julho 2016 - Posts - Tecnologias

Tecnologias

Assuntos diversos ligados à tecnologia.

Syndication

Receive Email Updates



julho 2016 - Posts

Identificando quem está conectado remotamente ao servidor

Até o Windows 2012 era muito fácil identificar quem estava conectado remotamente ao servidor, bastava abrir o Gerenciamento da Área de Trabalho Remota (Remote Desktop Services Manager), porém ele não está mais disponível no Windows Server 2012, então como saber agora?

Há algumas maneiras e vou descrevê-las aqui:

- Usando o Gerenciador de Tarefas (Task Manager)

Abra o gerenciador de tarefas (Pressione Ctrl + Shift + Esc), execute um clique com o botão direito sobre o nome de uma das colunas e selecione Sessão. Pronto, aparecerá a informação sobre a forma que cada conta está conectada ao servidor. Contas com sessão igual a RDP estarão conectadas remotamente.

 

Estas instruções valem ainda para o Windows 8.1 e o Windows 10.

 

- Essa informação também pode ser obtida através do Power Shell, usando o comando quser

 

Os usuários via acesso remoto poderão ser identificados na coluna SESSIONNAME, onde aparecerá rdp-tcp#?, sendo que no lugar da interrogação estará o número da conexão. Caso deseje obter esta informação de um servidor remoto, basta adicionar ao comando: /server e o nome do servidor, por exemplo:

quser /server Teste

- Outro comando útil é o qwinsta

Com ele identificamos quem está conectado juntamente com a informação se a conexão é via console ou acesso remoto.

 

- Mais uma forma de obter esta informação é através do cmdlet Get-RDUserSession.

Espero que lhe seja útil!

Posted sexta-feira, 29 de julho de 2016 2:03 by Paleo | with no comments

Atalhos para o Excel

Que o Excel é uma ferramenta excelente que aumenta a produtividade todos sabemos, mas quando conhecemos os atalhos dele, nos tornamos mais produtivos ainda, então aqui vão alguns:

 

Fórmula

Explicação

CTRL + (

Para visualizar dados que não estão próximos, você pode usar a opção de ocultar células e colunas. Usando esse comando você fará com que as linhas correspondentes à seleção sejam ocultadas.
Para que aquilo que você ocultou reapareça, selecione uma célula da linha anterior e uma da próxima e depois tecle CTRL + SHIFT + (

CTRL + )

Atalho igual ao anterior, mas oculta colunas e não linhas

CTRL + SHIFT + $

Atalho para aplicar a conteúdos monetários o formato de moeda. Ele coloca o símbolo desejado (por exemplo, R$) no número, além de duas casas decimais

CTRL + SHIFT + Asterisco (*)

Para selecionar dados que estão em volta da célula atualmente ativa. Caso existam células vazias no meio dessas informações, elas também serão selecionadas

CTRL + Sinal de adição (+)

Para inserir células, linhas ou colunas no meio dos dados

CTRL + Sinal de subtração (-)

Para excluir células, linhas ou colunas inteiras

CTRL + D

Quando você precisar que todas as células de determinada coluna tenham o mesmo valor, use esse comando. Por exemplo: o número 2574 está na célula A1 e você quer que ele se repita até a linha 20. Selecione da célula A1 até a A20 e pressione o comando. Todas as células serão preenchidas com o mesmo número.

CTRL + R

Igual ao comando acima, mas para preenchimento de colunas. Caso deseje preencher uma matriz, basta executar este comando e o anterior, em sequencia.

CTRL + ALT + V

O comando "colar valores" faz com que somente os valores das células copiadas apareçam, sem qualquer formatação

CTRL + PAGE DOWN

Muda para a próxima planilha da sua pasta de trabalho

CTRL + PAGE UP

Similar ao anterior, mas muda para a planilha anterior

CTRL+SHIFT+&

Aplica o contorno às células selecionadas

CTRL+SHIFT+_

Remove o contorno das células selecionadas

CTRL+SHIFT+Sinal de porcentagem (%)

Aplica o formato porcentagem sem casas decimais

CTRL+SHIFT+ Sinal de cerquilha (#)

Inclui no arquivo data com dia, mês e ano

CTRL+SHIFT+ Sinal de arroba (@)

Inclui no arquivo hora com a hora e minutos, AM ou PM

Posted quinta-feira, 28 de julho de 2016 20:55 by Paleo | with no comments

Usando interface gráfica com Robocopy e agendando cópias

Neste post deseje apresentar soluções para duas necessidades bem comuns:

  1. Trabalhar com o aplicativo de linha de comando Robust File Copy, vulgarmente conhecido como Robocopy, através de uma interface de usuário, ou seja, de forma mais amigável;
  2. Possuir a possibilidade de agendar as cópias do Robocopy, usando-o como uma ferramenta de backup e restauração.

Através do uso do robocopy podemos criar estratégias simples de backup e restauração, de forma gratuita, contando com recursos como cópias multi-thread, espelhamento e sincronização, automatização e a habilidade de retomar uma cópia interrompida.

Apesar de haver outras soluções para isso, gostei de usar o RoboMirror, pois é simples e direto, além de ser um arquivo pequeno.

 

Basta que você defina as pastas de origem e destino, bem como os atributos NTFS que desejar. Ainda é possível apagar os arquivos no destino, que não estejam na origem, criando desta forma uma imagem da origem. Para completar, você pode definir que sejam copiados mesmos os arquivos que estejam bloqueados por algum processo, através do uso do VSC (Volume Shadow Copy). Para completar, você pode usar os switches do Robocopy (neste link você encontra eles: https://technet.microsoft.com/en-us/library/cc733145(WS.10).aspx).

 

Caso deseje excluir alguns arquivos ou pastas do backup, isso pode ser feito clicando em Excluded items..., depois é só definir os arquivos a excluir (em Excluded files) ou as pastas (em Excluded folders).

 

Uma vez criada a tarefa, ela pode ser iniciada, clicando em Backup ou Restore, ou agendado, clicando em Schedule.

 

Caso a opção seja o agendamento, este poderá ser diário, semanal ou mensal.

Ficou interessado? Faça o download da ferramenta em: https://sourceforge.net/projects/robomirror/?source=navbar

 

Posted quinta-feira, 28 de julho de 2016 19:17 by Paleo | with no comments

Calculando a média dos últimos vinte lançamentos em planilha na nuvem

Muitas vezes, ao desenvolver nossas atividades nos deparamos com planilhas de cálculo onde são inseridos dados diariamente e em algumas destas situações, precisamos que seja calculada uma média móvel dos valores inseridos nelas. Digamos, por exemplo, a média dos 20 últimos valores inseridos.

Esta seria uma tarefa relativamente fácil usando o VBA (macros), contudo resolvendo desta forma estaríamos adicionando um problema.

Qual problema?

A planilha não funcionaria corretamente em alguns cenários, por não permitirem a execução de macros, por exemplo: Tablets Surface RT, Smartphones e Excel Online (nuvem).

Para que funcione em qualquer um destes cenários, precisamos usar exclusivamente fórmulas do Excel!

A solução é a fórmula abaixo:

=ARREDONDAR.PARA.CIMA(MÉDIA(ÍNDICE(K:K; CORRESP(1E+99; K:K)-20):ÍNDICE(K:K; CORRESP(1E+99; K:K)));2)

Agora passo a explica-la, passo-a-passo:

=ARREDONDAR.PARA.CIMA( ... ;2) -> Apenas arredonda o resultado para duas casas decimais;

MÉDIA( ... : ... ) -> Calcula a média das células que estão entre as duas referências;

ÍNDICE( ... ; ... ) -> o primeiro item identifica a coluna a ser verificada, o segundo identifica a linha, em resumo, retorna uma referência de célula

CORRESP( ... ; ...) -> retorna a linha onde se encontra o número indicado na primeira parte, dentro da coluna indicada na segunda parte. A busca inicia na última linha digitada e vai subindo, caso não encontre o número exato, refaz buscando o mais próximo. Como o número informado na solução é muito inferior a zero e não será localizado, retornará a linha do último número inserido.

Espero que tenha ficado claro, qualquer dúvida é só postar!

Posted sexta-feira, 8 de julho de 2016 19:45 by Paleo | with no comments