maio 2008 - Posts - Tecnologias

Tecnologias

Assuntos diversos ligados à tecnologia.

Syndication

News

Receive Email Updates



maio 2008 - Posts

SyncBack (zip)

Você anda procurando por uma ferramenta para backup remoto, simples de usar e com preço satisfatório?

Pois conheça o SyncBack (zip)!

Com ele você pode facilmente realizar backup, sincronizar dados ou restaurar os seus arquivos para outro drive, servidor FTP, arquivo ZIP, drive de rede ou mídia removível. Extremamente configurável, o SyncBack atualmente está na versão 3.2.18.

Confira em: http://www.2brightsparks.com/freeware/freeware-hub.html

Naturalmente eles também possuem outros produtos gratuitos, portanto dêem uma conferida no site.

Posted sexta-feira, 30 de maio de 2008 9:51 by Paleo | with no comments

Windows Small Business Server 2008 Public Preview Software – Release Candidate 0

Exatamente, ele já está disponível para download, portanto os interessados que não percam tempo...

http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?familyid=5c4e9dea-ab34-40f6-8c73-bd94051331b4&displaylang=en&tm

Posted quinta-feira, 29 de maio de 2008 0:32 by Paleo | with no comments

A pesquisa da comunidade Windows Small Business Server 2008 WW está no ar!

É isso aí amigos, esta é a terceira edição da pesquisa, vamos participar que eles realmente ouvem o que pedimos e não esqueçam de citar o blog, Cool.

Se por acaso receber um PAGE NOT FOUND, por favor, faça logout do live e tente novamente.

 O link para a pesquisa é este http://connect.microsoft.com/SBSCommunity/Survey/Survey.aspx?SurveyID=6295 e a pesquisa leva menos de 1 minuto, participem!

 Aqui vocês encontram o anúncio oficial: http://blogs.technet.com/kevin_beares/archive/2008/05/23/the-windows-small-business-server-2008-ww-community-survey-is-live.aspx

Posted quarta-feira, 28 de maio de 2008 14:22 by Paleo | with no comments

MCT 2008

Amigos,

esta notícia já está um pouco atrasada, mas quero compartilhar com todos. Acabo de me tornar MCT, na modalidade free lancer, ou seja, não estou vinculado a nenhum CPLS, mas se algum estiver interessado em treinamentos que eu possa ministrar, fico à disposição, Cool.

Posted domingo, 25 de maio de 2008 19:00 by Paleo | with no comments

Filed under: ,

Downloads de hoje

Posted domingo, 25 de maio de 2008 18:49 by Paleo | with no comments

Filed under:

DSBL Current Status: DOWN

DSBL, Distributed Sender Blackhole List, parece que foi para o espaço. Esta lista que esteve ativa desde Maio de 2002 não está mais respondendo.

O que houve?

O host da lista saiu do ar. O dono dela está procurando um novo host, mas até encontrar ficamos sem ele.

Por enquanto a dica é: Removam ele de suas listas para evitar problemas.

Posted domingo, 25 de maio de 2008 18:19 by Paleo | with no comments

Filed under:

Filtrando SPAM no IMF do Exchange do SBS

Todos sabemos que o Exchange do SBS já possui um filtro de SPAM, mas algumas vezes sentimos falta de algo mais robusto. Um filtro onde possamos informar determinadas palavras ou frases, que caso constem da mensagem ela deva ser considerada SPAM.

Tem como fazermos isto no IMF do SBS ou teremos de procurar por uma ferramenta de terceiros? Claro que tem!

  1. Abra o Server Management (Start-> Server Management);
  2. Expanda Advanced Management;
  3. Expanda First Organization (Exchange), quando expandir vai mudar para NOME_DO_DOMINIO (Exchange);
  4. Expanda Global Settings;
  5. Dê um clique direito em Message Delivery e selecione Properties;

  1. selecione a guia Intelligent Message Filtering e configure os níveis de bloqueio em Gateway Blocking Configuration e Store Junk E-mail Configuration, depois defina o que deseja que ocorra com as mensagens: Archive, Delete, No Action, Reject (se ainda não o fez).

Caso você tenha escolhido arquivo, suas mensagens ficarão armazenadas em: C:\Program Files\Exchsrvr\Mailroot\vsi 1\UceArchive

Aproveito para relembrar que SCL significa SPAM Confidence Level, ou seja, quanto maior o número, maior a chance de ser SPAM.

Se desejar aprender mais sobre SCL ou sobre o IMF do SBS acesse: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?familyid=B1218D8C-E8B3-48FB-9208-6F75707870C2&displaylang=en

  1. Agora clique em OK e feche esta janela;
  2. Expanda Servers -> Nome_do_seu_servidor -> Protocols -> SMTP;
  3. Dê um clique direito em Default SMTP Virtual Server e clique em Properties;

  1. Na guia General, clique em Advanced, selecione All Unassigned e clique em Edit;

  1. agora certifique-se de que Apply Intelligent Message Filter esteja selecionado.

  1. agora que o IMF já está funcionando, vamos configurar o Customweight Entry (que é quem faz a mágica do filtro de palavras);
  2. neste momento você deve criar um arquivo com as frases que deseja bloquear, conforme exemplo abaixo;

  1. então grave este arquivo com o nome MSExchange.UceContentFilter.xml, na pasta C:\Program Files\Exchsrvr\bin\MSCFV2;
  2. MUITO IMPORTANTE: Você deve salvar este arquivo como UNICODE, caso contrário seu filtro não funcionará;

  1. agora você deve registrar o arquivo Msexchange.UceContentFilter.dll através do prompt de comando do servidor. Para isto execute o seguinte comando: regsvr32 "c:\program files\exchsrvr\bin\mscfv2\msexchange.UceContentFilter.dll", claro isso se você instalou o seu exchange no drive C:\, se foi no D:\, como costumo fazer, basta alterar a letra do drive;

  1. depois do registro reinicie o serviço SMTP;
  2. Pronto seu filtro já está funcionando e para alterar a lista de palavras/frases, basta modificá-las/adicioná-las/excluí-las diretamente no arquivo XML que você criou, sem necessidade de registrar a dll novamente.

Tempo: 5 minutos
Dificuldade: Média

Posted domingo, 25 de maio de 2008 17:31 by Paleo | 9 comment(s)

XP SP3, não tenho medo de instalar

Ok, amigos,

foi apenas um pequeno susto. O problema era do RWW, mas é muito fácil de resolver.

Quando você acessa o RWW recebe uma mensagem de que precisa executar o controle ActiveX, mas que estes estão bloqueados pela sua política de segurança.

Repare que há um ícone de engrenagem na parte inferior da janela do seu navegador. Clique nele.

Com isto você verá a tela de gerenciamento dos Add-ons do IE onde poderá habilitar o ActiveX necessário, neste caso o do Terminal Service.

Claro que a partir de agora teremos outra novidade. Uma tela de aviso na qual teremos sempre de clicar, de agora em diante.

 

Posted domingo, 25 de maio de 2008 17:13 by Paleo | with no comments

Windows XP SP3 disponível no MU

O Windows XP SP3 já está disponível no Microsoft Updates, conforme informado no blog dele: http://blogs.technet.com/mu/archive/2008/05/06/windows-xp-service-pack-3-now-available-on-windows-update.aspx

Caso você deseja saber o que está sendo atualizado, acesse: http://support.microsoft.com/kb/946480

Naturalmente o seu XP precisa possuir o SP1 para instalar o SP3, senão dará erro

Prepare-se para algumas emoções quando instalar ele num domínio do SBS!

Posted quarta-feira, 7 de maio de 2008 1:44 by Paleo | with no comments

Powershell v.2

Foi lançada a versão 2.0 do PowerShell

Download em: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=7c8051c2-9bfc-4c81-859d-0864979fa403&DisplayLang=en

Posted quarta-feira, 7 de maio de 2008 1:32 by Paleo | with no comments

Filed under:

Acordo Microsoft e Novell

Saiba mais neste podcast:

O podcast fala sobre o acordo entre a Microsoft e Novell, que vem num momento estratégico onde a Microsoft começa tratar de Interoperabilidade e coloca em linha com as suas estratégia de "Construir Pontes".  Neste programa falamos como o acordo impulsionou as vendas de SUSE Linux ,  a colaboração técnica que o mesmo proporcionou, possibilitando atender a demanda de mercado com uma solução mais abrangente, além de os motivos pelos quais a comunidade não aceitou as contribuições da Novell. Para ouvir  este podcast clique aqui:

Podcast Acordo Microsoft e Novell.mp3

Posted terça-feira, 6 de maio de 2008 17:25 by Paleo | with no comments

Filed under:

Powershell Open Source?

Sim, é o PASH!

Usuários avançados do Windows Server já conhecem o Power Shell uma poderosa linguagem de "scripting" (usada para automatizar a execução de processos em lote e seus controles) que, com o Windows 2008, é incorporada como padrão no sistema. O Power Shell, tipicamente chamado de POSH, agora tem uma alternativa em código aberto, o PASH, que mistura os nomes POSH e BASH (típico Shell para os ambientes Linux), é multiplataforma e desenvolvido totalmente com o framework .Net 2.0, podendo ser compilado em qualquer sistema que tenha suporte ao .Net ou ao Mono. Ainda que o primeiro download do projeto tenha sido liberado há mais de duas semana, ele já implementa 50% da funcionalidade nativa do Power Shell e, no site do projeto é possível ver as telas do mesmo rodando em versões do Windows (inclusive CE) e Linux.

Posted terça-feira, 6 de maio de 2008 17:23 by Paleo | with no comments

Filed under:

Virtualização e interoperabilidade

Confira este artigo do Roberto Prado:

Qualquer iniciativa que proporcione economia nas despesas mensais das companhias é sempre bem-vinda. A partir dessa prerrogativa, não é por acaso que a virtualização de servidores jamais esteve tão em evidência no segmento de TI corporativo. Num ambiente cada vez mais comum, no qual as empresas trabalham com diferentes sistemas operacionais de forma simultânea, a busca por alternativas que integrem as plataformas a fim de melhorar os recursos disponíveis e torná-los interoperáveis é necessária. A virtualização resolve essa questão ao permitir que múltiplos sistemas operem a partir de uma única máquina, fato que significa uma infra-estrutura tecnológica mais dinâmica que gere redução da complexidade e dos custos operacionais empresariais.Um estudo realizado pela consultoria internacional IDC comprova que cresce a cada dia a presença desta tecnologia em ambientes de baixo custo, proporcionando melhor utilização da capacidade ociosa do hardware. Outra pesquisa de tendências, realizada pela Microsoft em 2007, mostrou que existe maior pressão nos ambientes de TI e, por isso, os CIOs passam a dividir ainda mais seus investimentos na área, sendo 70% para manutenção dos sistemas em operação e apenas 30% para a implementação de novas tecnologias, com foco em resultado de negócios, aproximação com o consumidor e produtividade total. Esses valores refletem a preocupação desses gerenciadores de TI em reduzir custos, estar atento à competitividade do mercado, regulamentação e segurança, tudo isso para manter o bom andamento dos negócios.  As novas tecnologias devem ser capazes de coexistir e trabalhar em conjunto com outros sistemas simultaneamente, ou seja, permitir o uso da plataforma Linux, por exemplo, sem a necessidade de rodar apenas em servidores do mesmo tipo. Tal iniciativa concede ainda mais o poder de escolha aos usuários. Nesse sentido, novas soluções lançadas possibilitarão ambientes de alta disponibilidade, eliminando também imprevistos, como é o caso do Windows Server 2008, com suporte a ambientes Windows, Linux e Solaris. Um exemplo dessa tendência do mercado é a parceria selada entre a Novell e a Microsoft em 2007, que já têm produzido uma série de tecnologias que permite a interoperabilidade de ambientes, especialmente o Novell SUSE Linux Enterprise Server, para integração entre ambiente Linux e plataforma Microsoft.  A adoção de novos sistemas que possibilitem a interoperabilidade gera demandas cada vez mais eficientes, especialmente no que diz respeito à arquitetura, segurança, virtualização, migração rápida e também a hospedagem em Data Centers ecologicamente corretos. Essa necessidade se resume na presença de alguns sistemas primordiais nessas novas plataformas, que englobem gerenciamento virtual das máquinas, de operação, de configuração e de proteção dos dados armazenados. Aperfeiçoando as funcionalidades do próprio sistema, as novas plataformas virtuais lançadas no mercado mundial este ano permitem a ampliação do suporte de sistemas operacionais como à multiprocessamento simétrico, dividindo as tarefas entre os dois ou mais núcleos e processadores. Outro diferencial está no balanceamento de carga na rede, que inclui novas capacidades para configurar com mais facilidade as diversas máquinas virtuais presentes nos vários servidores. Ainda, será possível realizar migrações com mais rapidez do host para o guest com a máquina virtual rodando e downtime mínimo. O aumento de escalabilidade vertical e horizontal pode ser notada entre as conseqüências provenientes, assim como a nova arquitetura de aperfeiçoamento de hardware e a otimização de uso dos recursos físicos.  Entre os principais benefícios da virtualização, está a consolidação de servidores, a continuidade de negócios, flexibilidade e aumento no aproveitamento e utilização das máquinas. A preocupação com o meio ambiente também faz parte dos benefícios proporcionados pela interoperabilidade com aplicação de sistemas de virtualização, uma vez que um servidor virtual pode operar adequadamente em carga máxima por mais de 18 meses, é possível consolidar os ambientes de TI migrando de oito a 16 servidores reais para apenas um servidor virtual. Oferecem flexibilidade de escolha e se posicionam com tecnologia avançada na camada de virtualização inserida no sistema operacional. Iniciativas como estas enfatizam os desafios dos CIOS na adoção de estratégias de continuidade dos negócios e fortalecem a crescente necessidade da interoperabilidade na gestão dos ambientes organizacionais de TI. Outras projeções da IDC apontam para um cenário em que estima ser virtualizado apenas 17% dos servidores em todo o mundo até 2010, contra 5% existente em 2005. Já a partir de 2011, a virtualização deverá evoluir para o estágio 3.0, quando a automação de diversos recursos e rotinas, que hoje são feitos manualmente, liberará tempo dos administradores de TI. Dessa forma, ambientes de alta disponibilidade e clientes virtuais também crescerão de maneira significativa e deverão atingir aproximadamente US$ 54 milhões na América Latina em cinco anos. Assim, se torna evidente o aumento da adoção de sistemas interoperáveis, especialmente a virtualização, por empresas de pequeno, médio e grande porte em busca da redução significativa de custos, melhor gerenciamento dos recursos e segurança. Para saber mais sobre o assunto acesse os links abaixo: Windows Server Virtualization Blog Site Windows Server Virtualization TechNet Site Microsoft Virtualization Home Windows Server Virtualization CTP Step-By-Step Installation Guide TS BlogWindows Server 2008 TS site TS TechNet Site

 TS 2008 Resources

Posted terça-feira, 6 de maio de 2008 17:22 by Paleo | with no comments

Filed under:

Migrating Microsoft Exchange Server to Windows Essential Business Server

Como migrar o Exchange para EBS? Simples, siga o guia...

http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?familyid=fb0f9f7e-8769-4585-a85c-509165a3f93e&displaylang=en&tm

Posted terça-feira, 6 de maio de 2008 17:19 by Paleo | with no comments

Windows Essential Business Server Product Overview

Você gostaria de conhecer mais sobre o servidor para médias empresas da Microsoft?

Faça o download: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?familyid=01a0a2ec-18dc-4217-9591-ade0a1d7ae08&displaylang=en&tm

Aqui tem um guia para administração dele: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?familyid=b6bfebb0-9ec1-40c5-a41d-cc439e6fd9a4&displaylang=en&tm

E aqui temos um guia para a instalação dele: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?familyid=11c34b73-a9aa-4beb-940d-2ab93b167fdc&displaylang=en&tm

Posted terça-feira, 6 de maio de 2008 17:16 by Paleo | with no comments

More Posts Next page »