O que fazer com o 13º salário? (2015)

 

No final do ano chega o tão esperado 13º salário e a principal pergunta é sempre, o que fazer com ele. Estas dicas simples devem ajuda-lo:

  1. O primeiro passo sempre será o pagamento de dívidas: avalie tudo o que deve (saldo negativo no banco, cartão de crédito, empréstimos, etc.), coloque estas dívidas em ordem decrescente da taxa de juros cobrada e realize o pagamento da maior quantidade possível delas. Desta forma se possuir o valor suficiente para a quitação das dívidas, terá ao menos quitada as mais caras;
  2. Caso tenho conseguido quitar as dívidas, ou não as tenha, agora é hora de pensar no futuro. Como diz o ditado: “Seguro morreu de velho”. Desta forma, pode ser um bom momento para pensar em sua aposentadoria. Nesta época do ano, os planos de previdência privada aceitam aportes complementares de valores, que podem servir tanto para aumentar o seu benefício futuro, quanto para complementar o que ficou faltando por dificuldades financeiras ao longo do ano;
  3. Se ainda tiver uma folga financeira, então será hora de focar nas compras de final de ano e férias. Se você conseguiu organizar as suas finanças, é hora de aproveitar um pouco. Então, pesquise preços (vá às lojas físicas e conheça os produtos, depois pesquise seus preços nas lojas online e nas ferramentas de busca de preços, como por exemplo o site Buscapé (http://www.buscape.com.br). Então compre no site ou volte à loja e negocie um desconto maior), relacione as despesas de final de ano (festas, presentes, antecipação de IPVA e IPTU) e planeje a sua viagem;
  4. A escolha entre um pacote de viagem e adquirir os itens avulsos vai depender do conhecimento que você possui do destino e do tempo que dispõe para isto. Na maioria dos casos sai mais barato adquirir tudo avulso, mas cada caso é um caso e vale a pena pesquisar. Lembre-se sempre que além das despesas com a viagem, precisará considerar alimentação, seguro viagem, aluguel de automóvel, combustível, pedágios, passeios, presentes, etc. Some todos estes itens quando for considerar o seu destino;
  5. Se a escolha for viajar para o exterior, considere não realizar compras no cartão de crédito, que possui um IOF de 6,38%. É mais vantajoso comprar a moeda estrangeira aqui, pagando apenas 0,38% de IOF. Informe-se no seu banco sobre a compra de moeda estrangeira, bem como os cartões pré-pagos ou os traveller checks. Em função do risco de andar com muito dinheiro "vivo", o ideal é diversificar entre estes meios de pagamento, chegando a um ponto de equilíbrio entre economia e segurança;
  6. Ainda no quesito viagem para o exterior, vale a pena informar-se sobre os limites de isenção nas compras em valor (US$ 300 para viagens por via terrestre e US$ 500 para viagens por via marítima ou aérea) e os limites em quantidade (Ex.: 20 unidades de produtos com preço abaixo de US$ 20, até 10 unidades de produtos idênticos, etc.). Confira as dicas em: http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/viajantes/dicaviajantes.htm;
  7. Quando estamos em viagem sempre é interessante visitar atrações turísticas, mas fique atento que os preços são menores quando compramos os ingressos adiantado. Uma ótima dica é o site City Pass. Eles vendem ingressos para eventos em diversas cidades e por preços bem atraentes (http://pt.citypass.com/);
  8. Pense também em espetáculos de teatro que são muito bons. Para estes indico o seguinte site (http://www.broadway.com/);
  9. Também não deixe de analisar as promoções em http://www.tripadvisor.com.br/ e http://www.expedia.com.br/, pois eles costumam ter promoções muito boas;
  10. Não torne a volta das férias um amargo regresso, lembre-se que no início de ano sempre temos um aumento de despesas (fatura do cartão das férias, IPVA e IPTU, caso não tenha antecipado, matrículas escolares, etc.), faça uma reserva para isso;
  11. Cuidado com a antecipação do 13º. Muitos bancos oferecem esta antecipação, que pode parecer boa, mas tenha cuidado que isto nada mais é do que um empréstimo e como tal terá incidência de juros. Isso só é interessante se você tiver dívidas com juros maiores do que os deste empréstimo, que pretenda quitar com ele;
  12. Um pouco mais difícil para alguns, mas também é uma ótima alternativa realizar investimentos com este valor, sim, poupar, nem que seja o que tenha sobrado do 13º. Desta forma a sobra de hoje poderá suprir uma falta de amanhã, ou colaborar com férias ainda melhores no próximo período.

 

Em resumo, a chave para o sucesso é sempre o planejamento prévio, portanto, planeje sempre!

Published quinta-feira, 26 de novembro de 2015 15:09 by Paleo
Filed under:

Comments

No Comments

Leave a Comment

(required) 
(required) 
(optional)
(required)