) para o seu computador, liberando o acesso via UDP ; 5) Caso após o modem você ainda tenha um roteador, precisa liberar o mesmo tipo de acesso a ela. Para realizar este procedimento você pode verificar o manual do modem ou do roteador; 6) Agora faça o download do WakeOnLan - Magic Packet Sender de Anil Rhemtulla , que é grátis, em http://magicpacket.free.fr/ ; 7) Caso você possua IP fixo pode passar para o próximo passo, mas se for um dos 99% de usuários que possuem IP dinâmico, precisará utilizar um serviço como NO-IP ( http://www.no-ip.com/ ) ou DynDNS ( http://www.dyndns.com/ ). Realmente não faz diferença por qual dos dois você optar. Faça o cadastro no serviço e realize o download do software cliente ou configure em seu modem/roteador para usar o serviço ( ideal , pois se o IP mudar depois de você ter desligado o computador, estará com o endereço antigo no site e não funcionará); 8) Se optar por utilizar o software, lembre-se de definir ele para rodar como um serviço; 9) No equipamento que for utilizar para ligar o seu computador remotamente instale o software citado no item 6 e configure ele para o acesso (estou usando a versão 2007 - 1.5, neste exemplo); No exemplo criei dois perfis, para usar em um notebook que pode estar conectado tanto na rede interna, quanto na internet. Vamos entender a configuração: Profile: Simplesmente representa o nome do perfil e deve ser o mais intuitivo possível; Host Name: Informe aqui o nome do computador (rede interna) ou o IP dele, caso seja fixo. Se for IP dinâmico, informe o URL do redirecionador; Subnet Mask: Selecione se deve usar a internet ou um pacote de broadcast interno da rede. A configuração já aparece automáticamente com a seleção; MAC Address: Este é o endereço MAC da placa de rede, que precisa ser informado. Caso você desconheça o mesmo, basta abrir uma janela do Prompt de Comando (Iniciar -> Executar -> cmd ou Iniciar -> cmd -> ENTER) e digitar nela ipconfig /all . A informação desejada aparecerá em Endereço físico. 10) Habilite o acesso à área de trabalho remota no computador a ser ligado, pois caso contrário nada disso terá adiantado. Tudo pronto, aproveite!!
  • Lendo arquivos .hlp no Windows Vista, 7, 2008 ou 2008 R2

    Caso você ainda não tenha reparado, não é mais possível ler arquivos .hlp no Windows Vista, 7, 2008 ou 2008 R2. Por que? Porque eles não possuem o arqvuivo WinHlp32.exe que permite esta leitura. Solução? Claro, basta fazer o download do arquivo em: http://support.microsoft.com/kb/917607
  • Precisão de cálculos com pontos flutuantes no Excel

    Já vi muita gente que precisa realmente trabalhar com grande precisão numérica, reclamando que o seu Excel "errou" um cálculo. Como isso ocorre? Vamos começar por um exemplo numérico para ficar mais fácil de constatarmos o problema. Digamos que preciso somar os três números abaixo e preciso de precisão total nos cálculos: Valor 1 = 45.031,400000002400 Valor 2 = 35.685,600000000000 Valor 3 = 1.523.133,000000000000 Soma no Excel = 1.603.850,000000000000 Resultado mais preciso = 1.603.850,000000002400 O que houve? Por que a precisão do Excel fez com que aqueles 24 simplesmente desapareçam? Bem, vamos entender então como funciona a precisão dos cálculos no Excel. Quando estamos trabalhando com números, estes nada mais são do que variáveis, ou seja, em termos de programação eles são interpretados como variáveis numéricas. Ok, mas dentro os tipos de variáveis que podemos usar, qual o utilizado pelo Excel? Aí é que está a questão, vários tipos de variáveis poderiam ser utilizados, mas estão como é determinado o tipo escolhido? Para padronizar a forma como as planilhas de cálculo funcionam, foi estabelecido um padrão internacional a ser seguido por todos desenvolvedores de planilhas. Este padrão foi definido pelo IEEE (Institute Of Electrical And Electronic Engineers) e definiu como devem ser tratados, em cálculos, os números de pontos flutuantes (aqueles que possuem vírgulas). Ficou definido que o padrão de variável a ser utilizado é Double. Ok, mas o que isso significa. Double significa uma variável de 8-bytes, ou em outras palavras, com até 15 dígitos. Naturalmente que isto não guarda relação alguma com a forma de exibição de números configurada em sua planilha. Mesmo que você tenha definido para apresentar apenas duas casas decimais após a vírgula, os cálculos serão procedidos com 15 dígitos. Qual a diferença entre 15 dígitos e 15 casas após a vírgula? Imensa, pois quando se fala de 15 dígitos, estamos falando de 15 dígitos, estejam eles do lado que estiverem da vírgula! Voltemos ao nosso exemplo e vejamos até onde os números são considerados em nossos cálculos: Valor 1 = 45.031,400000002400 -> 5 dígitos antes da vírgula e 12 após, totalizando 17, portanto sendo 2 desprezados. Como os dois últimos são "0" (zeros), nada se perde; Valor 2 = 35.685,600000000000 -> Mesmo tamanho do anterior, com dois últimos sendo "0" (zeros) também. Novamente nada se perde; Valor 3 = 1.523.133,000000000000 -> 7 dígitos antes da vírgula e 12 após, totalizando 19, sendo portanto 4 desprezados. Novamente os desprezados são os "0" (zeros). Soma = 1.603.850,000000002400 -> 7 dígitos antes da vírgula e 12 após, totalizando 19, sendo portanto 4 desprezados. Desta vez os 4 últimos são "2400", onde ocorre o despreza dos 24 que haviam "desaparecido" da resposta do Excel. Mas considerando que eu precise de precisão total, há como configurar minha planilha para considerar todos os dígitos? Não. Via VBA eu conseguiria realizar este cálculo com total precisão? Sim, mas não seria nada simples, pois ainda há outro problema. Além da planilha seguir este padrão, o próprio computador também o segue, portanto isto também precisaria ser contornado em seu código. Então não há como trabalhar com uma precisão superior a 15 dígitos? Há sim, basta instalar um complemento para isto, disponível em http://digilander.libero.it/foxes/index.htm . Ele amplia a precisão de 15 dígitos para 250 dígitos. Realmente se você ainda precisa de mais do que isso, melhor recorrer a um software estatístico!
  • BlackBerry Enterprise Server num Member Server da rede do SBS

    Normalmente o BES é instalado no mesmo equipamento onde roda o Exchange Server, mas você pode desejar instalar ele em um servidor membro, para balancear a carga, uma vez que ele pesa bastante num SBS. Como proceder? Primeiramente você precisará instalar neste Member Server as bibliotecas Messaging Application Programming Interface (MAPI) nem a Collaboration Data Object (CDO) 1.2.1. Para tanto faça o seguinte: Acesse o Microsoft Download web site e pesquise pelo artigo: 945835 ou pelo nome dele: Exchange Server 2003 MAPI CDO 1.2.1 and CDO 1.2.1. Faça o download do arquivo ExchangeMapiCdo.EXE , não do ExchangeMapiCdo.MSI . Quando questionado sobre Abrir ou Salvar o arquivo, clique em Salvar para colocá-lo na pasta que desejar e desta forma já possuir o arquivo para as próximas instalações. Abra o arquivo e faça com ele extraia os dados para uma pasta. Acesse a pasta onde os arquivos foram extraídos e clique no arquivo ExchangeMapiCdo.MSI para instalar or aquivos necessários do CDO e MAPI. Reinicie o servidor para inicializar o subsistema MAPI. Se você teve de interromper o processo de instalação do BES, acesse a pasta dos arquivos dele em C:\Research In Motion\BlackBerry Enterprise Server 5.0.2 e clique no arquivo Setup.exe . Desta forma vocêe continuará a instalação de onde havia parado.
  • SBS 2008 (Exchange) e BlackBerry Enterprise Server

    Cenário: Você acaba de migrar do seu SBS 2003 para o SBS 2008. Já está super satisfeito com os novos recursos dele, quando decide instalar o seu BlackBerry Enterprise Server 5.0.2 (BES) no servidor. Aí começa a receber alertas de que falta o arquivo CDO.DLL e que as bibliotecas MAPI estão desatualizadas. O que houve? O Exchange já não instalou isso? Até a versão 2003 do Exchange, sim, mas na 2007 (que vem com o SBS 2008), não! A partir da versão 2007 do Exchange, nem as bibliotecas Messaging Application Programming Interface (MAPI) nem a Collaboration Data Object (CDO) 1.2.1, são instaladas pelo produto. Para contornar este problema você precisará fazer o download delas do site da Microsoft . Para fazer o download e instalar o cliente MAPI, execute os seguintes passos: Acesse o Microsoft Download web site e pesquise pelo artigo: 945835 ou pelo nome dele: Exchange Server 2003 MAPI CDO 1.2.1 and CDO 1.2.1. Faça o download do arquivo ExchangeMapiCdo.EXE , não do ExchangeMapiCdo.MSI . Quando questionado sobre Abrir ou Salvar o arquivo, clique em Salvar para colocá-lo na pasta que desejar e desta forma já possuir o arquivo para as próximas instalações. Abra o arquivo e faça com ele extraia os dados para uma pasta. Acesse a pasta onde os arquivos foram extraídos e clique no arquivo ExchangeMapiCdo.MSI para instalar or aquivos necessários do CDO e MAPI. Reinicie o servidor para inicializar o subsistema MAPI. Se você teve de interromper o processo de instalação do BES, acesse a pasta dos arquivos dele em C:\Research In Motion\BlackBerry Enterprise Server 5.0.2 e clique no arquivo Setup.exe . Desta forma vocêe continuará a instalação de onde havia parado.
  • Recuperando a senha de root no Ubuntu

    Recebi alguns e-mails falando sobre meu post de recuperação da senha do SBS ( http://bit.ly/cfcdUg ), alegando que era uma falha do Windows e que isso jamais aconteceria no Ubuntu deles. Bem, eu já havia explicado que não era falha do sistema operacional, mas de qualquer forma, aqui vai para eles, como se pode obter o mesmo resultado no Ubuntu e reparem que é ainda mais fácil!! Para alterar a senha do usuário root em um computador rodando Linux, você só precisa reiniciar a máquina no modo de usuário único (single user mode) e resetar ela. Explicarei abaixo os passos para fazer isso numa instalação padrão do Ubuntu, com GRUB. Reinicie a máquina; Pressione a tecla ESC enquanto o GRUB estiver carregando, para acessar ao menu; Selecione o modo de recuperação (recovery mode) e tecle " b " para reiniciar a máquina no modo de usuário único (single user mode); Caso não haja a opção de recuperação, selecione a configuração de boot padrão e tecle " e " para editá-la; Selecione a linha que inicia com " kernel " e pressione " e " novamente para editá-la; No final desta linha adicione o parâmetro " single "; Pressione ENTER para gravar e " b " para reiniciar o computador; Após a reinicialização o sistema irá deixá-lo no prompt de comando, automaticamente logado como root ; Digite " passwd " para alterar a senha do usuário root ; Caso deseje aproveitar para alterar a senha de outro usuário, por exemplo, do João. Digite: " passwd Joao "; Informe a nova senha; Agora digite " reboot " para reiniciar no modo normal (não gosto muito de dar a saudação dos 3 dedos, também conhecida por Ctrl + Alt + Del). Está pronto e nem precisei de nenhum DVD. Como isso foi possível? Mesmos motivos explicados no post do SBS 2008.
  • Recuperando a senha do administrador de domínio do SBS 2008

    Digamos que você tenha esquecido a senha de administrador do domínio de seu SBS, ou que o administrador de seu servidor deixou a empresa, mas não deixou a senha. O que fazer agora? Reinstalar o servidor? Não, claro que não. Podemos recuperar esta senha, para tanto execute os seguintes procedimentos: Reinicialize o servidor usando o DVD de instalação do SBS; Depois de escolher o idioma e teclado, selecione "Recuperar o seu computador"; Selecione o "prompt de comando" e mude o drive de trabalho para o C:\, digitando " C: "; Digite " cd windows\system32 "; Renomeie o arquivo do gerenciador de utilitários: " ren utilman.exe utilman.bak "; Copie o prompt de comando para ele: " copy cmd.exe utilman.exe "; Reinicie o servidor, mas desta vez não use o boot do DVD, deixe que o sistema carregue normalmente até a tela solicitando sua identificação (nome de usuário e senha); Na tela de login pressione as teclas " Windows + U "; Digite " net user [nome do usuário administrador do domínio] [nova senha para ele] "; Digite " exit "; Acesse o servidor com a nova senha que acaba de cadastrar; Tudo certo? Repita os passos de 1 até 4; Renomeie de volta o aplicativo de utilitário digitando: " ren utilman.bak utilman.exe "; Pronto! Maravilha, mas você gostaria de entender o que acabou de fazer e como isso deu certo, não é? Pois vamos lá. a) Primeiro precisamos entender o que é o aplicativo utilman.exe . Ele é o gerenciador de utilitários do Windows e serve para garantir a acessibilidade a pessoas com deficiências visuais, auditivas, que estejam com problemas no teclado, etc. Ele é um aplicativo do sistema, legítimo e não convém desabilitá-lo. b) Mas como então consegui alterá-lo se é um aplicativo do sistema . Por que você estava no modo de recuperação, que é utilizado quando temos um problema justamente com os arquivos do sistema. c) De onde surgiu aquele atalho " Windows + U "? Apesar de não ser dos atalhos mais conhecidos ele está lá justamente para facilitar o acesso a estas ferramentas de acessibilidade e se você pressionar esta combinação de teclas em qualquer momento após o carregamento do sistema o gerenciador será chamado. d) Mas como ele pôde funcionar antes mesmo de inserir meu usuário/senha ? Justamente para garantir que você consiga utilizar as ferramentas de acessibilidade para resolver o seu problema. Repare que não há nada de errado nisso e não é o fato de chamar estas ferramentas que permite a alteração de sua senha, mas o fato de termos alterado o arquivo que é chamado pela combinação de teclas e só conseguimos isso em função do item c); e) O que eu poderia fazer se a conta de administrador do domínio foi renomeada e não sei o novo nome dela? Simples, basta que você digite apenas " net user ", sem informar o nome da conta, nem a senha. Desta forma, após alguns segundos, serão listadas todas as contas e você só precisará deduzir qual delas é a do administrador do domínio. Depois prossiga com a alteração de senha; f) Como consegui alterar a senha a partir de um prompt de comando? Como tive privilégios para isso? Simples, antes de informar o nome do usuário e a senha, você está executando o sistema personificando o próprio sistema, ou seja, com privilégios de administrador de domínio. Com este perfil você pode tudo; g) Então quer dizer que qualquer um pode emitir o comando "net user" e alterar qualquer senha? Não, de maneira alguma, apenas quem possuir privilégios suficientes para isso; h) Mas então há uma gigantesca falha de segurança no sistema operacional? Não , de maneira alguma. Repare que este procedimento todo só funcionou porque você teve acesso ao DVD do sistema e o pior, acesso físico irrestrito ao servidor. Em outras palavras, violou claramente a 2ª e 3ª leis imutáveis da segurança explicadas neste post: http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2010/09/04/as-10-leis-imut-225-veis-da-seguran-231-a.aspx . Em resumo, não há segurança que resista à falhas simultâneas nestas duas leis, independentemente do sistema operacional. A forma de realizar o procedimento vai variar de sistema para sistema, mas o resultado final será sempre o mesmo.
  • Download gratuito de livros

    Aproveite!
  • As 10 Leis Imutáveis da Segurança

    Este post é baseada nas 10 leis imutáveis da segurança postadas no TechNet em: http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc722487.aspx (clique no link para ler a versão completa, em inglês) As 10 Leis Imutáveis da Segurança Ao longo dos anos, os técnicos do Microsoft Security Response Center desenvolveram uma lista que passou a ser denominada "As 10 Leis Imutáveis da Segurança". Pois aqui estão elas: 1) Se uma pessoa mal intencionada persuadi-lo a executar um programa dela em seu computador, este não será mais o seu computador Um fato lamentável da ciência da computação é que: quando um programa de computador for executado, ele fará o que foi programado para fazer, mesmo que tenha sido programado para causar danos. Quando você decide executar um programa, está decidindo entregar o controle do seu computador a ele. Uma vez que ele esteja rodando, poderá fazer qualquer coisa que você possa fazer. O limite dele é o de quem o executou. Este é o momento que agradecemos ter UAC (User Access Control) no Windows Vista e posteriores e por não utilizarmos uma conta com privilégios de administrador para as nossas tarefas diárias. Mas e quanto às pessoas que cansaram de usar o UAC e desabilitaram ele? Boa sorte para elas, pois derrubaram a última barreira defensiva contra este tipo de programa malicioso. O programa poderá monitorar as teclas que você pressiona e enviar a sequência delas para um site, ou abrir como documento que houver em seu disco e alterar uma palavra ou uma frase (que tal mudar o "Atenciosamente" de sua assinatura para "entendeu f... da p...?". Imagine um cliente novo recebendo isso...), ou até mesmo instalar um vírus ou "back door" (porta dos fundos. Um programa que abre uma porta de comunicação entre o seu computador e o da pessoa mal intencionada) que permita que o seu computador seja controlado remotamente. Adicionalmente poderia realizar uma conexão discada com um provedor em Katmandu, através de um número que por tempo de conexão (imagine fazer isso as 0:00 e ficar conectado até as 08:00 a um custo de US$ 10.00 por minuto)? Ou se faltar criatividade à pessoa mal intencionada, pode simplesmente formatar o seu disco. Agora você pode entender a importância de nunca executar ou mesmo baixar (fazer download) de um programa desconhecido ou que venha de uma fonte desconhecida (aqui vale salientar que "fonte" refere-se a quem criou o programa e não a quem lhe enviou ele. Há uma comparação interessante entre executar um programa e comer um sanduíche. Se um estranho que passa pela rua lhe der um sanduíche, você comerá? Provavelmente não, certo? Mas e se o seu melhor amigo lhe der o sanduíche? Talvez você coma, talvez não. Isso vai depender de quem fez o sanduíche, se foi este amigo ou se ele o encontrou na rua, caído no chão. Aplique o mesmo raciocínio crítico a um programa, que aplicou ao sanduíche e normalmente você estará seguro. Puxa, mas e toda aquela quantidade de programas que você baixou para realizar tarefas de seu trabalho, ou para obter músicas, de autores (programadores) dos quais você nunca havia ouvido falar antes? Exatamente, foram riscos que você aceitou correr, sanduíches que você comeu. Alguns poderiam estar bons, mas outros poderiam estar estragados e depois de comê-los não adianta reclamar do antivirus, de quem criou o seu sistema operacional ou de quem dá suporte a ele. 2) Se uma pessoa mal intencionada puder alterar o sistema operacional de seu computador, ele não será mais seu Em resumo, um sistema operacional não passa de uma série de zeros (0) e uns (1), que ao serem interpretados pelo processador, fazem com que o computador realize determinadas tarefas. Altere esta sequência de zeros e uns, que ele fará algo diferente.Mas onde estão armazenadas estes zeros e uns? Ora, no disco de seu computador, junto com todo o resto! Eles não passam de arquivos, portanto se outras pessoas que usarem o computador puderem alterar estes arquivos, será "game over" (final de jogo. Nada mais poderá ser feito). Para entender melhor isso, considere que os arquivos do sistema operacional são os mais confiáveis de seu computador (ou ao menos, aqueles nos quais "ele" mais confia), portanto eles são executados com o máximo de privilégios (máximo poder, máxima autoridade). Em resumo, eles podem fazer absolutamente qualquer coisa. Dentre outras coisas, eles podem gerenciar as contas de usuários, alterações de senhas, regras que definam quem pode ou não realizar determinadas atividades, etc. Se uma pessoa mal intencionada puder alterá-los, os arquivosque eram confiáveis (masjá não são mais) farão o que esta pessoa desejar e não haverá limites no que essa pessoa possa desejar. A pessoa poderá roubar senhas, se fazer passar pelo administrador da rede ou até mesmo adicionar funcionalidades totalmente novas ao sistema operacional (e pode ter certeza de que não serão do tipo que você gostará de ter). Para evitar este tipo de ataque, certifique-se sempre de que os arquivos de sistema, bem como o registro de seu computador (que de certa forma, faz parte deles) estejam bem protegidos. Verifique a lista de procedimentos deste site, para saber como fazê-lo: http://www.microsoft.com/technet/prodtechnol/windows2000serv/reskit/iisbook/z02b_security_checklists.asp . 3) Se uma pessoa mal intencionada tiver acesso físico irrestrito ao seu computador, ele não será mais seu Há uma infinidade de coisas que uma pessoa mal intencionada pode fazer com o seu computador, se ela puder colocar as mãos nele! Vejamos alguns exemplos do que ela poderia fazer: - derrubar toda a rede de sua empresa com ataques ao seu servidor; - levar o seu computador embora e cobrar resgate para devolvê-lo (sequestro de computadores é algo que pode chegar a parecer cômico, mas pode ser bem mais rentável do que de pessoas (grandes empresas pagariam fortunas por seus dados secretos), possuindo penas muito menores para os criminosos (por não ser considerado um crime hediondo como o de pessoas); - inicializar o seu computador através uma mídia externa (pen drive, disco externo, disquete, etc) e formatar o seu disco. Neste ponto alguns dirão: Que nada, eu configurei minha BIOS (sistema de gerenciamento da placa mãe), para requerer uma senha ao ligar o computador. Isto não adiantaria de nada, pois se esta pessoa puder abrir a "case" (carcaça, torre, caixa) de seu computador e colocar suas mãos nos equipamentos existentes dentro dela, poderá substituir o chip (componente que armazena os dados e as configurações da placa mãe) ou simplesmente apagar as configurações dele (desta forma eliminando a senha que você configurou); - remover o disco do seu computador, instalá-lo em outro computador e lê-lo. Bem, aí você dirá: ler o meu disco? Nada disso, meu sistema operacional dá suporte à criptografia do disco! Parabéns, mas você ativou esta funcionalidade??; - duplicar o seu disco e levar a cópia para seus domínios (empresa, casa, etc). Uma vez lá, terá todo o tempo do mundo para realizar ataques de força bruta (testar todas as combinações possíveis) para quebrar as suas senhas. Existem programas disponíveis na internet para automatizar esta tarefa e tendo tempo suficiente para realizar este procedimento, é quase certo que obterá sucesso. Uma vez que obtiver sucesso, serão aplicadas as leis 1 e 2. - substituir o seu teclado por um que contenha um rádio transmissor, desta forma tornando-se possível monitorar qualquer coisa que você digite, inclusive a sua senha. Sempre certifique-se de que seu computador esteja fisicamente seguro, de uma forma consistente com o valor dele (lembre-se aqui que o valor dele é muito superior à soma do valor dos componentes que ele possui, pois ainda há o valor dos dados dentro dele, que normalmente é o maior de todos. Isso sem falar no valor do acesso à sua rede). Em função disto, quaisquer tipos de servidores devem sempre estar dispostos fisicamente em ambientes fechados, onde apenas pessoas ligadas à sua manutenção e administração tenham acesso físico. Se você leva seu notebook em viagens estas precauções tornam-se ainda mais importantes. As mesmas características que tornam os notebooks (tablets, netbooks, etc), ótimos companheiros para viagens (tamanho e peso reduzidos, etc) também os tornam ideais para serem roubados. Existe uma grande variedade de dispositivos de segurança para eles, que vão desde trancas até alarmes. Outros modelos permitem que você remova seus discos e leve eles junto ao seu corpo (no bolso da camisa, por exemplo). Você também pode criptografar o sistema de arquivos deles (disponível no Windows desde a Windows 2000), para tentar reduzir o dano causado por quem roubar um deles. Mas a única forma que você pode ter 100% de certeza de que seus dados estejam seguros é se mantivê-los junto a você durante toda a viagem. 4) Se você permitir que uma pessoa mal intencionada envie (upload) programas para o seu site (website), ele não é mais seu Esta é basicamente a lei 1 invertida. Neste cenário, a pessoa mal intencionada faz com que sua vítima (que neste caso pode ser você, um empregado seu, um cliente, ou um amigo seu) baixe (download) o programa malicioso para o seu computador e execute-o, por considerá-lo confiável (afinal de contas, estava no "seu" site). Adicionalmente, neste caso a pessoa mal intencionada pode fazer com que o site envie o programa para o computador de quem acessá-lo, com a desculpa de ser uma atualização para o seu navegador. Ao chegar, o próprio programa se executa e o estrago estará feito. Se você possui um site deverá sempre restringir o que os visitantes podem fazer nele. Só permita a existência de programas nele, se foi você quem os criou, ou se você realmente confia em quem os criou. Ainda assim, isto pode não ser o suficiente, pois se o seu site estiver hospedado em um daqueles provedores com servidores compartilhados (quase todos da web), seus cuidados devem ser ainda maiores. Caso a pessoa mal intencionada consiga comprometer qualquer um dos outros sites que estejam no mesmo servidor que o seu (e você não sabe quem são eles) e o servidor esteja mal configurado (o que você nunca saberá se é o caso), esta pessoa poderá ter acesso aos dados no seu site. Antes de abrir seu site ao acesso público, certifique-se de seguir o disposto aqui: http://www.microsoft.com/technet/prodtechnol/windows2000serv/reskit/iisbook/z02b_security_checklists.asp 5) Senhas fracas destroem seguranças fortes O propósito de existir um processo de "logon" (exigência de nome de usuário e senha) é para estabelecer quem você é. Uma vez que o sistema operacional sabe quem você é, poderá lhe permitir ou negar acesso a recursos. Se uma pessoa mal intencionada obtiver acesso à sua senha (lendo aquele post it no seu monitor, ou aquela anotação na sua agenda), ela poderá acessar ao sistema, como se fosse você. Na verdade, para todos efeitos, o sistema operacional assumirá que "é" você. Qualquer coisa que você possa fazer, esta pessoa também poderá e usando o seu nome. Pode ser que desej ler seus e-mails, ou realizar tarefas que só você deveria poder (caso seja alguém que trabalhe com você), ou queria realizar algo de ruim, para que você sofra a punição. Sempre use uma senha, jamais configure o seu computador com aquelas senhas em branco. Quando for escolha sua senha, prefira as que forem complexas. Jamais use o nome de seu cachorro, datas importantes, nome de seu time favorito, etc. Se possui dúvidas sobre como criá-las leia este post: http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2010/08/22/senhas-no-sbs.aspx Aqui vale lembrarmos as palavras de Benjamin Franklin (ex-presidente americano e grande estadista): "Duas pessoas podem guardar um segredo, desde que uma delas esteja morta." 6) Um computador é sempre tão seguro, quanto o seu administrador for confiável Todo computador deve possuir um administrador e neste contexto isto significa: alguém que possa instalar programas, configurar o sistema operacional, adicionar e gerenciar contas de usuários, estabelecer políticas de segurança e realizar todas as demais tarefas associados com o fato de manter um computador rodando (funcionando). Por definição, estas tarefas requerem que ele tenha controle sobre o computador, colocando-o em uma posição sem poder equivalente, sendo o dele o máximo. Um administrador não confiável (ou em alguns casos prestes a ser demitido, ou recém demitido, de acordo com a índole dele) pode desabilitar qualquer medida de segurança que você tenha implementado, instalar programas maliciosos, criar usuários fictícios, ou fazer qualquer outra coisa que venha a lhe prejudicar. Se você possui um administrador não confiável, não possui segurança alguma. Quando for contratar um administrador para a sua rede ou o seu computador, leve em consideração que estará entregando toda a segurança de seus dados a ele, portanto seja criterioso na sua escolha. Ele precisa além de possuir sólidos conhecimentos sobre o trabalho que executará, sólidos valores morais (o que nem sempre é fácil de medir). Utilize controle de acessos na sala de seu servidor, para saber quem entrou/saiu e quando (você tem esta sala, certo? Caso contrário, re-leia a lei 3). 7) Dados criptografados (com informações cifradas) são tão seguros quanto a chave de descriptografia deles Imagine que você instalou a maior e mais forte fechadura em sua porta da frente, mas deixou a chave embaixo do tapete de entrada. Realmente não fará diferença alguma o quão forte for esta fechadura, certo? O fator crítico será a precária forma com que a chave foi protegida (o tapete sobre ela), pois se ela for localizada, só será necessário abrir a porta com ela. Dados criptografados funcionam da mesma forma, não importando o quão forte for o algoritmo de criptografia, mas sim a chave de decriptografia dele. Muitos sistemas operacionais e programas de criptografia lhe permitem armazenar a chave de decriptografia no seu computador. A vantagem naturalmente é a conveniência (você não precisa se preocupar em localizá-la), mas o custo dela é uma grande redução na segurança. Normalmente estas chaves são ofuscadas (com o sentido de escondidas) e alguns métodos de ofuscá-las são muito bons. De qualquer forma, no final, não faz muita diferença o quão bem elas foram escondidas, pois se estão no computador podem ser encontradas. Afinal de contas, elas tem de ser, pois o programa que as usa precisa encontrá-las, portanto bastaria monitorá-lo, para encontrá-las também. Só vai depender do grau de motivação desta pessoa mal intencionada. Sempre que possível, use fontes externas de armazenagem para estas chaves. Se for uma palavra ou frase, memorize-a. Se não for o caso, exporte-a para um pen drive ou algo do gênero. No mínimo você estará dificultando a vida desta pessoa mal intencionada. 8) Um Antivírus desatualizado é apenas marginalmente melhor do que nenhum Os antivirus funcionam comparando os dados em seu computador com uma coleção de "assinaturas" de vírus. Cada "assinatura" é característica de um vírus em particular, portanto quando o antivirus encontra dados em um arquivo, e-mail, ou qualquer outro lugar, que combine com alguma assinatura, ele conclui que seja um vírus. Entretanto, o antivirus só consegue localizar vírus que ele "conheça", daí a importância de manter o seu antivirus atualizado, pois o que ele atualiza é justamente esta coleção de assinaturas. Um novo vírus faz o maior dano de todos justamente logo após o seu lançamento, exatamente porque poucas pessoas possuem antivirus capazes de detectá-lo. Uma vez que ele se torne conhecido e sua assinatura seja distribuída aos antivirus, sua eficácia desaba. O segredo reside em atualizar o seu antivirus sempre antes de ser atacado pelos novos vírus. Isso significa que mesmo possuindo um antivirus atualizado posso ser infectado? Sim, pode. É tudo uma questão de tempo. Se você receber o vírus antes do seu antivirus receber a vacina para ele, não terás defesas e serás infectado. Mas então de que adiantam os antivirus? É tudo uma questão estatística. Possuindo um antivirus atualizado a sua chance de ser infectado passa a ser mínima, ainda que não seja nula. Adicionalmente, os fabricantes de antivirus desenvolvem constantemente novas técnicas de detectar vírus, daí a importância de possuir a última versão do antivírus e não apenas o último arquivo de atualizações. Mas então deve estar sempre investindo meu dinheiro nisso? Não necessariamente, pois há vários antivirus bons e gratuitos. Como por exemplo este: http://xa.ly/6Wb Ou você também pode usar as versões online deles: http://xa.ly/7Wb 9) Anonimicidade absoluta não é prática, na vida real nem na web Toda interação humana envolve algum tipo de troca de informações. Se alguém reune dados suficientes, então consegue identificar você. Imagine quantas informações podem ser obtidas através de uma simples conversa com você. No mínimo pode deduzir, sua altura; seu peso; de acordo com o seu sotaque, descobrir de onde você é. Caso você converse sobre qualquer coisa além do tempo, deixará vazarem informações sobre sua família, seus interesses, onde mora e com o que trabalha. Em resumo, não leva muito tempo para a outro pessoa conseguir traçar um perfil seu. Por outro lado, se você insistir em ser anônimo, sua melhor chance é viver em uma caverna, sem contato com humanos, :). O mesmo vale para a internet.Ao visitar um website, o dono dele pode coletar informações a seu respeito. Todos os zeros e uns daquele site precisam chegar em seu computador para que você os leia e portanto eles tornam o seu computador restreável (alguns mais e outros menos). Você até pode usar softwares que despistes esta busca, mas no momento que encontrar aquele super vale brinde em um site e desejar possuir ele, terá de permitir um contato direto e neste momento fostes localizado. Ok, foi apenas por um website. Será? Como fica caso o dono deste website costume compartilhar seus dados com outro dono de site, ou seja do tipo que vende a listagem de clientes? Isto significa que não haja possibilidade de ser anônimo na web? Não, apenas significa que você nunca conseguirá ser 100% anônimo e portanto deve seguir as mesmas regras de preservação que segue no mundo real. 10) Tecnologia não é uma panacéia Panacéia vem da mitologia grega, onde representava a Deusa da cura. É usado atualmente com o sentido de cura e no enfoque presente serve para lembrar que a tecnologia não pode ser vista como a cura para todos os males. Por mais que atecnologia possa fazer coisas incríveis por nós, ela está longe de ser o remédio para todos nossos males. A segurança perfeita requer um nível de perfeição que simplesmente não existe e provavelmente nunca venha a existir. Isto é simplesmente um fato da vida. Por outro lado, mesmo que os programas pudessem ser perfeitos, isto não resolveria o problema por completo, pois a maior parte dos ataques possui origem em manipulação de origem humana, o que normalmente chamamos de "engenharia social". Basta que você amplie o custo e a dificuldade para se atacar a um sistema, que as pessoas mal intenciosada passarãoa desviar o seu foco da tecnologia e ampliá-lo às pessoas que operam os consoles. Em resumo, o importante é sempre ter em mente duas coisas: a) segurança consiste de duas partes: tecnologia e política; b) a segurança é um caminho, não um destino, ou seja, ela não é um problema que possa ser resolvido, mas uma série constante de movimentos e contra-movimentos (movimentos defensivos) entre as pessoas bem e as mal intensionadas.
  • Erro 0x80040111-00000000-00000000 no Outlook

    Hoje a cada mensagem que tentava enviar de minha pelo Outlook 2007 recebia, sempre: Sua mensagem não foi recebida por um ou mais dos destinatários. Assunto: Teste Enviada em: 04/09/2010 01:33 Não é possível encontrar os seguintes destinatários: Joe Doe em 04/09/2010 01:33 Esta mensagem não pôde ser enviada. Tente enviar a mensagem novamente mais tarde ou contate o administrador da rede. O erro é [0x80040111-00000000-00000000]. Marquei uma reunião com o administrador de minha rede (eu mesmo, :D) e começamos a isolar o problema, através das seguintes alternativas: 1) Como está o envio dos demais usuários? Funcionando perfeitamente. Até aqui já sabemos que não é um problema do Exchange; 2) Acessando o OWA consigo enviar mensagens a partir da minha conta? Sim, consigo. Nada com a minha caixa de mensagens também; 3) Acessando minha conta de outro computador com Outlook consigo enviar mensagens? Sim, consigo. Então o problema está em minha máquina, no meu outlook; 4) Minha conta está com o modo de cache de Exchange habilitado? Sim, está; 5) Desabilitando ele funciona? Sim, funcionou. Problema resolvido. A abordagem mais comum seria considerar haver um problema no Exchange e desperdiçar um tempo considerável analisando logs, portanto devemos sempre lembrar que pode ser algo bem simples!
  • Temas de jogos

    Você já cansou dos temas de seu Windows 7? Como gosta de jogos, quer ter o tema de um deles? Bem, somos iguais então e aqui estão os temas para você (clique nas imagens para fazer o download): Gears of War 3 EA SPORTS World Cup Surreal Territory Gears of War Gears of War 2
  • Obtendo o WM 6.5 para o seu telefone celular

    Existem duas formas simples, fáceis e relativamente seguras de obter o WM 6.5 para o seu celular: 1) faça o download do site de sua operadora de telefonia celular (pouca chance de encontrar este download em operadoras brasileiras); 2) faça o download do site do fabricante do aparelho (em alguns casos se consegue). Mas o que fazer se não estiver disponível em nenhum dos dois locais? Aí chega a hora de recorrer para o forum xda developers: http://forum.xda-developers.com/index.php O que é este forum? É um dos mais conceituados em termos de telefonia celular e também o local onde são disponibilizadas ROMs não oficiais para telefones celulares. Como assim "não oficiais"? Isso significa que elas contém softwares piratas? Não, apenas que não foram desenvolvidas pelas operadoras de telefonia, nem pelos fabricantes dos telefones. Mas então quem as desenvolve? Voluntários do site. Eles não cobram nada por isso? Não, mas aceitam doações se desejares realizá-las, :D. É seguro utilizar as ROM deles? Toda vez que você gravar uma ROM "não oficial" em seu telefone celular haverá riscos envolvidos, podendo chegar ao caso extremo da perda total do aparelho.´ É comum ocorrer esta perda total? Não, na grande maioria dos casos funciona tudo ou basta realizar uma nova gravação de ROM que volta tudo ao normal. Eles possuem softwares para qualquer celular? O foco principal são os Smartphones. Sei de pessoas que já iam aposentar seu velho Smartphone com WM 6.1, quanto atualizaram ele para a o WM 6.5 e ficaram maravilhados! Felizmente não conheço ninguém que tenha danificado nenhum aparelho com estes procedimentos. Mas para que eu poderia querer atualizar meu WM 6.1 para a versão 6.5? Simples, acesso a novos recursos, como por exemplo, Office Mobile 2010! Quais as garantias de funcionamento? Nenhuma.
  • Presentation Companion agora para Office 2007 também

    Um dos recursos mais bacanas do novo Office Mobile 2010 é a possibilidade de integrar ele com o Office 2010 e comandar uma apresentação a partir do celular, como descrito aqui: http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2010/06/10/comandar-apresenta-231-227-o-do-powerpoint-atrav-233-s-do-telefone-celular.aspx Agora, o que fazer se você não possui o Office 2010 em seu notebook, mas sim o Office 2007? Sem problemas, pois agora o Presentation Companion também suporta o Office 2007! Simplesmente faça o download do PC aqui: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?familyid=F74BE278-D2D8-442F-8F4E-77DD8F08F1EB&displaylang=en Caso necessite da versão para 64-bits deste software, o download é em: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?displaylang=en&FamilyID=e3d5b853-9b79-482b-af62-2426e2ada7ef
  • Office Mobile 2010 Grátis

    Você gostaria de possuir o Office Mobile 2010 em seu dispositivo WM, mas ele não foi disponibilizado pelo seu provedor de serviços? Não se preocupe, pois ele é gratuito! Word Mobile Excel Mobile SharePoint WorkSpace Mobile OneNote Mobile E é claro o PowerPoint Mobile, que eu já abordei neste post: http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2010/06/10/comandar-apresenta-231-227-o-do-powerpoint-atrav-233-s-do-telefone-celular.aspx Não perca mais tempo, obtenha logo o seu! Mais informações em: http://marketplace.windowsphone.com/details.aspx?appId=3c5f7fc0-313e-4518-8786-e13ca4873815&retURL=/search.aspx%3Fkeywords%3Doffice%2520mobile # Ok, você acessou o site do link mas não encontrou a URL para download. O que fazer agora? O Office Mobile 2010 só pode ser obtido através do Marketplace de seu telefone celular! Mais um detalhe, ele só fica visível se você possuir a versão 6.5 ou superior do WM. O que fazer então se você estiver utilizando a versão 6.0 ou 6.1? Não basta fazer o download do Marketplace? Não, não basta. Você terá de atualizar a ROM de seu celular para a versão 6.5. Procure por uma atualização de ROM no site de sua operadora ou do fabricante de seu celular. Caso não encontre a ROM atualizada, ainda existe alguma alternativa? Sim, mas abordarei este tema no próximo post. Até lá!
  • Windows Marketplace for Mobile

    Se você é usuário de um Windows Phone, seguramente já sabe que a forma mais fácil de obter programas para ele é procurá-los no Windows Marketplace, mas o que fazer se a sua versão do Windows Mobile é inferior à 6.5? Pois é, o Windows Marketplace está disponível da versão 6.5 em diante do WM... Não, isto é passado, agora mesmo que você use a versão 6.0 ou 6.1 do WM, poderá ter acesso ao Marketplace, para isto basta que instale o software dele disponível em: http://www.microsoft.com/windowsmobile/en-us/downloads/get-marketplace.mspx Mas vale mesmo a pena instalar o Marketplace? Sim, com certeza, pois através dele você terá acesso a vários softwares para o seu WM. Não perca tempo, acesse agora, faça o download e instale o Marketplace em seu Windows Mobile: http://www.microsoft.com/windowsmobile/en-us/downloads/get-marketplace.mspx
  • SBS POP3 Connector deixando cópias das mensagens no servidor

    Sim, todos sabemos que no Outlook é muito fácil de configurar isto, mas digamos que seus e-mails não estejam configurados no Outlook mas sim no POP3 Connector do SBS. A cada vez que o POP3 Connector faz o download de suas mensagens, elas são apagadas do servidor externo. Claro, isso não é problema, pois a partir de agora elas estão no seu Exchange e caso deseje acessar alguma delas, basta acessar ao Exchange via Outlook ou Web. Via Outlook pode ser internamente ou através do RPC sobre HTTP (SBS 2003) ou através do OWA (Outlook Web Access). Em qualquer dos casos você precisa ter a porta 443 liberada em sua conexão, o que em 99% dos casos ocorre, pois os provedores não costumam bloqueá-la. Mas digamos que por alguma razão estranha, você não consiga acessar ao seu Exchange externamente e precise que as suas mensagens permaneçam no servidor, disponíveis para acessos externos diretos (o que eu considero uma péssima solução, pois irá requerer algumas gambiarras). Tem como se fazer isso? Claro. O POP3 Connector do SBS não possui muitas opções em sua interface, pois a idéia é que elas fossem implementadas por parceiros, mas as possibilidades são grandes, desde que se saiba alterar ao registro do Windows. Atenção: Qualquer alteração feita no registro do Windows pode danificar o seu sistema de forma irreparável e não me responsabilizarei pelo mau uso da ferramenta, sendo portanto, esta alteração por sua própria conta e risco! 1) Acesse a chave My Computer\HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\SmallBusinessServer\Network\POP3 Connector ; 2) Dê dois cliques em DeleteFromServer ; 3) Repare que o Value data está configurado como 1 , ou seja, apagar. Basta que você mude para 0 e as mensagens não serão mais apagadas. Muito importante: Resista à tentação de alterar os valores de outras chaves que aparecem aí, pois apesar dos nomes delas serem sugestivos e parecer muito simples de alterar as configurações, existem argumas armadilhas e se você alterar a chave errada poderá ter fortes emoções e perdas irreparáveis.
  • Comerciais do Windows

    Windows 1.0: http://bit.ly/98Exkj Windows 3.1: http://bit.ly/aI3Axh Windows 95: http://bit.ly/950Jt1 Windows 98: http://bit.ly/bqrKaO Windows 2000: http://bit.ly/aQ85If Windows Me: http://bit.ly/cAoojO Windows XP: http://bit.ly/aCivWd Windows Vista: http://bit.ly/ckHvZZ Windows 7: http://bit.ly/ccLHBD
  • Tour residencial

    Você já viu em imobiliárias aqueles "tours" pelos imóveis à venda? Aposto que você sempre pensou que aquilo fosse caro para criar e/ou que conhece alguém quer pagou um valor bem salgado a alguém que criou para ele, certo? Mas fica exatamente como aqueles que vejo nas imobiliárias? Bem aí depende de algumas variáveis: 1 - quantidade de fotos tiradas do local; 2 - sobreposição delas; 3 - qualidade das imagens. Realmente a sua criação pode ir desde um vídeo tosco, até uma produção linda e quase 3D. O que você precisa para a criação: 1 - Máquina de fotografar digital com pelo menos 8 Mpixels (para que capture detalhes suficientes para o zoom. Sim, poderá dar zoom no tour); 2 - Windows Live Photo Gallery que pode ser obtido aqui: http://explore.live.com/windows-live-photo-gallery ; 3 - Visitar o site do Photosynth em http://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=178809 . Experimente, afinal de contas é grátis! Veja aqui um vídeo de demonstração desta solução: http://windows.microsoft.com/en-us/windows7/help/videos/Using-Windows-Live-and-Photosynth-to-share-your-home
  • Como calibrar o meu monitor para a melhor resolução de cores

    Muita gente investe em placas de vídeo com muita memória, monitores grandes, mas e como saber se o monitor está realmente refletindo as cores como deveria? Para isto usamos um recurso chamado calibração de cores do monitor. Como faço para utilizá-lo? No Windows 7 clique em "Iniciar" e digite " dccw " Não espere telas muita bem trabalhadas nesta ferramenta, mas o que importa é que funcione, não que pareça bonito durante o processo. Simplesmente clique em avançar nas próximas duas telas. Preste bastante atenção na imagem do meio, pois é com ela que a próxima imagem deve se parecer. Este é o ajuste do brilho, quando finalizar, clique em "Avançar" para realizar o ajuste do contraste e depois a proporção das cores. Aqui você concluiu a calibragem para imagens, agora é a hora de calibrar os textos. Lhe serão apresentadas quatro telas com textos e só o que você precisa fazer é selecionar o quadro que possua o texto mais nítido. Pronto, claro que esta não foi uma calibragem profissional, mas é o melhor que se pode fazer sem um hardware específico para calibragem. Espero que tenha gostado.
  • Escondendo suas atualizações dos amigos

    Você acabou tendo mais amigos do que gostaria no Facebook? Fica chato remover alguns deles? Mesmo sem poder remover você não gostaria que eles pudessem ver suas atualizações? Tudo bem, é possível fazer isso. Quando você escrever uma atualização no seu status do Facebook repare que aparece um ícone de cadeado logo abaixo e à direita da caixa de texto. Clique no cadeado e selecione "Customize...", aparecerá a seguinte janela: Existem basicamente duas formas de esconder o conteúdo das pessoas e sua escolha entre elas dependerá da quantidade de pessoas que deseja esconder o conteúdo: 1 - Basta que você digite os nomes das pessoas que não devem ver suas atualizações na caixa “Hide this from these people”. Claro, isto vale apenas para a atualização atual, mas se desejar tornar isto permanente, selecione a caixa “Make this my default setting.” antes de clicar em "Save Settings"; 2 - A forma mais sofisticada é fazer o oposto e definir quem deve poder ler as suas atualizações. Desta forma você pode seguir aceitando pessoas como "amigos", sem que elas passem a ver suas atualizações automaticamente. Mas como faço isso? Clique em "Friends" do lado esquerdo de sua tela, logo abaixo de sua foto. Então clique em “+ Create a List”. Agora selecione dentre seus "amigos", aqueles que são "amigos de verdade", para receberem suas atualizações. Dê um nome para esta lista e salve-a. Agora clique no cadeado, conforme explicado anteriormente e na caixa de seleção “Make this visible to these people”. Então, selecione das opções existentes a lista que acabou de criar, então selecione a caixa “Make this my default setting” para tornar esta configuração permanente. Ok, mas como fazer então para que um novo amigo de verdade passe a ver minhas atualizações? Basta incluir ele na lista de amigos de verdade!
  • Converta PDFs

    Você fez download de uma apresentação de palestra e depois descobriu que os slides do PowerPoint haviam virado um PDF? Mas o que fazer se você gostaria de ter eles no formato original em PPT? O que dizer daqueles manuais de computadores que você adoraria colocar num PPT para apresentar aos seus usuários? Bem, agora você pode com este excelente software chamado Able2Extract: http://www.investintech.com/prod_a2e.htm Com ele você pode converter o PDF em arquivo do Word, Excel, PowerPoint, Writer, Impress, Calc, HTML, AutoCAD, Texto puro, Imagem (BMP, JPG, PNG, GIF ou TIFF). Mas o que fazer se você possui uma grande quantidade de arquivos para converter? Realize o processo automatizado, também conhecido por Batch. Realmente é um excelente produto, que vale MUITO a pena e por um preço compatível com as vantagens. Eu recomendo!
    Filed under:
  • Máquina do tempo

    Você já pensou em poder voltar no tempo? Que aparência tinha o seu site 5 anos atrás? Pois saiba que isso é possível. Existe um site conhecido como Way Back Machine que armazena estas imagens e pode mostrá-las para você! Como funciona? Acesse a página principal dele e digite o URL do site desejado na janela da WayBack Machine e depois clique em Take Me Back! Então desfrute da possibilidade de ver como o seu site se parecia em diversas datas. Ah, mas isso não é para qualquer site, certo? Teste e você se surpreenderá com a quantidade de sites! 24/02/2005 02/01/2006
    Filed under:
  • Senhas no SBS

    Na verdade isso serve para senha em qualquer lugar, mas como o foco é o servidor, falemos dele. Que tamanho possui a sua senha? A maioria das pessoas ainda possui aquelas senhas de 8 caracteres, que eram as recomendadas até pouco tempo atrás. Mas por que então deveríamos para de usá-las? Alguns cientistas usando um cluster, conseguiram quebrar senhas de 8 caracteres em menos de duas. Então eles tentaram quebrar senhas de 11 caracteres e a estimativa foi de 180 anos. Quando tentaram senhas de 12 caracteres a estimativa foi de 17.134 anos. Considerando-se um princípio básico de nunca recomendar senhas que se leve menos de 1.000 anos para quebrar, a nova recomendação passa a ser de senhas com 12 caracteres. Mas de onde sai essa idéia de não se usar nada que leve menos de 1.000 anos para quebrar? 1.000 anos atrás nem se pensava em computadores e daqui a 1.000 nem estaremos mais vivos (ainda que fóssemos gostar de estarmos, :D). Simples, a tecnologia evolui em um ritmo tão rápido, principalmente em termos de capacidade de processamento, que uma senha segura por 1.000 anos, torna-se insegura em menos de 6 anos. Ok, maravilha, 6 anos, mas então por que preciso trocar minha senha a cada 90 dias na empresa onde trabalho? Porque isso é considerado uma boa prática de segurança e serve para garantir que sua senha "nunca" seja quebrada. Certo, mas se senhas de 8 digitos levam 2 horas para serem quebradas, de 11 digitos levam 180 anos, caso utilize uma senha de 10 dígitos estarei perfeitamente seguro durante os 90 dias. Certo? Não exatamente, pois se leva até 2 horas ou até 180 anos. Porém nada impede que a senha seja quebrada em apenas alguns minutos, dependendo da "sorte" de quem a tenta quebrar. O tamanho de sua senha, em alguns casos, pode determinar a vulnerabilidade dela, segunda Joshua Davis, um pesquisador do Georgia Tech Research Institute . Segundo Richard Boyd, um dos pesquisadores chefe, envolvido nesta pesquisa, é difícil dizer o que ocorrerá no futuro, mas as pessoas só deveriam ser usadas senhas de 12 dígitos hoje em dia. As estimativas de tempo deles foram realizadas considerando que um cracker sofisticado consegue, atualmente, testar 1 trilhão de combinações de senhas por segundo . Mas como então alguém conseguirá lembrar-se de uma senha dessas? O recomendado é que sejam utilizadas frases para a criação das senhas. Pesquisadores da Carnegie Mellon University ( http://www.cs.cmu.edu/~help/security/choosing_passwords.html ) sugerem que utilize-se a primeira letra de cada palavra da frase para formar a senha e ainda alteremos algumas letras por símbolos. Ficaria algo como: Frase: "Eu gosto muito de comer morangos com chantily umas 2 ou 3 vezes por semana." Senha: " Egmcmc2o3ps " Frase: "Tenho dois filhos: João e Maria. Eles fazem faculdade 3 vezes por semana." Senha: " T2f:JeM.Eff3vs " Naturalmente a segunda senha é muito melhor do que a primeira demonstrada, pois ela possui os 4 conjuntos de caracteres! Como assim 4 conjuntos de caracteres? Existem 4 conjuntos de caracteres que podemos utilizar em nossas senhas, a saber: 1 - Números: 0 - 9 (contém 10 possíveis) 2 - Letras Minúsculas: a - z (contém 27 possíveis) 3 - Letras Maiúsculas: A - Z (novamente contém 27 possíveis) 4 - Caracteres Especiais: !@#$%¨&*:>< (depende do idioma que se usa, mas são no mínimo 69 possíveis) A lógica é de análise combinatória simples, quanto maiores as possibilidades, mais tempo se leva para "adivinhar" a escolha. Claro, temos que considerar que os pesquisadores utilizaram o método da força bruta para tentar quebrar as senhas, que é o mais demorado, pois testas todas as combinações possíveis. Que outros métodos são comuns? 1 - Ataque por dicionário: Consiste em testar todas as palavras existentes em um dicionário, partindo-se do principio que a maioria das pessoas usam palavras em suas senhas; 2 - Ataque Híbrido: O mais comum e que surte bons resultados. Consiste em mesclar os dois métodos anteriores. Se considerarmos que muitas pessoas usam de senhas os seus endereços, este método surtiria um ótimo efeito, mesclando palavras de dicionários com o conjunto dos números. Os tempos para descoberta de senhas diminuem vertiginosamente quando se utiliza um destes dois métodos. Mas como então lembrar de todas estas senhas? Temos várias que usamos no nosso dia-a-dia. Existem sites e programas para ajudá-lo nisso, mas sempre há um risco colateral no uso deles. Qual? Que alguém tenha acesso ao repositório deles, pois neste caso teria acesso a todas as suas senhas de uma única vez. http://passwordsafe.sourceforge.net/ Se você pensar o estrago que ter uma senha violada, como por exemplo, a do seu Facebook, que lhe dá acesso a vários outros sites ou serviços, imagine o problema de perder todas elas de uma única vez? Desta forma, o mais recomendado é que você utilize frases longas e uma lógica que só você conheça para formar suas senhas. Neste caso poderá até anotar suas frases, pois ninguém mais saberá convertê-las nas senhas. Melhor ainda se durante a montagem da senha você pular algumas palavras e adicionar alguns espaços. Ótimo, mas o que tudo isso tem a ver com a minha senha do SBS? Tudo, pois o que estamos discutindo aqui, em resumo, é o estabelecimento de uma política de senhas e ainda lhe dando os argumentos para fornecer aos seus usuários, quando estes reclamarem e pode apostar que eles irão!
  • Participe do Beta de SBS 7 e do SBS "Aurora"

    Não fique de fora dessa, inscreva-se logo nos betas: http://connect.microsoft.com/sbs Ainda não ouvia falar nada deles e gostaria de saber mais antes de se inscrever? SBS 7: http://download.microsoft.com/download/2/3/C/23C4CFBD-32CB-40B0-884F-272FD9400A72/SBS_7_Brochure.pdf SBS Aurora: http://download.microsoft.com/download/3/B/8/3B87BD23-00DF-4D4E-ADE8-ADB4C6E394F5/SBS_Aurora_Brochure.pdf Ainda precisa de mais informações: http://www.microsoft.com/sbs/en/us/beta.aspx Qual a diferença entre eles e como se comparam com os demais servidores?
  • LG GX-500

    Finalmente um celular de marca famosa com dois chips, não consigo entender como foram demorar tanto para fazer isso... Só não entendo porque eles não colocam o sistema operacional que roda no aparelho. Será que segundo o fabricante isso não é importante? Gostei de tudo o que, mas jamais compraria antes de saber qual o SO que roda nele. Se for WM 7 já entro na fila para comprar... http://www.lge.com/br/celular/aparelhos/LG-touch-screen-GX500.jsp
  • Livrando-se das atualizações de seus "amigos" no Facebook

    Com o aumento da popularidade do Facebook, algumas vezes você acaba aceitando como amigos pessoas que não são realmente seus amigos, por sentir-se constrangido de rejeitá-las, mas você simplesmente não tem o menor interesse em receber as atualizações destas pessoas em seu perfil. Como livrar-se delas então? Simples, repare que ao lado de cada atualização daquela pessoa há um "X", clique nele e verá: Se clicar em "Hide Fernanda" você nunca verá as atualizações da Fernanda; Se clicar em "Mark as Spam" a mensagem desaparecerá e será enviado um comunicado ao administrador do Facebook, para que seja verificado se trata-se de SPAM mesmo; Se clicar em "Cancel" (eu cliquei Fernanda, :D), sua ação será cancelada e continuarás vendo as atualizações da Fernanda. Certo, mas e se após algum tempo você mudar de idéia e desejar ver as atualizações daquela pessoa denovo? Simples, basta rolar a tela até o final e clicar em "Edit Options". Irá aparecer uma janela com o texto: Basta clicar no botão "Add To News Feed" ao lado do nome da pessoa e depois em "Close", que voltará a ver suas atualizações. Agora o que fazer se você até gosta das atualizações de uma pessoa, mas não suporta mais a enxurrada de atualizações que recebe de uma aplicação que ela usa? Simples, bloqueia a aplicação, clicando no link com o nome dela: Chega destes pseudo marketeiros de mídias sociais e políticos ficarem nos importunando com atualizações que realmente não nos interessam! (claro, teria sido bem mais fácil não aceitá-los, mas se não teve como... ou se realmente o problema são os aplicativos que eles usam...)
    Filed under:
  • Excluindo um atalho da área de trabalho dos usuários no SBS

    Para excluir um atalho da área de trabalho de seus usuários, use os mesmos procedimentos descritos em: http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2010/08/20/criando-um-atalho-na-225-rea-de-trabalho-dos-usu-225-rios-no-sbs.aspx Apenas altere o conteúdo do arquivo de script para: Set Shell = CreateObject("WScript.Shell") Set FSO = CreateObject("Scripting.FileSystemObject") DesktopPath = Shell.SpecialFolders("Desktop") FSO.DeleteFile DesktopPath & "\teste.lnk" Prontinho, bem simples e rápido!
  • Criando um atalho na área de trabalho dos usuários no SBS

    Digamos que você precise criar um atalho na área de trabalho de todos os seus usuários do SBS. Como fazer isso sem precisar acessar cada uma das máquinas? É bem simples. Quando qualquer usuário acessa ao SBS é executado um script de login, portanto se você adicionar a ele uma chamada a um arquivo que crie o atalho, bastará esperar todos logarem e depois retirar a chamada, que estará tudo pronto. Mas onde encontro este script? Aqui: C:\WINDOWS\SYSVOL\sysvol\ digite_aqui_o_nome_do_seu_domínio \scripts Na hora de incluir o script, lembre-se de referenciá-lo pelo caminho de rede, por exemplo: \\sbs-server\SYSVOL\nome_do_dominio\scripts\link.vbs (se o arquivo do script estiver na pasta citada acima). Maravilha, mas qual deve ser o conteúdo deste arquivo de script? Confira abaixo: Set Shell = CreateObject("WScript.Shell") DesktopPath = Shell.SpecialFolders("Desktop") ' Aqui vai o local onde deseja colocá-lo, ao invés de "Desktop" poderia ser outro local Set link = Shell.CreateShortcut(DesktopPath & "\teste.lnk") ' teste.lnk é o que aparecerá no link link.Arguments = "/y" ' Aqui você informa argumentos adicionais para o programa, caso sejam necessários. Se não forem, exclua essa linha link.Description = "Atalho para teste" ' Esta é a descrição do link, que também pode ser suprimida se assim o desejar link.HotKey = "CTRL+ALT+SHIFT+X" ' Aqui temos as teclas de acesso rápido, para acionar o link link.IconLocation = "app.exe,1" ' Aqui definimos o ícone a ser usado link.TargetPath = "\\sbs-server\ClientApps\Planilhas\Planilha.xlsx" 'Aqui se define o que será executado quando o link for acionado link.WindowStyle = 3 ' O estilo da janela link.WorkingDirectory = "\\sbs-server\ClientApps\Planilhas" ' O diretório de trabalho link.Save Pronto, isto era tudo o que você precisava!
  • Desenvolvendo aplicativos para Windows 7

    Você gostaria de desenvolver aplicativos para o Windows 7, mas não sabe por onde começar? Perfeito, comece por este curso: http://windowsteamblog.com/windows_phone/b/wpdev/archive/2010/08/17/windows-phone-7-jump-start-training.aspx
  • Windows Live Essentials 2011

    Você já testou? Sabe o que há de novo? Pequenas dicas das novidades: Um Messenger rápido - O tempo que leva para entrar, e para atualizar os contatos sociais e feeds, bem como a velocidade de animação, estão todos mais rápido do que nas versões anteriores do Messenger. Vídeo chat mais eficiente – O vídeo chat do Messenger agora utiliza 30% menos recursos do CPU, transferindo o trabalho para a GPU. Um melhor reconhecimento facial – O reconhecimento de face da Galeria de Fotos melhorou significativamente e opera mais rapidamente. Uploads de filmes maiores – O Movie Maker fará o upload de filmes com resolução mais elevada para o SkyDrive (480x640 vs 320x480 anteriormente). Taxa de bits maiores em filmes – O Movie Maker agora oferece suporte de alta qualidade (taxa de bits) de conteúdo. Melhor verificação ortográfica – O Writer melhorou significativamente a qualidade da sua verificação ortográfica. Uma melhor integração com o Office – O Writer está muito melhor em reter a formatação do texto quando você copia e colar no Word e outros programas do Office da Microsoft. Melhor manipulação do Gmail - agora o Mail automaticamente trata o spam do Gmail e pastas de lixo corretamente. Filtragem web mais rápida - O Filtro da WEB no Proteção para a Família está 35% mais rápido que na versão anterior. Quer mais? Que tal poder bater papo com os seus amigos do Facebook, diretamente por ele? Ok, mas e se não desejar que a integração ocorra? Basta desmarcar a caixa de seleção: Gostou? Faça o download aqui: http://www.microsoft.com/brasil/messenger/landing/
  • Querendo Temas novos para o seu Windows 7?

    Basta fazer o download do tema do Bing, que receberá via RSS, dois novos temas por semana, durante 3 meses!
  • Age of Empires Online

    Você já desejou poder jogar o Age of Empires online? Que tal participar como Beta Tester do jogo? Pois tudo isso será possível, pois está sendo lançada a versão online do jogo. Saiba mais em: http://www.microsoft.com/presspass/press/2010/aug10/08-16msgamescompcpr.mspx Você precisará de uma gamertag do Live para se inscrever como beta. Se ainda não tiver, crie uma aqui: http://www.ageofempiresonline.com/ Ok, não possui a mesma qualidade de imagem, mas lembre-se, é online!
  • Chega a era dos jogos decentes no celular!

    Isso mesmo o Xbox Live acaba de chegar ao Windows Phone 7! A quantidade de jogos é espantosa. Leia a matéria completa em: http://mashable.com/2010/08/17/xbox-windows-phone-7-games/
  • Redes Sociais no Outlook

    Esta dica recebi do Eduardo Petizme. Se você é usuário de redes sociais (a esmagadora maioria dos brasileiros é), sua vida vai se tornar bem mais fácil. Acaba de ser lançado o Outlook Social Connector: http://bit.ly/dAowEh Conector para: - Facebook; - LinkedIn; - myspace; - LiveMessenger. Direto no seu Outlook.
  • Sua empresa é maluca? Talvez devesse ser...

    Esta his(es)tória de difícil comprovação, está circulando pela internet, mas mesmo que não seja verdadeira, seu conteúdo serve para uma boa reflexão...
  • Converta PDF em DOC

    Fiquei sabendo deste software através do um Tweet do Nepomuceno @cnepomuceno e realmente o software mata a pau. É rápido e funcional, recomendo. Não sei o que os fabricantes de conversores irão achar, pois este é grátis, mas aí é com eles... http://www.hellopdf.com/
  • A evolução?

    Afinal de contas o que é evolução mesmo? Quem se lembra do lançamento das livrarias virtuais? Amazon.com surgiu e muitos começaram a dizer que as livrarias "presenciais", com seus prédios e montes de livros iriam desaparecer. Pois é, estão ainda por aí para nos provar que foi um equívoco a Barnes & Noble (por todos cantos dos EUA) a World's Biggest Bookstore (no Canadá), isso sem falar nas Brasileiras Saraiva, Siciliano, Cultura e outra centena de menores... E os e-books que acabariam com os livros? Sem livros as bibliotecas seriam museus, todos leriam seus livros em telas de computadores ou outros dispositivos. Seria o fim das editoras... Novamente balela, muita gente ainda prefere ler no papel. Há os que comprem e-books e os imprimam, apenas para obter uma versão impressa de forma mais rápida. Mesmo os que defendem que não devemos imprimir para preservar mais árvores, usam materiais impressos para a divulgação de suas idéias. Lançado o iPad, finalmente foi decretado o fim das editoras, livrarias e bibliotecas? Sem chance. O iPad aquele dispositivo que em muito lembra o iPhone, mas possui muito menos recursos do que este e ocupando muito mais espaço. Ah mas tem a tela sensível ao toque. Maravilha, o meu tablet também e posso fazer muito mais coisas com ele. Ok, ok, sei que o iPad não veio para substituir o Tablet e que custa MUITO menos. Você já tentou usar a stylus pen no seu iPad, ah é verdade a tela sensível ao toque dele é similar àquelas de brinquedos infantis, onde se pode apenas acionar funções pré-programadas, nada de desenhar ou escrever com reconhecimento de escrita. Tudo bem, não faz mal, vou usar para filmar um evento ou tirar fotos de uma palestra então. O que, também não tem câmera? Puxa, mas não falemos mal dele, afinal de contas, posso ler e responder e-mails através dele usando conexão 3G ou Wi-Fi. Ah sim, claro, isso eu já fazia de meu smartphone, sendo que ele cabe no meu bolso... Bem, ao menos posso escutar músicas com ele e apesar de poder fazer download deles pelo smartphone os autofalantes do iPad são mais potentes... Em resumo é um belo leitor de livros digitais, reprodutor de músicas, ferramenta para e-mail, com GPS. Certo, um bom gadget, principalmente para quem adora ler livros digitais longe de seu computador. Ele possui potencial de substituir os livros? Duvido e não estou só nesta dúvida, vejam o que disse John Dvorak a respeito dele na edição de Agosto/2010 da revista Info ( http://www.info.abril.com.br ). Então quer dizer que os livros nunca serão substituídos? Talvez um dia sejam, mas não num futuro próximo. Mesmo com as quase 10 horas de duração da bateria de um iPad, ele ainda precisa de energia para funcionar, enquanto livros podem ser lidos mesmo sem energia (durante o dia). Também não interpretem que eu considerei o iPad uma porcaria, pois não considero. Ele é a solução ideal para um grupo de pessoas que precisa de um leitor leve, com bateria duradoura, capaz de reproduzir vídeos e músicas, ou ainda, quem deseja uma ferramenta prática para realizar anotações rápidas. Há muita inovação nele, mas na minha opinião, ele mais inova na forma de se fazer algo, do que oferece algo que não fosse possível fazer antes. Ainda não me interessou, mas seguramente vai vender MUITO!
  • Bing Maps Rule

    Você já viu mapas com realidade aumentada? Eles são o máximo. Assista a este vídeo, veja como funciona e tente encontrar algo parecido na concorrência... Se falhar o vídeo inserido, basta acessarem em: http://bredes.com.br/?p=539 Format: mp4 Duration: --:--
  • Free Office 2010

    Você gostaria de testar o Office 2010? Perfeito, o teste é grátis. Teste ele por 60 dias e descubra porque tantas empresas e pessoas estão migrando... Clique aqui!
  • O que realmente é importante para você?

    Um grupo de ex-alunos, todos muito bem estabelecidos profissionalmente, se reuniu para visitar um antigo professor da universidade. Em pouco tempo a conversa girava em torno de queixas de estresse no trabalho e na vida como um todo. Ao oferecer café aos seus convidados, o professor foi à cozinha e retornou com um grande bule e uma variedade de xícaras. Porcelana, plástico, vidro, cristal; algumas simples, outras caras, outras requintadas; dizendo a todos para se servirem. Quando todos os estudantes estavam de xícara em punho, o professor disse: “Se vocês repararem pegaram todas as xícaras bonitas e caras, e deixaram as simples e baratas para trás. Uma vez que não é nada anormal que vocês queiram o melhor para si, isto é a fonte dos seus problemas e estresse. Vocês podem ter certeza de que a xícara em si não adiciona qualidade nenhuma ao café. Na maioria das vezes, são apenas mais caras e, algumas vezes, até ocultam o que estamos bebendo. O que todos vocês realmente queriam era o café, não as xícaras, mas escolheram, conscientemente, as melhores xícaras... e então ficaram de olho nas xícaras uns dos outros. Agora pensem nisso: A Vida é o café, e os empregos, dinheiro e posição social são as xícaras. Elas são apenas ferramentas para sustentar e conter a vida e o tipo de xícara que temos não define, nem altera, a qualidade de vida que vivemos. “Às vezes, ao nos concentrarmos apenas na xícara, deixamos de saborear o café que Deus nos deu”. Autor Desconhecido
  • Atalhos de teclado para virtualização

    Hyper-V (Standard = PC; VMC = Virtual Machine Console) Standard: CTRL + ALT + DEL VMC: CTRL + ALT + END Exibe o Task Manager ou a caixa de diálogo do Windows Security, ou ainda, permite logar. Standard: ALT + TAB VMC: ALT + PAGE UP Alterna entre programas da esquerda para a direita. Standard: ALT + SHIFT + TAB VMC: ALT + PAGE DOWN Alterna entre programas da direita para a esquerda. Standard: ALT + ESC VMC: ALT + INSERT Alterna entre programas, seguindo a ordem em que eles forma iniciados. Standard: CTRL + ESC VMC: ALT + HOME Mostra o menu Iniciar. Standard: N/A VMC: CTRL + ALT + PAUSE Alterna entre o modo de janela e tela cheia. Standard: N/A VMC: CTRL + ALT + LEFT ARROW Libera mouse e teclado da janela da VM. VMWare Server F11: Alterna entre janela e tela cheia Control + Alt + Insert: Envia Control + Alt + Del Ctrl + Alt: Sai do modo de tela cheia Ctrl + Alt + Enter: Entra no modo de tela cheia Ctrl + Alt + Tab: Alterna entre VMs, quando o mouse está em uma delas Ctrl + Alt: Libera o mouse do controle da VM Estes foram apenas os comandos mais comuns, mas já podem ajudar.
  • Top 150 SMB Pros

    Acabo de ficar sabendo que fui nominado a concorrer entre os top 150 SMB (Small and Medium Business) Pros! Fiquei muito feliz de saber e se de alguma forma ajudei a você, por favor, vote em mim. Vamos ter um brasileiro na lista!! Para votar faça o seguinte: 1. Acesse: http://www.smbnation.com 2. Vá em Community e clique em Top 150 SMB Pros . 3. Você precisa marcar SMB Nation Web site para dizer como ficou sabendo da pesquisa, pois se colocar Other o formulário não vai funcionar. 4. Vote em Carlos F P Rocha . Se for votar em mim, já fica aqui o meu agradecimento!
  • Windows Server não ativa e gera erro 0x8007232B

    Este erro também pode ocorrer no Windows Vista ou no Windows 7. A solução é das mais simples: Clique em Iniciar - > Executar...; Digite " SLUI 03 " (com o espaço, mas sem as aspas; Informe a chave de seu produto e clique em Next ; Aguarde o processo de ativação e se a chave informada estiver correta, estará pronto.
  • Fim do suporte do Windows Server 2000

    É o momento - Windows® 2000 Server atinge fim da vida em julho de 2010 Os clientes que permanecerem nesta plataforma estarão mantendo suas organizações com servidores não mais suportados em relação à hotfixes de segurança, patches ou service packs . Isso representa uma perigosa vulnerabilidade de segurança de dados. Mas isso também significa dificuldades adicionais, incluindo a possível perda de dados, a não conformidade com a normas regulamentadoras e a menor confiabilidade dos recursos de TI de missão crítica. 10 Motivos para Migrar do Windows 2000 Server para o Windows Server 2008 R2: http://cid-ba07e494be39738a.skydrive.live.com/self.aspx/P%c3%bablico/Top%2010%20Reasons%20to%20Upgrade%20from%20Windows%202000%20Server-BRZ.pdf Migração do Windows 2000 Server: http://cid-ba07e494be39738a.skydrive.live.com/self.aspx/P%c3%bablico/Migrating%20from%20Windows%202000%20Server-BRZ.pdf
  • Otimizando a velocidade de sua navegação na internet

    Normalmente quando falamos de otimizar a navegação na internet, pensamos na conexão, mas muitas vezes o problema não está na conexão propriamente dita, mas sim no servidor DNS que usamos. Mas o que é um servidor DNS? Quando navegamos na internet, estamos realmente procurando computadores que possuam as páginas que desejamos visualizar. Este computadores são identificados através de uma combinação de números. Como seria muito difícil decorar os números para acessar aos sites, decoramos os nomes deles, ou apelidos, o aliases e utilizamos um servidor DNS (Domain Name Server) para traduzir estes nomes para os respectivos números. Em resumo, tudo o que fazemos requer esta tradução e nossa navegação será tão mais rápido, quanto mais rápidos foram os servidores DNS que usarmos. Mas a diferença pode ser tão grande assim? Se considerarmos toda a navegação de um dia inteiro, sim, pode ser. E onde fica a informação sobre este servidor DNS? Pode ser no seu modem ou na sua placa de rede. Então para alterar o servidor DNS que usará em sua navegação, você tem duas opções: Acesse o modem ou roteador, digitando normalmente, http://192.168.0.1/ ou http://192.168.1.1/ no seu navegador de internet e informando usuário e senha conforme o manual dele; Acessa as propriedades de sua placa de rede. Para isso faça o seguinte: Iniciar -> Executar (ou tecla do Windows + R); Digite ncpa.cpl e tecle ENTER; Dê um clique com o botão direito do mouse na placa de rede da conexão e escolha propriedades; Informe o número do melhor servidor DNS, para o seu caso; Mas e como saber qual o melhor servidor DNS para mim? Eu recomendo usar o software da GRC chamado DNS Bench : http://www.grc.com/dev/DNSBench.exe O DNS que aparecer com uma bola verde cheia será o que está em uso na sua rede, os demais aparecerão com ela vazia. Para testar clique em Run Benchmark . O processo demora um pouco, mas vale a pena. Para acelerar é recomendável que feche todos outros programas durante o teste. Ao final do teste clique na aba Conclusions para ler o relatório. Ele é bem completo e possui dados interessantes.
  • Revitalizando a HP 19B-II

    Sim, sempre fui um feliz proprietário de uma HP 19B-II, disparado a melhor calculadora financeira até o lançamento da HP-30B este ano. Como a grande maioria dos proprietários dela, atualmente, estava com a minha calculadora jogada numa gaveta, por estar com o painel lateral quebrado, em função de um erro de projeto da HP, que colocou uma mola forte demais para as pilhas. Chega a ser ridículo, mas o pior é que a HP optou por retirar este modelo de produção, ao invés de corrigir o problema, o que poderia ser facilmente obtido através da adoção de outro tipo de pilha, como as do modelo "moeda", por exemplo, já usado por outros modelos da fabricante. Bem, sai para comprar pilha do tipo "N", simplesmente encontrei em uma única loja e custava quase R$ 10,00 cada uma (a HP usa 3). Com o painel lateral da calculadora quebrado, teria de fazer uma engenhoca para as pilhas ficarem presas, o que me impossibilitaria de sair com ela. Aí pensei, se já não vou sair mesmo com a calculadora, porque já não altero o modelo de pilhas que ela usa? Por que não adaptá-la para usar as pilhas "AA" padrão, que são MUITO mais baratas? Num momento de "Professor Pardal" foi o que eu fiz e gastei R$ 5,00, entre adaptador e 3 pilhas. Veja como eu fiz: Primeiro passo, comprar o adaptador para pilhas "AA", o que custou R$ 2,50; A idéia é utilizar este adaptador na lateral quebrada da calculadora, desta forma substituindo as pilhas tipo "N", que ela utiliza, pelas tipo "AA"; Agora o problema a contornar é o fato de que o adaptador possui acomodação para 4 pilhas e a calculadora usa apenas 3. Bem esta é a parte mais fácil, pois como as pilhas são colocadas em série, basta fechar o contato entre o polo positivo e o negativo de um dos engates do conector. Faço isso usando o própria mola dele, para não gastar nenhum outro componente; Então basta fixar os fios do adaptador na calculadora, a parte mais fácil é fixar eles nas dobras da mola, pois assim não precisa nem de ferro de soldar; Chegou a hora de colocar as pilhas e testar a calculadora! Prontinho, funcionou! Agora não preciso mais ficar usando a pobre e fraca HP 12-C em casa. Deixo para usá-la apenas na rua. Quanto gastei ao todo? R$ 5,00, mais 15 minutos do meu dia.
  • Identificando causa de pouco espaço em disco

    Muitas vezes você se encontra numa situação onde está ficando com pouco espaço em disco, mas não está num servidor, onde poderia rodas o File Server Resource Manager para identificar o problema. O que fazer? Acessar a raiz do drive e ir clicando com o botão direito do mouse, para selecionar as propriedades da pasta e ver o tamanho dela? Muito trabalhoso e lento, não é? Pois é, existe uma forma muito mais fácil de realizar isso, através do uso de um software e você não precisa gastar nada para isso, pois ele é gratuito. Estou falando do excelente TreeSize Free , que pode ser obtido por download em: http://www.jam-software.com/treesize_free/download.shtml
  • Movendo a pasta de conteúdo do WSUS

    Num post anterior ( http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2010/06/18/movendo-o-banco-de-dados-do-wsus-3-0.aspx ) falei como mover o banco de dados do WSUS para um outro drive. Normalmente precisamos fazer isto por falta de espaço, mas pode ser em função de uma falha de disco também. Ocorre que nem sempre o vilão é o banco de dados. Muitas vezes a pasta de atualizações que é a verdadeira vilã. Mas e aí, como se resolve o problema? Felizmente é bem mais fácil. Para resolver este problema basta utilizarmos uma ferramenta da linha de comando do próprio WSUS, chamada wsusutil , que pode ser encontrada em C: \Program Files\Update Services\Tools (partindo do princípio que o seu WSUS esteja instalado no drive C:\, o que é o normal). O comando que vamos utilizar é o movecontent e a sintaxe dele é: wsusutil movecontent NovoCaminhoDoConteúdo ArquivoDeLog -skipcopy [ /? ] As parâmetros são os seguintes: NovoCaminhoDoConteúdo: Indique aqui o novo local onde deseja que o conteúdo seja armazenado. Por exemplo, o drive D:\; ArquivoDeLog: Indique aqui o caminho e o nome do arquivo de log que será utilizado durante a movimentação das atualizações; -skipcopy: faz com que apenas a configuração do servidor seja alterada, mas os arquivos não sejam copiados; /? ou /help: fornece ajuda para a atualização do comando movecontent. Exemplo de utilização: Movendo o conteúdo das atualizações para uma pasta no drive D:\: C:\Program Files\Update Services\Tools> wsusutil movecontent D:\Wsus\WsusContent D:\Wsus\Mover.log
  • Twitter

    Finalmente aderi ao Twitter. Quem desejar me seguir por lá, basta seguir @paleo_.
  • Movendo o Banco de Dados do WSUS 3.0

    Muita gente instala o Banco de Dados do WSUS no drive de sistema, sem se dar conta de que ele pode crescer muito e algumas vezes descobrem que o espaço no drive C:\ está quase extinto. O que podemos fazer? Mover o Banco de Dados do WSUS para outro drive, naturalmente. Como? Faça o download e insale o SQL Server Management Studio Express, se ainda não tiver ele no sistema (esta é a parte mais demorada); Versão 2005 ou se preferir a versão 2008 . Neste tutorial vou utilizar a versão 2005. Abra o SQL Server Management Studio; Conecte-se à instância chamada: \\.\pipe\MSSQL$MICROSOFT##SSEE\sql\query usando o método de autenticação do Windows ; Neste momento você poderá ver a instância no Object Explorer , então faça o seguinte nela: SUSDB –> Tasks –> Detach; Selecione a caixa “ Drop Connections ” para remover a todas as conexões ao banco de dados, depois clique em OK. Caso apareça uma mensagem de erro, simplesmente clique em OK ; Movimente o banco de dados do WSUS que fica numa pasta chamada "WsusDatabase" , para o drive que deseja; De volta ao Management Studio, dê um clique direito em Databases e selecione Attach; Clique em Add e selecione o arquivo .mdf já na pasta nova; Clique OK . Pronto. seu banco de dados já está funcionando no novo local.
  • Microsoft Security Essentials - Error Updating Definitions - 0x80072ee2

    Muita gente está encontrando esse erro e na grande maioria dos casos ele refere-se ao fato de que a máquina precisa passar por um servidor proxy que requer autenticação, para se conectar à internet e não está conseguindo. Já vi gente dizendo a besteira que nem adianta tentar nada, pois o MSE não funciona com proxy que requeira autenticação. Claro que ele funciona e aqui vão os passos para resolver isso: 1. Configure os dados corretos do proxy no seu Internet Explorer: abra o Internet Explorer e selecione "Ferramentas" -> "Opções de Internet"; selecione "Conexões" e "Configurações da Rede": informe os dados corretos de seu servidor proxy. 2. Informe ao Windows que deve usar o proxy configurado no Internet Explorer, como padrão: abra um prompt do DOS, como administrador; clique direito no prompt e "Executar como administrador" digite "netsh"; digite "winhttp"; digite "import proxy source=ie". 3. Reinicie o seu computador que o problema estará resolvido. Caso você utilize uma das versões Home de sistema operacional, não terá a opção para rodar como administrador (pois já possui este privilégio) e nem terá a opção "winhttp" no "netsh". Então como fazer? 1. abra um prompt do DOS (Iniciar -> Executar -> cmd); 2. digite "proxycfg -u" Pronto, agora vai tudo funcionar bem!
  • Comandar apresentação do PowerPoint através do telefone celular

    Você já pensou como seria legal poder comandar os seus slides através do telefone celular? Nunca mais acontecer de chegar no local do evento e descobrir que deixou o mouse em casa e agora ficará preso junto ao micro, ou terá de pedir ajuda a outra pessoa? Pois agora isto e muito mais é possível. Veja como: Rever e editar apresentações no celular Imagine que você esteja em viagem para uma reunião, onde tudo tem que dar certo e leva junto aquela apresentação feito em conjunto com toda sua equipe. Enquanto está se deslocando para o escritório do cliente de taxi, pega o seu Windows Phone, verifica o seu e-mail e analisa a apresentação que fará. Como sempre, o PowerPoint Mobile lhe proporciona uma visualização rica e fiel de sua apresentação. Gráficos de SmartArt, Imagens, Animações e Transições funcionam perfeitamente. A nova visualização Outline lhe permite navegar pela apresentação facilmente, além de saltar para um slide específico quando deseja. Você navega pelas notas de apresentação, que lhe lembram sobre o que falar em cada slide. Enquanto está lendo, você tem mais algumas idéias que acha seriam interessantes de abordar. Sem problemas! Agora o PowerPoint Mobile permite que você edite as notas de apresentação, então sempre poderá render o máximo, "lembrando-se" de tudo. Então, você chega à conclusão de que a apresentação precisa de uma reestruturação para causar um impacto maior. Adivinhe só? Agora o PowerPoint Mobile lhe permite reordenar os slides da sua apresentação, além de ocultar alguns, para eles não apareçam durante a apresentação. Finalmente, durante esta revisão você encontra um erro, que passou inadvertidamente pela sua equipe. Sem stress! Com o PowerPoint Mobile, editar o slide é uma barbada. Tudo revisado e alterado, você reenvia a apresentação por e-mail para baixar no cliente. Presentation Companion Quando você chega no escritório do cliente, descobre que o seu colega, que já estava na cidade, já recebeu seu e-mail com a apresentação e está executando ela com o PowerPoint 2010 em um notebook, que está conectado a um projetor. Então você usa o seu PowerPoint Mobile para transformar o seu telefone celular em um comando sem fio para a sua apresentação em apenas 3 passos simples. 1. Certifique-se que o add-in do Presentation Companion esteja rodando no PowerPoint do laptop 2. Simplesmente abra a mesma apresentação no seu telefone usando o PowerPoint Mobile 3. Com poucos cliques, configure a paridade de seu telefone com o laptop usando o Bluetooth* (* repare que para isso precisará ter o Microsoft Bluetooth no telefone) Pronto! Seu telefone transformou-se num recurso de apoio à reunião. Use ele como controle remoto da apresentação que está rodando no laptop. Como um bônus, você pode ver as notas de apresentação de cada slide no seu telefone, mesmo durante a projeção dos slides pelo laptop. Gostou e já possui o Office PowerPoint 2010 rodando em seu micro, mas não sabe obter os outros softwares? PowerPoint Companion 1.0 (Beta): http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=1a448b18-baf6-4c73-805f-75190113de59&displaylang=en Office Mobile 2010 (Beta): http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=177951&clcid=0x409 Fonte: http://blogs.msdn.com/b/powerpoint/archive/2010/06/03/review-and-deliver-dynamic-presentations-with-powerpoint-mobile-2010.aspx
  • Rambo Mode no InPrivate

    Recebi algumas perguntas sobre como fazer o mode InPrivate desaparecer, a grande maioria veio de pais preocupados com o uso que os filhos fazem. Pessoalmente não sou favorável a removê-lo, prefiro usar outras abordagens para solucionar esta necessidade, mas aqui vai a resposta às perguntas. Para as edições Professional, Business ou Ultimate dos sistemas operacionais: Clique em Iniciar , depois em Executar , ou simplesmente pressione a tecla do Windows e a letra R ao mesmo tempo; Digite GPEDIT.MSC e tecle ENTER ; Acesse a chave: User Configuration / Administrative Templates / Windows Components / Internet Explorer / InPrivate ; Dê dois cliques no Não Configurado em Desabilitar a Filtragem InPrivate e selecione Ativado . Para as edições Home, Home Premium e Starter: Abra o Windows Explorer e acesse ao drive C:\ ; Clique com o botão direito em uma área vazio da janela da direita e selecione Novo , depois selecione Documento de Texto ; Dê o nome de IE8 IPSafeMode.reg para ele. Atente para o fato da mudança da extensão do arquivo de .txt para .reg ; Dê um clique direito no arquivo e selecione Editar ; Insira o texto abaixo no arquivo, mas atente para o fato de ficar igual ao texto abaixo, apenas 4 linhas, sendo que a segunda é em branco; -------- Começa na linha abaixo --------- Windows Registry Editor Version 5.00 [HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Policies\Microsoft\Internet Explorer\Privacy] "EnableInPrivateBrowsing"=dword:00000000 -------- Termina na linha acima ----------- Feche o arquivo e dê dois cliques nele, aí confirme o que for solicitado. Detalhe, para que esta segunda alternativa funcione corretamente, precisa estar habilitada a opção de ver a extensão de arquivos conhecidos e de sistema. Habilite ela em: Painel de Controle; Opções de Pastas; Desabilite Ocultar extensões de tipos de arquivos conhecidos .
  • Quer soluções gratuitas da Microsoft?

    Conheça as soluções gratuitas da Microsoft que podem facilitar o seu dia-a-dia. http://co1piltwb.partners.extranet.microsoft.com/mcoeredir/mcoeredirect.aspx?linkId=13327893&s1=ef00d5c6-9636-f4ab-dc85-1b6d35ad4ce5
  • VOCÊ É UM EXPERT EM OFFICE?

    As pessoas sempre pedem sua ajuda para realizar tarefas com aplicativos Office? Você domina alguma aplicativo mais que a média as pessoas? Conte para a Microsoft um pouco mais sobre sua experiência! http://co1piltwb.partners.extranet.microsoft.com/mcoeredir/mcoeredirect.aspx?linkId=13327891&s1=ef00d5c6-9636-f4ab-dc85-1b6d35ad4ce5
  • Feliz Natal e Próspero Ano Novo Gaudérios

    Recebi este de um amigo e tive que compartilhar. Valeu Charles! Eis que surge lá no fundão da estância, após se entreverar por várias coxilhas mundo a fora, o lôco de buenacho, índio Noel, montadito num tostado do bico branco, venta colorada, com uma tropa crioula por diante e ladiado por uma carreta puxada por 20 juntas de bois e outros 09 solteiros, que ainda arrastam um lote de gaiotas, tudo acorduadita uma nas ôtras, entupido de presentes, mais parecendo um mascate vindo do Uruguai, para novamente celebrar o nascimento do piazito do peito, uhh guri de respeito, gaúcho destes pampas, chamado JESUS, Filho da Dona Maria, prenda flôr de rezadera, e do Seu José, um carpinteiro pra lá de especial. Este piazito veio pra salvar toda a indiada que se perdeu pelo mundo, espalhados como filhos de avestruz, por esta vida... Que neste Natal, o índio Noel te presenteie com quatro potrancas lindaças, florões de tropa, uma tordilha chamada PAZ, uma gateada de nome SAÚDE, uma azulega batizada de PROSPERIDADE e uma colorada de nome AMIZADE (esta, bem conhecemos), e que, neste ano que se inicia, elas galopem juntas e livres pelo nosso pago. Um baita quebra costelas bem chinchado, pra ti, pros teus e pra tua tropa de amigos, e que 2010 SEJA UM ANO LÔCO DE ESPECIAL PARA TODOS NÓS!!!!
  • Vídeos de Windows 7 - parte 2

    Lembre-se tem MUITO mais vídeos no site New Efficiency no Brasil ! Se der erro no vídeo acessem http://www.microsoft.com/brasil/eventovirtual/windows7.htm e selecionem ele lá mesmo. Vídeo sobre Windows XP Mode. Format: wmv Duration: --:--
  • Vídeos de Windows 7

    Amigos, acaba de ser lançado o site New Efficiency no Brasil . Sendo que eu criei 2 vídeos para ele! Aguardo os comentários sobre os meus vídeos e o site. Se der erro no vídeo acessem http://www.microsoft.com/brasil/eventovirtual/windows7.htm e selecionem ele lá mesmo. Aqui o vídeo de Compatibilidade de Aplicações do Windows 7. Format: wmv Duration: --:--
  • A influência do meio no comportamento

    Analisem bem esta foto e me digam se o meio não influencia no corportamento... Não venham me dizer que foi o adestrador que ensinou ao cachorro como se posicionar, nem um policial. Quantas vezes ele deve ter presenciado este procedimento para aprender???
    Filed under:
  • Moral e Imoral

    "Eu sei que é moral o que nos faz sentir bem depois, e imoral o que nos faz sentir mal depois." Ernest Hemingway
  • Alterando a porta para envio de mensagens no SBS

    Alguns provedores estão realizando uma medida pífia para combater os spammers. Eles estão alterando a porta de envio do SMTP de 25 para, por exemplo 587. Isso é completamente ridículo, pois não surtirá efeito algum no longo prazo. Bastará que os spammers alterem as portas nas suas ferramentas que voltaremos ao ponto anterior. O que eles farão então? Mudarão de porta denovo? Até quando? Até terem usado todas?? Onde ficam os padrões?? É por causa do tipo de profissional que tem essas idéias que poucos padrões são seguidos no mundo... Esta medida serve apenas para declarar a incompetência de quem administra estes servidores, que por não saber uma forma viável de conter os spams parte para uma medida de resultados imediatos, mas com duração curta. Claro que quando tudo voltar ao normal, será dito que foram os spammers que evoluiram, não que a incompetência de quem propôs a idéia que veio à tona... De qualquer forma, aqui vai o procedimento: 1. Acesse o Gerenciamento do Servidos do SBS; 2. Expanda Gerenciamento Avançado; 3. Expanda a Guia do Exchange; 4. Expanda Servers; 5. Expanda o nome do seu servidor; 6. Expanda Protocols; 7. Expanda SMTP; 8. Dê um clique com o botão direito no Default SMTP Virtual Server e escolha Properties; 9. Acesse a guia Delivery e clique em Outbound Connections; 10. Em TCP port altere de 25 para a porta desejada (Ex.: 587). Pronto, seu envio de mensagens irá funcionar com a novo configuração, até que o provedor altere ela denovo...
  • Criando um grupo de distribuição de e-mails

    Em algumas situações precisamos que vários usuários recebam as mensagens enviadas para um e-mail e a forma correta de operacionalizar isso é a criação de um grupo de distribuição. Para isto faça o seguinte: 1. Abra a console de Gerenciamento do Servidor; 2. Clique em Distribution Groups e da lado direito clique em Add a Distribution Group ; 3. Clique em Next e depois informe o nome e o alias do grupo de distribuição, então clique em Next ; 4. Na tela seguinte será perguntado a qual grupo o novo grupo pertencee você deve simplesmente clicar em Next , sem adicionar nenhum; 5. Na tela do nome do gerente também pode deixar em branco e clicar em Next ; 6. Desmarque a opção de Create a public folder to archive all e-mail messages sent to this group , pois o SBS só suporta uma pasta pública e ela já criada quando da instalação, mas mantenha marcada a caixa Enable this group to receive e-mail messages from users outside of your network; 7. Clique em Next e Finish . Uma vez criado o grupo, basta dar um duplo clique sobre ele, ir em Members e adicionar as contas que farão parte dele. Estas podem ser usuários do AD, ou até mesmo contatos com e-mails externos. Caso suas mensagens não sejam entregues diretamente no Exchange, configure no POP2 Connector para entregar as mensagens da conta externa no grupo.
  • Redirecionando mensagens para um contato externo

    Este procedimento é realizado em duas etapas. Na primeira criamos um contato do tipo mail-enable em nosso domínio, conforme os passos descritos abaixo: 1. Abra a Gerenciamento do Servidor do SBS 2003; 2. Expanda a árvore de Gerenciamento Avançado; 3. Expanda Active Directory Users and Computers; 4. Expanda o nome de seu domínio; 5. Expanda My Business; 6. Dê um clique com o botão direito em Contatos e selecione New -> Contact; 7. Preencha com os dados do usuário externo e clique em Next; 8. Selecione a caixa Create an Exchange e-mail Address, informe um alias para o e-mail e clique em Modify; 9. Marque SMTP address e clique em ok; 10. agora informe o e-mail externo e clique em ok; 11. Confira na tela inicial que o e-mail foi inserido corretamente, clique em Next e depois em Finish. Agora chegamos à segunda etapa onde criamos o redirecionamento das mensagens: 1. Agora ainda em Gerenciamento Avançado; 2. Na árvore Active Directory Users and Computers; 3. No nome de seu domínio; 4. Em My Business; 5. Expanda Users; 6. Selecione SBSUsers; 7. Dê um clique com o botão direito no usuário que deseja ter suas mensagens redirecionadas e selecione Properties; 8. Acesse a guia Exchange General; 9. Clique no botão Delivery Options; 10. Em Forwarding address selecione Forward to e clique em Modify. Depois informe o nome do alias do contato externo e confirme. Caso deseje que uma cópia das mensagens permaneça na caixa do usuário selecione a caixa destacada acima, ou se não for o caso, deixe-a sem selecionar. Agora é só confirmar os passos e está tudo pronto!
  • Ligando computadores na rede

    Em 01/06/2009 fiz um post sobre como desligar os computadores da rede http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/archive/2009/06/01/desligando-todos-os-computadores-da-rede.aspx , mas aí surgiram as dúvidas sobre como poderiam ligá-los. O primeiro passo é certificar-se se o Wake-on Lan está habilitado na BIOS (para placas de rede onBoard) ou na placa de rede (para as offBoad). Superado este requisito basta enviar o "pacote mágico" que a máquina liga. Eu uso um software da Fusion nos clientes ( http://www.fusion-online.com.ar/ ) e ele funciona muito bem. Aqui temos que atentar para um detalha que faz toda a diferença. O computador a ser ligado precisa ter energia conectada a ele. Sim, sei que parece um comentário idiota, mas não é. Vou explicar melhor. Em muitas empresas são colocados estabilizadores de voltagem em cada equipamento e quando os funcionários vão embora, eles os desligam. Pronto, já não há mais energia alimentando a estação de trabalho e portanto não conseguiremos ligar a mesma nem "com reza braba". Outra coisa que já vi ocorrer é desligarem o switch da rede. Já era! Se o switch estiver desligado não adianta manter a estação de trabalho com energia, pois não funcionará.
  • Avaliando Software plus Services

    Infrastructure Planning and Design Guides—Release Announcement SharePoint Online—Evaluating Software-plus-Services O time de Infrastructure Planning and Design lançou um novo guia: SharePoint Online—Evaluating Software-plus-Services . Você está considernado uma solução online para os serviços de colaboração de sua equipe? O guia SharePoint Online—Evaluating Software-plus-Services apresenta uma clara comparação da tecnologia de colaboração SharePoint através de premissas, padrões de hospedagem e cenários de hosting dedicados. Ele é desenhado para ser usado como um framework para avaliação da possibilidade de mover as soluções técnicas e de negócios para o Microsoft SharePoint Online. Faça download do guia visitando http://www.microsoft.com/ipd e selecionando “SharePoint Online–Evaluating Software-plus-Services” em IPD One-click Downloads, constante do canto inferior direito da página.
  • Antivirus Online

    Você já necessitou usar um antivirus, sem instalar ele? Avast! Online Scanner Bitdefender Online Scanner CA Virus Scanner Dr. Web Online Checher Eset Online Scanner F-Secure Online Scanner Jotti Malware Scanner Kaspersky Free Virus Scan McAfee FreeScan Microsoft OneCare Live Panda ActiveScan Panda ActiveScan 2.0 (ex NanoScan) Shields Up! Symantec Security Check Trendsecure HouseCall Virus.Org Rogue File Scanning Service VirSCAN Multi Engine Virus Scanner VirusTotal Online Scan GFI EndPoint Para rodar a partir do pen drive (outra alternativa ótima, especialmente se o seu tiver o switch para proteger contra gravação): ClamWin Portable
  • Materiais de referência sobre SQL Server

    Armazenamento de Dados TechNet Library Whitepaper: Physical Database Storage Design RAID Levels and SQL Server Books Online: Files and Filegroups Architecture SQL Server 2005 Technical Article: Partitioned Tables and Indexes in SQL Server 2005 Tempdb TechNet Library Whitepaper: Working with Tempdb in SQL Server 2005 Books Online: Optimizing tempdb Performance Books Online: Capacity Planning for tempdb Monitoramento Windows Server 2003 Help: Performance monitoring Concepts Books Online: Introducing SQL Server Profiler TechNet Library: SQL Server 2005 Waits and Queues - SQL Server Best Practices Article TechNet Library: SQL Server Best Practices Article - Predeployment I/O Best Practices Backup Books Online: Backing Up and Restoring Databases in SQL Server Support Article: SQL Server 7.0, SQL Server 2000, and SQL Server 2005 logging and data storage algorithms extend data reliability Description of using disk drive caches with SQL Server that every database administrator should know Segurança Books Online: Securing SQL Server Books Online: Setting Up Windows Service Accounts Books Online: Security Considerations for a SQL Server Installation Alta disponibilidade Books Online: High Availability Solutions Overview Books Online: Selecting a High Availability Solution Books Online: Database Mirroring Overview Books Online: Log Shipping Overview Replicação Books Online: SQL Server Replication Books Online: Replication Publishing Model Overview Books Online: Types of Replication Overview Books Online: Replication Agents Overview Service Broker Books Online: SQL Server Service Broker Books Online: Overview (Service Broker) Books Online: What Does Service Broker Do? Books Online: Typical Uses of Service Broker Serviço de Integração Books Online: SQL Server Integration Services Books Online: Security Overview (Integration Services) Books Online: Integration Services Packages Books Online: Support for Data Transformation Services (DTS) in SQL Server 2008 Books Online: Creating Package Configurations SQL Server 2008 SQL Server 2008 Technical Article: Introduction to New T-SQL Programmability Features in SQL Server 2008 SQL Server 2008 Technical Article: Introduction to Spatial Coordinate Systems: Flat Maps for a Round Planet Books Online: Managing SQL Server Workloads with Resource Governor Books Online: Introducing Resource Governor Books Online: Resource Governor Concepts Fonte: http://gilmaroassis.spaces.live.com/Blog/cns!A5E9C41598F2DEC8!406.entry
  • Desligando todos os computadores da rede

    Muitas empresas estão querendo que todas suas estações de trabalho sejam desligadas em um horário específico, para evitar o desperdício de energia. Como podemos fazer isso? Não, por favor, não diga que agendará em cada máquina, pois numa rede com 100 estações isso seria terrível de gerenciar. Existe outra forma? Sim, confira abaixo. Crie um arquivo .BAT ou .CMD com a linha abaixo, como seu único conteúdo e agende a execução dele para um minuto antes do horário desejado. FOR /L %i in (2,1,254) DO shutdown /s /f /t 60 /m ''192.168.0.%i /d p:2:18 Esta linha de comando acima faz o truque para nós. Mas agora vejamos como ela funciona. Primeiro estabelecemos um loop com o comando FOR: FOR /L variável ( início, progresso,fim ) DO comando com parâmetros A variável deve iniciar por "%" e no parêntese definimos a faixa de variação. No exemplo acima definimos que o loop ocorrerá entre os números 2 e 254, com uma evolução de um em um (2,3,4,5,6,...). Feito o loop só precisamos inserir a variável dele no comando e está tudo pronto. No comando shutdown utilizamos os seguintes parâmetros: /s: desligar /f: forçar, ou seja, não salvar trabalhas abertos, simplesmente desligar /t 60: aguardar 60 segundos para executar o comando /m ''192.168.0.%i: aqui ocorre o nosso loop, passando por todos os IPs da faixa explicada acima /d p:2:18: aqui informamos o motivo do desligamento para que fique registrado
  • Quem protege nossos protetores???

    As empresas de antivirus nos protegem contra hackers, vírus, worms, phishing, etc, etc. Mas quem protege elas??? Muito se ouve falar sobre quem é melhor: Symantec vs Kaspersky vs Eset-(Nod32) vs AVG vs F-secure vs Trendmicro Mas o que dizer quando todos estes fabricantes possuem vulnerabilidades em seus próprios sites? http://nemesis.te-home.net/News/20090510_Vulnerabilities_in_Websites_of_6_Antivirus_Vendors.html Qual tipo? XSS O que é XSS?? O XSS, ou Cross Site Scripting é um método de ataque onde um site não filtra suficientemente os parâmetros que recebe dos browsers, tem seu funcionamento interno confundido e pode, se devidamente orientado, exibir conteúdo de outros sites sob a própria URL.
  • O retorno

    É isso aí amigos, estou voltando. Estive completamente sem tempo em função de projetos que me envolvi, mas agora as coisas já estão mais acomodadas e já tenho tempo para postar novamente, então, em resumo: Voltei!!
  • Confrontos

    "Não devemos ter medo dos confrontos. Até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas." Charles Chaplin
  • Festas de Final de Ano

    Amigos, acredito que alguns irão sair em viagem neste período de festas então resolvi deixar esta mensagem: O Natal é uma data muito especial, onde devemos celebrar a primeira de todas as segundas chances. Quem nunca precisou de uma segunda chance? Pois foi isso o que Cristo nos deu e vamos celebrar este aniversário dele. Não esqueçam de outra coisa: Quem gostaria de reunir várias pessoas em seu aniversário, vê-las trocando presentes e felicitações, mas esquecendo completamente do aniversariante? Ninguém né? Portanto, convidem as pessoas que estejam com vocês nesta data e façam uma oração para o aniversariante. Não custa nada e será bem legal. E o Ano Novo? Bom, este é um divisor de águas. É o momento de pararmos e analisarmos o que fizemos no ano que passou. Ver onde acertamos, mas principalmente onde erramos, pois só identificando o erro é que poderemos corrigí-lo. Reflitam, comemorem as vitórias, aprendam com as derrotas, mas acima de tudo, SEJAM MUITO FELIZES E REALIZEM NO MÍNIMO O DOBRO EM 2009!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! DESEJO A TODOS, MUITA SAÚDE, MUITA PAZ, MUITA ALEGRIA E ALGUM DINHEIRO, QUE TAMBÉM AJUDA, . Carlos.
  • Haja o que houver...

    Este texto foi traduzido automaticamente, portanto podem haver erros de português, por favor, relevem eles... Haja o que houver... Na Romênia, um homem dizia sempre a seu filho: Haja o que houver, eu sempre estarei a seu lado! Aconteceu, nesta época, um terremoto de intensidade muito grande, que quase arrasou as construções lá existentes. Estava nesta hora este homem em uma estrada. Ao ver o ocorrido, correu para casa e verificou que sua esposa estava bem, mas seu filho estava na escola. Foi imediatamente para lá. E a encontrou totalmente destruída. Não restou, uma única parede de pé... Tomado de uma enorme tristeza. Ficou ali ouvindo, a voz feliz de seu filho e sua promessa (não cumprida): "Haja o que houver, eu estarei sempre a seu lado". Seu coração estava apertado e sua vista apenas enxergava a destruição. A Voz de seu filho e sua promessa não cumprida, o dilaceravam. Mentalmente percorreu inúmeras vezes o trajeto que fazia diariamente segurando sua mãozinha. O portão (que não mais existia); o corredor... Olhava as paredes, aquele rostinho confiante. Passava pela sala do 3º ano, virava o corredor e o olhava ao entrar. Até que resolveu fazer em cima dos escombros, o mesmo trajeto. Portão... Corredor... Virou a direita e parou em frente ao que deveria ser a porta da sala. Nada! Apenas uma pilha de material destruído. Nem ao menos um pedaço de alguma coisa que lembrasse a classe. Olhava tudo, desolado. E continuava a ouvir sua promessa: "Haja o que houver, eu sempre estarei com você". E ele não estava... Começou a cavar com as mãos. Nisto chegaram outros pais que, embora bem intencionados e, também, desolados, tentavam afastá-lo de lá dizendo: - Vá para casa. Não adianta, não sobrou ninguém. Vá para casa. Ao que ele retrucava: - Você vai me ajudar? Mas ninguém o ajudava. E pouco a pouco, todos se afastavam. Chegaram os policiais que, também, tentaram retirá-lo dali pois viam que não havia chance de ter sobrado ninguém com vida... Havia outros locais com mais esperança de sobreviventes. Mas este homem não esquecia sua promessa ao filho, a única coisa que dizia para as pessoas que tentavam retirá-lo de lá era: - Você vai me ajudar? Mas eles também o abandonavam. Chegaram os bombeiros, e foi a mesma coisa... "Saia daí, não está vendo que não pode ter sobrado ninguém vivo? Você ainda vai por em risco a vida de pessoas que queiram te ajudar, pois continuam havendo explosões e incêndios". Ele retrucava : -Você vai me ajudar? "Você está cego pela dor não enxerga mais nada. Ou então é a raiva da Desgraça"... -Você vai me ajudar? Um a um, todos se afastavam. Ele trabalhou quase sem descanso, apenas com pequenos intervalos, mas não se afastava dali. 5, 10, 12, 22, 24, 30 horas. Já exausto, dizia a si mesmo que precisava saber se seu filho estava vivo ou morto. Até que ao afastar uma enorme pedra, sempre chamando pelo filho, ouviu: - Pai... estou aqui! Feliz fazia mais força para abrir um vão maior e perguntou: - Você está bem? - Estou. Mas com sede, fome e muito medo. - Tem mais alguém com você? - Sim, dos 36 da classe 14 estão comigo. Estamos presos em um vão entre dois pilares. - Estamos todos bem. Apenas conseguia se ouvir seus gritos de alegria. - Pai, eu falei a eles: Vocês podem ficar sossegados, pois meu pai irá nos achar. - Eles não acreditavam, mas eu dizia a toda hora... "Haja o que houver, meu pai, estará sempre a meu lado". - Vamos, abaixe-se e tente sair por este buraco. - Não! Deixe eles saírem primeiro. Eu sei que haja o que houver... - Você estará me esperando! (Esta história é verídica) É bom sabermos também que haja o que houver DEUS sempre está ao nosso lado. Pense nisso da próxima vez que você desanimar, por algum motivo... Autor Desconhecido
    Filed under:
  • Windows Vista e Windows Server 2008 SP2

    Amigos, já está disponível para os usuário do MSDN/TechNet, desde ontem o SP2 do Windows Vista. Para os demais usuários estará disponível a partir de amanhã. A pergunta mais frequente será, o que mudou? Suporte para novos hardwares suporte à tecnologia Blue tooth 2.1; habilidade de gravar em mídias Blu-ray; adiciona o Windows Connect Now (WCN) às conexões Wi-fi; exFAT passa a suportar etiquetas de tempo UTC, o que proporciona sincronismo de arquivos entre zonas de horário diferentes; suporte a novos formatos de expansão: ICCD/CCID; suporte à nova CPU ViA 64-bits. Segurança inclui todas as atualizações de segurança anteriores ao seu lançamento; Secure Development Lifecycle, onde são detectadas as causas de erros de programação que conduzem à vulnerabilidades; endereça atualizações de confiabilidade e crashes causados pelo código, descoberto após o SP1. Performance recupera performance quando não localiza a rede Wi-fi após voltar da hibernação (sleep); inclusão do Windows Search4 ao produto; melhorias da sidebar dos RSS feeds. Compatibilidade de Aplicativos garantia que aplicativos desenvolvidos para o Vista SP1 continuarão funcionando no SP2; atualizações para compatibilidade de arquivos já publicadas estarão presentes no produto; Spysweeper e ZoneAlarm agaro funcionam com as contas de e-mail POP3. Melhorias na administração e suporte o tempo para a instalação do .net Framework 3.5 será reduzido quando instalado no Windows Vista SP2 ou no Windows Server 2008 SP2; Service Pack Clean-up Tool (Compcln.exe). Este software ajuda a recuperar espaço no HD, por deletar permanentemente as versões antigas dos arquivos; único instalar para Windows Vista e Windows Server 2008; habilidade para detectar driver incompativel e bloquear o SP2; melhor gerenciamento de erros e informações mais detalhadas dos erros, onde possível; melhor gerenciamento do log de eventos. Correções específicas e Adições Inclusão do Hyper-V; suporte ao visualizador do log de eventos no SPC; Servidor DNS agora "ouve" através de endereços ISATAP; Corrige problemas no DRM causados por atualizações do WMP; Pacote de funcionalidades do Windows Vista para Wireless; Redução dos recursos necessários para os gadgets da sidebar; Gerenciamento de energia aprimorado para o Windows Server 2008.
  • Criando imagens com updates

    Você gostaria de criar imagens de discos para distruição em sua rede, mas acha trabalhoso o processo de integrar todas as atualições a elas? Este script é a solução para este problema: http://download.microsoft.com/download/f/d/0/fd05def7-68a1-4f71-8546-25c359cc0842/RunUpdates.exe Fonte: http://technet.microsoft.com/en-us/magazine/cc160766.aspx
  • Teste de carga no Exchange

    Deseja testar a capacidade de suporte a carga de seu Exchange? Aqui está a ferramenta: Exchange Load Generator (64 bit)
  • Ferramenta leve para suporte remoto

    Você precisa dar suporte remoto a seus clientes e é interessante poder ver a tela deles e interagir com os mesmos? A asistência remota do Windows não está disponível? Está usando VNC ou LogMeIn? Ok, aqui tem uma solução bem superior às duas anteriores, para este cenário, onde não há necessidade alguma de estabelecer um acesso remoto, com privilégios. Microsoft SharedView. Ah sim, ele ainda possui algumas vantagens, como por exemplo, permitir que 15 pessoas compartilhem e interajam no mesmo desktop, ao mesmo tempo. http://technet.microsoft.com/en-us/magazine/cc645019.aspx Se ainda desejar acesso ao código: http://download.microsoft.com/download/f/d/0/fd05def7-68a1-4f71-8546-25c359cc0842/UtilitySpotlight2008_07.exe
  • Problemas de conexão com o Exchange

    Você está enfrentando problemas de conexão com o seu Exchange Server, gostaria de testar, mas não sabe como? Pois a solução está aqui: https://www.testexchangeconnectivity.com/Default.aspx Resolva problemas com: Exchange ActiveSync Exchange ActiveSync AutoDiscover Office Outlook 2007 AutoDiscover Connectivity Office Outlook 2003 RPC/HTTP Connectivity Inbound SMTP Email
  • User Group Leadership Summit

    Desta vez estou batendo o meu recorde de atraso, este post refere-se a um evento que ocorreu em 17/10, mas de qualquer forma, aqui vão alguns comentários. Estive presente em 17/10/2008 no UG Leadership Summit, em São Paulo, na sede da MS. Um evento que reuniu os líderes de grupos de usuários de todo o Brasil e até do exterior. Esse evento foi norteador para líderes de grupo, pois tivemos uma interação muito grande uns com os outros e com representantes da Microsoft, como Graham Watson, Tania Fernández, Luciano Palma e Emilio Mansur. O evento foi muito bom e outro ponto interessante foi constatar que a grande maioria dos líderes de grupos de usuários são MVPs e MCTs. Para bom entendedor, maia palavra basta... Nesta foto uma das mesas redondas do evento o Prof. André Luiz coordena a discussão e podemos ver 4 MCTs sendo 3 MVPs. Detalhe o fotógrafo também era MCT e dos melhores (Daniel Donda), o que perfaz 5 MCTs.
  • Demo para palestra de Vista

    Quem já não precisou de um arquivo para fazer Demo no Vista sobre o controle de privilégios de usuários? O famoso problema de LUA (Limited User Account). Pois o Aaron Margosis postou uma aplicação em VB 6 para essas demos. Claro que ele não dá suporte para a aplicação, mas ela ajuda nas palestras. Você pode baixar a aplicação aqui: http://blogs.msdn.com/aaron_margosis/attachment/9052217.ashx
  • Gerenciando Hyper-V através de PowerShell

    Abaixo segue uma lista de comandos: Localizando uma VM Get-VM, Choose-VM Conectando-se a uma VM New-VMConnectSession Descobrindo e manipulando o estado de uma VM List-VMState , Set-VMState , Convert-VmState, Ping-VM , Shutdown-VM , Start-VM, Stop-VM, Suspend-VM Get-VMKVP Fazendo Backups, exportando e coletando snapshots de VMs Backup-vm , Export-VM , Get-VMSnapshot, Choose-VMSnapshot , Apply-VMSnapshot , New-VMSnapshot ,Remove-VMSnapshot, Get-VMSnapshotTree Adicionando e removendo VMs, ajustando configurações da motherboard. New-VM , Remove-VM , Set-VM , Get-VMCPUCount, Set-VMCPUCount, Get-VMMemory, Set-VMMemory Manipulando controladoras de Discos, drives e imagens de discos Get-VMDiskController Add-VMSCSIController , Remove-VMSCSIcontroller Get-VMDrive , Add-VMDRIVE , Remove-VMdrive Get-VMDisk, Add-VMDISK , Set-VMDisk, List-VMDisk Get-VMFloppyDisk , Add-VMFloppyDisk Add-VMNewHardDisk Manipulando placas de rede Get-VMNic , List-VMNic , Choose-VMNIC, Add-VMNIC, Remove-VMNIC , Set-VMNICAddress , Set-VMNICConnection , Get-VMNicport , Get-VMnicSwitch, Choose-VMSwitch, New-VMSwitchPort, Get-VMByMACaddress trabalhando com arquivos VHD Get-VHDDefaultPath, Get-VHDInfo, New-VHD, Compact-VHD, Mount-VHD, Unmount-VHD
  • KBs interessantes sobre Hyper-V

    Dando uma estudada em Hyper-V localizei estes KBs que achei bem interessantes: KB 957006 – Discute a política de suporte para a execução de Windows Server em ambientes virtuais KB 953828 – Hotfix para rodar NLB (Network Load Balancing) em Hyper-V Virtual Machines. KB 950792 – Emoções instalando o Hyper-em servidores HP Proliant Servers Se você pretende implementar o Hyper-V em sua empresa, não deixe de ler: Hyper-V planning and deployment guide
  • Ninguém é Insubstituível?

    Recebi por e-mail, mas mantenho a fonte original. (por Celia Spangher) Na sala de reuniões de uma multinacional, o CEO* nervoso fala com sua equipe de gestores. Agita as mãos mostra gráficos e olhando nos olhos de cada um ameaça: 'ninguém é insubstituível' . A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio. Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça. Ninguém ousa falar nada. De repente um braço se levanta e o CEO se prepara para triturar o atrevido: - Alguma pergunta? - Tenho sim. E o Beethoven? - Como? - o CEO encara o gestor confuso. - O senhor disse que ninguém é insubstituível. Então me diga quem substitui o Beethoven? Silêncio. Ouvi essa estória esses dias contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso. Afinal as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que quando sai um é só encontrar outro para por no lugar. Quem substitui Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Dorival Caymmi? Garrincha? Michael Phelps? Santos Dumont? Monteiro Lobato?Faria Lima ? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso? Todos esses talentos marcaram a História fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem - ou seja - fizeram seu talento brilhar. E portanto são sim insubstituíveis. Cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa. Está na hora dos líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar 'seus gaps'. Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo, se Picasso era instável, Caymmi preguiçoso, Kennedy egocêntrico, Elvis paranóico. O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos. Cabe aos líderes de sua organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do êxito de seu projeto. Se você ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe corre o risco de ser aquele tipo de líder que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo e Gisele Bundchen por ter nariz grande. E na sua gestão o mundo teria perdido todos esses talentos.. (*) Chief Executive Officer (Diretor Executivo)
  • Microsoft Assessment and Planning Toolkit

    Ontem foi disponibilizada a nova versão do Microsoft Assessment and Planning Toolkit, baixem aqui: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?familyid=67240b76-3148-4e49-943d-4d9ea7f77730&displaylang=en&tm
  • 31/10/2008 Software Grátis

    Como todo mundo gosta de software e serviços grátis, aqui vão alguns links: Foxit Reader for Windows : Este software pequeno e leve substitui o Acrobat Reader e possui inclusive uma versão que roda sem ser instalada; Microsoft Office Live Small Business : Serviço para compartilhar documentos e colaborar com a equipe de trabalho; 4Shared : Este site combina compartilhamento de arquivos e armazenamento online, para uso pessoal; Microsoft Office Live Workspace : Indiscutivelmente o mais completo site para compartilhamento de arquivos; Dropboks : disco virtual de 1 GB, grátis, mas sem perfumaria; VirusTotal Uploader : Verificação online contra vírus; Avira AntiVir PersonalEdition : Antivirus grátis. A versão paga obteve índice de sucesso do site AV-Test.org de 99.6%; Spyware Doctor Starter Edition : Anti-spyware da PC-Tools grátis; Comodo Firewall Pro : Firewall; Flypaper : Criação de histórias baseadas em Flash; Miro : Toca qualquer tipo de arquivo de música; Photoscape : Software para tratamento de imagens digitais; URL Snooper : Você gostaria de gravar vídeos da internet, como por exemplo do You Tube? Este software faz isso; Photofunia : Criação de montagens divertidas.
  • Falar besteira é triste...

    É incrível como tem gente que fala besteira sobre o SBS 2008, por desconhecimento e ainda tenta convencer os outros disso, como este senhor: http://www.bilal.ca/lotus-foundations-is-ibms-magic-box-for-small-businesses/ "and yes, we don’t require you to buy 2 servers to do the same job. (*hint* Microsoft Small Business Server 2008 requires a dedicated SQL server)." Primeiro ele afirma categoricamente que no SBS, precisamos possuir um servidor dedicado para o SQL Server e que a solução dele requer apenas um servidor. Bem vamos aos fatos: O SBS 2008 Standard é uma solução de apenas um servidor; SBS 2008 Premium nos dá a POSSIBILIDADE de utilizar uma segunda instalação do Windows Server 2008 e então colocar um SQL Server 2005/2008 nele. Caso o proprietário prefira ele PODE instalar o SQL no mesmo servidor dos outros softwares ou até mesmo usar o Hyper-V e instalar tudo numa instância virtual; SBS 2008 NÃO requer um servidor SQL dedicado. "I can’t afford to hire a engineer to take care of my network 24/7" Esta afirmação chega a ser cômica. Qual dos proprietários de SBS contrata um engenheiro de sistemas, para dar suporte à sua rede 24/7, senão não consegue gerenciar ela? O SBS é tão fácil de gerenciar que os proprietários das empresas podem gerenciar 99% das operações dele sozinhos. Utilizam serviços especializados apenas para algo em torno de 1% das atividades e a valores muito inferiores aos praticados por profissionais que trabalham com a solução sugerido pelo senhor do blog citado. "No Patch Tuesday here." Esta é outra afirmação cômica. Achar bom não possuir atualizações semanais indica duas coisas: Pressupõe que o seu sistema não possui nenhum tipo de falha que necessite de correção, o que até hoje não aconteceu com NENHUM sistema operacional e; Achar bom não atualizar as falhas, ou seja, não corrigi-las. Claro, que caso o proprietário deseje, o SBS PODE ser uma solução de dois servidores, mas isto NÃO é obrigatório.
  • Trial do SBS 2008 e do EBS 2008

    Interessado em trial? Pois basta aguardar um pouco mais, que eles estarão disponíveis em 12 de Novembro 2008, no endereço: https://consulting.selfip.com/exchweb/bin/redir.asp?URL=http://technet.microsoft.com/en-us/evalcenter/default.aspx Abaixo o comunicado oficial: Upcoming Downloads Windows Small Business Server 2008 Windows Essential Business Server 2008 AVAILABLE STARTING NOV 12 Designed for small business, Windows Small Business Server 2008, is an affordable, integrated server solution that helps you protect your business data, increase productivity, and present a more professional image to customers - giving you the tools you need to help you grow your business capacity. AVAILABLE STARTING NOV 12 Windows Essential Business Server 2008 is an integrated and affordable solution that offers what the Microsoft software midsize businesses require - preconfigured, integrated and manageable from a unified administration console, and at a significant discount compared to standalone products.
  • Small Business Server 2003 Best Practices Analyzer Atualizado

    Pessoal, saiu uma nova versão do arquivo de configurações do SBS BPA, nela temos as seguintes melhorias: Verifica se o conector do Microsoft Active Directory está instalado. Se estiver, informará que ele precisa ser removido antes de migrar para o SBS 2008; Verifica se o serviço Exchange Site Replication está rodando; Informa se o registro DNS do site Companyweb é um registro A ao invés de um CNAME; Verifica para certificar-se de que autoapprove.exe foi atualizado; Verificar que o arquivo applnch.exe não esteja definido como read only; Verificar o estado do alerta Allocated Memory; Verificar se existe um arquivo web.config na raiz do website padrão; Verificar que o atributo userAccountControl esteja com seu valor padrão; Verificar se foi completada a atualização do WMSDE para o SQL 2000 completo, na instância do SharePoint; Verificar a existência das OU’s padrão do Windows SBS; Verificar certificados expirados/expirando nos websites padrão e Companyweb. A nova versão é a 2.1.22.0.
  • Introdução aos relatórios do SBS 2008

    Documento oficial no blog de produto: https://consulting.selfip.com/exchweb/bin/redir.asp?URL=http://blogs.technet.com/sbs/archive/2008/10/30/introduction-to-sbs-2008-reporting.aspx
  • Usando Hyper-V com Windows Small Business Server 2008

    A documentação oficial sobre como usar Hyper-V no SBS 2008 já está disponível em: http://technet.microsoft.com/en-us/library/dd239207.aspx Aqui você encontra os problemas mais comuns: http://technet.microsoft.com/en-us/library/dd239204.aspx
  • Comandos essenciais do Windows Server 2008 Server Core

    Net User : Você pode usar o comando net user para criar e modificar contas de usuários em computadores. Quando este comando é usado sem as opções de linha de comando, as contas de usuário do computador são listadas. O exemplo a seguir mostra a sintaxe do comando net user : net user [nome_de_usuário [senha | *] [opções]] [/domain] nome_de_usuário {senha | *} /add [opções] [/domain] nome_de_usuário [/delete] [/domain] É possível usar os seguintes parâmetros com o comando net user : nome_de_usuário É o nome da conta de usuário a ser adicionada, excluída, modificada ou exibida. O nome desta conta pode ter até 20 caracteres. senha Atribui ou altera uma senha para a conta do usuário. Uma senha deve atender ao comprimento mínimo definido com a opção /minpwlen do comando net accounts e pode conter até 14 caracteres. * Produz um prompt para a senha. Esta senha não é exibida quando digitada em um prompt de senha. /domain Realiza a operação no PDC (Controlador de Domínio Primário) do domínio atual. Este parâmetro somente se aplica aos computadores que executam o Windows NT Workstation e que são membros de um domínio do Windows NT Server. Por padrão, computadores com base no Windows NT Server realizam operações no PDC. /add Adiciona uma conta de usuário ao banco de dados de contas de usuário. /delete Remove uma conta de usuário do banco de dados de contas de usuário. Opções para o comando Net User /active:{yes | no} Ativa ou desativa a conta. Se a conta não estiver ativa, o usuário não poderá obter acesso ao servidor. O valor padrão é sim. /comment:"text" Fornece um comentário descritivo sobre a conta de usuário (no máximo 48 caracteres). Lembre-se de colocar aspas para delimitar o texto usado. /countrycode:nnn Usa o código do país do sistema operacional para implementar os arquivos de idioma especificados para mensagens de erro e ajuda de um usuário. Um valor de 0 significa o código do país padrão. /expires:{date | never} Faz com que a conta perca a validade quando a data é definida. A opção never não define limite de tempo na conta. Uma data de validade está no formato mm/dd/yy ou dd/mm/yy, dependendo do código do país. Os meses podem estar em formato numérico, por extenso ou abreviado com três letras. O ano pode estar no formato de dois ou quatro números. Use barras (/), sem espaços, para separar partes da data. /fullname:"nome" É o nome completo de um usuário (em vez de um nome de usuário). Coloque o nome entre aspas. /homedir:nome_do_caminho Define o caminho para o diretório base do usuário. O caminho deve existir. /passwordchg:{yes | no} Especifica se os usuários podem alterar suas próprias senhas. O valor padrão é sim. /passwordreq:{sim | não} Especifica se uma conta de usuário deve ter uma senha. O valor padrão é sim. /profilepath[:caminho] Define um caminho para o perfil de logon do usuário. /scriptpath:nome_do_caminho É o local do script de logon do usuário. /times:{times | todos} É a hora do logon. A opção times é expressa como dia[-day][,day[-day]],hora[-time][,time [-time]], estando limitada a incrementos de 1 hora. Os dias podem estar por extenso ou abreviados. As horas podem estar na notação de 12 ou 24 horas. Para a notação de 12 horas, use am, pm, a.m. ou p.m. A opção all especifica que um usuário sempre pode fazer logon, enquanto um valor em branco especifica que um usuário nunca pode fazer logon. Separe as entradas de dia e horário com uma vírgula e separe várias entradas de dia e horário com um ponto-e-vírgula. /usercomment:"text" Permite que um administrador adicione ou altere o comentário do usuário para a conta. /workstations:{computername[,...] | *} Lista até oito computadores a partir dos quais um usuário pode fazer logon na rede. Se a opção /workstations não tiver lista ou se a lista for *, o usuário poderá fazer logon a partir de qualquer computador. net help user | more Exibe um tela da Ajuda por vez. Netsh : O Netsh é um utilitário de linha de comandos e de scripts para componentes de rede para computadores locais ou remotos. Você pode usar a ferramenta Netsh.exe para realizar as seguintes tarefas: • Configurar interfaces. • Configurar protocolos de roteamento. • Configurar filtros. • Configurar rotas. • Configurar o comportamento de acesso remoto para os roteadores de acesso remoto do Windows executando o serviço RRAS (Servidor de roteamento e acesso remoto). • Exibir a configuração de um roteador em execução em qualquer computador. • Usar o recurso de script para executar um conjunto de comandos no modo de lotes em um roteador especificado. Comandos para configuração do Protocolo de Internet versão 4: contexto : netsh interface ipv4 <enter> add address adicionar um endereço IP e um default gateway em uma interface específica. Sintaxe add address [ name= ] InterfaceName [ addr= ] IPAddress [ mask= ] SubnetMask [[ gateway= ] DefaultGateway [ gwmetric= ] GatewayMetric ] Parâmetros [ name= ] InterfaceName Requerido. Específica o nome da interface ao qual você deseja adicionar o endereço IP e de gateway. O parâmetro InterfaceName deve ter mesmo nome da interface especificado em Conexões de Redes. Se InterfaceName contém espaços, use aspas (") em torno do texto (por examplo, " Conexão local " ). [ addr= ] IPAddress [ mask= ] SubnetMask Requerido. Configura o endereço IP e a máscara de sub-rede. [ gateway= ] DefaultGateway [ gwmetric= ] GatewayMetric Configura o endereço IP do default gateway e sua métrica. add dnsserver Adiciona uma lista de servidores de DNS para a interface . Sintaxe add dnsserver [ name= ] InterfaceName [ addr= ] DNSAddress [[ index= ] DNSIndex ] Parâmetros [ name= ] InterfaceName Requerido. Específica o nome da interface ao qual você deseja adicionar o endereço IP e de gateway. O parâmetro InterfaceName deve ter mesmo nome da interface especificado em Conexões de Redes. Se InterfaceName contém espaços, use aspas (") em torno do texto (por examplo, " Conexão local " ). [ addr= ] DNSAddress Requerido. Específica o endereço IP de um DNS server. [ index= ] DNSIndex Específica a posição na lista para adicionar o DNS server para a interface. NetDom renamecomputer : Use este comando para renomear estações de trabalho do domínio e servidores membros somente. Para renomear controladores de domínios, use o comando NetDom computername. Sintaxe netdom renamecomputer máquina /newname: nome_novo_computador /userd: nome_do_domínio \ id_administrador /passwordd:* /usero: admin_local /passwordo:* /reboot: segundos antes da reinicialização automática Uma descrição da linha de comando precedente é: • máquina é o nome atual do computador. • nome_novo_computador é o nome que será dado ao computador. • nome_do_domínio \ id_administrador é o nome de domínio do sistema de entrada e saída básico da rede (NetBIOS) e a identificação de administrador de uma conta do usuário que tem permissões administrativas para o objeto de computador no domínio. • admin_local é um usuário que tem permissões administrativas locais, as quais podem ser as mesmas da conta especificada para /userd: • O símbolo do asterisco (*) é o valor conectado aos parâmetros /passwordd: e /passwordo: e especifica que a senha será digitada com os caracteres ocultos quando o comando for enviado. • segundos antes da reinicialização automática é o período de tempo transcorrido antes que o computador reinicie, após sua renomeação. Se esse parâmetro não for especificado, o computador precisará ser reinicializado manualmente. Shutdown : Permite desligar ou reiniciar um computador local ou remoto. Usado sem parâmetros, o comando shutdown fará logoff do usuário atual. shutdown [-l | -s | -r | -a] [-f] [-m \\computername] [-t xx] [-c "comment"] [-d up:xx:yy] Sem args Exibir esta mensagem (o mesmo que -?) -l Exibir interface GUI; deve ser a primeira opção -s Desligar o computador -r Desligar e reiniciar o computador -a Anular desligamento do sistema -m \\computername Computador remoto a ser desligado/reiniciado/anulado -t xx Definir tempo limite para desligamento como xx segundos -c "comment" Comentário sobre desligamento (máximo de 127 caracteres) -f Força o encerramento da execução de aplicativos sem avisar -d [p]:xx:yy C¢digo de razão para o desligamento u ‚ o código de usuário p ‚ um código de desligamento planejado xx ‚ o código de razão principal (número inteiro positivo menor que 256) yy ‚ o código de razão secundário (número inteiro positivo menor que 65536) Fonte: Blog do MCT Gilmar Assis
  • Criando imagem do Windows PE

    Recebi algumas mensagens perguntando como se criava imagens do Windows PE, bom, ao invés de escrever um tutorial para isso, preferi indicar o da Microsoft: Passo a passo: Criar uma imagem do Windows PE personalizada: http://technet2.microsoft.com/windowsvista/pt-BR/library/08629d0b-56b0-4194-9782-88d01a488ae01046.mspx?mfr=true Criando uma imagem do Windows PE: http://technet2.microsoft.com/windowsvista/pt-BR/library/08629d0b-56b0-4194-9782-88d01a488ae01046.mspx?mfr=true
  • Modelos do Office

    Você sabia que existem modelos pronto do Office para quase todas as necessidades que você tiver? Por exemplo, você já precisou e não encontrou um modelo para um dos tipos de documentos abaixo: Procuração: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/TC100471301046.aspx Orçamento: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/TC010468361046.aspx?CategoryID=CT101481361046 Controle de requisitos de projeto: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/TC100471271046.aspx?CategoryID=CT101481361046 Certificados de premiação: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/CT101043001046.aspx Cotações de preços: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/CT101438791046.aspx Currículo para área de Produção e Qualidade: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/TC012303341046.aspx?CategoryID=CT101449351046 Currículo para área de Comércio Exterior: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/TC012303321046.aspx?CategoryID=CT101449351046 Currículo para a área Financeira: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/TC012303331046.aspx?CategoryID=CT101449351046 Currículo para a área de Recursos Humanos: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/TC012303351046.aspx?CategoryID=CT101449351046 Currículo para a área de Marketing: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/TC012303361046.aspx?CategoryID=CT101449351046 Declaração de Faturamento: http://office.microsoft.com/pt-br/templates/TC100738771046.aspx?CategoryID=CT101172761046
  • Acelerando a virtualização

    Você está a procura de soluções que ajudem a acelerar o seu processo de virtualização? Pois elas existem e estão aqui: Microsoft Assessment and Planning Toolkit 3.1 for Hyper-V and App-V - http://www.microsoft.com/MAP Infrastructure Planning and Design Guides for Hyper-V, App-V and SCVMM 2008 http://www.microsoft.com/IPD Offline Virtual Machine Servicing Tool http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc501231.aspx Security Compliance Management Tool http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc677002.aspx Windows Server 2008 Security Guide http://www.microsoft.com/WSSG Microsoft Deployment Toolkit http://www.microsoft.com/deploymentlidays
  • PowerPoint com Zoom

    Algumas vezes preciso inserir tabelas em apresentações que ficam próximas de impossíveis de se ler, em função da redução de seu tamanho para caber em um slides. Normalmente a solução é dividir em tabela em várias outras, o que particularmente não me agrada muito, pois julgo que se perde a visão do todo. Bom, achei a solução para isso e ela se chama pptPlex. Um add-in que permite o Zoom nos slides durante as apresentações. Esta é outra excelente ferramenta do Office Labs e pode se obtida em: http://www.officelabs.com/projects/pptPlex/Pages/default.aspx
  • e-mails que consomem tempo

    Acredito que muitos de vocês sofram do mesmo problema que eu. Chega aquela infinidade de mensagens de e-mails e acabamos perdendo a concentração no trabalho e desperdiçando tempo com eles. Pois creio ter encontrado uma solução para isso e ela chama-se Email Prioritizer. Com ele podemos definir um período em que não desejamos ser perturbados (Do Not Disturb), onde apenas mensagens com nível de prioridade superior a 3 serão reportadas. Ah sim, como se define o grau de prioridade? No próprio software e ele vai aprimorando de acordo com o uso. Vale a pena testar! http://www.officelabs.com/projects/emailprioritizer/Pages/default.aspx
  • Cloud Computing: Windows Azure

    Você já conhece o Microsoft Windows Azure? Consiste de uma plataforma de serviços, que inclui os seguintes: Windows Azure : hospedagem de serviços e gerenciamento, além de armazenamento de rede de baixo nível; Microsoft SQL Services : vaste faixa de serviços e relatórios de bases de dados; Microsoft .NET Services : são implementações de conceitos familiares de serviços do .NET, como fluxo de dados (workflow) e controle de acessos; Live Services : para fornecer uma forma consistente para os usuários armazenarem, compartilharem e sincronizarem documentos, fotos, arquivos e informações entre os seus PCs, telefones, aplicativos e Web Services; Microsoft SharePoint Services and Microsoft Dynamics CRM Services : para conteúdos de negócios, colaboração e rápido desenvolvimento de soluções na "nuvem". Conheça em: http://www.microsoft.com/azure/default.mspx
  • Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

    Este resumo creio ser de utilidade público, pois usamos textos em todas nossas comunicações, em softwares e sites, portanto precisamos estar atentos às mudanças no vernáculo nacional, para que não incorramos em erros. Recebi este modelo comparativo por e-mail, gostei e decidi compartilhar, claro que mantendo os dados da autoria. Visualização prática do NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO da LINGUA PORTUGUESA Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Por: Marília Mendes Alfabeto Nova Regra Regra Antiga Como Será O alfabeto é agora formado por 26 letras O 'k', 'w' e 'y' não eram consideradas letras do nosso alfabeto. Essas letras serão usadas em siglas, símbolos, nomes próprios, palavras estrangeiras e seus derivados. Exemplos: km, watt, Byron, byroniano Trema Nova Regra Regra Antiga Como Será Não existe mais o trema em língua portuguesa. Apenas em casos de nomes próprios e seus derivados, por exemplo: Müller, mülleriano agüentar, conseqüência, cinqüenta, qüinqüênio, frqüência, freqüente, eloqüência, eloqüente, argüição, delinqüir, pingüim, tranqüilo, lingüiça aguentar, consequência, cinquenta, quinquênio, frequência, frequente, eloquência, eloquente, arguição, delinquir, pinguim, tranquilo, linguiça. Acentuação Nova Regra Regra Antiga Como Será Ditongos abertos (ei, oi) não são mais acentuados em palavras paroxítonas assembléia, platéia, idéia, colméia, boléia, panacéia, Coréia, hebréia, bóia, paranóia, jibóia, apóio, heróico, paranóico assembleia, plateia, ideia, colmeia, boleia, panaceia, Coreia, hebreia, boia, paranoia, jiboia, apoio, heroico, paranoico obs: nos ditongos abertos de palavras oxítonas e monossílabas o acento continua: herói, constrói, dói, anéis, papéis. obs2: o acento no ditongo aberto 'eu' continua: chapéu, véu, céu, ilhéu. Nova Regra Regra Antiga Como Será O hiato 'oo' não é mais acentuado enjôo, vôo, corôo, perdôo, côo, môo, abençôo, povôo enjoo, voo, coroo, perdoo, coo, moo, abençoo, povoo O hiato 'ee' não é mais acentuado crêem, dêem, lêem, vêem, descrêem, relêem, revêem creem, deem, leem, veem, descreem, releem, reveem Nova Regra Regra Antiga Como Será Não existe mais o acento diferencial em palavras homógrafas pára (verbo), péla (substantivo e verbo), pêlo (substantivo), pêra (substantivo), péra (substantivo), pólo (substantivo) para (verbo), pela (substantivo e verbo), pelo (substantivo), pera (substantivo), pera (substantivo), polo (substantivo) Obs: o acento diferencial ainda permanece no verbo 'poder' (3ª pessoa do Pretérito Perfeito do Indicativo - 'pôde') e no verbo 'pôr' para diferenciar da preposição 'por' Nova Regra Regra Antiga Como Será Não se acentua mais a letra 'u' nas formas verbais rizotônicas, quando precedido de 'g' ou 'q' e antes de 'e' ou 'i' (gue, que, gui, qui) argúi, apazigúe, averigúe, enxagúe, enxagúemos, obliqúe argui, apazigue,averigue, enxague, ensaguemos, oblique Não se acentua mais 'i' e 'u' tônicos em paroxítonas quando precedidos de ditongo baiúca, boiúna, cheiínho, saiínha, feiúra, feiúme baiuca, boiuna, cheiinho, saiinha, feiura, feiume Hífen Nova Regra Regra Antiga Como Será O hífen não é mais utilizado em palavras formadas de prefixos (ou falsos prefixos) terminados em vogal + palavras iniciadas por 'r' ou 's', sendo que essas devem ser dobradas ante-sala, ante-sacristia, auto-retrato, anti-social, anti-rugas, arqui-romântico, arqui-rivalidae, auto-regulamentação, auto-sugestão, contra-senso, contra-regra, contra-senha, extra-regimento, extra-sístole, extra-seco, infra-som, ultra-sonografia, semi-real, semi-sintético, supra-renal, supra-sensível antessala, antessacristia, autorretrato, antissocial, antirrugas, arquirromântico, arquirrivalidade, autorregulamentação, contrassenha, extrarregimento, extrassístole, extrasseco, infrassom, inrarrenal, ultrarromântico, ultrassonografia, suprarrenal, suprassensível obs: em prefixos terminados por 'r', permanece o hífen se a palavra seguinte for iniciada pela mesma letra: hiper-realista, hiper-requintado, hiper-requisitado, inter-racial, inter-regional, inter-relação, super-racional, super-realista, super-resistente etc. Nova Regra Regra Antiga Como Será O hífen não é mais utilizado em palavras formadas de prefixos (ou falsos prefixos) terminados em vogal + palavras iniciadas por outra vogal auto-afirmação, auto-ajuda, auto-aprendizagem, auto-escola, auto-estrada, auto-instrução, contra-exemplo, contra-indicação, contra-ordem, extra-escolar, extra-oficial, infra-estrutura, intra-ocular, intra-uterino, neo-expressionista, neo-imperialista, semi-aberto, semi-árido, semi-automático, semi-embriagado, semi-obscuridade, supra-ocular, ultra-elevado autoafirmação, autoajuda, autoaprendizabem, autoescola, autoestrada, autoinstrução, contraexemplo, contraindicação, contraordem, extraescolar, extraoficial, infraestrutura, intraocular, intrauterino, neoexpressionista, neoimperialista, semiaberto, semiautomático, semiárido, semiembriagado, semiobscuridade, supraocular, ultraelevado. Obs: esta nova regra vai uniformizar algumas exceções já existentes antes: antiaéreo, antiamericano, socioeconômico etc. Obs2: esta regra não se encaixa quando a palavra seguinte iniciar por 'h': anti-herói, anti-higiênico, extra-humano, semi-herbáceo etc. Nova Regra Regra Antiga Como Será Agora utiliza-se hífen quando a palavra é formada por um prefixo (ou falso prefixo) terminado em vogal + palavra iniciada pela mesma vogal. antiibérico, antiinflamatório, antiinflacionário, antiimperialista, arquiinimigo, arquiirmandade, microondas, microônibus, microorgânico anti-ibérico, anti-inflamatório, anti-inflacionário, anti-imperialista, arqui-inimigo, arqui-irmandade, micro-ondas, micro-ônibus, micro-orgânico obs: esta regra foi alterada por conta da regra anterior: prefixo termina com vogal + palavra inicia com vogal diferente = não tem hífen; prefixo termina com vogal + palavra inicia com mesma vogal = com hífen obs2: uma exceção é o prefixo 'co'. Mesmo se a outra palavra inicia-se com a vogal 'o', NÃO utliza-se hífen. Nova Regra Regra Antiga Como Será Não usamos mais hífen em compostos que, pelo uso, perdeu-se a noção de composição manda-chuva, pára-quedas, pára-quedista, pára-lama, pára-brisa, pára-choque, pára-vento mandachuva, paraquedas, paraquedista, paralama, parabrisa, pára-choque, paravento Obs: o uso do hífen permanece em palavras compostas que não contêm elemento de ligação e constiui unidade sintagmática e semântica, mantendo o acento próprio, bem como naquelas que designam espécies botânicas e zoológicas: ano-luz, azul-escuro, médico-cirurgião, conta-gotas, guarda-chuva, segunda-feira, tenente-coronel, beija-flor, couve-flor, erva-doce, mal-me-quer, bem-te-vi etc. Observações Gerais O uso do hífen permanece Exemplos Em palavras formadas por prefixos 'ex', 'vice', 'soto' ex-marido, vice-presidente, soto-mestre Em palavras formadas por prefixos 'circum' e 'pan' + palavras iniciadas em vogal, M ou N pan-americano, circum-navegação Em palavras formadas com prefixos 'pré', 'pró' e 'pós' + palavras que tem significado próprio pré-natal, pró-desarmamento, pós-graduação Em palavras formadas pelas palavras 'além', 'aquém', 'recém', 'sem' além-mar, além-fronteiras, aquém-oceano, recém-nascidos, recém-casados, sem-número, sem-teto Não existe mais hífen Exemplos Exceções Em locuções de qualquer tipo (substantivas, adjetivas, pronominais, verbais, adverbiais, prepositivas ou conjuncionais) cão de guarda, fim de semana, café com leite, pão de mel, sala de jantar, cartão de visita, cor de vinho, à vontade, abaixo de, acerca de etc. água-de-colônia, arco-da-velha, cor-de-rosa, mais-que-perfeito, pé-de-meia, ao-deus-dará, à queima-roupa
  • Dúvidas sobre interoperabilidade?

    Busque em respostas no TechCenter em: http://technet.microsoft.com/pt-br/interopmigration/default.aspx Lá você encontra vídeos, artigos, tutoriais, etc.
  • Celular à prova d'água?

    Nessa eu só acredito porque foi comigo mesmo. Estava falando ao celular onde não devia (normal, ), predendo ele entre a orelha e o ombro. Aí concluí a ligação e fui pegar ele com a mão. Não é que o maldito escapa da minha mãe e mergulha na privada?? Pois é, se não fosse uma cane trágico seria cômica, ver ele afundando enquanto aparecia na tela "Chamada finalizada". Naturalmente, mergulhei a mão e resgatei o mergulhador. Removi a bateria, busquei um secador de cabelos e sequei o que deu. Removi o chip e o cartão de memória. Depois deixei ele sem bateria por 24 horas. Notei que o vidro da câmera e da tela estavam embaçados, indicando haver água dentro. Comprei uma chave philips nº 0, e desmontei ele inteiro. Sabem que é bem mais simples do que notebook? Pois é, julgava que fosse mais complexo, em função da miniaturização... Sequei ele novamente com o secador, mas desta vez com atenção a cada componente e o montei denovo (ainda bem que não sobraram parafusos... ). Ainda com algum receio recoloquei o chip e o cartão de memória. Liguei o telefone. Ele iniciou e travou. Desliguei e liguei denovo. Ligou, demorou umas 5 vezes o tempo normal, mas ligou. Digite a senha de segurança e uns 2 segundos depois ouvi: "You have mail"! Sim, ele havia acabado de sincronizar com o meu Exchange e estava funcionando perfeitamente! Aqui está o primeiro caso de um Samsung BlackJack à prova d'água!
  • Extendendo o duração do trial do Windows Server 2008 e/ou do SBS 2008

    O período de avaliação do Windows Server 2008 e do SBS 2008 é de 60 dias, como vocês já devem saber e 60 dias são muito pouco tempo para avaliar qualquer um dos dois, como também já devem saber. O que fazer então? Expandir este prazo! Como? abra um prompt de comando com privilégios elevados; se desejar saber quando tempo ainda resta, antes de continuar, digite: slmgr.vbs –dli ; para extender o período, nesta mesma janela digite: slmgr.vbs –rearm. O período pode ser extendido para até 240 dias, sendo 60 dias adicionais para cada vez que você rodar o comando. Em outras palavras, o contador pode ser rearmado 3 vezes e a cada vez ele lhe dará mais 60 dias, que somados aos 60 iniciais, irão perfazer 240. Antes que algum "boi corneta" saia querendo dizer que estou ensinando pirataria, aqui vai a fonte desta informação: http://support.microsoft.com/kb/948472
  • Dia do Professor

    Dia do professor Cada vez mais temos a certeza que o mundo só se transforma a partir da educação. Assim, o professor sempre foi sinônimo de virtude e um modelo de exemplo para a sociedade. A partir dos tempos modernos, ele precisou se tornar um técnico, capaz de mudar os comportamentos e atitudes dos alunos. Mesmo com as novas máquinas e inteligências artificiais que transmitem dados e informações, muitas vezes melhor que o professor, só ele consegue transmitir valores. Sua influência através da palavra e do exemplo é inquestionável. Mas nunca foi fácil ser professor, atualmente tornou-se uma profissão inglória. Por isso homenagear o professor é uma justa maneira de valorizar a profissão da qual dependem, obrigatoriamente, todas as outras. A festa do Dia do Professor ocorre, no Brasil, em 15 de outubro porque nessa data, no ano de 1827, D. Pedro I propôs a criação das escolas primárias no país. O documento tornou-se oficial em 15 de outubro de 1933, e a data comemorativa só em 1963 com o decreto 52.682. Desde então houve muitas modificações no sistema educacional brasileiro, geradas pelas graves crises da nossa economia, pelos regimes políticos que se sucederam, com os arrochos salariais, em todas as categorias profissionais e, em conseqüência disso, o nível da escolaridade do ensino caiu. E caiu muito, porque atingiu principalmente a carreira do professor - formador do pensamento da sociedade. O magistério possui características particulares, geradoras de estresse e de alterações do comportamento dos que nele trabalham. Pensando nisso, a UNESCO lançou, em 1994, o Dia Mundial do Professor, que já é comemorado em mais de cem países no dia 05 de outubro, mas o Brasil manteve sua festa tradicional, que acontece dez dias depois.
    Filed under:
  • As Aparências Enganam 2

    Num orfanato, igual a tantos outros que enxameiam por toda parte, havia uma pobre órfã, de oito anos de idade. Era uma criança lamentavelmente sem encantos, de maneiras desagradáveis, evitada pelas outras, e francamente malquista pelos professores. Por essa razão, a pobrezinha vivia no maior isolamento. Ninguém para brincar, ninguém para conversar... Sem carinho, sem afeto, sem esperança... Sua única companheira era a solidão. O diretor do orfanato aguardava ansioso uma desculpa legítima para livrar-se dela. E um dia apresentou-se, aparentemente, uma boa desculpa. A companheira de quarto da menina informou que ela estava mantendo correspondência com alguém de fora do orfanato, o que era terminantemente proibido. - Agora mesmo, disse a informante, ela escondeu um papel numa árvore. O diretor e seu assistente mal puderam esconder a satisfação que a denúncia lhes causara. Vamos tirar isso a limpo agora mesmo, disse o superior. E, somando-se ao assistente, pediu para que a testemunha do delito os acompanhasse a fim de lhes mostrar a prova do crime. Dirigiram-se os três, a passos rápidos, em direção à árvore na qual estava colocada a mensagem. De fato, lá estava um papel delicadamente colocado entre os ramos. O diretor desdobrou, ansioso, o bilhete, esperando encontrar ali a prova de que necessitava para livrar-se daquela criança tão desagradável aos seus olhos. Todavia, para seu desapontamento e remorso, no pedaço de papel um tanto amassado, pôde ler a seguinte mensagem: "A qualquer pessoa que encontrar este papel: eu gosto de você." Os três investigadores ficaram tão decepcionados quanto surpresos com o que leram. Decepcionados porque perderam a oportunidade de livrar-se da menina indesejável, e surpresos porque perceberam que ela era menos má do que eles próprios. ...................................... Quantos de nós costumamos julgar as pessoas pelas aparências, embora saibamos que estas são enganadoras. E o pior é que, se as aparências não nos agradam, marcamos a pessoa e nos prevenimos contra ela e suas atitudes. Uma antiga e sábia oração dos índios Siuox, roga a Deus o auxílio para nunca julgar o próximo antes de ter andado sete dias com as suas sandálias. Isto quer dizer que, antes de criticar, julgar e condenar uma pessoa, devemos nos colocar no seu lugar e entender os seus sentimentos mais profundos. Aqueles que talvez ela queira esconder de si mesma, para proteger-se dos sofrimentos que a sua lembrança lhe causaria. Fonte: revista Seleções do Reader's Digest, maio de 1945.
  • Transitoriedade da vida

    "A vida não passa de um instante, mas basta este instante para empreendermos coisas eternas." Ernest Bersot
  • Definindo o papel de parede

    Respondendo uma dúvida do forum hoje, fiz este tutorial. Espero que gostem! http://carlosfprocha.com/blogs/paleo/pages/definindo-o-papel-de-parede-padr-227-o-para-a-rede.aspx
  • Gerando arquivos PDF a partir do Office

    Aqui vale a pena salientar que existem basicamente duas formas de gerar arquivos PDF a partir do Office: Save As... : Salvando o arquivo como sendo um PDF. Esta opção equivale a uma exportação do arquivo para outro padrão, portanto reserva algumas vantagens: os links existentes no texto são mantidos na versão PDF do arquivo; os bookmarks do Word são mantidos no arquivo PDF. Ainda que tenhamos de considerar que há uma diferença entre bookmarks do Word e de um arquivo PDF. No Word usamos bookmarks para referenciar partes de um documento ou blocos de texto, já num arquivo PDF eles se comportam como os cabeçalhos do Word, para destacar áreas específicas e criar a árvore de navegação do documento. Em razão desta semelhança a árvore do arquivo PDF (seus bookmarks) serão criados tanto a partir dos bookmarks do Words, quanto dos cabeçalhos dele; suas imagens de fundo (backgrounds) serão salvas normalmente no documento PDF, mantendo uma exibição semelhante a que você possui no Office; as marcas d'água, da mesma forma serão salvas normalmente no documento. Print to PDF : Esta opção é a utilizada quando instalamos um software que cria uma impressora PDF, que usaremos para a criação de nossos documentos. Esta era a opção mais utilizada até o Office 2003, pois só passamos a possuir o add-in grátis a partir do Office 2007. Neste método agimos como se estivéssemos imprimindo o documento. Ao mandar imprimir o documento na impressora PDF, abre uma janela perguntando o nome que desejar dar ao arquivo e o local onde queremos gravar ele. As características deste método são: só serão convertidos em links os textos que possuírem o link visível, ou seja, quando estiver digitado explícitamente no texto http://....... e ainda assim, apenas caso esteja habilitada a opção "Automatically Detect URL's from text" do PDF reader que o nosso leitor for utilizar. Exato, em resumo esta será uma função do software leitor e não de que usamos para imprimir. Os links que não aparecem explícitamente no texto, ou seja, aqueles que ficam ocultos em alguma palavra, fazendo com que ela mude de cor para identificar que há link, não serão convertidos. Naturalmente a palavra aparecerá em outra cor, indicando que havia um link nela, mas o mesmo não será clicável; os bookmarks serão perdidos, não sendo salvo nenhum tipo de referência a eles; qualquer imagem de fundo que exista no seu documento não será salva no arquivo PDF, pois este salvamento é considerado uma impressão e os programas do Office não imprimem imagens de fundo. Note que aqui me refiro às imagens de fundo (background) e não às marcas d'água. Adicionalmente você pode contornar esta limitação na caixa de impressão, selecionando "Print background colors and images" no Office 2007 (imagem abaixo), já no 2003 lembre-se que não é a opção "Background printing" em "Printing options", mas sim "Background colors and images" em "Include with document"; já as marcas d'água serão impressas normalmente, sem que seja necessário marcar qualquer caixa de verificação. Ok, mas então qual usar? A opção salvar como fará com que o documento pareça com o que você possui no Office, com seus links e tudo mais, incluindo os metadados (autor, ...). Pode ser que você não deseje isto, portanto deve avaliar antes de executar esta tarefa. Por outro lado, imprimir para PDF fará com que o arquivo pareça com uma versão impressa do documento, sem mostrar metadados. Agora a decisão é sua, espero apenas ter colaborado com esta tomada de decisão.
  • Gladiatus 2

    Amigos, alguns já estão participando deste jogo, que estou adorando e aproveito para convidar outros que desejem conhecê-lo. Posso dar boas dicas e a prova disso é a posição que atingi nele. Caso aceite este convite e deseje se juntar a mim, basta clicar neste link e fazer o cadastro: http://s3.br.gladiatus.com/game/c.php?uid=96917
    Filed under:
  • Os últimos moicanos...

    O Unix está sumindo do mundo corporativo aos poucos. Hoje vi uma reportagem bem interessante da Débora Fortes sobre este assunto e deixo aqui a pergunta. Alguém ainda usa Unix?? http://info.abril.com.br/professional/linux-cia/exite-luz-no-fim-do-unix.shtml
  • Microsoft Hyper-V Server 2008 disponível para download

    Amigos, ele já está disponível para download desde ontem. Saiba mais sobre o licenciamento deste produto: http://download.microsoft.com/download/1/f/a/1fad9777-641f-4a28-afcd-3533c0850123/Hyper-V%20Server%20License.docx Microsoft Hyper-V Server 2008 é um produto autônomo que está disponível através do centro de downloads da Microsoft gratuitamente. O Microsoft Hyper-V Server 2008 nem requer CALs para o seu uso Contudo CALs serão necessárias para todos os sistemas operacionais rodando em suas máquinas virtuais (semelhante ao modelo do Virtual PC/Server) O Microsoft Hyper-V Server 2008 está disponível nos seguintes idiomas English (EN-US) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx2-080912.iso German (DE-DE) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx10-080912.iso Japanese (JA-JP) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx10-080912.iso French (FR-FR) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx10-080912.iso Spanish (ES-ES) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx10-080912.iso Chinese Hong-Kong (ZH-HK) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx10-080912.iso Chinese Simplified (ZH-CN) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx10-080912.iso Korean (KO-KR) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx10-080912.iso Portuguese (Brazil) (PT-BR) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx10-080912.iso Chinese Traditional (ZH-TW) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx2-080912.iso Italian (IT-IT) http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx10-080912.iso Russian (RU-RU)http://download.microsoft.com/download/0/5/5/0550BAEA-EDE0-4F14-973F-67464A8EAEE5/ServerHyper_MUIx10-080912.iso
  • Windows Server 2008 Core Config

    Você já está cansando da quantidade de linhas de comando que precisa digitar para gerenciar o seu Windows Server 2008 Core? Bom, agora já há solução. É um software chamado Windows Server 2008 Core Config. que está disponível no Codeplex! http://www.codeplex.com/CoreConfig
  • Microsoft Office Live Small Business e Microsoft Office Live Workspace

    Salve mais de 1000 documentos do Office em um único lugar online. Acesse seus documentos de quase qualquer lugar. Abra e salva diretamente do Word, Excel e PowerPoint. Onde? No Quanto custa? Esta é a melhor parte. É de graça!! https://signup.workspace.office.live.com/signup/default.aspx?sku=OLWBase&signupsrc=Portalolwsplitter&lc=pt-br Motivos para adorar o espaço de trabalho GRATUITO: Compartilhamento protegido por senha; controle quem pode ver ou editar arquivos Você pode acessar seus documentos de quase qualquer lugar Funciona com programas que você já conhece (Word, Excel e PowerPoint) Sem troca de emails desnecessários Agora se você precisa: Criar facilmente um site da Web profissional. Atingir os seus clientes potenciais de forma efetiva. Gerir de forma eficaz o seu negócio. Então está no hora de conhecer o Quanto custa? Grátis! Sim, este possui uma pequena limitação ainda. Ainda não foi liberado para o Brasil, nem para Portugal, mas os leitores dos USA e Canadá já podem utilizar. http://smallbusiness.officelive.com/Worldwide
  • Manuais de Aparelhos

    Esta dica recebi de meu amigo Eduardo Biasusi e posto aqui com o texto dele mesmo: Para aqueles que buscam manuais de aparelhos e equipamentos, novos e antigos, aquele manual perdido daquele video-cassete velho... ou perdeu o manual do novíssimo blackberry, comprado recentemente... aqui vai uma dica interessante: http://manual-de-instrucoes.com/ Mais de 1.000.000 de manuais... isso mesmo... mais de um milhão!!!
  • MVP 4.0!!!

    Queridos amigos, saiu hoje a minha renovação como MVP. Vamos lá, pelo quarto ano consecutivo! Estou muito feliz! Como pode ser que alguns amigos ainda não saibam o que significa MVP, posto aqui uma definição fornecida pelo Rodolfo Roim, MVP Lead do Brasil. Microsoft MVP - Independent Experts. Real World Answers ..: Most Valuable Professional Profissionais reconhecidos, confiáveis e acessíveis, que têm experiência em um ou mais produtos Microsoft® e que participam ativamente de comunidades on-line e off-line com o intuito de compartilhar seu conhecimento e experiência com outros clientes Microsoft. Aqui tem alguns links da Microsoft Brasil: que é um Microsoft MVP? Conheça nossa equipe executiva e descubra o que é um Microsoft MVP na Visão Geral . Onde encontrar os MVPs? Os MVPs podem ser encontrados em várias comunidades online de tecnologia da Microsoft. Junte-se aos MVPs nas Comunidades Microsoft ! O que é preciso para se tornar um MVP? Os MVPs são reconhecidos por sua participação nas comunidades técnicas. Para obter mais informações, leia nossa seção de Perguntas Mais Freqüentes . O caminho para se tornar um MVP sempre começa pela participação nas Comunidades Microsoft ! Quem são os MVPs? Vários desenvolvedores e profissionais de tecnologia brasileiros já foram agraciados com a chancela Microsoft MVP , possibilitando o reconhecimento de seus pares e um novo patamar de atuação no mercado de tecnologia. Saiba quem são esses "feras", e conheça seu perfil de trabalho e motivações pessoais. Conheço um profissional que merece o título MVP. Posso indicá-lo? Mande um e-mail descrevendo o perfil do profissional, os dados de contato, e as razões da sua indicação. As informações serão analisadas pela equipe do programa MVP no Brasil.
  • Virtual Machine Additions no Server Core

    Você já desejou adicionar os Additions a uma VM rodando Server Core, mas não soube como? Este ótimo tutorial do Daniel Petri responde à sua pergunta: http://www.petri.co.il/how-to-install-microsoft-virtual-machine-vm-additions-windows-server-core-2008.htm
  • 6 horas de Treinamento de Windows Server 2008 na faixa ou quase

    Ou quase... Caso você compre qualquer produto da TrainSignal Você ganha um DVD com 6 horas de treinamento de Windows Server 2008. Aproveite a oferta! http://www.trainsignal.com/index.asp?PageAction=VIEWPROD&ProdID=114
  • Tradução de textos

    Onde você costuma ir para traduzir seus textos? Google Translator ou translate.live.com ? No fundo não faz muita diferença, pois existe outra forma bem mais fácil. É o TBot. O que é isso? Um T-Bone cibernético? Quase. É um Bot para o Live Messenger que faz as traduções para você, sem que seja necessário acessar qualquer página. Comece adicionando ele ao seu Messenger: mtbot@hotmail.com Então você seleciona a sua língua nativa. Está na dúvida, digite help e receberá: Então digitamos 10 e obtemos: Agora você já sabe a forma correta de solicitar ajuda e se digitar " TBot ? ", obterá: Quer saber quais idiomas pode usar? Com estas informações vocês já podem começar a brincar com esta excelente ferramenta. Aproveitem!
  • Servidor Hyper-V grátis 2

    Afinal de contas, quais recursos estarão disponíveis na versão grátis? A versão grátis será a Microsoft Hyper-V Server 2008!
  • Network Monitor 3.2 disponível

    Já está disponível o Network Monitor 3.2. Quer saber quais as novidades? - Monitoramento de processos. Com ele você pode identificar aplicativos que estejam enviando dados pela rede, com o nome do processo e PID. Com o modelo de árvore você poderá ver o que está associado a cada processo. - O motor de capturas foi redesenhado para operar de forma mais adequada em redes de alta velocidade, perdendo muito menos pacotes do que o Network Monitor 3.1; - Encontre conversações: Era muito complexo acompanhar trocas de dados na rede e muitos solicitavam uma ferramenta melhor para isso, pois ela foi incorporada. Apenas dê um clique direito em um frame e mande localizar as conversações. Acompanhe streams FTP, fluxos HTTP, etc. O produto está disponível em: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=f4db40af-1e08-4a21-a26b-ec2f4dc4190d&DisplayLang=en
  • InPrivate Browsing e InPrivate Blocking

    Você já ouviu falar destes dois novos recursos do Internet Explorer 8? Não? Pois fique sabendo que valhe a pena conhecê-los. Neste post do time de segurança da Microsoft Brasil, você aprenderá sobre eles.
  • Documentação para Windows Small Business Server 2008 e Windows Essential Business Server 2008

    Para os interessados nestes produtos, já estáãono ar os sites oficiais com sua documentação: SBS 2008: http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc527559.aspx EBS 2008: http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc540094.aspx
  • Não consegue ler arquivo CHM?

    Pois é, só hoje já respondi 6 vezes esta mesma pergunta. Não sei por que tanto interesse em arquivos CHm hoje, mas de qualquer forma, a solução é simples. Cenário: Você faz download de um arquivo CHM e quando tenta ler ele, os tópicos não abrem. Parece que algo está trancando eles. Solução: Dê um clique direito no arquivo, selecione Properties e clique em Unblock . Pronto, agora é só abrir o arquivo denovo (Sim, ele precisa estar fechado para realizar o procedimento acima. http://support.microsoft.com/kb/902225/EN-US/
  • Access 97 Out of memory

    Como pode? Você tem mais de 1 GB livre? Pois é, no fundo o erro significa exatamente o oposto. Você possui memória demais! Incrível né? Mas é verdade. É um problema no "motor" do Access, o Jet. Bast fazer a atualização dele que o erro desaparece... http://support.microsoft.com/kb/172733/EN-US/
  • MSDN Foruns Client – Offline Reader

    Gostaria de poder ler e responder ao conteúdo dos foruns offline? Aqui está quem irá ajudá-lo nisso http://www.codeplex.com/msdnforumsclient
  • Microsoft Photosynth

    Para quem ainda não conhece, o Photosynth é uma tecnologia que analisa fotos digitais buscando semelhanças entre elas para construir uma representação gráfica tridimensional a partir dessas informações e encaixar cada foto no seu devido lugar. Isso permite que o usuário vivencie suas fotos dentro de um contexto maior, navegando por elas de uma forma fluída e com a possibilidade de fazer um zoom nas fotos para aproveitar todos os megapixels Aproveito também para apontar para o blog do amigo Rene de Paula , que porduziu alguns vídeos de treinamento, ensiando como criar suas imagens tri-dimensionais no Photosynth. Outros exemplos e how-to podem ser encontrados no site do Photosynth: http://photosynth.net/Default.aspx Esta ferramenta é muito legal!
  • Sua máquina dá suporte à virtualização?

    Se está em dúvida, conheça e use esta ferramenta para tirar sua dúvida! Veja os tipos de retorno que a ferramenta fornece Ok, a ferramenta é básica, mas é grátis!
  • Microsoft Hyper-V Server 2008

    Sim, este é o mais novo membro da família Windows Server 2008 e você sabe qual a melhor parte? Poderá fazer o download gratuito dele a partir de 8 de outubro! Totalmente gratuito – download via web Sua interface é parecida com o Server Core, porém possui apenas o papel de servidor de virtualização (isto significa que não pode ser utilizado como servidor de arquivos, domain controller, etc) Sim, o Hyper-V Server 2008 pode ser membro de domínio Possui uma interface de administração baseada em linha de comando, porem mais facil de administrar do que o Server Core Confira uma demo bem interessante sobre o produto neste link: http://video.msn.com/?mkt=en-US&playlist=videoByUuids:uuids:f0dbc64d-1488-45f9-84ff-453faca10aaf&showPlaylist=true&from=msnvideo
  • Steve Balmer no TechEd

    Querem ter uma idéia do que isto pode significar? Deem uma olhada nestes vídeos: Abrindo um evento: http://www.youtube.com/watch?v=wvsboPUjrGc Falando do Mac Book Air: http://www.youtube.com/watch?v=Ar_r2kE9Ej4&NR=1 http://www.youtube.com/watch?v=Wftxoo77toA&feature=related Com este espírito brincalhão e amigão ele passa várias informações muito importantes e excelentes insights de futuro. Sem falar que é um dos poucos presidentes de empresas que não foge de perguntas.
  • Software Grátis

    Ah sim, claro, da Microsoft! Só para relembrar que existem vários softwares gratuitos da Microsoft! eBooks Reader Exchange Server Tools Internet Explorer 7 Live Communications Server 2005: Software & Links de Suporte Live Meeting 2005: Software & Links de Suporte Macintosh Microsoft Hardware Drivers Microsoft Office Suite: Ferramentas para Access, Excel, FrontPage, OneNote, Outlook, PowerPoint & Word Microsoft Office 2007 Mobile Devices & PocketPCs PC Games & Demos Research Department: Protótipos & Brinquedos Security & AntiVirus Tablet PC TechNet Virtual Labs Trial Software: "Teste, você gostará!" Troubleshooting / Diagnostics: Utilitários & Ajuda Windows Home Server Windows Server 2008 Windows Vista Windows XP: MediaPlayer, Multimedia Themes & Goodies Xbox Prima Guides
  • Hyper-V já pode suportar até 24 núcleos

    Com esta atualização muda isto: O número máximo de núcleos passa de 16 para 24 ; O número máximo de VMs em um servidor Hyper-V passa de 128 para 192 . Saiba mais sobre o KB 956710: http://support.microsoft.com/kb/956710 Download do update: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyId=FE36823A-7E5A-4262-9BF5-D6B3AE3AD375&displaylang=en#RelatedLinks
  • Links úteis para virtualização

    System Center Operations Manager 2007 Management Pack para Windows 2008: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyId=3529D233-5E3E-4B51-8F66-5D6F27005EC3&amp;displaylang=en Como integrar o System Center Virtual Machine Manager com o System Center Operations Manager 2007, com algumas dicas profissionais para o seu uso: http://blogs.technet.com/rakeshm/archive/2008/07/08/scvmm-2008-and-ops-manager.aspx Atualização do Hyper-V para quem roda ele em sistemas com Windows 2008 64-bit: http://support.microsoft.com/kb/956589
  • Monitorando VMs do Hyper-V

    Você gostaria de poder monitorar suas VMs do Hyper-V? Que tal, um gadget na SideBar do Vista? Perfeito? Pois aqui está ele: Em Português: http://torelervik.net/file.axd?file=Hyper-V_Monitor_Portuguese.gadget Em Inglês: http://torelervik.net/file.axd?file=Hyper-V_Monitor.gadget
  • Convertendo suas Máquinas Virtuais

    Você deseja converter suas VMs do VMWare para Hyper-V? Sim, é possível e os passos são os seguintes: Por precaução, comece fazendo um backup delas; Remova o VMWare Tools de todas as VMs; Desligue todas as VMs (sei que este passo era óbvio, mas posto apenas para evitar que alguém tente com um Saved State); Faça um backup dos arquivos VMDK (sei que já disse isso no item 1, mas como este backup deve ser feito depois de desligar a VM, vale a pena relembrar aqui); Converta os arquivos VMDK para VHD. Caso tenha o System Center instalado, pode ser o System Center Virtual Machine Manager (SCVMM) para fazer isto. Ok, você não tem ele? Tudo bem, faço o mesmo que eu fiz, use a ferramenta VMDKtoVHD, do site VM Tool Kit . Preço? Ah sim, a ferramenta é gratuíta!; Atente apenas para o fato de que VMs com tamanhos de HD fixos no VMWare, passarão a ter HDs dinâmicos; Crie novas máquinas virtuais no Hyper-V, usando estes arquivos VHD, que acabou de converter.
  • Horário de Verão 2009

    Este post está meio atrasado, mas para quem ainda não sabia, já foram liberados os patches para o horário de verão brasileiro http://support.microsoft.com/kb/951072/pt-br
  • Exames com 40% de desconto

    Aproveitem que estes serão retirados em 31/03/2009. Microsoft SQL Server 2000: MCDBA certification and upgrade exams • Exam 70-228: Installing, Configuring, and Administering Microsoft SQL Server 2000 Enterprise Edition • Exam 70-229: Designing and Implementing Databases with Microsoft SQL Server 2000 Enterprise Edition • Exam 70-447: Upgrade: MCDBA Skills to MCITP Database Administrator by Using Microsoft SQL Server 2005 Microsoft Visual Studio 2003: MCAD and MCSD certification and upgrade exams • Exam 70-300: Analyzing Requirements and Defining Microsoft .NET Solution Architectures • Exam 70-301: Managing, Organizing, and Delivering IT Projects by Using Microsoft Solutions Framework 3.0 • Exam 70-305: Developing and Implementing Web Applications with Microsoft Visual Basic .NET and Microsoft Visual Studio .NET • Exam 70-306: Developing and Implementing Windows-Based Applications with Microsoft Visual Basic .NET and Microsoft Visual Studio .NET • Exam 70-310: Developing XML Web Services and Server Components with Microsoft Visual Basic .NET and the Microsoft .NET Framework • Exam 70-315: Developing and Implementing Web Applications with Microsoft Visual C# .NET and Microsoft Visual Studio .NET • Exam 70-316: Developing and Implementing Windows-Based Applications with Microsoft Visual C# .NET and Microsoft Visual Studio .NET • Exam 70-320: Developing XML Web Services and Server Components with Microsoft Visual C# .NET and the Microsoft .NET Framework • Exam 70-330: Implementing Security for Applications with Microsoft Visual Basic .NET • Exam 70-340: Implementing Security for Applications with Microsoft Visual C# .NET • Exam 70-551: Upgrade: MCAD Skills to MCPD Web Developer by Using the Microsoft .NET Framework • Exam 70-552: Upgrade: MCAD Skills to MCPD Windows Developer by Using the Microsoft .NET Framework • Exam 70-553: Upgrade: MCSD Microsoft .NET Skills to MCPD Enterprise Application Developer by Using the Microsoft .NET Framework: Part 1 • Exam 70-554: Upgrade: MCSD Microsoft .NET Skills to MCPD Enterprise Application Developer by Using the Microsoft .NET Framework: Part 2 • Exam 70-558: Upgrade: MCAD Skills to MCTS Windows Applications by Using the Microsoft .NET Framework • Exam 70-559: Upgrade: MCAD Skills to MCTS Web Applications by Using the Microsoft .NET Framework
  • Quem se copia? O melhor ou o pior?

    Este blog abaixo analisa como o Chrome utiliza bibliotecas liberadas pela Microsoft em 2004 como base do Chrome. Avalie o conceito que levou eles a utilizarem estas bibliotecas e responda o questionamento do título! http://www.hanselman.com/blog/TheWeeklySourceCode33MicrosoftOpenSourceInsideGoogleChrome.aspx
  • Microsoft Brasil abre vagas para núcleo de desenvolvimento de software Dynamics em SP

    Microsoft Brasil abre vagas para núcleo de desenvolvimento de software Dynamics em SP A Microsoft Brasil amplia sua área de desenvolvimento local de software Dynamics, localizada em São Paulo, e contrata mais engenheiros de software. Os pré-requisitos para concorrer às vagas incluem conhecimento em linguagem de programação orientada a objetos (C#, C++, .Net, Java) e criação de códigos; graduação em Ciências da Computação, Engenharia ou Tecnologia da Informação; excelente capacidade de comunicação; e inglês fluente. A experiência no desenvolvimento de aplicações de negócios pode ser uma vantagem no processo de seleção. Os profissionais criarão novas funcionalidades das soluções de gestão empresarial e do relacionamento com o cliente, Dynamics ERP e Dynamics CRM, respectivamente. O centro de desenvolvimento de software foi inaugurado em 2006 e agora, com as novas contratações, dobrará de tamanho. A divisão Microsoft Business Solutions, responsável pela linha de produtos Dynamics, é a que mais cresce em todo o mundo, sendo que registrou 140% de aumento no volume de negócios no último ano fiscal, encerrado em junho de 2008. Para se candidatar, os interessados devem acessar: http://ms.peoplehr.com.br/ . Aproveite, esta pode ser a sua chance!
  • Envelhecimento

    Prometo viver a vida como se fosse durar para sempre. Ninguém envelhece apenas com o passar dos anos. As pessoas envelhecem por abandonar a seus ideais. Os anos podem enrrugar a pele, mas abandonar os ideais enrruga a alma. Douglas MacArthur Original: "I promise to keep on living as though I expected to live forever. Nobody grows old by merely living a number of years. People grow old by deserting their ideals. Years may wrinkle the skin, but to give up wrinkles the soul."
  • Apreensão de livros e documentos em escritórios de contabilidade

    Decisão do Supremo Tribunal Federal O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que os escritórios de contabilidade estão sujeitos à proteção constitucional de inviolabilidade domiciliar. Conforme decisão abaixo reproduzida, o STF deferiu habeas corpus reputando inadmissível a apreensão de livros contábeis e documentos fiscais em escritórios de contabilidade por agentes fazendários e policiais federais, sem mandato judicial. Segue decisão do STF (Informativo nº 514/08) HC N. 93.050-RJ* *RELATOR: MIN. CELSO DE MELLO* E M E N T A: FISCALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA - APREENSÃO DE LIVROS CONTÁBEIS E DOCUMENTOS FISCAIS REALIZADA, EM ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE, POR AGENTES FAZENDÁRIOS E POLICIAIS FEDERAIS, SEM MANDADO JUDICIAL - INADMISSIBILIDADE - ESPAÇO PRIVADO, NÃO ABERTO AO PÚBLICO, SUJEITO À PROTEÇÃO CONSTITUCIONAL DA INVIOLABILIDADE DOMICILIAR (CF, ART. 5º, XI) - SUBSUNÇÃO AO CONCEITO NORMATIVO DE "CASA" - NECESSIDADE DE ORDEM JUDICIAL - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E FISCALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA - DEVER DE OBSERVÂNCIA, POR PARTE DE SEUS ÓRGÃOS E AGENTES, DOS LIMITES JURÍDICOS IMPOSTOS PELA CONSTITUIÇÃO E PELAS LEIS DA REPÚBLICA - IMPOSSIBILIDADE DE UTILIZAÇÃO, PELO MINISTÉRIO PÚBLICO, DE PROVA OBTIDA COM TRANSGRESSÃO À GARANTIA DA INVIOLABILIDADE DOMICILIAR - PROVA ILÍCITA - INIDONEIDADE JURÍDICA - "HABEAS CORPUS" DEFERIDO. ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - FISCALIZAÇÃO - PODERES - NECESSÁRIO RESPEITO AOS DIREITOS E GARANTIAS INDIVIDUAIS DOS CONTRIBUINTES E DE TERCEIROS. - Não são absolutos os poderes de que se acham investidos os órgãos e agentes da administração tributária, pois o Estado, em tema de tributação, inclusive em matéria de fiscalização tributária, está sujeito à observância de um complexo de direitos e prerrogativas que assistem, constitucionalmente, aos contribuintes e aos cidadãos em geral. Na realidade, os poderes do Estado encontram, nos direitos e garantias individuais, limites intransponíveis, cujo desrespeito pode caracterizar ilícito constitucional. - A administração tributária, por isso mesmo, embora podendo muito, não pode tudo. É que, ao Estado, é somente lícito atuar, "respeitados os direitos individuais e nos termos da lei" (CF, art. 145, § 1º), consideradas, sobretudo, e para esse específico efeito, as limitações jurídicas decorrentes do próprio sistema instituído pela Lei Fundamental, cuja eficácia - que prepondera sobre todos os órgãos e agentes fazendários - restringe-lhes o alcance do poder de que se acham investidos, especialmente quando exercido em face do contribuinte e dos cidadãos da República, que são titulares de garantias impregnadas de estatura constitucional e que, por tal razão, não podem ser transgredidas por aqueles que exercem a autoridade em nome do Estado. A GARANTIA DA INVIOLABILIDADE DOMICILIAR COMO LIMITAÇÃO CONSTITUCIONAL AO PODER DO ESTADO EM TEMA DE FISCALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA - CONCEITO DE "CASA" PARA EFEITO DE PROTEÇÃO CONSTITUCIONAL - AMPLITUDE DESSA NOÇÃO CONCEITUAL, QUE TAMBÉM COMPREENDE OS ESPAÇOS PRIVADOS NÃO ABERTOS AO PÚBLICO, ONDE ALGUÉM EXERCE ATIVIDADE PROFISSIONAL: NECESSIDADE, EM TAL HIPÓTESE, DE MANDADO JUDICIAL (CF, ART. 5º, XI). - Para os fins da proteção jurídica a que se refere o art. 5º, XI, da Constituição da República, o conceito normativo de "casa" revela-se abrangente e, por estender-se a qualquer compartimento privado não aberto ao público, onde alguém exerce profissão ou atividade (CP, art. 150, § 4º, III), compreende, observada essa específica limitação espacial (área interna não acessível ao público), os escritórios profissionais, inclusive os de contabilidade, "embora sem conexão com a casa de moradia propriamente dita" (NELSON HUNGRIA). Doutrina. Precedentes. - Sem que ocorra qualquer das situações excepcionais taxativamente previstas no texto constitucional (art. 5º, XI), nenhum agente público, ainda que vinculado à administração tributária do Estado, poderá, contra a vontade de quem de direito ("invito domino"), ingressar, durante o dia, sem mandado judicial, em espaço privado não aberto ao público, onde alguém exerce sua atividade profissional, sob pena de a prova resultante da diligência de busca e apreensão assim executada reputar-se inadmissível, porque impregnada de ilicitude material. Doutrina. Precedentes específicos, em tema de fiscalização tributária, a propósito de escritórios de contabilidade (STF). - O atributo da auto-executoriedade dos atos administrativos, que traduz expressão concretizadora do "privilège du preálable", não prevalece sobre a garantia constitucional da inviolabilidade domiciliar, ainda que se cuide de atividade exercida pelo Poder Público em sede de fiscalização tributária. Doutrina. Precedentes. ILICITUDE DA PROVA - INADMISSIBILIDADE DE SUA PRODUÇÃO EM JUÍZO (OU PERANTE QUALQUER INSTÂNCIA DE PODER) - INIDONEIDADE JURÍDICA DA PROVA RESULTANTE DE TRANSGRESSÃO ESTATAL AO REGIME CONSTITUCIONAL DOS DIREITOS E GARANTIAS INDIVIDUAIS. - A ação persecutória do Estado, qualquer que seja a instância de poder perante a qual se instaure, para revestir-se de legitimidade, não pode apoiar-se em elementos probatórios ilicitamente obtidos, sob pena de ofensa à garantia constitucional do "due process of law", que tem, no dogma da inadmissibilidade das provas ilícitas, uma de suas mais expressivas projeções concretizadoras no plano do nosso sistema de direito positivo. A "Exclusionary Rule" consagrada pela jurisprudência da Suprema Corte dos Estados Unidos da América como limitação ao poder do Estado de produzir prova em sede processual penal. - A Constituição da República, em norma revestida de conteúdo vedatório (CF, art. 5º, LVI), desautoriza, por incompatível com os postulados que regem uma sociedade fundada em bases democráticas (CF, art. 1º), qualquer prova cuja obtenção, pelo Poder Público, derive de transgressão a cláusulas de ordem constitucional, repelindo, por isso mesmo, quaisquer elementos probatórios que resultem de violação do direito material (ou, até mesmo, do direito processual), não prevalecendo, em conseqüência, no ordenamento normativo brasileiro, em matéria de atividade probatória, a fórmula autoritária do "male captum, bene retentum". Doutrina. Precedentes. - A circunstância de a administração estatal achar-se investida de poderes excepcionais que lhe permitem exercer a fiscalização em sede tributária não a exonera do dever de observar, para efeito do legítimo desempenho de tais prerrogativas, os limites impostos pela Constituição e pelas leis da República, sob pena de os órgãos governamentais incidirem em frontal desrespeito às garantias constitucionalmente asseguradas aos cidadãos em geral e aos contribuintes em particular. - Os procedimentos dos agentes da administração tributária que contrariem os postulados consagrados pela Constituição da República revelam-se inaceitáveis e não podem ser corroborados pelo Supremo Tribunal Federal, sob pena de inadmissível subversão dos postulados constitucionais que definem, de modo estrito, os limites - inultrapassáveis - que restringem os poderes do Estado em suas relações com os contribuintes e com terceiros. A QUESTÃO DA DOUTRINA DOS FRUTOS DA ÁRVORE ENVENENADA ("FRUITS OF THE POISONOUS TREE"): A QUESTÃO DA ILICITUDE POR DERIVAÇÃO. - Ninguém pode ser investigado, denunciado ou condenado com base, unicamente, em provas ilícitas, quer se trate de ilicitude originária, quer se cuide de ilicitude por derivação. Qualquer novo dado probatório, ainda que produzido, de modo válido, em momento subseqüente, não pode apoiar-se, não pode ter fundamento causal nem derivar de prova comprometida pela mácula da ilicitude originária. - A exclusão da prova originariamente ilícita - ou daquela afetada pelo vício da ilicitude por derivação - representa um dos meios mais expressivos destinados a conferir efetividade à garantia do "due process of law" e a tornar mais intensa, pelo banimento da prova ilicitamente obtida, a tutela constitucional que preserva os direitos e prerrogativas que assistem a qualquer acusado em sede processual penal. Doutrina. Precedentes. - A doutrina da ilicitude por derivação (teoria dos "frutos da árvore envenenada") repudia, por constitucionalmente inadmissíveis, os meios probatórios, que, não obstante produzidos, validamente, em momento ulterior, acham-se afetados, no entanto, pelo vício (gravíssimo) da ilicitude originária, que a eles se transmite, contaminando-os, por efeito de repercussão causal. Hipótese em que os novos dados probatórios somente foram conhecidos, pelo Poder Público, em razão de anterior transgressão praticada, originariamente, pelos agentes estatais, que desrespeitaram a garantia constitucional da inviolabilidade domiciliar. - Revelam-se inadmissíveis, desse modo, em decorrência da ilicitude por derivação, os elementos probatórios a que os órgãos estatais somente tiveram acesso em razão da prova originariamente ilícita, obtida como resultado da transgressão, por agentes públicos, de direitos e garantias constitucionais e legais, cuja eficácia condicionante, no plano do ordenamento positivo brasileiro, traduz significativa limitação de ordem jurídica ao poder do Estado em face dos cidadãos. - Se, no entanto, o órgão da persecução penal demonstrar que obteve, legitimamente, novos elementos de informação a partir de uma fonte autônoma de prova - que não guarde qualquer relação de dependência nem decorra da prova originariamente ilícita, com esta não mantendo vinculação causal -, tais dados probatórios revelar-se-ão plenamente admissíveis, porque não contaminados pela mácula da ilicitude originária. - A QUESTÃO DA FONTE AUTÔNOMA DE PROVA ("AN INDEPENDENT SOURCE") E A SUA DESVINCULAÇÃO CAUSAL DA PROVA ILICITAMENTE OBTIDA - DOUTRINA - PRECEDENTES DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (RHC 90.376/RJ, Rel. Min. CELSO DE MELLO, v.g.) - JURISPRUDÊNCIA COMPARADA (A EXPERIÊNCIA DA SUPREMA CORTE AMERICANA): CASOS "SILVERTHORNE LUMBER CO. V. UNITED STATES (1920); SEGURA V. UNITED STATES (1984); NIX V. WILLIAMS (1984); MURRAY V. UNITED STATES (1988)", v.g..
    Filed under:
  • As cinco bolas

    Imagine a vida como um jogo, no qual você faz malabarismo com cinco bolas que são lançadas no ar... Essas bolas são: o trabalho , a família , a saúde , os amigos e o espírito . O trabalho é a única bola de borracha. Se cair, bate no chão e *** para cima. Mas as quatro outras são de vidro. Se caírem no chão, quebrarão e ficarão permanentemente danificadas. Entendam isso e assim conseguirão o equilíbrio na vida. Como? Não diminua seu próprio valor, comparando-se com outras pessoas. Somos todos diferentes: cada um de nós é um ser especial. Não fixe seus objetivos com base no que os outros acham importante. Só você tem condições de escolher o que é melhor para si próprio. Dê valor e respeite as coisas mais queridas de seu coração. Apegue-se a elas como à própria vida. Sem elas a vida carece de sentido. Não deixe que a vida escorra entre os dedos por viver no passado ou no futuro. Se viver um dia de cada vez, viverá todos os dias de sua vida. Não desista enquanto ainda é capaz de um esforço a mais. Nada termina até o momento em que se deixa de tentar. Não tema admitir que não é perfeito. Não tema enfrentar riscos. É correndo riscos que aprendemos a ser valentes. Não exclua o amor de sua vida, dizendo que não se pode encontrá-lo. A melhor forma de receber amor é dá-lo. A forma mais rápida de ficar sem amor é apegar-se demasiado a si próprio. A melhor forma de manter o amor é dar-lhe asas. Não corra tanto pela vida a ponto de esquecer onde esteve e para onde vai. Não tenha medo de aprender. O conhecimento é leve. É um tesouro que se carrega facilmente. Não use imprudentemente o tempo ou as palavras. Não se pode recuperar uma palavra dita. A vida não é uma corrida, mas sim uma viagem, que deve ser desfrutada a cada passo. Lembre-se: ontem é história. Amanhã é mistério e HOJE é uma dádiva. Por isso se chama "presente". Autor desconhecido.
  • ZoomIT 2.10

    Amigos, muitos ao assistirem minhas palestras, treinamentos ou apresentações já me viram usando o ZoomIt e pediram cópias. Bem, a versão que costumava levar no note era a 1.8, que inclusive dei cópia para alguns, mas acaba de sair a 2.10, vale a pena o download e é grátis! http://technet.microsoft.com/en-us/sysinternals/bb897434.aspx Outro detalhe, não serve apenas para Zoom, podemos fazer desenhos na tela e com várias cores.
  • Red Hat Digital Keys Violated by Intruder

    Este é o pior tipo de falha de segurança possível para um sistema operacional. A RedHat está disponibilizando uma atualização ao seu OpenSSH. Notícia original abaixo: Just about the most serious breach of security possible at an OS vendor happened to this company. Red Hat is releasing updated OpenSSH packages to address the compromise of its internal systems. In perhaps the most appalling breach of security at a major operating system vendor, Red Hat has revealed that a compromise of its internal systems included the digital signing keys for its distributions. An Aug. 22 advisory from Red Hat announces new OpenSSH packages to deal with the problem: http://www.eweek.com/c/a/Security/Red-Hat-Digital-Keys-Violated-By-Intruder/?kc=EWKNLLIN08262008STR1
  • LANÇAMENTO OFFICE LIVE WORKSPACE EM PORTUGUÊS

    LANÇAMENTO OFFICE LIVE WORKSPACE EM PORTUGUÊS · Lançamos no dia 28 de agosto a versão BETA, em português, do Office Live Workspace , serviço GRATUITO complementar ao Office para armazenar e compartilhar documentos na web · O público-alvo do Office Live Workspace inclui usuários finais, estudantes e pequenas empresas · O serviço é totalmente aderente à visão Software + Serviços , mensagem que foi exposta e capturada nas atividades de PR no lançamento · O Office Live Workspace NÃO é o Office na web e NÃO permite edição de documentos online
  • OSS Licenses

    Muita gente tem dúvidas sobre o funcionamento das licenças OSS, principalmente sobre quais podem ser combinadas com software comercial ou não. Esta tabelinha simples, vai auxiliá-los a entendê-las:
  • O problema

    Certo dia, num mosteiro zen-budista, com a morte do guardião, foi preciso encontrar um substituto. O grande Mestre convocou, então, todos os discípulos para descobrir quem seria o novo sentinela. O Mestre, com muita tranquilidade, falou: - Assumirá o posto o monge que conseguir resolver primeiro o problema que eu vou apresentar. Então ele colocou uma mesinha magnífica no centro da enorme sala em que estavam reunidos e, em cima dela, pôs um vaso de porcelana muito raro, com uma rosa amarela de extraordinária beleza a enfeitá-lo. E disse apenas: - Aqui está o problema! Todos ficaram olhando a cena: o vaso belíssimo, de valor inestimável, com a maravilhosa flor ao centro! O que representaria? O que fazer? Qual o enigma? Nesse instante, um dos discípulos sacou a espada, olhou o Mestre, os companheiros, dirigiu-se ao centro da sala e ...ZAPT!... destruiu tudo, com um só golpe. Tão logo o discípulo retornou a seu lugar, o Mestre disse: Você é o novo Guardião. Não importa que o problema seja algo lindíssimo. Se for um problema, precisa ser eliminado. Um problema é um problema, mesmo que se trate de uma mulher sensacional, um homem maravilhoso ou um grande amor que se acabou. Por mais lindo que seja ou tenha sido, se não existir mais sentido para ele em sua vida, deve ser suprimido. Muitas pessoas carregam a vida inteira o peso de coisas que foram importantes no passado, mas que hoje somente ocupam espaço - um lugar indispensável para criar a vida. Os orientais dizem: - Para você beber vinho numa taça cheia de chá, é necessário primeiro jogar o chá para, então, beber o vinho. Ou seja, para aprender o novo, é essencial desaprender o velho. Limpe a sua vida, comece pelas gavetas, armários até chegar às pessoas do passado que não fazem mais sentido estar ocupando espaço em sua mente. Vai ficar mais fácil ser feliz.
  • ISO rejeitou votos contrários ao Open XML, por falta de apoio

    ISO rejeita apelações contra OpenXML Pedidos de Brasil, Índia, África do Sul e Venezuela são descartados por falta de apoio. Organização deverá aprovar padrão da Microsoft. Por IDG News Service/EUA 15 de agosto de 2008 - 18h39 A Organização Internacional de Padronização (da sigla em inglês, ISO) e a Comissão Eletrotécnica Internacional (da sigla em inglês, IEC) deram luz verde para publicar a especificação OpenXML, da Microsoft, rejeitando quatro apelações que tentavam rever a decisão. Os conselhos técnicos tanto da ISO como da IEC aprovaram a publicação do ISO/IEC DIS 29500, nome oficial da especificação do OpenXML, afirmou a ISO nesta sexta-feira (15/08). O padrão deverá ser publicado nas próximas semanas após as organizações finalizarem os documentos, desde que não haja mais apelações contra a decisão. De acordo com o anúncio, as apelações de Brasil, Índia, África do Sul e Venezuela não obtiveram o suporte necessário de dois terços dos membros dos Conselhos de Gerenciamento Técnico da ISO e da IEX, processo exigido para que o processo seja levado adiante. No entanto, estes países podem ainda apelar aos conselheiros executivos da ISO e da IEC para revisão e processamento, que poderá atrasar mais a publicação da especificação. No mês passado, executivos da ISO e do IEC recomendaram a rejeição às apelações dos países. Entre as razões para o pedido da apelação, estão supostas violações associadas à votação em lote realizada em fevereiro que eventualmente levou à aprovação do OpenXML em 1º de abril. A Microsoft enviou o OpenXML à ECMA International, outro órgão de padrões, em novembro de 2005 em um esforço para passá-lo pelo processo "fast track" enquanto o padrão rival, Open Document Format, passava pelas certificação dentro da ISO. O processo de "fast track" e a subseqüente aprovação foi pontuada por reclamações sobre um suposto comportamento inescrupuloso da Microsoft, a implementação falha da votação e a aprovação de definições amplas demais, o que levou Brasil, Índia, Venezuela e África do Sul a protestarem. http://www.notilog.com/notilog/includes/pnewsite/notilog_2004/home/noticiaopen.php?ID=1373566&lan=por&tipo=2&cl=522
  • Office Open XML reconhecido por ISO e IEC

    Abaixo posta a notícia original na íntegra. http://www.iso.org/iso/pressrelease.htm?refid=Ref1151 ISO and IEC members give go ahead on ISO/IEC DIS 29500 2008-08-15 The two ISO and IEC technical boards have given the go-ahead to publish I SO/IEC DIS 29500, Information technology – Office Open XML formats , as an ISO/IEC International Standard after appeals by four national standards bodies against the approval of the document failed to garner sufficient support. None of the appeals from Brazil, India, South Africa and Venezuela received the support for further processing of two-thirds of the members of the ISO Technical Management Board and IEC Standardization Management Board, as required by ISO/IEC rules governing the work of their joint technical committee ISO/IEC JTC 1, Information technology . According to the ISO/IEC rules, DIS 29500 can now proceed to publication as an ISO/IEC International Standard. This is expected to take place within the next few weeks on completion of final processing of the document, and subject to no further appeals against the decision. The adoption process of Office Open XML (OOXML) as an ISO/IEC Standard has generated significant debate related to both technical and procedural issues which have been addressed according to ISO and IEC procedures. Experiences from the ISO/IEC 29500 process will also provide important input to ISO and IEC and their respective national bodies and national committees in their efforts to continually improve standards development policies and procedures.
  • Gladiatus

    Esta dica é para os momentos de lazer. Que tal um jogo que não irá lhe tomar mais do que 15-20 minutos ao dia e ainda proporcionará uma boa diversão? Sim, é no bom e velho estilo RPG, mas vale a pena brincar. Se interessou, pois basta clicar no link abaixo e se inscrever para começar a diversão. Ah sim, é em português para quem clicar no link abaixo. http://s3.br.gladiatus.com/game/c.php?uid=96917 Sim, claro que estou jogando, para recomendar. Ah, claro, outra dica: É grátis!!
  • Certificação Grátis, corra!

    Assunto : TS: Windows Server 2008 Active Directory, Configuring Período para fazer: 31/Julho/2008 a 12/Setembro/2008 Prova: 70-113 C ódigo Promocional : H640 Assunto: PRO: Designing a Business Intelligence Infrastructure Using Microsoft SQL Server 2008 Período para fazer: 08/Agosto/2008 a 13/Setembro/2008 Prova: 71-452 Código Promocional : 3568C Assunto: PRO: Designing, Optimizing, and Maintaining a Database Administrative Solution Using Microsoft SQL Server 2008 Período para fazer: 18/Agosto/2008 a 16/Setembro/2008 Prova: 71-450 Código Promocional : 239F4 Lembrete muito importante : As vagas são limitadas. Corra!
  • Recursos escondidos do Windows Vista

    Você estava acostumado a usar um recurso no Windows XP e agora que tem o Vista não encontra ele? Já tentou usar TELNET via linha de comando? Que tal alterar algumas configs do IIS ou do .NET Framework 3.0? Você havia ouvido falar da possibilidade de uso dele com o Linux, mas nunca viu o SUA no Vista? Gostaria de desabilitar fax e scanner e o espaço de reunião mas não sabe onde? Compactação remota e configurações de GPO? Ufa, chega de listar coisas e vamos direto para a solução. Simplesmente clique em Iniciar e digite na caixa " Iniciar Pesquisa " a palavra OptionalFeatures para os recursos opcionais do Vista Agora selecione os recursos que deseja ou desmarque os que não deseja Aí é só aguardar pelo final da instalação/configuração Normalmente não será nem necessário inserir o DVD, nem reiniciar.
  • Desafio da alfabetização digital

    Vale a pena ler este texto do assinado pelo Michel Levy (Presidente da Microsoft Brasil). Desafio da alfabetização digital Desafio da alfabetização digital Acrescente importância da Tecnologia da Informação (TI) na economia brasileira é algo que qualquer cidadão pode notar. Não só as vendas de computadores e equipamentos têm aumentado, mas também os investimentos das empresas em soluções que as auxiliem a gerar novos negócios, melhorar a produtividade e aperfeiçoar o controle de suas operações. Graças ao momento de mercado favorável e a uma série de fatores conjunturais, o segmento atravessa uma fase de alta consistente, com boas perspectivas também para os próximos anos. Os gastos com TI já representam aproximadamente 1,8% do PIB nacional, segundo a consultoria especializada IDC, embora o país ainda esteja abaixo da média mundial (2,5%). Há hoje, aproximadamente 1,1 milhão de trabalhadores ligados diretamente ao setor - e esse número deve ultrapassar 1,5 milhão até 2011. Em unidades de computadores pessoais comercializados, o Brasil já é o quinto colocado no mundo (com 10,7 milhões de máquinas vendidas em 2007). Em 2010, a expectativa é que sejamos o terceiro maior mercado desse segmento, atrás apenas da China e dos Estados Unidos. Mais importante do que a capacidade de geração de empregos diretos é o papel que a Tecnologia da Informação tem no desenvolvimento da economia como um todo. Quanto mais estruturado for esse segmento em determinado país, maior será seu grau de competitividade. É por isso que TI é um dos 12 pilares analisados pelo Fórum Econômico Mundial para medir o Índice de Competitividade Global de uma nação. O crescimento do uso de computadores, telefones celulares e outros equipamentos tecnológicos é um fenômeno sem volta, mas ainda há um longo caminho a se percorrer até que seus benefícios estejam amplamente difundidos e possam ser usufruídos por todos. O planeta tem hoje 1 bilhão de habitantes incluídos digitalmente. Em contrapartida, há 5 bilhões de excluídos que não conseguem ter acesso a essa realidade. São indivíduos que estão na base ou no centro da pirâmide - e que, portanto, poderiam ter no acesso à tecnologia uma forma de inclusão e ascensão social. A "alfabetização digital" é fundamental para que essa parcela gigantesca da população mundial aumente suas oportunidades e possa buscar melhores condições de vida. Para o economista indiano naturalizado americano Coimbatore Krishnarao Prahalad, autor de "A Riqueza na Base da Pirâmide" e outros livros sobre o tema, essa parcela da população poderá garantir o crescimento econômico e social de todo o planeta. O Brasil dá mais ênfase à pesquisa acadêmica, deixando em segundo plano o investimento em novos produtos e serviços Trazer esse enorme contingente populacional ao mundo conectado e às suas possibilidades é uma tarefa de todos. E a educação é, sem dúvida, o ponto de partida. É por meio de uma educação inclusiva e de qualidade que se pode investir no capital humano capaz de levar adiante um projeto de desenvolvimento e inovação. O Brasil alcançou a universalização da Educação Básica, mas ainda sofre quando entra em discussão a qualidade do ensino. O país é o 54º colocado em um ranking de conhecimentos de matemática preparado pelo Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) - fica à frente apenas de Tunísia, Qatar e Cazaquistão. Na classificação de capacidade de leitura, estamos em 50º lugar. Em ciência, ocupamos a 52ª colocação entre os 57 pesquisados. Ao melhorar a qualidade da educação, o Brasil conseguirá fazer girar com mais velocidade o mecanismo da inovação. O país tem tradição de dar mais ênfase à pesquisa acadêmica, deixando em segundo plano o investimento em novos produtos e serviços. Mas dados recentes mostram que essa realidade começa a se alterar. Segundo indicadores do Ministério da Ciência e Tecnologia, os recursos públicos corresponderam a 58,67% do total investido em pesquisa em 2003. Em 2006, o aporte de recursos privados praticamente igualou-se ao de verbas públicas: 49,9% contra 50,1%. Essa mudança traz a perspectiva de que idéias nascidas nas universidades possam ser aperfeiçoadas e colocadas em prática com o auxílio das empresas - e muitas vezes, consigam ganhar escala e se transformar em políticas públicas. Para que cumpram de fato sua missão, a estrutura de estímulo à inovação e o sistema de ensino devem estar a serviço da criação de empregos e de oportunidades de negócios para um número cada vez maior de pessoas. Parcerias firmadas entre empresas e a academia servem de exemplo para o desenvolvimento de soluções que atendem às necessidades de clientes de diversos portes e áreas de atuação. Essas iniciativas são essenciais para a diminuição do déficit de mão-de-obra qualificada. Também estimulam o desenvolvimento de novas tecnologias voltadas à indústria local e a renovação do espírito acadêmico. Apenas por meio da participação integrada de professores, estudantes, pesquisadores, consultores e produtores de software é possível alcançar os objetivos esperados. Os resultados são visíveis e relevantes, sempre com a comunidade reagindo com entusiasmo. Em Salvador, por exemplo, 5,6 mil estudantes disputaram recentemente 60 vagas disponíveis em um curso de formação para programadores. Em pouco tempo, um terço dos selecionados já havia sido incorporado pelo mercado de trabalho local. Investir em pesquisa científica, estimular os avanços tecnológicos e incentivar o empreendedorismo são estratégias certeiras para o surgimento de novas perspectivas para a população. Por meio da educação de qualidade é possível fomentar as oportunidades econômicas e sociais nas comunidades e, conseqüentemente, ter profissionais altamente capacitados para atuar no disputado mercado de trabalho. Para isso, a união entre governo, iniciativa privada e setor acadêmico é fundamental. Só assim a "base da pirâmide" poderá, de fato, se tornar o alicerce de um novo ciclo de desenvolvimento no qual todos sejam beneficiados. Michel Levy é presidente da Microsoft Brasil. Artigo enviado para o Jornal Valor Econômico.
  • Faça palestras sem a necessidade de fortes emoções

    Imagine aquela palestra com slides que consumiram uma grande parcela de seu tempo e na hora da apresentação você descobre que o computador a ser usado não possui as mesmas fontes que o seu? Que pesadelo, muda tudo. Os textos ficam completamente diferentes do desejado. Como resolver isto? Simples, integre as fontes que usou ao arquivo, desta forma nunca passará por este pesadelo. Certo, mas e como fazer isto? Pois aqui vai a dica. Quando finalizar a sua apresentação clique em Salvar como Agora clique em Ferramentas e depois em Opções de Salvamento Agora mande incorporar as fontes, selecionando a caixa de verificação que aparecerá na parte inferior direita da janela, conforme demonstrado abaixo Neste caso selecionei a primeira opção, pois pretendo apenas usar a apresentação em outro computador, mas se desejar poder alterá-la, devo marcar a segunda. Agora basta clicar em OK e em Salvar . Fácil e rápido, mas poupa muita dor de cabeça.
  • Date bug kills VMWare systems

    Cuidado, pois um bug pode detonar suas VMs! http://www.theregister.co.uk/2008/08/12/vmware_12_august_esx_cockup/ Date bug kills VMWare systems By Kelly Fiveash Published Tuesday 12th August 2008 10:28 GMT Irate VMWare customers were left unable to power up their virtual servers this morning because of a bug that killed their systems when the clock clicked round to 12 August. The bug was sent out to customers in ESX 3.5 update 2, VMWare's latest hypervisor, which went out on 27 July. The version could have been downloaded and installed by thousands of customers since then. Over the past 12 hours we’ve received angry reports from businesses and individuals affected by the ***-up. VMWare told El Reg it was aware of the problem. The firm’s group product marketing manager Martin Niemer said: “We are sending communication to all customers who have downloaded the software and we are aggressively working on a fix which should be within a short time frame.” He declined to comment on how many customers would have been hit by the embarrassing date blunder. Niemer claimed that given it’s only been two weeks since ESX 3.5 update 2 was made available for download, it was unlikely that many people would have installed it in a live production environment. But the firm’s forum ( http://communities.vmware.com/thread/162377?tstart=0 ) suggests a different story. Since the problem first came to light, VMWare's thread about the issue has been viewed more than 2,500 times. We put that figure* to Niemer. “I cannot tell you how many customers but it only affects people who have downloaded since 27 July, so you can imagine it’s not a very big number of customers so far,” he said, before somewhat contradicting himself with this statement: “We know who they are and we’re going to contact them.” Niemer was also unable to offer a time frame for when angry customers can expect to see a fix. “We cannot give an exact time frame but it should be within a few days... but I cannot give an exact date right now.” We asked if the firm accepted that the bug was a major ***-up for VMWare. “We’ve identified the problem and we’re working on the fix, and of course there’s going to be a post-mortem to understand what happened,” he said. Niemer added that a work-around has been offered whereby customers should manually set the date of all ESX 3.5u2 hosts back to 10 August as a temporary fix. However, he accepted that this was not an entirely satisfactory solution for all businesses. Some users have complained that doing this would contradict legal requirements that they must have the correct timestamps on their system. Reg reader Duncan said VMWare's FAIL represented a "fantastic bug for a company trying to embed itself into the modern computing world". While another reader, Eric, said the "time bomb" contained in the update was causing a lot of panic among businesses. "Customers were fuming this morning having planned downtime for weeks. VMWare has a lot of answering to do on this and no doubt share price will take a hit again," he said. VMWare said it will keep us up to date as to when a fix will be provided. In the meantime, anyone who has downloaded the update but not installed it is best advised to leave it gathering dust. ®
  • Patrocínio da Microsoft à Apache Foundation

    Vale a pena conferir os links do texto! Em um artigo recente, Roberto Prado comentou sobre o patrocínio da Microsoft à Apache Foundation . Em sua apresentação na OSCON 2008 , no dia 25 de julho, Sam Ramji também falou sobre isto e ainda anunciou outras iniciativas importantes da Microsoft junto à comunidade de código aberto. Dentre elas, está a contribuição de um patch para o ADOdb, uma camada de abstração para a conexão com bases de dados para a linguagem PHP. "Esta é a nossa primeira contribuição de código para a comunidade PHP, mas não será a última", diz Sam, que também falou um pouco mais sobre o OSP, Open Specification Program da Microsoft: "Nós esclarecemos ainda mais nosso OSP , garantindo aos desenvolvedores direitos para a construção de software de qualquer tipo, para qualquer propósito, usando nossa especificação, incluindo software para uso comercial".
  • 3 Ferramentas para administradores de rede

    Este vídeo fala brevemente de 3 das principais ferramentas para administradores de rede: - PuTTy - Wireshark - Nessus A melhor parte é que as duas primeiras são gratuítas! http://blogs.techrepublic.com.com/itdojo/?p=160&tag=nl.e101
  • Ociosidade

    "Não é ocioso apenas o que nada faz, mas é ocioso quem poderia empregar melhor o seu tempo." Sócrates
  • Momento de lazer

    Desejo um momento de relax. Experimente estes links: - Blog " Rir até chorar " em português de Portugal; - Jogos em Flash .
  • Voltou a segunda chance

    Pessoal, voltou a segunda chance para as certificações! Saiba mais...
  • Show da língua portuguesa

    Recebi isto por e-mail de meu grande amigo Huldo Cony e resolvi compartilhar com vocês. Vale a pena refletir sobre isso... Um homem rico estava muito mal, agonizando. Pediu papel e caneta. Escreveu assim: "Deixo meus bens a minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres." Morreu antes de fazer a pontuação. A quem deixava a fortuna? Eram quatro concorrentes. 1) O sobrinho fez a seguinte pontuação: Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres. 2) A irmã chegou em seguida. Pontuou assim o escrito: Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres. 3) O padeiro pediu cópia do original. Puxou a brasa pra sardinha dele: Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres. 4) Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação: Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro? Nada! Dou aos pobres. Moral da história: A vida pode ser interpretada e vivida de diversas maneiras. Nós é que fazemos sua pontuação. E isso faz toda a diferença...
    Filed under:
  • Sacudindo a terra

    Um dia, o cavalo de um camponês caiu num poço. Não chegou a se ferir, mas não podia sair dali por conta própria. Por isso o animal chorou fortemente durante horas, enquanto o camponês pensava no que fazer. Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: concluiu que o cavalo já estava muito velho e não servia mais para nada, e também o poço já estava mesmo seco, precisaria ser tapado de alguma forma. Portanto, não valia a pena se esforçar para tirar o cavalo de dentro do poço. Ao contrário, chamou seus vizinhos para ajudá-lo a enterrar vivo o cavalo. Cada um deles pegou uma pá e começou a jogar terra dentro do poço. O cavalo não tardou a se dar conta do que estavam fazendo com ele, e chorou desesperadamente. Porém, para surpresa de todos, o cavalo quietou-se depois de umas quantas pás de terra que levou. O camponês finalmente olhou para o fundo do poço e se surpreendeu com o que viu. A cada pá de terra que caía sobre suas costas o cavalo a sacudia, dando um passo sobre esta mesma terra que caía ao chão. Assim, em pouco tempo, todos viram como o cavalo conseguiu chegar até a boca do poço, passar por cima da borda e sair dali trotando. A vida vai lhe jogar muita terra, todo o tipo de terra. Principalmente se você já estiver dentro de um poço. O segredo para sair do poço é sacudir a terra que se leva nas costas e dar um passo sobre ela. Cada um de nossos problemas é um degrau que nos conduz para cima. Podemos sair dos mais profundos buracos se não nos dermos por vencidos. Use a terra que te jogam para seguir adiante! Recorde as 5 regras para ser feliz: 1- Liberte o seu coração do ódio. 2 - Liberte a sua mente das preocupações. 3 - Simplifique a sua vida. 4- Dê mais e espere menos. 5- Ame mais e... aceite a terra que lhe jogam, pois ela pode ser a solução, não o problema. QUE AMANHÃ SEJA UM DIA AINDA MELHOR DO QUE FOI HOJE!
    Filed under:
  • A maldição da Informática

    A maldição da Informática Conta a lenda que, após liberar o conhecimento sobre a informática para os homens, o criador determinou que aquele "saber" ficaria restrito a um grupo muito selecionado de sábios. Mas, neste pequeno grupo, onde todos se achavam "semi-deuses"... logo, alguém traiu as determinações do criador. Aí aconteceu o pior!!!!!!........ O criador, brabo com a traição, resolveu fazer valer alguns mandamentos: 1º - Não terás vida pessoal, familiar ou sentimental. 2º - Não verás teus filhos crescer. 3º - Não terás feriado, fins de semana ou qualquer outro tipo de folga. 4º - Terás gastrite, se tiveres sorte. Se for como os demais terás úlcera. 5º - A pressa será teu único amigo e as suas refeições principais serão os lanches, as pizzas e o china in box. 6º - Teus cabelos ficarão brancos antes do tempo, isso se te sobrarem cabelos. 7º - Tua sanidade mental será posta em cheque antes que completes 5 anos de trabalho; 8º - Dormir será considerado período de folga, logo, não dormirás. 9º - Trabalho será teu assunto preferido, talvez o único. 10º - As pessoas serão divididas em 2 tipos: as que entendem de informática e as que não entendem. E verás graça nisso. 11º - A máquina de café será a tua melhor colega de trabalho, porém, a cafeína não te farás mais efeito. 12º - Happy Hours serão excelentes oportunidades de ter algum tipo de contato com outras pessoas loucas como você. 13º - Terás sonhos, com cronograma, e não raro, resolverás problemas de trabalho neste período de sono. 14º - Exibirás olheiras como troféu de guerra. 15º - E, o pior........ inexplicavelmente gostarás de tudo isso. ..
  • A viagem

    A todos queridos leitores de meu blog... Vamos comparar a vida a uma viagem de trem ? Uma comparação extremamente interessante, quando bem interpretada. Interessante, porque nossa vida é como uma viagem de trem, cheia de embarques e desembarques, de pequenos acidentes pelo caminho, de surpresas agradáveis com alguns embarques e de tristezas com os desembarques... Quando nascemos, ao embarcarmos nesse trem, encontramos duas pessoas que, acreditamos que farão conosco a viagem até o fim: nossos pais. Não é verdade. Infelizmente, em alguma estação, eles desembarcam, deixando-nos órfãos de seus carinho, proteção, amor e afeto. Mas isso não impede que, durante a viagem, embarquem pessoas interessantes que virão ser especiais para nós: nossos irmãos, amigos e amores. Muitas pessoas tomam esse trem a passeio. Outras fazem a viagem experimentando somente tristezas. E no trem há, também, outras que passam de vagão em vagão, prontas para ajudar quem precisa. Muitos descem e deixam saudades eternas. Outros tantos viajam no trem de tal forma que, quando desocupam seus assentos, ninguém sequer percebe. Curioso é considerar que alguns passageiros que nos são tão caros acomodam-se em vagões diferentes do nosso. Isso nos obriga a fazer essa viagem separados deles. Mas isso não nos impede de, com grande dificuldade, atravessarmos nosso vagão e chegarmos até eles. O difícil é aceitarmos que não podemos sentar ao seu lado, pois outra pessoa estará ocupando esse lugar. Essa viagem é assim: cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperas, embarques e desembarques. Sabemos que esse trem jamais volta. Façamos essa viagem da melhor maneira possível, tentando manter um bom relacionamento com todos, procurando em cada um o que tem de melhor, lembrando sempre que, em algum momento do trajeto poderão fraquejar, e provavelmente, precisaremos entender isso. Nós mesmos fraquejamos algumas vezes. E certamente, alguém nos entenderá. O grande mistério é que não sabemos em qual parada desceremos. E fico pensando: quando eu descer desse trem sentirei saudades? Sim. Deixar meus filhos viajando sozinhos será muito triste. Separar-me dos amigos que nele fiz, do amor da minha vida, será para mim dolorido. Mas me agarro na esperança de que, em algum momento, estarei na estação principal, e terei a emoção de vê-los chegar com sua bagagem, que não tinham quando embarcaram. E o que me deixará feliz é saber que, de alguma forma, eu colaborei para que essa bagagem tenha crescido e se tornado valiosa. Agora, nesse momento, o trem diminui sua velocidade para que embarquem e desembarquem pessoas. Minha expectativa aumenta, à medida que o trem vai diminuindo sua velocidade... Quem entrará? Quem sairá? Eu gostaria que você pensasse no desembarque do trem, não só como a representação da morte, mas, também, como o término de uma história, de algo que duas ou mais pessoas construíram e que, por um motivo ínfimo, deixaram desmoronar. Fico feliz em perceber que certas pessoas como nós, têm a capacidade de reconstruir para recomeçar. Isso é sinal de garra e de luta, é saber viver, é tirar o melhor de "todos os passageiros". Agradeço muito por você fazer parte da minha viagem, e por mais que nossos assentos não estejam lado a lado, com certeza, o vagão é o mesmo.
  • A viagem

    A todos queridos leitores de meu blog... Vamos comparar a vida a uma viagem de trem ? Uma comparação extremamente interessante, quando bem interpretada. Interessante, porque nossa vida é como uma viagem de trem, cheia de embarques e desembarques, de pequenos acidentes pelo caminho, de surpresas agradáveis com alguns embarques e de tristezas com os desembarques... Quando nascemos, ao embarcarmos nesse trem, encontramos duas pessoas que, acreditamos que farão conosco a viagem até o fim: nossos pais. Não é verdade. Infelizmente, em alguma estação, eles desembarcam, deixando-nos órfãos de seus carinho, proteção, amor e afeto. Mas isso não impede que, durante a viagem, embarquem pessoas interessantes que virão ser especiais para nós: nossos irmãos, amigos e amores. Muitas pessoas tomam esse trem a passeio. Outras fazem a viagem experimentando somente tristezas. E no trem há, também, outras que passam de vagão em vagão, prontas para ajudar quem precisa. Muitos descem e deixam saudades eternas. Outros tantos viajam no trem de tal forma que, quando desocupam seus assentos, ninguém sequer percebe. Curioso é considerar que alguns passageiros que nos são tão caros acomodam-se em vagões diferentes do nosso. Isso nos obriga a fazer essa viagem separados deles. Mas isso não nos impede de, com grande dificuldade, atravessarmos nosso vagão e chegarmos até eles. O difícil é aceitarmos que não podemos sentar ao seu lado, pois outra pessoa estará ocupando esse lugar. Essa viagem é assim: cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperas, embarques e desembarques. Sabemos que esse trem jamais volta. Façamos essa viagem da melhor maneira possível, tentando manter um bom relacionamento com todos, procurando em cada um o que tem de melhor, lembrando sempre que, em algum momento do trajeto poderão fraquejar, e provavelmente, precisaremos entender isso. Nós mesmos fraquejamos algumas vezes. E certamente, alguém nos entenderá. O grande mistério é que não sabemos em qual parada desceremos. E fico pensando: quando eu descer desse trem sentirei saudades? Sim. Deixar meus filhos viajando sozinhos será muito triste. Separar-me dos amigos que nele fiz, do amor da minha vida, será para mim dolorido. Mas me agarro na esperança de que, em algum momento, estarei na estação principal, e terei a emoção de vê-los chegar com sua bagagem, que não tinham quando embarcaram. E o que me deixará feliz é saber que, de alguma forma, eu colaborei para que essa bagagem tenha crescido e se tornado valiosa. Agora, nesse momento, o trem diminui sua velocidade para que embarquem e desembarquem pessoas. Minha expectativa aumenta, à medida que o trem vai diminuindo sua velocidade... Quem entrará? Quem sairá? Eu gostaria que você pensasse no desembarque do trem, não só como a representação da morte, mas, também, como o término de uma história, de algo que duas ou mais pessoas construíram e que, por um motivo ínfimo, deixaram desmoronar. Fico feliz em perceber que certas pessoas como nós, têm a capacidade de reconstruir para recomeçar. Isso é sinal de garra e de luta, é saber viver, é tirar o melhor de "todos os passageiros". Agradeço muito por você fazer parte da minha viagem, e por mais que nossos assentos não estejam lado a lado, com certeza, o vagão é o mesmo.
    Filed under:
  • Valorize sua especialidade

    Não se cobra pelo que se faz, mas pelo que se sabe! Um especialista foi chamado para solucionar um problema com um computador de grande porte e altamente complexo... Um computador que vale 12 milhões de reais. Sentado em frente ao monitor, pressionou algumas teclas, balançou a cabeça, murmurou algo para si mesmo e desligou o computador. Tirou uma chave de fenda de seu bolso e deu volta e meia em um minúsculo parafuso. Então ligou o computador e verificou que tudo estava funcionando perfeitamente. O presidente da empresa se mostrou surpreendido e ofereceu pagar a conta no mesmo instante. - Quanto lhe devo? -perguntou. - São mil reais, por favor. - Mil reais? Mil reais por alguns minutos de trabalho? Mil reais por apertar um parafuso? Eu sei que meu computador vale 12 milhões de reais, mas mil reais é um valor absurdo! Pagarei somente se receber uma nota fiscal com todos os detalhes que justifique tal valor. O especialista balançou a cabeça e saiu. Na manhã seguinte, o presidente recebeu a nota fiscal, leu com cuidado, balançou a cabeça e saiu para pagá-la no mesmo instante sem reclamar. A nota fiscal dizia: Serviços prestados: Apertar um parafuso R$ 1,00 Saber qual parafuso apertar R$ 999,00 Total R$ 1.000,00
    Filed under:
  • O tigre e o sábio

    Um certo TIGRE, de nobre estirpe, vivia na floresta e infernizava as aldeias próximas. Aterrorizava as pessoas e atacava os animais dos currais. Por isso, o Sábio da região foi chamado para conversar com o TIGRE. Foi mostrado, então, ao felino que suas atitudes estavam totalmente erradas. Afinal, sendo de linhagem nobre, ele não poderia agir assim. Convencido pelo Sábio, o TIGRE prometeu mudar totalmente seu comportamento; e assim o fez. Passado algum tempo, o Sábio encontra o TIGRE todo machucado e maltratado. Desejando saber o motivo de sua desdita, o TIGRE relata ao Sábio que somente passara a se comportar como este lhe havia recomendado. E, desde então, até mesmo as crianças passaram a lhe maltratar, atirando-lhe pedras e paus, causando-lhe toda a sorte de ferimentos. Após ouvir o relato do TIGRE, o Sábio lhe diz: "- Nobre Tigre, eu lhe disse que deveria ser bom e gentil, como um verdadeiro nobre; mas nunca lhe disse que deixasse de MOSTRAR SEUS DENTES, quando necessário." A metáfora acima é um convite à reflexão. Quem é pela PAZ porque é de "nobre estirpe" deve considerar o seguinte. Tal como o TIGRE, não pode ficar impedido de MOSTRAR OS DENTES quando ameaçado. "Si vis pacem, para bellum." (Se desejas a paz, prepara-te para a guerra!)
  • A bitola e a atualidade

    A bitola e a atualidade Aqui está o mais puro exemplo de como temos, muitas vezes, de nos adaptar a s atitudes tomadas no passado: A bitola das ferrovias (distância entre os dois trilhos) nos Estados Unidos é de 4 pés e 8,5 polegadas. Por que esse número foi utilizado? Porque era esta a bitola das ferrovias inglesas e, como as americanas, foram construídas pelos ingleses, esta foi a medida utilizada. Por que os ingleses usavam esta medida? Porque as empresas inglesas que construíam os vagões eram as mesmas que, antes das ferrovias, construíam as carroças e utilizavam as mesmos ferramentas. Por que das medidas (4 pése 8,5 polegadas) para as carroças? Porque a distância entre as rodas das carroças deveria servir para as estradas antigas da Europa, que tinham esta medida. E por que tinham esta medida? Porque essas estradas foram abertas pelo antigo império romano, quando de suas conquistas, e tinham as medidas baseadas nas antigas bigas romanas. E por que as medidas das bigas foram definidas assim? Porque foram feitas para acomodar dois traseiros de cavalos! Finalmente... O ônibus espacial americano utiliza dois tanques de combustível sólido SRB - (Solid Rocket Booster) que são fabricados pela Thiokol, em Utah. Os engenheiros que os projetaram queriam fazê-lo mais largo, porém tinham a limitação dos túneis das ferrovias por onde eles seriam transportados, os quais tinham suas medidas baseadas na bitola da linha. Conclusão: O exemplo mais avançado da engenharia mundial em design e tecnologia acaba sendo afetado pelo tamanho do traseiro do cavalo da Roma antiga. No mundo atual, inacreditavelmente, ainda existem países, governos, empresas e entidades diversas que também têm um monte de coisas definidas por bundões. A comparação com a atualidade é mera casualidade??
  • Língua Portuguesa

    Depois de tanto ouvir asneira pelo telefone resolvi postar isto aqui... AULAS DE PORTUGUÊS - UTILIDADE PÚBLICA URGENTE Todo mundo já ouviu estas bobagens "n" vezes; agora alguém se preocupou em juntá-las e esclarecê-las. Um verdadeiro serviço de utilidade pública. Evite dizer: Menas (sempre menos) Iorgute (iogurte) Mortandela (mortadela) Mendingo (mendigo) Trabisseiro (travesseiro) Trezentas gramas (é O grama e não A grama) Di menor, di maior (é simplesmente maior ou menor de idade) Cardaço (cadarço) Asterístico (asterisco) Beneficiente (beneficente - lembre-se de Beneficência Portuguesa) E lembre-se também: Mal x Bem Mau x Bom A casa é GEMINADA (do latim geminare = duplicar) e não GERMINADA nascer, brotar. (ótimo!) O peixe tem ESPINHA (espinha dorsal) e não ESPINHO. Plantas têm espinhos. Homens dizem OBRIGADO e mulheres OBRIGADA. O certo é HAJA VISTA (que se oferece à vista) e não HAJA VISTO. "FAZ dois anos que não o vejo" e não "FAZEM dois anos". "Houve" dez quedas e não "houveram" dez quedas. POR ISSO e não PORISSO. "HAVIA muitas pessoas no local" e não " HAVIAM" "PODE HAVER problemas" e não "PODEM HAVER...." PROBLEMA e não POBLEMA ou POBREMA (deixe isso para o Zé Dirceu) A PARTIR e não À PARTIR Para EU fazer, para EU comprar, para EU comer e não para MIM fazer, comprar ou comer (mim não conjuga verbo; apenas "eu, tu eles, nós, vós, eles") (essa é boa!!! e mesmo assim muitas pessoas continuam sem entender) As pronúncias: CD-ROM é igual a ROMA sem o A. Não é CD-RUM (nem CD-pinga, CD-vodka, etc). ROM quer dizer read only memory - memória apenas para leitura. HALL é RÓL não RAU, nem AU. SODEX-Ho é sodêxô (Francês) e não Sodéx-rô (Português) E agora, o horror divulgado pelo pessoal do TELEMARKETING: Não é eu vou ESTAR mandando, vou ESTAR passando, vou ESTAR verificando e sim eu vou MANDAR, vou PASSAR e vou VERIFICAR (muito mais simples, elegante e CORRETO). Por favor, arranquem os malditos SEJE e ESTEJE do seu vocabulário. Isso é Xuxismo, "Hebe"steira... O certo é CUSPIR BASCULANTE e não VASCULHANTE, aquela janela do banheiro ou da cozinha. Fora os que falam estou "soando" referindo-se ao calor... O certo é suando, com "u", pois quem "soa" é sino! Informações não são maiores nem menores. Se quiser complementar uma informação, use "mais informações" e não "maiores informações". Divulgue aos seus amigos e inimigos. Circula tanta bobagem pela internet, por que não circular coisa útil? "A verdade alivia mais do que machuca. E estará sempre acima de qualquer falsidade como o óleo sobre a água." (Miguel Cervantes)
    Filed under:
  • Jornais do mundo

    Olha que interessante!!! Para quem gosta de se manter bem informado!!! As primeiras páginas dos jornais de hoje, do Brasil e do mundo!! Cada bolinha laranja nos mapas dos continentes, são jornais de cidades daquele estado, ou País, todo dia tem a 1ª página de cada jornal. Ao posicionar sobre a bolinha desejada, ao lado, aparece a 1ª página dos jornais, e clicando sobre a bolinha, vc tem a página em tamanho maior, para facilitar a visualização. Uma viagem ao mundo inteiro dos jornais. http://www.newseum.org/todaysfrontpages/flash/ Boa leitura!!
  • Evolução (?) da Educação

    Pessoal, acabo de me deparar com um documento MUITO interessante! Lembram que se falava dos antepassados (bisavós, tataravós, etc) de que possuíam apenas o ensino fundamental? Pois é, a parte interessante é o que eles aprendiam naquela época. Por total falta de informações da nossa pátria obtive este documento do USA, mas já é alarmante: Este é o exame final da oitava série em 1895 em Salina, KS, USA. Ele está arquivado na Smokey Valley Genealogical Society and Library em Salina, KS e foi reimpresso pelo Salina Journal. Não traduzi para evitar erros de tradução, afinal de contas estudei no século vinte e como podemos ver pela prova, o ensino não é mais o mesmo... 8th GRADE FINAL EXAM Grammar (Time, one hour) 1. Give nine rules for the use of Capital Letters. 2. Name the Parts of Speech and define those that have no Modifications. 3. Define Verse, Stanza and Paragraph. 4. What are the Principal Parts of a verb? Give Principal Parts of lie, lay and run 5. Define Case, Illustrate each Case. 6. What is Punctuation? Give rules for principal marks of Punctuation. 7. Write a composition of about 150 words and show therein that you understand the practical use of the rules of grammar. Arithmetic (Time, 1.25 hours) 1. Name and define the Fundamental Rules of Arithmetic. 2. A wagon box is 2 ft deep, 10 feet long, and 3 ft. wide. How many bushels of wheat will it hold? 3. If a load of wheat weighs 3942 lbs., what is it worth at 50cts/bushel, deducting 1050lbs. for tare? 4. District No. 33 has a valuation of $35,000. What is the necessary Levy to carry on a school seven months at $50 per month, and have $104 for incidentals? 5. Find cost of 6720 lbs. coal at $6.00 per ton 6. Find the interest of $512.60 for 8 months and 18 days at 7 percent. 7. What is the cost of 40 boards 12 inches wide and 16 ft. long at $20 per meter? 8 Find bank discount on $300 for! 90 days (no grace) at 10 percent. 9. What is the cost of a square farm at $15 per acre, the distance Around which is 640 rods? 10. Write a Bank Check, a Promissory Note, and a Receipt. U. S. History (Time, 45 minutes) 1. Give the epochs into which U. S. History is divided. 2. Give an account of the discovery of America by Columbus. 3. Relate the causes and results of the Revolutionary War. 4. Show the territorial growth of the United States. 5. Tell what you can of the history of Kansas. 6. Describe three of the most prominent battles of the Rebellion. 7. Who were the following: Morse, Whitney, Fulton, Bell, Lincoln, Penn, and Howe? 8. Name events connected with the following dates: 1607, 1620, 1800, 1849, 1865. Orthography (Time, one hour) 1. What is meant by the following: Alphabet, phonetic, orthography, etymology, syllabication? 2. What are elementary sounds? How classified? 3. What are the following, and give examples of each: Trigraph, sub vocals, diphthong, cognate letters, linguals? 4. Give four substitutes for caret 'u'. 5. Give two rules for spelling words with final 'e.' Name two Exceptions under each rule. 6. Give two uses of silent letters in spelling. Illustrate each. 7. Define the following prefixes and use in connection with a word: bi, dis, mis, pre, semi, post, non, inter, mono, sup 8. Mark diacritically and divide into syllables the following, and Name the sign that indicates the sound: card, ball, mercy, sir, odd, cell, rise, blood, fare, last. 9. Use the following correctly in sentences: cite, site, sight, fane, fain, feign, vane, vain, vein, raze, raise, rays. 10. Write 10 words frequently mispronounced and indicate pronunciation by use of diacritical marks and by syllabication. Geography (Time, one hour) 1. What is climate? Upon what does climate depend? 2. How do you account for the extremes of climate in Kansas? 3. Of what use are rivers? Of what use is the ocean? 4. Describe the mountains of North America. 5. Name and describe the following: Monrovia, Odessa, Denver, Manitoba, Hecla, Yukon, St. Helena, Juan Fernandez, Aspinwall &Orinoco. 6. Name and locate the principal trade centers of the U.S. 7. Name all the republics of Europe and give the capital of each. 8. Why is the Atlantic Coast colder than the Pacific in the same latitude? 9. Describe the process by which the water of the ocean returns to the sources of rivers. 10. Describe the movements of the earth. Give the inclination of the earth. -------------------------------------------------------------------- Atente para o fato de que o exame durava 5 horas. Isto não muda a nossa perspectiva sobre a educação dos nossos antepassados? O que aconteceu conosco? Isto não envergonha você? Parece que estão apenas aumentando o número de anos da educação, fazendo com que se leve mais tempo para aprender a mesma coisa. De quem é este interesse? Ah sim, claro, de quem se elege as custas de um povo burro...
    Filed under:
  • O centro das atenções

    Um homem estava sentado no vaso, de um banheiro de shopping center, fazendo suas necessidades quando ouve: "Oi, tudo bem??" Praticamente ninguém gosta de conversar neste momento, muito menos sem saber quem se encontra do outro lado, mas para não ser indelicado ele responde: "Estou ótimo!" E o outro pergunta: "O que é que está fazendo?" Mas que pergunta mais sem lógica. O homem acha até um pouco bizarro, mas responde: "Acho que o mesmo que você..." Justamente quando estava chegando ao ponto alto da situação ele ouve: "Posso ir aí??" Ok, isto já era demais, mas sem querer ser mal educado, ele responde: "Não! Neste momento estou muito ocupado..." Nisto o outro homem fala: "Olha... eu ligo mais tarde, porque tem um idiota sentado aqui ao lado e cada vez que eu falo com você, ele responde..." Moral da história: Analise bem o contexto, os fatos e o que é dito, ANTES de tomar partido por alguma posição e lembre-se que você até pode ser algumas vezes, mas jamais será SEMPRE o centro das atenções. A maioria dos coisas que ocorrem a sua volta não são feitas para atingi-lo de alguma forma, mas sim com propósitos completamente diferentes.
    Filed under:
  • Gente que não faz nada...

    Puxa, encontro tanto gente que não faz nada, neste mundo e sempre tem uma desculpa pronta para deixar de fazer o que devia, que ao receber este texto tive que publicá-lo. P.S.: Noite fui dormir as 04:30 e acordei as 06:00. Parece que não encontrei uma desculpa para deixar de concluir meus compromissos e encontrei um horário vago na agenda... DEDICAÇÃO (Roberto Shinyashiki) Dedicação é a capacidade de se entregar à realização de um objetivo. Não conheço ninguém que tenha progredido na carreira sem trabalhar pelo menos doze horas por dia nos primeiros anos. Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes. Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá de se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo. Se quiser um casamento gratificante, terá de investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo. O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem. Mas, para conseguir um resultado diferente da maioria, você tem de ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados. Não se compare à maioria, pois, infelizmente, ela não é modelo de sucesso. Se você quiser atingir uma meta especial, terá de estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas. Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão. Terá de trabalhar, enquanto os outros tomam sol à beira da piscina. A realização de um sonho depende da dedicação. Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica. Mas toda mágica é ilusão. A ilusão não tira ninguém do lugar onde está. Ilusão é combustível de perdedores. "Quem quer fazer alguma coisa encontra um meio". "Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa".
  • Doutoras...

    Certo dia, uma mulher chamada Ana foi renovar a sua carteira de motorista. Quando lhe perguntaram qual era a sua profissão, ela hesitou. Não sabia bem como se classificar. O funcionário insistiu: "o que eu pergunto é se tem um trabalho." "Claro que tenho um trabalho", exclamou Ana. "Sou mãe." "Nós não consideramos isso um trabalho. Vou colocar dona de casa", disse o funcionário friamente. Uma amiga sua, chamada Marta soube do ocorrido e ficou pensando a respeito por algum tempo. Num determinado dia, ela se encontrou numa situação idêntica. A pessoa que a atendeu era uma funcionária de carreira, segura, eficiente. O formulário parecia enorme, interminável. A primeira pergunta foi: "qual é a sua ocupação?" Marta pensou um pouco e sem saber bem como, respondeu: "Sou doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas." A funcionária fez uma pausa e Marta precisou repetir pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas. Depois de ter anotado tudo, a jovem ousou indagar; "Posso perguntar, o que é que a senhora faz exatamente?" Sem qualquer traço de agitação na voz, com muita calma, Marta explicou: "Desenvolvo um programa à longo prazo, dentro e fora de casa." Pensando na sua família, ela continuou: "sou responsável por uma equipe e já recebi quatro projetos. Trabalho em regime de dedicação exclusiva. O grau de exigência é de 14 horas por dia, às vezes até 24 horas." À medida que ia descrevendo suas responsabilidades, Marta notou o crescente tom de respeito na voz da funcionária, que preencheu todo o formulário com os dados fornecidos. Quando voltou para casa, Marta foi recebida por sua equipe: uma menina com 13 anos, outra com 7 e outra com 3. Subindo ao andar de cima da casa, ela pôde ouvir o seu mais novo projeto, um bebê de seis meses, testando uma nova tonalidade de voz. Feliz, Marta tomou o bebê nos braços e pensou na glória da maternidade, com suas multiplicadas responsabilidades. E horas intermináveis de dedicação... "Mãe, onde está meu sapato? Mãe, me ajuda a fazer a lição? Mãe, o bebê não pára de chorar. Mãe, você me busca na escola? Mãe, você vai assistir a minha dança? Mãe, você compra? Mãe..." Sentada na cama, Marta pensou: "se ela era doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas, o que seriam as avós?" E logo descobriu um título para elas: doutoras-sênior em desenvolvimento infantil e em relações humanas. As bisavós, doutoras executivas sênior. As tias, doutoras-assistentes. E todas as mulheres, mães, esposas, amigas e companheiras: doutoras na arte de fazer a vida melhor. Num mundo em que se dá tanta importância aos títulos, em que se exige sempre maior especialização, na área profissional, torne-se um(a) especialista na arte de amar! Pensamento: “Não se preocupe por não poder dar aos seus filhos o melhor de tudo... Dê a eles o seu melhor.” (Autor desconhecido)
    Filed under:
  • NÃO TE ESQUEÇAS DO PRINCIPAL

    NÃO TE ESQUEÇAS DO PRINCIPAL Conta a lenda que certa mulher pobre, com uma criança ao colo,passando diante de uma caverna, escutou uma voz misteriosa que dizia lá de dentro: - "Entra e apanha tudo o que desejares, mas não te esqueças do principal.. Lembra-te, porém, de uma coisa: Depois de saíres, a porta fechar-se-á para sempre!!! Portanto, aproveita a oportunidade, mas não te esqueças do principal..." A mulher entrou na caverna e encontrou muitas riquezas. Fascinada pelo ouro e pelas jóias, pôs a criança no chão e começou a juntar, ansiosamente, tudo o que podia no avental. A voz misteriosa falou novamente: - "Já só tens oito minutos..." Esgotados os oito minutos, a mulher, carregada de ouro e de pedras preciosas, correu para fora da caverna e a porta fechou-se... Lembrou-se, então, de que a criança ficara lá dentro... Mas a porta já estava fechada para sempre!!!! A riqueza durou pouco, e o desespero sempre.... Temos uns (oitenta?) anos para viver, neste Mundo, e há uma voz que nos adverte, de vez em quando: " Não te esqueças do Principal !" O principal são os valores espirituais, a família, os amigos, a vida! Mas a ganância, a riqueza, os prazeres materiais fascinam-nos tanto que o principal vai ficando sempre de lado... Assim, esgotamos o nosso tempo aqui, e deixamos de lado o essencial: " Os tesouros da Alma !" Quando a porta desta vida se fechar para nós, de nada valerão as lamentações...
  • Pequenas Igrejas... Grandes Negócios...

    É incrível a quantidade de pequenas Igrejas que surgem por aqui, sendo que o mais interessante são as propostas delas. Pessoas sem nenhum histórico de religiosidade se juntam a eles e se tornam "pastores" da noite para o dia, aí o que interessa é o faturamento da igreja. Eles têm cotas de faturamento, como empresas e precisam comprová-las para os seus bispos, caso contrário "perdem" a paróquia para outro "pastor". Um profissional foi contratado para configurar um servidor de uma destas paróquias. Uma casa pequena, mas que fatura mais do que muita pequena empresa. A cada reunião ("missa") eles faturam em torno de R$ 12.000,00 e tem uma por hora. O pastor ganha R$ 10.000,00 por mês (mais do que alguns executivos) e o resto vai para o bispo. Este negócio gera mais dinheiro do que muita empresa cheia de funcionários... Em muitas delas o povo fica sendo enganado o tempo todo e as autoridades nada fazem, até mesmo porque como comprovar se uma religião é "quente" ou "fria"? A única coisa que podemos afirmar é que a cada dia surge uma nova religião e que elas estão dando MUITO dinheiro... Acontece o mesmo nas cidades de vocês??
    Filed under: