Windows Server,Home Computing - Tecnologias

Tecnologias

Assuntos diversos ligados à tecnologia.

Syndication

Receive Email Updates



Browse by Tags

All Tags » Windows Server » Home Computing (RSS)
Significado do MAC Address
Você já se perguntou qual a importância do MAC (Media Access Control) de seu equipamento? Já notou que qualquer dispositivo de rede possui um MAC Address (Endereço MAC)? Pois é, vamos entender o funcionamento dele então. Digamos que você deseja enviar dados para um computador específico, ou receber dados dele, como por exemplo, desejo acessar a um site de internet que esteja hospedado nele. Você simplesmente digita o URL (Uniform Resource Locator, alguns chamam de Universal Resource Locator, de forma que tornaram-se quase sinônimos), que nada mais é do o endereço do site (ex.: http://www.ositedesejado.com.br ). Então o seu servidor DNS (Domain Name Service), que é o responsável por converter o URL digitado por você, no endereço IP (Internet Protocol, o padrão de comunicação na internet) da máquina destino. Aqui é importante destacar que em redes de computadores, costumam existir dois endereços IP: o externo, também conhecido por IP Público, que é aquele acessível e possível de ser descoberto pelos servidores DNS e o IP interno, que é válido apenas na rede interna. Agora imagine que a mensagem é destinada a um equipamento na rede interna. Se eu possuo apenas o IP externo, como faço para chegar até ele? É neste caso que utilizo o endereço MAC da placa de comunicação do equipamento interno, portanto os meus pacotes são enviados contendo o endereço IP do destinatário (que pode ser o próprio equipamento, um roteador, servidor, etc) e o MAC Address do equipamento para o qual a mensagem destina-se. Ok, mas então como sei o endereço MAC da máquina para a qual desejo enviar a mensagem, por exemplo enviar os dados da página que ela deseja acessar? Na requisição pela página, ou seja, quando eu digitei o URL dela, seguiu no meu pacote de dados, meu endereço IP externo e o meu MAC, desta forma o site já sabe como enviar o pacote de volta. Certo, mas e se eu desconheço o MAC de meu destinatário? Neste caso você precisará aguardar um post futuro, pois não abordarei este cenário aqui, . Maravilha, chegamos ao MAC, aquele conjunto de 48 bits, ou 12 caracteres hexadecimais. Mas afinal de contas, o que eles representam? Os primeiros 24 bits, ou seja, os primeiros 6 caracteres hexadecimais, indicam a OUI (Organization Unique Identifier), em outras palavras, o fabricante de seu dispositivo. Por exemplo: 00:60:2F = Cisco ou 00:23:CD = TP Link. Os 24 bits finais, ou seja, os 6 últimos caracteres indicam o que foi atribuído àquela placa específica, pelo seu fabricante, são o verdadeiro MAC exclusivo daquela placa, a parte única do seu NIC (Network Interface Card). É exatamente por isso que você pode encontrar diversos dispositivos com os seus primeiros caracteres iguais. Basta que tenham sido fabricados pela mesma empresa. Adicionalmente, em comunicações, depois de enviar o MAC do remetente e o MAC do destinatário, é enviado mais um conjunto de quatro caracteres, indicando o protocolo usado (Ether Type), que atualmente pode ser IPv4 ou IPv6. Para IPv4 usamos 08:00, enquanto que para IPv6 usamos 86:DD. Um exemplo de MAC reader então seria: 80:00:20:7A:3F:3G 80:00:20:20:3A:AF 08:00 Seguido dos dados e do CRC Checksum. No Brasil, alguns provedores de internet estão bloqueando o acesso de quem utiliza roteadores conectados diretamente aos seus modems, com o intuito de cobrarem um adicional por este uso. Como eles conseguem identificar estes roteadores? Através do endereço MAC deles! Você deseja identificar o fabricante de um equipamento a partir do endereço MAC dele? Simplesmente informe o MAC em: http://coffer.com/mac_find/ Como posso evitar esta identificação indesejada? Simplesmente clonando o MAC de seu computador, no roteador. Sim, esta é uma solução simples, até simplória para este problema, mas na maioria dos casos funciona!

Posted quarta-feira, 5 de março de 2014 12:07 by Paleo | with no comments