Formato ODF não serve para o mercado, diz seu maior defensor - Tecnologias

Tecnologias

Assuntos diversos ligados à tecnologia.

Syndication

Receive Email Updates



Formato ODF não serve para o mercado, diz seu maior defensor

Gary Edwards,fundador da OpenDocument Foundation, diz que os documentos em formato ODF  não servem para o mercado.

 

Li essa declaração e simplesmente não acreditei.

 

 

Gary Edwards criou a OpenDocument Foundation no ano passado.  A entidade, claro, foi constituída para cuidar das especificações ODF (OpenDocument Format). Mas não é somente ele: outros defensores desse formato o estão abandonando em favor do Compound Document Formats (CDF), da W3C, a mesma entidade que define os padrões de HTML.

 

A razão da mudança, segundo o pessoal da OpenDocument Foundation, são as limitações técnicas dos arquivos ODF para trocar arquivos com os aplicativos de escritório da Microsoft. "Não podemos atingir as exigências de mercado com o OpenDocument", declara  Gary Edwards. "A verdade é que o OpenDocument nunca foi concebido para atender às exigências de mercado".

 

 

Como descobriram isso? O Massachusetts, estado americano, adotou o ODF oficialmente e encomendou a Edwards e colegas a criação de um plug-in destinado a converter documentos do Microsoft Office para o ODF. Na tentativa de desenvolver o plug-in, eles descobriram que o ODF não dava conta do recado. O ODF não foi capaz de manter a fidelidade dos documentos nas conversões. Agora, Edwards e amigos partem para outro plug-in, desta vez para converter arquivos do MS-Office para o formato CDF.

 

 

A conclusão, para quem assiste de fora aos embates de formatos, é no mínimo surpreendente. Durante longo tempo, a turma do código aberto brigou contra os formatos de documentos da Microsoft. Este ano, quando a empresa de Redmond tentou aprovar o Open XML como padrão, recebeu, no mundo inteiro, uma saraivada de críticas técnicas. Resultado: a possibilidade de estandardização do Open XML ficou para depois. Melhor para todos, porque o formato – se virar padrão – será algo tecnicamente melhor.

 

 

Agora, uma coisa que eu dava de barato é que, ao bombardear o Open XML, os defensores do código aberto tinham nas mãos uma especificação que efetivamente funcionasse. Afinal, o ODF reúne entre seus adeptos empresas de peso como Sun e IBM e gente do mais alto gabarito técnico. Portanto, saber que o ODF não é capaz de representar com fidelidade os documentos do MS-Office é de fato decepcionante.

 

 

Edwards diz ainda claramente que o "ODF reflete a maneira como o OpenOffice faz as coisas". Isso, em outras palavras, é exatamente o que a Microsoft dizia sobre o formato rival: que ele é específico para o OpenOffice.

 

Diante disso, cabe a pergunta: se o ODF não foi concebido para atender ao mercado, foi feito para atender ao quê? Parece brincadeira.

 

 

Vale lembrar, por fim, que nem todos concordam com Gary Edwards e seus parceiros na guinada para o CDF. Há os que continuam fiéis ao ODF e à idéia de que só deve existir um formato – esse mesmo que, segundo Edwards, "não serve para o mercado".

 

Fonte: http://info.abril.com.br/blog/machado/index.shtml

Read the complete post at http://msmvps.com/blogs/paleo/archive/2007/11/01/formato-odf-n-227-o-serve-para-o-mercado-diz-seu-maior-defensor.aspx

Published quinta-feira, 1 de novembro de 2007 3:16 by Carlos Fernando Paleo da Rocha<br />SBS MVP in Brazil

Filed under: